História Virgens Suicidas - Capítulo 2


Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Hot, Lgbt, Mistério, Revelaçao, Romance, Suícidio, Tortura, Yaoi, Yuri
Visualizações 70
Palavras 459
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Estaremos apresentando os personagens e logo iremos postar o primeiro capítulo oficial ^^

Capítulo 2 - Ashley Greene


Fanfic / Fanfiction Virgens Suicidas - Capítulo 2 - Ashley Greene

17 anos

Aniversário 18 de fevereiro de 2001.

Um de seus hobbies é fazer algo novo todos os dias.

Não suporta ordens e nunca segue as regras.

Vem de família bilionária.

Seus avós maternos são donos de uma enorme máfia na Inglaterra e na França. Expandiram o seu negócio por 8 países diferentes, sua mãe se mudou para a Califórnia com Ashley para continuar com os negócios de seus pais, mas depois de um tempo, ela se apaixonou e foi embora para Nova York, pois queria ficar mais perto de seu marido, deixando Ashley sozinha na Califórnia com os negócios.

Usa todos os tipos de drogas, alcoólatra pura! Mas não suporta o cheiro de cigarro.

Seus olhos possuem um lado de cada cor (Heterocromia), um lado é azul e outro verde mas eles tendem a mudar no sol.

Descendência Coreana.

Fluente em Inglês (língua materna), búlgaro, norueguês, grego, italiano,coreano (língua paterna), espanhol, japonês, irlandês e tailandês.

Odeia que a confrontem, ou que a questionem de algo na qual ela tem certeza de estar certa.

Não liga pra nada e nem ninguém.

Sua comida favorita é um bom X-tudo ou até mesmo, uma lasanha.

Ama ver filmes de terror, animes e ler ficções.

Sofre de depressão, ansiedade, é sociopata é masoquista.

Vive chapada por conta dos remédios.

Já morou em 7 países diferentes ao longo de sua vida e sempre arrumava confusão por onde passava, nem que fosse roubando mercados ou até mesmo, lojas.

Suas cores favoritas são vermelho e preto.

Tem 1,58 e pesa 45 kg

É filha única e agradece a Deus por isso todos os dias, ela não gostaria de dividir sua mãe com ninguém.

Tem carteira de motorista, mas sempre pega Uber.

Sempre que vai nas festinhas da vida, pega quase a festa inteira.

É panssexual.

É feminista e vai sempre que pode tanto nos movimentos feministas, mas também como os movimentos LGBTs.

Único presidente que ela já apoiou foi o Obama e ficou realmente triste quando ele saiu da presidência, tanto que descobriu o endereço da sua nova residência e fez uma visita a ele.

É virgem, porque ela acredita que não achou a pessoa certa ainda com quem perder.

Odeia pessoas mimadas, esnobes e pessoas que fazem as outras pessoas se sentirem mal.

Seu maior sonho é morrer transando ( mesmo sendo virgem ).

Ela é sempre muito educada, até certo ponto. Seu sangue já é quente naturalmente, se a estressar então...

Péssima em matemática.

Falta alguns horários de aula pra fumar maconha dentro do banheiro ou de alguma sala vazia.

Seu pai morreu. Ou pelo menos, morreu para ela. Ele abandonou sua mãe ainda grávida e tentou convencer sua mãe a aborta-la.

Gosto musical : pop rock indie trap

Instrumento: guitarra e violão.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...