1. Spirit Fanfics >
  2. ViRaL >
  3. Ex voltou

História ViRaL - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oi, gente. Essa é a minha primeira vez aqui no Spirit e escrevendo uma fanfic, então... Se alguma coisa não ficar legal ou sei lá. Eu já vou pedindo desculpas (´-﹏-`;).

Aviso: vai ter treta >:3

Capítulo 1 - Ex voltou


POV SAIKO

Eu estava no hospital com o PK, calando, meia um e o tawan. Estávamos esperando o médico chegar para nos falar se o ycaro estava bem... Véio... Não era para ter acontecido aquilo.

~HORAS ANTES DO ACIDENTE~

-saiko. Você tem que ver isso-o ycaro me chama da fonte do parque.

Eu, o ycaro, o PK,calango, meia um e o tawan estávamos comemorando o aniversário do ycaro num parque que ficava no centro da cidade. O parque era ótimo para pequiniques e para fazer uma surpresa de aniversário para o ycaro.

Então eu vou para perto do ycaro.

-o que foi?-eu falo sorrindo para ele.

-nessa fonte tem um monte de peixes!-o ycaro fala muito animado e apontando para os peixes, ele é realmente adorável quando está feliz. É para isso que os amigos servem, deixar os outros amigos felizes.

-é, eles são até que bonitinhos-eu falo olhando para os peixes.

-ei! Ycaro! Saiko!-???

Então eu e o ycaro nos viramos e virmos que o meia um estava nos chamando.

-por que vocês estão aí? A festa é lá-o meia um fala apontando para uma tenda branca.

-verdade. O aniversariante não pode perder a própria festa-eu falo olhando para o ycaro sorrindo, e ele retribui.

-então vamos logo!-o meia um puxa eu e o ycaro até a entrada da tenda, onde encontramos o tawan.

-finalmente os desaparecidos apareceram-o tawan fala num tom brincalhão.

Então nós entramos na tenda. Tinha vários Youtubers, amigos não famosos e nossos familiares lá, a música era uma música bem animada, a comida estava sendo servida por garçons contratados e parecia que todo mundo estava se divertindo.

Eu acabei avistando o calango e o PK conversar num canto com pouca iluminaçõa. Eu achei estranho, eu não via a "peguete" do calango em lugar nenhum, e olha que eles não se desgrudam.

Mais então eu senti uma puxada na minha manga do braço esquerdo que fez eu sair dos meus pensamentos. Então eu olho e vejo que era o ycaro puxando a minha manga, ele estava com uma cara de assutado.

-o que foi, burrinho?-eu falo dando um peteleco no nariz dele, o que faz o mesmo fazer uma cara de raiva.

-não tem graça!-ele fala emburrado e me dando uns saquinhos fracos.

-hahahahaha, tá bem, tá bem. Eu não faço mais isso-eu falo ainda rindo um pouco. Então eu olho para o ycaro e ele volta com a mesma expressão antes de eu ter irritada ele.

-o que tá acontecendo, ycaro?. Tem alguma coisa te incomodando?-eu pergunto meio sério.

-na verdade sim... -o ycaro fala apontando para uma pessoa entra a multidão.

Eu fico procurando por um tempo para quem ele tava apontando até que... Eu vejo a ex do ycaro.

-o que é que ela está fazendo aqui?!-eu falo surpreso. A ex do ycaro não devia tá aqui, ninguém a convidou para a festa.

-você não a convidou?-ycaro fala um pouco triste.

-lógico que não! Eu não seria tão idiota de convidar a sua ex!- eu falo irritado. Eu nunca gostei dela, principalmente por que ela colocou um chifre no meu melhor amigo.

-eu vou ver o que ela quer-eu falo me afastando do ycaro e indo na direção dela.

Eu vou me aproximando até eu consegui tocar no ombro dela. Então ela olha para trás e me ver.

-o que você tá fazendo aqui?-eu pergunto sem tentar disfarçar o quanto de raiva eu estava sentindo por ela está aqui.

-eu não tô aqui para falar com você. Eu tô aqui é para conversar com o ycaro-ela fala olhando em volta procurando pelo ycaro.

-você não vai falar com ele! Eu não vou deixar!-eu falo quase berrando para ela.

-qual é a tua o seu escroto? Eu vim aqui falar com o ycaro!-ela fala me empurrando de leve.

-você realmente não tem vergonha, né?! Depois de tudo que você fez para o ycaro você ainda tem coragem de falar que quer conversar com ele!!-eu falo apontando o dedo na cara dela.

-é sobre os coisas horríveis que eu fiz para ele que eu quero falar com ele-ela fala um pouco triste, mais ainda determinada.

-você não vai falar com ele! Você acha mesmo que ele vai querer olhar para essa sua cara de cuzona?!-eu falo sem perceber que tinha um monte de pessoas olhando para o barraco entre mim e a ex do ycaro.

Então eu escuto passos vindo atrás de mim, quando eu olho eu vejo o tawan e o meia um vindo para minha direção.

-o que está acontecendo aqui?-o tawan pergunta para mim e depois olha para a ex do ycaro com nojo nos olhos.

-essa vaca aí tá querendo falar com o ycaro!-eu falo apontando para a ex do ycaro e olhando para o tawan.

-vocês vão ter que continuar essa discussão lá fora!-o meia um fala baixo só para eu, o tawan e a ex do ycaro ouvir.

Então o meia um puxou eu e a ex do ycaro para fora da tenda. Eu pude ouvir o tawan falando para os convidados que podem continuar curtindo a festa.

Então o meia um nos leva até a fonte onde deixou eu e a ex do ycaro.

-o garota, o que é que você tá fazendo aqui?-o meia um fala com um tom de voz raivoso.

-eu tô aqui é para conversar com o ycaro! E não para falar com os amigos idiotas dele!-a ex do ycaro fala berrando.

-idiota aqui é você!-eu falo tambem berrando.

-ok, chega vocês dóis!-o meia um fala aumentando a voz.

Depois disso o meia um respira fundo e fala:

-será que você não poderia ir embora?. Nós estamos tentando comemorar o aniversário do nosso amigo-o meia um fala mais calmo, mais ainda com raiva na voz.

-eu vim aqui é falar com o ycaro e não vou sair daqui até falar com ele!-ela fala cruzando os braços e fazendo uma cara de raiva.

-esquece o ycaro sua vaca! Ele não tá afim de falar com você!-eu falo com muita raiva.

-saiko! Se acalma-o meia um fala com um tom de firmeza na voz.

-mai- -saiko

-mais nada. Eu sei que essa garota foi uma babaca com o ycaro mais você também não precisa entra nessa briga no lugar do ycaro! Ele sabe se defender muito bem. Ele não precisa da sua ajuda- o meia um fala irritado.

Eu fiquei com um pouco de vergonha e com raiva. É lógico que ele precisa de alguém para defender ele, ele é sensível demais para se defender sozinho.

-bem... Eu vou ir lá falar com ele. Vocês dois esperem aqui até eu chegar com ele-o meia um fala se afastando da gente.

Então eu fiquei lá sozinho com ela. A minha vontade agora é de jogar ela no lixo que é o lugar dela. Mais eu acho que isso seria errado já que ela é uma mulher.

POV MEIA UM

Depois que eu entrei na tenda eu andei ela inteira procurando o ycaro. Então eu senti alguém colocando a mão no meu ombro direito, então eu olho para trás e vejo o calango e o PK.

-ei, cara. O que foi que aconteceu? Tem um pessoal dizendo que teve barraco aqui-calango.

-é. A gente não viu nada-o PK fala.

-a ex do ycaro entrou de penetra na festa e o Saiko decidiu bater boca com ela-eu falo coçando a cabeça.

-tá de Brinks, né?- o calango fala.

-pior que não, gente. Vocês podem me ajudar a procurar o ycaro?-eu pergunto

-sim-os dois falam ao mesmo tempo.

Então eu, o PK e o calango vamos atrás do ycaro. Depois de um tempo eu vejo o ycaro perto dos banheiros com o tawan.

Quando nós nós aproximamos, virmos que o ycaro estava chorando.

-cara, não fique assim-o tawan fala para o ycaro tentando o conforta-lo.

-co-como é que eu não vo-vou ficar a-assim?... E-eu estava mu-muito feliz.... Aí e-ela... Te-teve que aparecer de-de-de novo...-o ycaro fala entre soluços.

-ycaro-eu falo fazendo o mesmo se virar.

-o-o que foi?-ele fala secando as lágrimas que saiam.

-mano, tu não pode ficar assim!-o PK fala determinado- você não pode ficar chorando por quem não merece!.

-é, parceiro. Você vai conseguir arranjar alguém muito melhor do que aquela piranha- o calango fala colocando a mão no ombro do amigo que ainda estava em prantos.

-vo-voces acham?...- o ycaro fala secando o rosto.

-lógico que sim! Ycaro. Você é bonitão! Você consegue qualquer um só estralando os dedos-eu falo estralando os dedos. O que faz o ycaro rir.

-obrigado, gente...-o ycaro fala dando um sorriso, mesmo sendo pequeno.

-poxa, caras... Vocês sabem fazer os outros se sentir melhor, eu queria ter esse dom- o tawan fala dando algumas risadas, fazendo com que todo mundo do grupo rise tambem.

-caramba! Eu quase ia me esquecendo-eu falo colocando as duas mãos na cabeça.

-o que foi "homi"?-o ycaro pergunta.

-você vai ter que lavar o rosto por que a sua ex quer falar com você- eu falo coçando a cabeça e vendo o rosto do ycaro indo de uma cara que tinha acabado de rir para uma cara séria e sem expressão.

-vamos, eu te acompanho-o tawan fala colocando A mão no ombro do ycaro e o levando até o banheiro.

Eu e os outros ficamos esperando eles voltarem do banheiro.

Passou-se um tempo e o ycaro e o tawan saíram do banheiro. O ycaro estava com uma cara melhor do que antes.

-meia um... Onde que ela está?-o ycaro pergunta com a sua voz regulada.-                                                                                                                                        -eu te levo até ela-eu falo puxando o mesmo pela tenda inteira e passando entre as pessoas.

Depois de finalmente chegar na saída da tenda eu vejo o saiko e a ex do ycaro brigando.

-o Saiko... Ele...?-ycaro

-sim, ycaro. Ele está ali brigando com a sua ex por causa de você, e você achando que o Saiko não se importa com você-eu falo dando umas pequenas risadas da cara do ycaro. Ele acabou ficando com as bochechas muito rosadas com o que eu disse.

Quando eu e o ycaro nos aproximamos deles dois, eles pararam de brigar e começaram a encarar o ycaro. Então eu solto o braço dele.

-olha... Eu e o saiko vamos deixar vocês a sós-eu falo olhando para o saiko.

-como assim "eu e o Saiko?!-o saiko fala indignado.

-sim, Saiko. Nós vamos deixar eles a sós. E você vai vim comigo-eu falo indo em direção ao saiko e o puxando.

Então passo pela frente do ycaro puxando o saiko, mais aí eu senti que alguém estava puxando o saiko tambem.

-não!.

Então eu olho para trás e vejo que o ycaro estava segurando o braço do saiko. Eu tive a leve impressão de que o saiko acabou ficando com as bochechas coradas.

-que?- eu pergunto.

-deixa ele ficar aqui. Eu quero que ele fique-ele fala com um tom de voz firme.

E depois o saiko olha para mim.

-você ouviu, meia um. Ele quer que eu fique aqui- ele fala com um sorriso vitorioso na cara.

-ok, então-eu falo soltando o braço do saiko e andando de volta para a tenda- se vocês precisarem de alguma coisa é só gritar.

POV YCARO

Eu olho para trás ainda segurando o braço do saiko e vejo o meia um indo embora. Então eu olho para frente olhando para a desgraçada que me traiu.

-err... Ycaro-saiko

-sim?-eu pergunto olhando para ele.

-será que você... Poderia soltar o meu braço?- ele pergunta apontando para o seu braço.

-caramba! Desculpa, saiko. Eu não tinha percebido-eu falo soltando o braço do saiko.

-tá tudo bem-ele fala olhando para mim com um sorriso.

Eu retribuo o sorriso e volto a olhar para aquela mulher. Eu nunca pensei que veria ela de novo.

-bom... Agora eu tô aqui. O que você queria falar para mim?-eu falo forçando um sorriso.

-ycaro. primeiro eu queria te pedir desculpas por causa daquilo que eu fiz. Eu sei o que eu fiz não tem perdão mais- - ex do ycaro.

-você realmente acha que me trair e ficar contando mentiras para mim tem perdão? VOCÊ ACHA?!-Eu falo agressivamente e cortando ela.

-eu sei que não tem perdão! Mais eu pensei que- - ex do ycaro.

-pensou o que?! Que eu sou tão otário que te perdoaria num piscar de olhos?! SE LIGA GAROTA! EU NÃO NASCI ONTEM!-eu falo cortando ela mais uma vez.

-EU SEI QUE EU SOU UMA PÉSSIMA PESSOA! POR ISSO QUE EU TÔ PAGANDO O PARTO AGORA!- ela fala enchendo os olhos de lágrimas- ele me traiu com a minha melhor amiga e terminamos... -ela fala chorando.

-é para isso que existe o karma-eu falo com um tom de deboche na voz.

-eu sei que foi castigo pelo o que eu te fiz mais... Eu pensei que... -ex do ycaro.

-pensou o que?-o saiko pergunta colocando a mão no meu ombro.

-eu pensei que... Se eu te falasse isso você... Talvez gostaria de voltar comigo-ela fala secando as lágrimas.

-espera, espera, espera... Você veio até aqui, na minha festa de aniversário, para falar que o cara que você ficava enquanto estava comigo te traiu pela sua melhor amiga e depois você pensou que se você falasse isso eu voltaria correndo para os seus braços e que a gente iria fingir que nada disso aconteceu? Foi isso mesmo que eu entendi?-ycaro.

-eu não diria que é isso... -ex do ycaro.

-ESCUTA AQUI SUA VACA! EU NÃO VOU VOLTAR COM VOCÊ SÓ POR QUE VOCÊ E O SEU NAMORADO TERMINARAM! EU PREFIRO NAMORAR UMA PESSOA AMALDIÇOADA DO QUE COM VOCÊ! VOCÊ NÃO ME MERECE! EU TE ODEIO! TE ODEIO MUITO!-Eu falo gritando e me segurando para não chorar.

Então ela começa a chorar de novo e saí dali andando sem dar uma palavra se quer.

POV SAIKO

Eu fiquei abismado. O ycaro nunca levantou a voz para nenhuma mulher ou garota na vida dele, aquela piranha mereceu ouvir tudo aquilo.

Eu e o ycaro ficamos parados na fonte. Eu estava ficando um pouco incomodado, o ycaro não disse nada dês da hora em que aquela mulher saiu.

-ycaro, você está bem?...-eu pergunto preocupado.

-eu... Eu não tô... Bem...-o ycaro fala começando a chorar.

Então ele saí correndo em direção oposta em que aquela mulher tinha corrido.

-Y-YCARO! ESPERA!!-Eu grito, enquanto eu corro atrás dele.

O ycaro corre até a segunda saída do parque e eu logo atrás dele. Quando eu chego no portão eu vejo o ycaro correndo entre algumas pessoas que estavam na rua.

-YCARO!! ONDE TU TÁ INDO SEU BURRO?!!!-eu falo gritando e correndo.

-EU... QUE QUERO FICAR SOZINHO!-o ycaro fala olhando para trás.

Mais ele acaba esbarrando num cara que estava acompanhado de uma garota e com um cachorro quente na mão.

Com isso o ycaro acaba caindo no chão e fazendo com o que o cara derubasse o seu cachorro quente na camisa do mesmo, uma camisa branca.

Então o cara olha para trás e ver o ycaro caído no chão.

-GGRRRR... OLHA O QUE VOCÊ FEZ, SEU MOLEQUE!!-o cara fala pegando o ycaro pelo colarinho da blusa.

-QUERIDO! SOLTA ESSE MENINO!- a namorada do cara estava tentando fazer com que o brutamontes soltasse o ycaro.

Então eu começo a correr o mais rápido possível, muito mais rápido do que eu estava correndo antes. Mais infelizmente não deu tempo.

O cara já tinha dado um soco no rosto do ycaro e jogado ele no chão como se não fosse nada. Depois disso ele começou a dá muitos chutes na barriga do ycaro, a namorada dele ainda tentava impedir que o seu namorado fizesse algo ainda mais horrível com o ycaro.

Eu finalmente chego e dou com tudo uma voadora no estômago do cara. Com isso ele acaba caindo no chão sem ar.

Então eu olho para o ycaro, ele estava todo machucado e não parava de cuspir sangue, de gemer de dor e de chorar.

Eu, entrando em desespero, acabei me sentando no chão e colocando a cabeça dele no meu colo.

-y-ycaro, não se preocupe. E-eu vou chamar a ambulância-eu falo pegando o meu celular do bolso.

~VOLTANDO AO PRESENTE~


Continua...


Notas Finais


Olha... Eu realmente gostei de escrever essa história. Eu espero que vocês tenham gostado desse cap e não se preocupem. Nos outros cap vão aparecer os outros Youtuber e a história vai se desenrolando

Ps: vai ter as capas de cada cap. Eu só não fiz desse por que eu acabei ficando sem criatividade, mais no segundo eu já tenho uma ideia em mente 😊

Obg por vocês terem lido a minha fanfic ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...