História Virei Escravo de Kim Taehyung - Taekook - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (BTS), Comedia, Fanfic, Gay, Jungkook, Jungkook! Bottom, Lemon, Masoquismo, Mpreg, Romance, Sadismo, Sadomasoquismo, Taehyung, Taehyung!top, Taekook, Top!tae, Uke!kook, Vkook, Yaoi
Visualizações 487
Palavras 907
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Capítulo 4


Como acha que anda a vida de Jeon Jungkook?

Um saco! E muito, muito difícil! Ainda mais por se obrigado a ajudar Taehyung a mudar. Depois de tantas tentativas acho que fazer taehyung mudar era impossível, uma vez mal, sempre mal.

Mas Jungkook não pensava em ficar nem um minuto a mais ali.

— Não!  Não é assim que cumprimenta as pessoas, precisa melhorar seu sorriso. — Disse entediado, sentado e observando Taehyung em pé aprendendo a cumprimentar seus funcionários.

Ele não consegue. Taehyung era mais difícil de lidar do que Jeon havia pensado.

— Ah, isso é patético, porque tenho que comprimenta-los?

— Porque assim irá mostrá-los que você não se acha superior a eles, e que está mudando.

— Eu sou superior a eles! Isso nunca vai mudar. — Diz convencido.

— Ah... — Jungkook já havia perdido as contas dos superiores que deu só daquelas horas — Pode até ser superior, mas não pode tratá-los tão baixo assim — o olhou.

— Hum.. tanto faz... — Ele diz caminhando, e sorrindo para o nada — E aí, como ficou? — olhou para o moreno.

— Ah, ficou bom! — Disse, e Taehyung o encarou sério.

— Mesmo? Está bom?

— Sim, ficou bom! Um olhar bondoso e um sorriso simpático, é assim que deve fazer ao cumprimentar seus funcionários. — Jungkook sorriu.

— Ah, entendo. Não foi nada fácil chegar a isso. Ser bom cansa. — Ele afirma a si mesmo  sentando em sua cadeira. Jeon o encarou incrédulo por suas palavras — E qual é o próximo passo?

— Próximo passo? Bom... O próximo passo é conhecer seus funcionários.

— Conhecer? Pra que isso?

— Ora, precisa conhecer quem trabalha em sua empresa. — Respondeu óbvio.

— Tem certeza que preciso fazer isso?

— Sim, com certeza.

— Ótimo, então vamos, quanto antes eu mudar melhor.

Taehyung sorriu e Jungkook o olhou em silêncio.

Ainda achava estranho o fato do Kim quer mudar assim.

— OK...

…..

— Vamos ao escritório da empresa. — Jeon o chamou caminhando até lá.

Ambos foram ao local e ao entrarem.. Jungkook se lembrou que havia se esquecido de algo...

A bagunça que é o escritório!

— WHAAAA — Um dos funcionários boceja se espreguiçando, mas ao se virar e olhar para Taehyung tomou um belo de um susto quase caindo da cadeira — S-Sr K-kim?

Ao dizer seu sobrenome todos rapidamente olharam para a mesma direção se assustando com Taehyung ali.

Um que comia um salgadinho logo o escondeu. E Taehyung encarava todos furiosamente.

— O que é isso? Que sujeira é essa? Porque as cortinas estão fechadas? Que cheiro ruim é esse? Vocês são funcionários ou porcos? — Taehyung gritou deixando todos ainda mais assustados. Então suspirou — Limpem tudo isso antes que eu resolva despedir todos vocês. — diz, logo se virando e indo ao elevador.

Jungkook o segui correndo, com a maior dó dos pobres funcionários.

— Taehyung, o que você pensa que tá fazendo? Não é assim que tem que falar com eles — o moreno o repreendeu enquanto  estavam dentro do elevador.

— Não os repreendi? Há, eu sou o superior deles, você viu o quão imunda estava a sala? Uma das salas mais importantes da empresa? — Ele aumenta seu tom de voz fazendo o mais novo recuar e encolher seus ombros.

— Mas... Eles ficam o dia inteiro lá! Eles tem folga uma vez e você os manda trabalhar em casa, eles comem no escritório porque não tem tempo para sair no horário de almoço!

— Eles tem uma hora de almoço.

— Não é suficiente, pois a maioria dos relatórios chegam justo quando estão almoçando e você os manda revisarem e enviarem todos a você em 10 minutos, então ao invés de almoçar eles vão trabalhar. E pra quê sair pra almoçar se de qualquer jeito vai ter que trabalhar enquanto almoça? — Taehyung prestou atenção naquilo.


— Lá dentro tem uma moça chamada yuna ela se casou a um tempo e até hoje ela não teve sua lua de mel porque ela tem medo de pedir férias a você. Tem o Hugo, ele está enfrentando um divórcio com a esposa, ela quer se separar porque ele não tem tempo pra ela só para o trabalho. Yudy deixou a mãe em uma casa de repouso mesmo sabendo que ela precisava de cuidados especiais, a mãe dele morreu e ele nem foi ao enterro. Handy, Hon Handy é o líder da parte do escritório e ele está perdendo a guarda da filha para a ex sogra que diz que o acusa de não cuida da filha direito pois passa seu tempo no trabalho. — Tomo um pouco de ar — Você entende? Todas essas pessoas... elas têm uma vida! Uma vida que não é vivida por causa do trabalho, e elas não querem sair da empresa porque algumas viveram aqui, outras estudaram justamente para trabalhar aqui! Eles antes de serem seus funcionários são pessoas, são humanos. Precisa entender isso, mesmo eu duvidando que você seja humano. Tente pelo menos pensar como um.

Jungkook saiu do elevador deixando o Kim só, quem sabe ele não refletia melhor no assunto?

Realmente.. Kim era difícil de se lidar. Mas, Jungkook não estava fazendo isso por ele e sim.. pelos funcionários. Pobrezinhos.

Ainda acha que Taehyung é um ser maligno que não possui coração, ele nunca vai amar ou ser amado por alguém se continuar sendo esse ser esse homem.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...