1. Spirit Fanfics >
  2. Vingadores - O Legado >
  3. Finalmente em casa

História Vingadores - O Legado - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


CAPÍTULO NÃO REVISADO
me desculpem qlq erro.

minha amiga @KauMeyer escreveu ele pra postagem (eu já tinha pronto no caderno) pq tava meio corrido pra mim com os capítulos atrasados
queria agradecer à ela pela ajuda 😊💕

Capítulo 12 - Finalmente em casa


Terra/2015

Sokovia

Lucas Smith:

Todos os civis estavam dentro da nave, em segurança. Alguns de nós também estávamos, como eu, Clint, Pietro, Steve, Luís, Alec, e Anna, Wanda, Kira, Kiiara, é até tia Nat, que foi deixada pelo Hulk.

Estávamos bem tranquilos quando, de repente, a rocha começou a cair de súbito, como um meteoro. Provavelmente, algum robô restante de Ultron acionara o núcleo. O Homem de Ferro e o Thor providenciaram a explosão com o solo e a aniquilação de todos.

Depois de deixarmos todos em segurança, a nave da SHIELD nos levou de volta para Nova York, nos deixando na Base dos Novos Vingadores, ao Norte do estado. Lá, nós nos recuperamos da batalha. Anna e Alef conseguiram se acertar com Clint e a tia Nat, que explicaram essa situação para todos; o que fez eu me perguntar se os outros Vingadores não poderiam ter filhos espalhados por aí. Kiiara foi muito forte e leal por guardar esse segredo do nosso padrasto e da Natasha por tanto tempo.

- E então - disse Kira aos gêmeos R. B. , como eram denominados agora que foram definitivamente registrados pelos heróis. - Já decidiram onde vão ficar?

Todos nós estávamos na mesma sala, resolvendo o que faríamos a partir de agora. Os Vingadores observavam atentamente a nossa conversa, ansiosos pela decisão final dos gêmeos.

- Vocês podem ficar aqui com a sua mãe... - sugeriu Natasha, sorrindo.

- Ou - disse Clint -, vocês podem ir para casa com seu pai. - Eles ficaram pensativos.

- E vocês - se pronunciou Pietro, com seu sotaque -, quadrigêmeos?

- O que tem a gente? - Indagou Luís confuso.

- O que decidiram? - Perguntou Wanda, esclarecendo o assunto.

- Vocês podem voltar para casa e continuar tendo uma vida parcialmente normal... - sugeriu - nos Rogers.

- Ou - falou Thor -, podem ficar aqui e serem heróis por tempo integral e se tornarem Vingadores oficiais. - Kiiara sorriu. Ela, com certeza, vai tripudiar.

- Já decidiram, gêmeos R.B.? - Me pronunciei pela primeira vez.

- Ainda não temos certeza - falou Alef. - Nossa mãe vai ficar aqui...

- E nosso pai vai para sua casa. - completou Anna.

- Posso sugerir uma coisa? - disse Kiiara, sentada em uma poltrona cinzenta, e eles assentiram. - Como vocês nunca tiveram família de verdade, eu ia sugerir que viessem para casa conosco. Podem ir para a escola, vão ter amigos, e podemos vir visitar a Tia Nat de vez em quando. O que acham?

- Parece ótimo pra mim! - Exclamou Barton e sorriu satisfeito.

- Ah, claro! - Falou Natasha e cruzou os braços. - Eles vão ficar com você.

- Topam ou não? - Questionamos nós, os quadrigêmeos, e eles se entreolharam.

- Topamos. - decidiram juntos.

Algum tempo depois

- Vamos para casa? - Perguntou Luís e Clint anuiu com a cabeça.

- Eu teletransporto a gente. - Informou Kira, após terminarmos de arrumar nossas coisas.

- Então, vamos? - Indaguei. Nós ainda estávamos na sala com os Vingadores.

Kiiara estava se despedindo deles. Ela cumprimentou com um aperto de mão o Falcão, o Visão e o Tony, e abraçou todos os outros: Steve, Pietro, Wanda, Fury e a Tia Nat.

- Vamos. - Falou vindo até nós. Os gêmeos, Clint, meus gêmeos e eu fizemos um círculo. - Ah, e Thor - olhou para o deus -, nós já somos Vingadores oficiais. - Ela piscou e todos os heróis sorriram, até mesmo Tony. - Sem querer ofender - acrescentou -, mas não quero precisar ver vocês nunca mais. - Todos rimos e, em seguida, juntamos nossas mãos e Kira nos teletransportou para casa.

- Sejam bem-vindos! - Nós quatro falamos em uníssono.

Entramos todos na casa, sorrateiramente. Nossa mãe estava na cozinha, fervendo água para preparar o café, suponho. Cooper e Lila estavam deitados nos sofás na sala de estar, ele lendo um livro e ela brincando de boneca.

- Oi, amor - disse Clint, suavemente, para a minha mãe e ela voltou - se para nós.

- Oi mãe. - díssemos nós quatro juntos. Ela sorria e chorava ao mesmo tempo.

Nós corremos até ela e abraçamos. Nunca pensei que poderíamos não sobreviver em uma missão para voltar para casa e voltar a ver nossa mãe e nossos irmãos. Isso nunca aconteceu quando enfrentamos apenas ladrões da cidade. Finalmente estávamos de volta!

- Cooper! Lila! - Falamos e corremos até eles para abraça-los, enquanto Barton foi abraçar nossa mãe.

- Que bom que voltou, meu amor. - disse ela ao se separarem. - É trouxe nossos filhos de volta. - Sorriu para nós e olhou para trás. - E... quem são vocês? - Perguntou ao ver os gêmeos.

- Então... - disseram os ruivos e nós quatro juntos, formando um belo coral.

- Precisamos conversar. - Falou Clint para Emily e nós rimos.


Alguns dias depois


Nova York/Estados Unidos

Escola Midtown de Ciências e Tecnologia

Clint havia conversado com nossa mãe sobre os gêmeos e ela concordou de bom grado em deixá-lós morar conosco. Emily então, os matriculou na escola e hoje era nosso primeiro dia desde a batalha contra Ultron.

Nosso novo irmãozinho, Nathaniel, havia nascido há alguns dias e estava sendo paparicado por todas as mulheres daquela casa. Nós agoras éramos em 11 pessoas, isso porque Melinda deu nosso treinamento por encerrado e não voltaria mais. Nossa casa parecia, literalmente, com um "coração de mãe" sempre cabe mais um!

Havíamos acabado de chegar na escola, Peter e os outros não tinham notícias nossas desde a última vez, portanto nem sabiam que viríamos. Quando entramos no corredor, vimos Logan, Ned e Peter próximo aos armários. Eles se viraram na nossa direção e nós viram, abrindo um sorriso.

Imediatamente, Kiiara correu até o Parker e pulou para abraça-lo, mas rapidamente se afastou, corada e envergonhada. Logan veio caminhando até nós lentamente, olhando fixamente para Kira, que sorria corada e desviava o olhar para o chão vez por outra.

- Quem é esse? - Sussurou Anna, referindo-se ao Petterson.

- Logan Petterson, é um amigo nosso. - Falei vendo Kiiara, Peter e Ned virem até nós. - É um mutante - sussurrei e ela pareceu ficar surpresa.

- E aquele ali? - Perguntou Alef, se referindo ao Parker, que estava ao lado da Telepata.

Alef e eu havíamos nos dado bem nesses últimos dias. Ele era determinado e um tanto insano, adoro essa combinação!

Ele e Kiiara também se davam bem, e posso dizer que ele parecia estar com uma ponta de ciúme dela com o Parker agora.

- Peter Parker...

- O namoradinho da Kiiara - Me interrompeu Luís, sorrindo debochado

- Oi, pessoal! - Saldou - nos Petterson, finalmente chegando até nós. Olhou para minha irmã. - Oi Kira.

- Ele não é meu namoradinho! - Defendeu - se a mais velha, chegando até nós com os outros dois.

- Oi, Logan. - Sussurou Kira com rubores nas bochechas.

- Admite - provoquei a telepata - você queria que fosse. - Peter sorriu corado, e ela fez o mesmo.

- Cala a boca, idiota! - Falou a loira e colocou a mão na minha cara, me fazendo rir.

- Quem são esses? - Perguntou Logan, olhando para os ruivos.

- É uma longa história. - Falou Luís.

- Eu sou Annabelle. - Se apresentou a baixinha.

- E eu sou Alef. - disse o ruivo.

- Muito prazer! - Parker falou e sorriu.

- O prazer é seu. - Falou Alef com desdém.

- Bom - disse Leeds. - Eu sou Ned Leeds. - Sorriu e a ruiva fez o mesmo, simpática.

- Muito prazer, Ned. - Falou a ruiva. - Pode me chamar de Anna. - Ele sorriu. - Todos vocês, por favor.

- Okay, Anna. - Disseram os três juntos.

- Bom - falou Kiiara. - Vamos deixar as apresentações e socialização para depois, né? Vamos para nossas salas, temos aula agora.

- Verdade! - Dissemos todos juntos e fomos para as nossas respectivas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...