História Vingança - Capítulo 108


Escrita por:

Postado
Categorias Revenge
Personagens Amanda Clarke, Victoria Grayson
Tags Bts, Drama, Emilly, Família, Justiça, Morte, Novela, Originais, Revenge, Romance, Sangue, Tortura, Vingança, Violencia
Visualizações 6
Palavras 1.045
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 108 - Pedido 2


Fanfic / Fanfiction Vingança - Capítulo 108 - Pedido 2

Lydia chega em sua casa arrasada, completamente destruída por causa do enterro de sua filha.

Lydia fala:

- Ai Meu Deus que coisa horrível que eu estou sentindo sem a minha filha aqui! Que vazio enorne, que silêncio monstruoso. Essa casa fica tão vazia sem a minha amada e querida filha. Ai como você faz falta Priscila, eu acho que eu não vou conseguir viver sem você!

Depois de dizer isso Lydia se senta no chão e volta à chorar desesperadamente.

Enquanto isso...

Cristina, Marcelo e Rafaela chegam do enterro de Priscila arrasados, e Cristina diz:

- Gente eu não consigo entender o motivo que levou uma pessoa à matar a Priscila, pois ela era tão boazinha e tão gentil!

Rafaela:

- Tia se tem uma pessoa que sabe tudo ao respeito do assassinato da Priscila essa pessoa é a Clara!

Cristina pergunta:

- E quem é essa tal de Clara?

Rafaela responde:

- Clara é aquela mulher que nós vimos aquele dia no shopping com a Emilly!

Cristina pergunta:

- Eu lembro dela, mas por que você acha que ela sabe de tudo sobre a morte da Priscila?

Rafaela responde:

- A Clara sabe de tudo sobre a morte da Priscila pois no dia que a Priscila foi morta a Clara foi até à minha clínica veterinária levar o coelho dela pra eu examinar, e desde daí eu já fiquei desconfiada dela pois a Clara é amiga da Emilly e eu pensei que ela só estava lá pra me espionar à mando da Emilly, e então quando a Clara saiu do meu consultório eu e a Priscila resolvemos seguir ela pra vê se realmente ela estava me espionando ou não. Nós duas estávamos seguindo ela, quando derrepente a Clara entrou num hotel e a Priscila resolveu entrar também mas ela não deixou que eu também entrasse, pois ela disse que isso podia ser arriscado e que era pra eu proteger o meu bebê. A Priscila entrou no hotel atrás da Clara mas nem demorou muito lá dentro, e quando ela saiu do hotel eu percebi que ela estava nervosa com alguma coisa que ela tinha visto e quando ela estava atravessando a rua veio um carro e atropeleu ela. Mas antes de morrer a Priscila me disse que quem teria feito isso com ela teria sido a Victória!

Marcelo e Cristina se assustam, e Marcelo pergunta:

- Como assim a Victória?

Rafaela responde:

- Só tem uma explicação pra morte da Priscila, queima de arquivo! E a Victória entra nessa história pois a Clara deve saber onde ela se esconde, e a Priscila deve ter descoberto esse esconderijo da Victória e por isso foi morta!

Cristina pergunta:

- Rafaela mas você não disse que a Clara é amiga da Emilly?

Rafaela responde:

- Sim eu disse!

Cristina:

- Pois então não tem como ser isso que você falou, pois já que a Clara é amiga da Emilly então não teria como ela também ser amiga da Victória, pois todo mundo sabe que a Emilly e a Victória se odeiam!

Rafaela:

- Tia a Clara está jogando dos dois lados, pois provavelmente ela deve ser cúmplice da Victória e a Victória por sinal está usando a Clara para atingir a Emilly, pois as duas devem estão armando alguma coisa para prejudicar a Emilly!

Cristina se assusta e fala:

- Ai meu Deus então eu tenho que alertar a Emilly sobre a Clara!

Rafaela:

- Eu vou desvendar essa história e eu vou ir atrás da Clara e vou obrigar ela a me dizer toda a verdade sobre a morte da Priscila, nem que pra isso eu tenha que ir até ao hotel em que eu e a Priscila vimos ela entrar!

Marcelo:

- Rafaela eu não quero que você se meta nessa história, pois essa história é muito perigosa e você pode acabar morta que nem a Priscila! Amor você não pode se arriscar desse jeito pois você tem que pensar no nosso filho que está aí na sua barriga!

Cristina diz:

- É verdade Marcelo! Rafaela você não pode ir saindo por aí atrás da Clara pois essa mulher já nos mostrou que é muito perigosa e você tem que proteger esse bebê que está aí dentro da sua barriga!

Marcelo:

- Rafaela nos prometa que você não vai se envolver nessa história!

Rafaela:

- Tá bom gente eu prometo que não vou mais me meter nessa história!

Marcelo fala:

- Ótimo Rafaela! Cristina e eu também não quero que você alerte a Emilly sobre a Clara, pois se a Emilly falar pra Clara que você falou mal dela a Clara vai querer vim atrás de você pra te matar!

Cristina:

- Você está certo Marcelo, pois essa Clara realmente pode ser uma assassina igualzinho a Victória!

Marcelo:

- Gente isso é briga de gente grande, pois de um lado tem a Emilly e do outro tem a Clara e a Victória! Eu conheço muito bem a Emilly e eu sei que ela é muito esperta e não vai demorar muito pra ela perceber que está sendo usada e enganada pela Clara!

Cristina sente medo que Emilly esteja correndo perigo ao lado de Clara.

Horas depois...

Anoitece e Lydia continuava chorando sem parar em sua casa, quando derrepente a campainha toca e ela vai atender a porta.

Lydia abre a porta e se depara com Oscar. 

Oscar pergunta:

- Boa noite Lydia, será que eu posso entrar em sua casa?

Lydia responde:

- Pode sim Oscar, vem entra!

Oscar entra na casa de Lydia e diz:

- Eu vim vê como que você está Lydia. 

Lydia:

- Eu estou destruída Oscar! A minha filha era tudo pra mim e agora parece que arrancaram um pedaço de mim. Está sendo muito difícil morar nessa casa sem a Priscila, pois em todos os cômodos dessa casa que eu vou eu lembro dela e na mesma hora me vem uma sensação de vazio horrível!

Oscar se aproxima de Lydia e da um abraço nela, e Lydia chora nos braços de Oscar. 

Lydia fala:

- Muito obrigada Oscar pela sua gentileza de me fazer companhia nesse momento mais triste da minha vida!

Oscar:

- Não precisa agradecer Lydia pois eu disse que você podia contar comigo pra tudo que você precisar!

Lydia:

- Que bom Oscar pois eu queria te fazer um pedido. 

Oscar:

- Pode fazer o que você quiser Lydia!

Lydia diz:

- Oscar eu queria saber se eu poderia morar com você em sua casa só até eu não sentir mais esse vazio que eu estou sentindo aqui sem a minha filha. 

Oscar fica surpreso com o pedido de Lydia. 




















Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...