História Vingancetale - a Vingança no subsolo ( PAUSADA ) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Flowey, Grillby, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Undyne
Tags Undertale
Visualizações 6
Palavras 772
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Luta, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Novo cap!
Quero pedir desculpa pelos erros no cap anterior.. Eu o escrevi no tele do meu pai, e como aquela porra tem auto-corretor, cada ves que errava uma letra ele corrigia para outra palavra. Desculpinha ai, e eu num vou corrigir pk tou com preguiça, seriu preguiça é uma droga.

Entao é isso, meu chatinhos. Boa leitura~~~~

Capítulo 2 - Onde tudo começa


​*P.O.V Narradora

​Ray - Ora meu querido Flowey, NAO!!!! Isso não chega para mim!!! Eu quero todos mortos!!! Eu quero vingança!!!! - Ray gritava, cuase chorando por se lembrar dos pais serem mortos, mas segurava as lágrimas a todo o custo.

Flowey ficou pasmo com a resposta da sua antiga amiga. Ele lembrava-se que ela era uma menina doce como um doce de caramelo, lembrava-se que ela era muito meiga com todos, mas deste que os seus pais morreram ela mudou..... mudou por completo. Começou a se cortar, deve que ir nos tratamentos pcicológicos, mas nada adientara, ela continuava na mesma, fria e  fechada, ela queria vingança deste dai.

Flowey - R-Ray...... Porque??? Porque isso tudo??? Tu não eras assim, eras tao doce e meiga. Porque mudaste? Olha para a tua alma. - dito isso, a alma da Ray brilhou, se mostrando vermelha mas..... pussuida?

Ela era vermelha como a de Frisk, mas ela tinha uma coloração preta no fim, parecia que devorava a alma pouco a pouco.

Flowey - Tas a ver??? Esta é a tua alma, pussuida pelo desejo de vingança. Porque não mudas?

Ray - Porque eu não quero!!! Hahahaha - a frase foi dita quase num sussurro, e apos a esse sussurro, Ray pegou na faca que tinha e num gesto rapito cortou Flowey a meio - Flowey, Fowey, tu devias aprender que eu mudei, e que se eu mudei é porque eu quis.

Rachel saiu andando calmamente. Ela estava pensando sobre sua alma. Como ela era diferente. Como ela era.... chamativa. Se ela continuasse assim, sendo pussuida pouco a pouco, como seria a personalidade de Ray?

Pensando e pensando, nem tinha reparado que estava na frente de um Cabra.

??? - Ola, criança!!!! Como vai? Tudo bem? Quer ir na minha casa? - a senhora Cabra ( Chata: Pfffff, senhora Cabra hahahahahahah vou começar a chamar isso as putas da minha classe hahahaha ) parecia meiga mas.... ao mesmo tempo assustadora.

Ray - Não, não quero ir na sua casa Toriel.

Torans - Eu não sou a Toriel, ela é minha tia. Eu sou a Torans!!!! Prazer!!! Porque não quer ir na minha casa? Ela é tao legal!!! - uma coloração preta apareceu nos olhos dela.

Ray - PORQUE EU NAO QUERO!!!!! - dito isso Ray pegou na faca.

Uma luta entre as duas começou. Ray tentou acertar a Torans, mas a mesma consegue desviar logo ativando uma bola de fogo na sua mão direita.

Torans - Ora minha criança, você não deveria agir assim! - a bola logo foi lançada contra a Ray que logo se desviou de raspanete

Ray - E você senhora Cabra deveria aprender a não meter-se comigo! - correu rapidamente para traz da Torans, pegou na faca e cortou-a nas costas, deixando cair no chão de joelhos e com o HP muito baixo - Da próxima se mantenha longe! 

Rachel saiu andando, segurando o braço onde fora atingida de raspanete pela bola de fogo. Logo chegou perto de uma casa, esta parecia bem decorada e agradável.

??? - Ola minha criança. Você por a caso viu uma Cabra por ai?Ela se chama Torans. Ela disse que ia ver como estão as ruinas mas ela ainda não voltou - outra cabra.

Ray -  Nop, não a vi. 

​*P.O.V Rachel

​Que chatice, mais uma cabra irritante! Minha barriga tá roncando! É melhor ficar nesta casa durante algum tempo, só para conhecer o subterrâneo.

Ray - Por a caso a Sr. Cabra poderia me dar abrigo durante um tempo??? Caí no subsolo e estou com muita fome - fiz cara de cachorrinho abandonado.

??? - Claro! Meu nome é Toriel, prazer! - nossa, Cabra chata-

Ray - Prazer! Meu nome é Rachel Gardner, você pode me chamar de Ray. Tenho 13 anos.

Toriel - Olha para o seu braço!!! Entre Ray, vamos por uns quantos curativos ai - ela me levou para dentro da sua casa.

Entrando la dentro, consegui cheirar um leve cheiro de torta. Ela me levou para a sala e pediu que eu ficasse la á espera que ela voltasse.

O tempo foi passando, ela chegou com alguns curativos, pos vários deles no me braço, onde fui acertada de raspanete.

Toriel - Ora, pronto!!! Agora, e que tal ires dormir? Deves estar cansada. Não? - o incrível é que ela acertou em cheio.

Fui levada ao me quarto. Quando Toriel saiu do mesmo, eu me deitei na cama, a pensar na vida. O quarto era bem confortavel, as paredes eram de uma coloração alaranjada, tinhas uns potes com flores por aqui e por ai. Pensando, pensando, eu adormeci naquela confortavel cama.

 

 

 

continua~~~~~~~~


Notas Finais


E é isso chatinhos, espero que tenham gostado XD
Ate o próximo cap :P
flw vlw


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...