História Vingança - Capítulo 107


Escrita por:

Postado
Categorias Revenge
Personagens Amanda Clarke, Victoria Grayson
Tags Bts, Drama, Emilly, Família, Justiça, Morte, Novela, Originais, Revenge, Romance, Sangue, Tortura, Vingança, Violencia
Visualizações 14
Palavras 1.152
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente essa aí na imagem é a Lydia!!

Capítulo 107 - Tristeza


Fanfic / Fanfiction Vingança - Capítulo 107 - Tristeza

No dia seguinte...

O dia em Madrid amanhece diferente, pois não está com aquele tempo bom e ensolarado. Muito pelo contrário, o dia amanheceu cinzento e triste.

Todos estão muito tristes com a morte trágica de Priscila, mas Lydia é a que mais sofre.

Lydia não parava de chorar no velório de Priscila, pois ela estava do lado do caixão de sua filha alisando o seu rosto dizendo:

- Minha filha, minha menininha. Por que fizeram isso com você? Por que fizeram isso comigo? Por que fizeram isso com a gente? A minha vida era toda voltada pra você, eu fazia de tudo pra te vê feliz! Eu já estava tão orgulhosa de você minha filha, pois faltava muito pouco pra você se formar como advogada e infelizmente tiraram esse sonho da gente! A minha vida era ao seu lado filha! E agora como que eu vou viver sem você? Simplesmente eu não vou viver pois não foi só você que morreu filha, pois eu também estou morta! A minha alma está morta!

Todos ficam arrasados ao verem o estado de profunda tristeza que Lydia se encontrava. 

Lydia fala:

- Por que tiraram você de mim filha? Por que resolveram separar a gente? Você era uma pessoa tão boa e tão gentil que tinha toda uma vida inteira ainda pela frente, você teria um futuro brilhante minha filha, mas que infelizmente esse bandido que te matou estragou tudo! Ai Priscila como que eu vou viver sem você?

Lydia estava se derramando em lágrimas.

Cristina se aproxima dela e diz:

- Lydia meus pêsames! Eu sinto muito pela morte da Priscila. Ela era uma garota maravilhosa e não mereceu o triste fim que teve!

Lydia:

- Muito obrigada pela sua solidariedade Cristina, eu te conheço pouco tempo e mesmo assim já deu pra perceber que você é uma pessoa maravilhosa!

Cristina:

- Maravilhosa é você Lydia!

Depois de dizer isso Cristina da um abraço muito forte em Lydia.

Logo em seguida Marcelo também se aproxima de Lydia e fala:

- Meus pêsames Lydia! Eu sinto muito pela morte da Priscila, eu pude conhecê-la bem e realmente ela era uma pessoa incrível! A Priscila era animada e tinha uma alegria que contagiava todo mundo ao seu redor!

Lydia:

- Verdade Marcelo a minha filha era muito feliz e tinha uma risada maravilhosa, risadas essas que hoje se transformaram num silêncio enorne e num profundo vazio, vazio esse que é sem fim!

Marcelo:

- Pode contar com o meu apoio Lydia!

Depois de dizer isso Marcelo da um abraço em Lydia.

Logo em seguida Cora também se aproxima de Lydia e diz:

- Lydia minha grande amiga eu também sinto muito pela morte da Priscila! Eu conhecia ela desde pequenininha, eu peguei a Priscila no colo, eu troquei as fraldas dela, eu brincava com ela! Em fim, eu vi ela crescer e quando eu soube da morte dela eu fiquei arrasada!

Lydia:

- Como é bom te vê aqui Cora, você é minha grande amiga!

Cora:

- É lógico que estaria aqui Lydia, pois eu gostava muito da Priscila e eu gosto muito de você! Você é minha grande amiga Lydia!

Depois de dizer isso Cora também da um abraço em Lydia.

Logo em seguida Oscar também se aproxima de Lydia e fala:

- Meus pêsames Lydia! Eu também sinto muito pela morte da Priscila, e você pode contar comigo pra tudo que você precisar!

Lydia:

- Muito obrigada meu amigo pela sua solidariedade!

Oscar: 

- Fique bem Lydia!

Lydia:

- Eu vou tentar!

Depois disso Oscar também da um abraço em Lydia e ela diz:

- Gente muito obrigada pelo apoio que vocês estão me dando, todos vocês são muito importantes para mim!

Logo em seguida Rafaela que também está bastante abalada com a morte de Priscila, se aproxima de Lydia e pergunta:

- Lydia será que a gente podia ir lá fora conversar rapidinho?

Lydia:

- Essa conversa é importante?

Rafaela responde:

- Sim, é muito!

Lydia:

- Sendo assim, então vamos lá conversar!

Lydia e Rafaela vão até o jardim do cemitério para conversarem, e chegando no local Lydia pergunta:

- O quê é que você quer falar comigo Rafaela?

Rafaela responde:

- A Priscila segundos antes de morrer, ela me disse que quem que atropelou ela teria sido a Victória!

Lydia se assusta e pergunta:

- Como assim a Victória?

Rafaela responde:

- Nós estávamos seguindo uma pessoa com a movimentação suspeita, e eu acho ou melhor eu tenho certeza que a Priscila tinha descobrido algo de bem grave dessa pessoa, pois a Priscila estava muito nervosa!

Lydia pergunta:

- Rafaela mas que pessoa é essa que vocês estavam seguindo? E aonde que a Victória entra nessa história?

Rafaela responde:

- Lydia eu não posso te contar quem é essa pessoa pois é pro seu próprio bem, se não você vai ficar correndo risco de vida ou até mesmo ser morta como a Priscila infelizmente foi! E a Victória entra nessa história por uma única explicação, pois provavelmente essa pessoa que eu e a Priscila estávamos seguindo ela deve estar junto com a Victória, essa pessoa deve saber do paradeiro da Victória e inclusive deve até saber onde ela está escondida!

Lydia:

- Rafaela isso que você me disse faz todo o sentido, pois a Priscila deve ter descoberto o esconderijo da Victória, e ela por sinal deve ter ficado com medo da minha filha denunciá-la pra polícia e então ela mandou matarem a Priscila ou até a própria Victória fez esse serviço sujo. Pois esse atropelamento realmente está com cara de assassinato já que a placa do carro estava coberta com uma fita adesiva. Não há mais dúvidas pois quem matou a minha filha foi a Victória!

Rafaela diz:

- Eu também tenho certeza que quem matou a Priscila foi a minha mãe!

Lydia:

- A Victória vai me pagar muito caro por isso!

Enquanto isso...

Emilly estava sozinha em sua mansão quando derrepente a vingativa vê um noticiário na televisão falando sobre a morte de Priscila, e Emilly fica chocada ao descobrir que Priscila está morta e então ela se pergunta:

- Quem será que matou a patética da Priscila?

Minutos depois...

Chega a hora do enterro de Priscila, e o caixão é fechado e levado até o local do sepultamento.

Todos acompanham o caixão bastante tristes, mas Lydia e Rafaela são as que mais estavam visivelmente abaladas.

O caixão é enterrado e Cora fala bem baixinho:

- Descanse em paz Priscila!

Lydia se desespera ao vê que Priscila foi enterrada e começa à chorar desesperadamente. 

Rafaela também começa à chorar sem parar.

Todos tentam acalmar Lydia e Rafaela, pois as duas estavam destruídas por causa da morte de Priscila.

Horas depois...

Todos já tinham ido embora do cemitério, menos Lydia que continuava lá chorando sem parar.

Lydia se deita em cima do túmulo de Priscila e diz:

- Ai que dor que eu estou sentindo dentro do meu coração! Parece que arrancaram um pedaço de mim. Filha eu vou te amar pra sempre, eu nunca vou lhe esquecer e eu prometo que vou vingar a sua morte, pois a Victória vai pagar muito caro por isso e eu vou destruir a vida daquela assassina desgraçada! Eu vou achar o esconderijo dela e quando eu encontrar ela eu vou matar aquela desgraçada!

Lydia jura vingança contra Victória.


























Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...