1. Spirit Fanfics >
  2. Vingança >
  3. Estou de Volta!

História Vingança - Capítulo 3


Escrita por: Ghost-Hunter

Notas do Autor


Yoooo

Espero que gostem.



Boa Leitura!!!

Capítulo 3 - Estou de Volta!


Fanfic / Fanfiction Vingança - Capítulo 3 - Estou de Volta!

Terceiro Capítulo 

 

   Estou de Volta! 

 

     Severus Snape desceu da carruagem, ele olhou para o Testrálio que estava puxando-a, e se aproximou dela. Ele passou a mão nele e sorriu, antes de sair andando. Ele caminhou passando pelos portões, onde estava um professor, junto do zelador Argus Filch, os dois olhavam surpreso para ele.  

   Ele parou em frente ao castelo, um sorriso cobriu seus lábios, os olhos ficaram vermelhos, ele olhou para o lugar que não via a mais de 20 anos. Ele respirou fundo, sentindo aquela sensação nostálgica.  

 

- Se prepare Hogwarts, eu estou de volta.  

 

      

   Todo o salão principal ficou em silencio quando as portas se abriram, não era possível ouvir nem se quer uma respiração. Todos estavam tensos e queriam ver o garoto depois de quase três meses após ele se jogar da torre de astronomia.    

    E com uma postura completamente diferente, eles viram Severus Snape passar por aquelas portas, o olhar vazio e andar extremamente elegante, aquele não parecia o garoto de três meses antes. Enquanto seu corpo parecia extremamente vivo, seus olhos pareciam completamente mortos.  

   Enquanto caminhava em direção a mesa do diretor os olhos se viraram para a mesa da grifinoria, passando os olhos em cada rosto que havia visto no dia em que se jogou da torre. Sirius jurou ter visto um sorriso maldoso nele por alguns segundos.  

   Ele parou na frente do diretor, o olhar sem vida e um sorriso inocente nos lábios. Dumbledore sentiu algo estranho ao olhar aqueles olhos, ele observou o garoto por alguns segundos, antes de andar para frente e estender a mão.  

 

- Seja bem vindo de volta Severus. - Falou e o garoto olhou para a mão, ele virou o rosto e se virou. Então caminhou para a mesa da Sonserina, todos olhavam abismados, os professores olhavam surpresos para o garoto que sempre foi educado e um dos melhores alunos de Hogwarts.  

- Não se preocupe diretor, minha estadia não será longa. - Falou para si e seus olhos passaram por alguns rostos da Sonserina.  

 

     Será um ótimo ano, pensou se sentando ao lado de Regulos Black.  

 

- Olá Regulos. - A voz dele parecia mais baixa e fria, alguns na mesa sentiram um estranho frio na espinha ao ouvir ele.  

- Severus. - Falou e então sorriu. - Fico feliz que esteja de volta, espero que tenha um ano produtivo.  

- E será, não e preocupe. Será um ano muito produtivo. - Falou com um sorriso estranhamente inocente.  

 

 

... 

 

 

    Sirius estava andando no corredor, havia se atrasado ao esquecer o livro em seu quaro, voltou para buscar e foi deixado para trás pelos outros. Os corredores já estavam vazios. Ele apressou o passo e então parou de uma vez, quase trombando ao virar o corredor. Ele olhou para o garoto a sua frente.  

 

- Olá, Sirius. - Ouviu e sentiu um arrepio passar pelo corpo, Severus estava parado na sua frente, um sorriso torto no rosto e o olhar completamente vazio.  

- Sn...Snape. - Falou dando um passo para trás.  

- Espero que esteja tendo um bom dia. - Falou e então o sorriso morreu, ele pendeu a cabeça para o lado.  

- Estou... obrigado. - Falou e engoliu em seco, ele se sentia desconfortável, imaginava que o outro devia estar com muita raiva dele, depois do que aconteceu. - Sobre o que aconteceu naquele dia... 

- Ah... não se preocupe Sirius, eu já esqueci. Não vamos guardar rancor, é claro. - Falou e então andou até ele. - Sou outra pessoa agora, eu não guardo raiva mais.  

 

   Sirius jurou ter visto os olhos dele ficarem vermelhos, antes dele se afastar e sair andando, calmamente e cantarolando um sonzinho que parecia extremamente sombrio.  

 

 

... 

 

   Severus virou o corredor e um sorriso cobriu seus lábios ao ver o rato um pouco mais a frente, tentando juntar alguns papeis que caíram. Ele andou até Pedro e se abaixou, ajudando a pegar os papeis. Quando os dois levantaram o grifinório sentiu seu sangue gelar.  

 

- Aqui. - Falou estendendo os papeis. - Tudo bem? - Perguntou de forma inocente.  

- S...si...sim - Falou pegando os papeis, Severus segurou e olhou os olhos do rato.  

- Que bom, Pedro, seria muito triste se não estivesse, certo? 

 

   Ele soltou o papel e o rato saiu correndo, os olhos vermelhos ainda estavam lá quando Severus se virou para olhar o rato sumir pelo corredor apressado, ele sorriu e se virou, os olhos voltaram ao normal no mesmo instante. James Potter estava parado na sua frente.  

 

- Potter. - Falou e olhou para o lado.  

- Fico feliz que esteja de volta, Snape. - Falou e então passou por ele. 

- Não se preocupe Potter, você ficara por último. -Falou para si mesmo e saiu andando.  

 

... 

 

 

   Remus entrou na biblioteca e caminhou pelas prateleiras, procurando um livro sobre herbologia. Ele se esticou para pegar um livro e não conseguiu, ele suspirou frustrado e ficou surpreso quando o livro saiu da prateleira e foi para trás dele, ele se virou.  

 

- É muito frustrante ser pequeno, não é? Não conseguimos alcançar certas coisas. - Severus falou e estendeu o livro.  

- Sim, é sim. - Falou e pegou, ele olhou para o Sonserino, que o encarava. - Se precisar de ajuda para alcançar os estudos, posso ajudar. - Remus falou com um sorriso. Severus sorriu. 

- Muita gentileza da sua parte. - Falou e ele se aproximou mais do Lupin, Remus sentiu algo reagir violentamente dentro dele, ele olhou para os olhos negros sem vida. - Procurarei você caso eu não consiga acompanhar todos nas aulas.  

 

   Ele se afastou, e saiu andando. Remus continuou no lugar, assustado, era a primeira vez que seu lobo reagia de forma tão estranha perto de alguém. Era na verdade a primeira vez que o sentia reagir longe da lua cheia. Ele olhou para as costas do garoto pequeno que andava com um livro na mão para fora da biblioteca.  

 

- O que aconteceu com você? - Ele sussurrou e balançou os ombros, tentando se livrar daquela sensação. E aqueles olhos, pensou e se virou para o outro lado. Pareciam estar vermelhos por um instante, pensou assustado.  

 

 

 


Notas Finais


Então???

Devo continuar?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...