1. Spirit Fanfics >
  2. Vira-tempo (Drarry) >
  3. Capítulo quatro

História Vira-tempo (Drarry) - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Capítulo quatro


*Harry*

Fui andando até um balanço mais no canto do pátio , com Malfoy logo atrás de mim .

Assim que nos sentamos , percebi a fome que eu estava . Não sei se Malfoy também está,  mas também não faz diferença. 

Ele começa a procurar coisas em seus bolsos , então lembro de verificar os meus também.  Pelo visto Malfoy teve mais sorte , porque eu apenas tenho um pedacinho arrebentado da correntinha do vira-tempo e um pedaço de pergaminho dobrado,  que provavelmente é um bilhete de Rony pedindo cola de uma pergunta .

Malfoy achou sua varinha e um saquinho com galeões. Merda,  nem dinheiro eu tenho ! Nem varinha! 

Tento disfarçar meu pânico quando percebo Malfoy  me observando. Ele dá de ombros e começa a olhar algumas árvores que estão um pouco a nossa frente.

Levo minha mão machucada,  disfarçadamente,  a meu campo de visão.  O estrago foi grande e sem varinha nem poções  eu terei que ter muito cuidado com ela,  e acho que não poderei escrever por um tempo.  Eu poderia ir à ala hospitalar,  mas isso está fora de questão .

Sou tirado dos meus pensamentos quando vejo Malfoy se levantar . Acompanho ele com meu olhar é vejo Eles.

Não sei como nem quando,  só sei que estou correndo o mais rápido possível em direção deles . 

Faltava pouco para  chegar lá , chegar neles , chegar em quem eu sempre sonhei em encontrar , quando sinto mãos me agarrando por trás. Eu poderia achar que é uma garota pelas mãos,  mas não faria sentido nenhum ser uma garota . Viro um pouco a cabeça e vejo alguns fios loiros que eu poderia reconhecer de qualquer lugar .

- ME SOLTA MALFOY!!!- grito tentando dar um soco no mesmo.

-Potter .- é a única coisa que ele diz me apertando mais enquanto eu tento me soltar. - eu vou te soltar quando você parar de chorar , se acalmar e pensar direito. 

Eu estou chorando? Nem percebi  , mas isso não importa .

-SÃO MEUS PAIS MALFOY , MEUS PAIS , EU JURO QUE SE VOCÊ NÃO ME SOLTAR EU TE LANÇO UMA... -  Ele me dá um tapa na cara com uma das mãos que estava mais perto  do meu rosto . 

- Você não tem varinha Potter . Para de gritar pelo amor de sabe se lá o que,  você está chamando atenção. 

Paro de tentar me soltar e Malfoy solta um pouco o aperto , não todo mas um pouco . Me solta dele e viro para encara-lo. 

- O que caralhos deu em você,  pra me agarrar desse jeito??!?! -solto com toda a raiva possível  , mesmo tentando não gritar.

-Qual parte do tente não chamar atenção você não entendeu?!? - soltou Malfoy,  no mesmo tom. - Achei que você sabia que não chamar atenção também significa  não mudar a porra da linha do tempo ! Eu não sei se você percebeu,  mas chegar chamando adolescentes de 16 anos de pai ou mãe,  provevelmente trairia perguntas que denunciaram nossa situação e o futuro deles . Potter eu com certeza não " te agarraria " sem motivo , mas a voz da razão fala mais alto . Entenda,  isso traria sérias consequências. 

Essa última frase ,foi doce , um tom que nunca , em situação alguma,  ouvi Malfoy falar . Ele estava com pena. 

O fato de Malfoy estar com pena me lembrou que eu estava chorando.  Eu levei mjnha mão até meu rosto e realmente senti lágrimas,  mas não lembro de ter começado a chorar.

Sequei meu rosto e começei a olhar ao redor. Não tinha muita gente em Hogwarts hoje em si , a maioria está em hogsmede,  e a parte em que estamos não tem muita gente, mas tinha no mínimo 25 pessoas olhando para nós.  

Uma delas era Lucy.  Ela estava perto o suficiente para tocar o ombro de Malfoy. 

- Me deixe ve-los- falei ,praticamente sussurrando , para que somente Malfoy ouvisse. - Eu só quero dar oi .

Malfoy pensou por um tempo e sacudiu a cabeça levemente, concordando. 

Lucy encostou levemente a mão no ombro dele  parecendo muito envergonhada. 

-Draco é Harry né?- disse ela com dificuldade - ah merda , eu não sou boa com convites , mas eu achei que como eu sou a primeira pessoa que vocês viram,  pensei que talvez pudessem almoçar comigo e com meus amigos.  - Diz ela apontando para 4 garotos .

- Claro!- respondo , e vejo toda a pena de Malfoy se evaporar. 


                          * * *

                      *Draco* 

Ok , alguém me explica porque o primo da minha mãe e padrinho do Potter era tão gato? Tipo ?

Lucy nos guiou até os 4 , e mesmo que meu primeiro pensamento tenha sido a aparência do Sirius , agora eu penso,  essa garota não podia ter arranjado amigos que nos deixassem emuma situação melhor não? Eu vou ter que segurar  Potter se ele começar  a falar ou fazer coisas de quem nunca viu o pai , e acredite ,eu não  quero fazer isso .


 


Notas Finais


Eu acho que ainda posto mais um cap hj


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...