História Vírus: O mal invisível - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Frenético, Resident Evil, Saga
Visualizações 5
Palavras 562
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Survival, Suspense, Violência
Avisos: Mutilação, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


A única coisa que tenho a dizer é que estou com muito frio,cuidado com a gripe,gente(principalmente as pessoas com renite). Sem mais nada,boa leitura a vcs.

Capítulo 3 - Começando dar errado


"isso é um angano,eu não devia estar aqui. Eles não vão deixar a gente sair enquanto  não terminarem o que vieram fazer então...é melhor eu colaborar. 

Mais eu tenho medo que eles não vão nos deixar sai daqui debaixo vivos...aquele lugar era ULTRA SECRETO, eles vão fazer qualquer coisa para que continue assim. Estou  pensando em fugir quando eles não estiverem olhando,mais tenho muito medo. Não quero dar mais algum motivo para matarem a mim,Diely e o garoto Alan




Meus dedos estão cruzados..."



2.450 metros abaixo da terra,refeitório A

Os soldados entraram primeiro quando a porta se abriu, Diely e Alan e eu fomos logo depois. Olhamos ao redor e parecia um galpão enorme, cheio de contêiners para todos os lados,formando um verdadeiro labirinto

-Soldado?_o capitão perguntou confuso

-Refeitório B,é o que diz no mapa

-Pode ser que esteja vendo errado. Podem haver sobreviventes aqui,procurem,COM CAUTELA

Todos os soldados se dividiram para procurar



(.....)


-Vocês também!


Nos três nos assustados e fomos rapidamente procurar em direções diferentes. Eu só fui andando atoa,até que vi um contêiner que me chamou a atenção. Ele era preto, reforçado. Tinha uma parte de vidro na frente que servia pra olhar,me aproximei devagar. Tudo o que podia enxergar além do escuro ali dentro eram duas pequenas luzes verdes. Parecia servir de olhos para algum tipo de máquina, era assustador.

-Ham!

O capitão estava do meu lado,eu tinha me assustado com ele

-Desculpa_eu disse um pouco deprimido

.......

-Eu...não sei se quero saber mesmo o que houve aqui

-É compreensível_o soldado disse

Do outro lado do ambiente...

-Eu vou te processar!_ameaçou Diely a soldada

-Não enche...


30 minutos depois.

Eu,o  capitão, Diely e o Hacker da equipe estávamos em uma sala que continha três computadores lado a lado  em uma mesa. O Hacker começou a desativar o sistema de segurança. Uma porta de metal grande se abriu automática me

-OK,vamos lá

O Hacker foi sozinho até a sala,o líder ficou cuidando de nós

-Eu vou com ele_eu disse o seguindo logo depois. O soldado deixou

Depois que entramos,a porta se fechou lentamente. Ele tirou de sua bolsa, uma placa(parecia uma placa de vídeo). Era bem grande,mais aparentemente não era tão pesada.

-O que vai fazer com isso?

-Esse dispositivo,quando ativado,vai causar um choque na CPU do Rei de Copas e ele será forçado a reiniciar

-"reiniciar..."

Uma câmera de segurança se movimentou e mirou para nós, eu encarei ela diretamente,assim,um holograma azul de um garotinho de aparentemente 10 anos surgiu 

-Saiam! Saiam,não podem ficar aqui_o holograma ordenou ainda com o tom frio de uma máquina.

-Não ouça ele_me orientou o soldado enquanto fazia os preparativos

-"Me desligar resultaria na perda de energia central"

-Foi criado com as características do filho do dono da empresa_Phil Pates(se pronúncia "peites")

-Ele vai tentar te iludir,te persuadir

Eu fui andando ao redor do holograma,adimirando o mesmo. Sempre tinha visto hologramas em filmes (como TomorrowLand)mais aquilo era novo pra mim 

-"Por favor,eu imploro" _disse o holograma

-Pode implorar a vontade_disse o soldado friamente

" Por favor...."


O Hacker estava do meu lado,mais ele  virou a cabeça diretamente para mim



"Todos vocês morrerão aqui embaixo"

O Hacker apertou o botão remoto e o computador entrou em curto

No galpão dos contêiners

O que foi agora?_perguntou Diely estressada

-Fica fria...

Na sala só holograma

Eu fiquei lá parado de pé, enquanto o Hacker desfasia o equipamento.

-A placa de força faz com que ele desligue sua memória principal por 30 segundos,depois disso se eu não retirar a placa,ele liga denovo

Eu apenas fiquei em silêncio pensando nas palavras do Rei De Copas,elas me afetaram profundamente. Algo ruim está por vim....









Eu sinto...












 


Notas Finais


Sem nada pra dizer no momento, boa noite e até mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...