1. Spirit Fanfics >
  2. Vingadores e Liga da Justiça >
  3. Feridos

História Vingadores e Liga da Justiça - Capítulo 12


Escrita por:


Capítulo 12 - Feridos


Steve:

Acordei com uma enorme dor por todo o corpo,por isso não quis nem abrir os olhos.Por que tudo doía? Recapitulei tudo que ocorrera nesse dia.E então apenas uma coisa,uma pessoa passou por minha mente.Natasha.

Não liguei para dor alguma,apenas abri os olhos e tentei olhar ao redor,pois estava deitado e não achava forças para levantar.Eu estava na entrada,o barulho de soros e máquinas ouvindo batimentos era ouvida repetidas vezes,dando a entender que não era só eu naquele lugar.Perante toda aquela dor,senti uma carícia na minha mão,algo suave e macio estava nela,e eu sabia oque era.

*Steve* Natasha? Está aí? Natasha?

*Natasha* St-..? Você acordou! Está bem? Como se sente?

*Steve* Está tudo doendo,mas você está aqui então..

Ela entrou no meu campo de visão e sorriu,mas logo seu sorriso se desfez e ela socou de leve meu ombro,oque pra mim não foi tão leve por conta dos ferimentos.

*Natasha* Seu idiota! Porque sempre me salva demente?! Eu mandei você sair!

*Steve* Eu sempre serei aquele cara de filmes que salva princesas..e sério seu soco doeu.

*Natasha* Eu não sou uma princesa, não preciso ser salva,não quero ser salva.Você sabe muito bem que eu não sou uma princesa.

*Steve* Tem razão..é uma rainha.

Ela deu um meio sorriso mas me olhou com seus olhos verdes tristes.

*Natasha* Era pra mim te salvar,era para eu estar nessa maca idiota,não você.Sabe como é ruim te ver assim toda vez que você inventa de ser meu herói?

*Steve* Não faço idéia de como é,mas sei que você é mais forte que eu,e eu não aguentaria te ver numa maca dessas,eu morreria de dor antes mesmo de você acordar.

*Natasha* Eu não sou forte,eu me sinto prestes a cair,a despedaçar e sei que se dessa vez eu cair,eu não vou conseguir levantar..Cansei de tentar.

*Steve* Se você cair,eu te ajudo,e se você cansar ao ponto de nunca mais querer se levantar,eu vou me jogar em qualquer buraco que você tenha caído, não me importa o tamanho,ou quão fundo seja,eu estarei ao seu lado, sempre.

*Natasha* E eu estarei ao seu...vou chamar a Doutora Cho.

Apertei sua mão a fazendo olhar novamente para mim.

*Steve* Então quer dizer que você já pensou?

*Natasha* Eu fiquei sentada aqui do seu lado durante horas esperando você acordar,então tive bastante tempo para pensar.Não vou largar você Rogers,e aconteça o que acontecer,vou tentar sempre estar aqui,junto à você.
Eu prometo.

Ela se inclinou beijando de leve minha bochecha então saiu do meu campo de visão.Eu estava machucado, horrivelmente deprimido pela batalha,com um aperto enorme dentro do peito,e ainda assim,Natasha Romanoff tinha o poder de me fazer sorrir abobalhado.

Natasha:

Doutora Helen'Cho estava no segundo andar onde ela cuidava de Clark, Banner e Wanda,Diana estava lá também,ao lado de Clark e ajudando a Doutora.

*Natasha* Cho,precisamos ir lá pra baixo,o Steve acordou.

Ela me parecia exausta,todos estavam.

*Helen* Vou descer,mas fique aqui Natasha ajudando Diana.E eu tenho que trazer o Tony pra um raio de exames,então prepare duas vagas de espaço para as macas.

*Natasha* Ok.

Quando ela quase se retirou do local, eu segurei seu braço e respirei fundo.

*Natasha* Cuida bem dele,por favor.

*Helen* Não se preocupe agente,ele estará aqui encima em minutos.

*Natasha* Ok,vou ajudar a Diana.

Me afastei dela,e Helen entrou no elevador.Me aproximei de Diana e a ajudei a arrumar um espaço para as duas outras macas.Arrumamos alguns medicamentos em bandejas de ferro.

*Natasha* Como você está?

Ela deu um curto suspiro,e como eu não aguentava mais minha perna apontei para alguns bancos para ela e eu nos sentarmos,e assim fizemos.

*Diana* Eu...não..eu não sou muito boa em me expressar,não sei dizer.

*Natasha* Ache as palavras certas.Sou uma boa ouvinte,e às vezes é bom falar com alguém que não chega às paredes.

Ela deu um sorriso e olhou para as próprias mãos que mexiam nervosamente.

*Diana* Sou uma idiota,não há outra para palavra para me definir, sou.uma.idiota..O meu grupo está em macas agora nesse exato momento.Eu não consegui proteger duas pessoas com dons especiais que são quase invencíveis,como podem achar que eu consigo defender a humanidade? Fui um peso morto naquela guerra,a única coisa que consegui fazer foi avisar você sobre o Coringa e a Arlequina.

Toquei em sua mão.

*Natasha* E isso salvou a minha vida e a do Steve,isso eu vou agradecer a minha vida toda..

Ela me olhou por um momento sorrindo,mas voltou novamente o olhar para suas mãos e após um suspiro olhou para Clark que estava adormecido na maca.

*Natasha* Mas eu estou numa situação parecida,Steve,e Tony..não vou dizer para não se sentir mau,ou culpada,porque eu estou sentindo a mesma coisa no momento e sei que isso não vai apagar por que alguém te garantiu que não foi culpa sua..As pessoas ao seu redor não enxergam.

*Diana* Mas as paredes ao nosso redor estão desmoronando,caindo lentamente,e você não consegue achar a porta,não consegue sair dali.

*Natasha* E os destroços vão se aproximando,caindo encima de você até te ferirem,mas só vão parar quando você estiver esmagada e isso vai acontecer quando tudo cair.

*Diana* Isso demora mais quando estou perto do Clark,ele é meu escudo, quem me protege e a quem eu protejo. Não estaria aqui se não fosse por ele. Se Clark tivesse morrido..

Ela não conseguiu terminar,pois limpou a lágrima que caiu sobre seu rosto.

*Natasha* As paredes já teriam te esmagado sem dó nem piedade..Mas temos que ter esperança não? Sempre dizem que a esperança é a chave.

*Diana* Muito fácil de se perder,mas quando se acha,quando se tem,se acha a liberdade..Você não tem medo?

*Natasha* Do que?

*Diana* Dependemos demais desses homens incríveis,se perdemos eles.. tenho medo de eu deixar de ser,eu.

*Natasha* Não vamos deixar de ser nós,ao menos eu acho que não.Vai mudar algumas coisas,claro que algo vai mudar em nós,mas existe nossa essência individual,isso ninguém tira, nem mesmo as piores perdas.

Ficamos um tempo em silêncio até Diana se levantar num longo suspiro.

*Diana* Você tem razão,em tudo que falou,é uma boa ouvinte,e isso foi melhor que falar com as paredes, porque elas ainda não falam.

Eu sorri e tentei me levantar mas senti uma enorme dor e sentei novamente,e por sorte Diana estava virada no momento.Ela estava na geladeira atrás de garrafas de água,logo ela pegou e jogou uma para mim,e eu peguei.

Então o elevador se abriu e apareceu a Doutora Helen com duas macas,e a voz de Steve era ouvida pois o mesmo não parava de falar.

*Helen* Seu namorado é meio tagarela agente Romanoff.

*Natasha* O pior!

*Steve* A minha audição não foi danificada se vocês querem saber.

Rimos dele e então Diana ajudou Helen a colocar as macas.Tony estava com um machucado no olho esquerdo,a perna direita engessada, e alguns pedaços de ferro machucaram seu rosto quando a armadura foi amassada e acredite não foi fácil tirá-lo de dentro dela.Wanda tinha o abdômen ferido,o ferro que a prendia entrou em sua pele,e também tinha um ferimento na nuca,na maca não dava para ver,mas eu lembro do seu cabelo coberto de sangue.Clark estava sereno,a maioria de seus ferimentos estavam se curando,pois comparando ao seu antigo estado dentro da nave, no momento ele estava ótimo.Bruce Banner tinha partes do corpo verde,e um ferimento na cabeça,não sei dizer oque aconteceu mas parecia que Hulk e Banner estavam travando uma guerra interna.

*Natasha* Qual o estado deles?

*Helen* Bom,quando Tony acordar ele vai estar quase que novo em folha menos a perna que eu vou uma chegada,Banner está num estado.. complicado,talvez seja uma espécie de coma,talvez ele acorde,o problema seria saber se como Hulk ou Banner.. Wanda está bem o ferimento no abdômen vai sarar e logo ela vai acordar,mas se não acordar nas próximas horas,significa que ela entrou em coma,e se ela entrar em coma a dois casos possíveis,ou ela pode perder a memória caso entre num coma normal,ou criar lembranças que nunca aconteceram, pois seu poder se envolve em algo como a jóia da realidade,e se ela entrar em um coma mutante isso a faria achar que presenciou coisas que nunca aconteceu. Já Clark está definitivamente em coma,mas como ele é alienígena fizemos testes de sangue para ver se pode ser outra coisa e o resultado chega amanhã.

Respirei fundo, como eu daria essa notícia para Clint? Eu não poderia deixar outra pessoa falar,tinha que ser eu,mas como?

*Helen* Bom agora..Natasha? Me ajude limpando os ferimentos do Steve enquanto eu faço um raio-X no Tony.E Diana veja os batimentos de Clark,a temperatura e a pulsação.

Eu assenti,no mesmo momento que Diana assentiu.Fingi beber minha água até que Helen estivesse distante com a maca do Stark e Diana estivesse com Clark.Me levantei com uma dificuldade,mas me apressei senão Steve acharia suspeito.Peguei o algodão e álcool,então me aproximei de Steve me apoiando em sua maca.

*Natasha* Vai doer soldado.

*Steve* Estou com você,isso que me importa.

Ele colocou a mão em meu braço e então comecei a limpar seus ferimentos.

*Natasha* “Isso que importa”? Está parecendo um bebê chorão.

Ele riu.

*Steve* Que amor em?

*Natasha* Eu te amo,mas a culpa é sua de reclamar a cada vez que eu coloco o algodão.

*Steve* Também te amo,minha flor.

Me inclinei para beijado,mas algo encostou na minha perna,e isso era o metal da maca.Dei apenas um selinho e voltei a minha posição inicial pois eu não aguentaria a dor.Fechei os olhos por um momento e então os abri vendo os olhos azuis de Steve cobertos por preocupação.

*Steve* Natasha está tudo bem? Você está pálida,está com febre?

Sua voz para mim estava confusa, era como se entrasse por um ouvido e saísse pelo outro,mas antes fazia um eco desagradável.

*Steve* Doutora Cho?!

*Natasha* E-eu tô bem.

Eu disse antes de não conseguir mais me sustentar e cair deitada no chão.
Vi o rosto da Helen se aproximar e logo também vi o de Diana.

*Helen* A PERNA DELA,NATASHA ESTÁ FERIDA,ACHO QUE É UMA HEMORRÁGICA!! DIANA TRÁS A MACA,E LIGA O SORO! NATASHA PORQUE NÃO DISSE NADA?!

*Natasha* Eu..

Diana desapareceu da minha vista.

*Steve* NATASHA!

*Helen* STEVE NÃO SAIA DA MACA, PODE SE DEITAR AI NOVAMENTE EU CUIDO DELA.EDITH?

*Edith* Sim?

*Helen* Quero que chame os médicos da shield,peça o sangue da Viúva Negra.

*Edith* Natasha me proibiu de falar com o Fury.

*Helen* SE VOCÊ NÃO LIGAR ELA PODE MORRER!

*Edith* Só um minuto,já está chamando.

*Steve* Ela pode morrer?!

*Helen* Capitão eu mandei você ficar na maca,agora se deite aí ou darei um tranquilizante em você! DIANA PRECISO DA MÁSCARA DE OXIGÊNIO. Natasha você está perdendo a respiração muito rápido eu preciso saber oque aconteceu?

*Natasha* O bastão..de choque.

Fui levantada por Diana e colocada numa maca,logo colocaram a máscara de oxigênio em meu rosto.

*Helen* Você precisa ficar acordada, daqui a pouco será sedada para uma possível cirurgia.

*Natasha* Eu..

*Diana* Guarde suas forças..Vou para a entrada esperar a entrega do sangue.

A minha visão começou a ficar turva, e logo a paisagem ao meu redor começou a ficar preta como se alguém estivesse jogando um balde de tinta,mas na verdade era eu fechando os olhos.

*Helen* Natasha! Abre os olhos! Lute vamos!

*Natasha* Steve...

E então meus olhos não se sustentaram e eu fechei as pálpebras.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...