História Visita - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bleach
Personagens Karin Kurosaki, Toushirou Hitsugaya
Tags Hitsukarin
Visualizações 182
Palavras 685
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Fluffy, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá novamente ^-^

Deveria estar pensando nas minhas outras hitsukarins, mas surgiu uma ideia e para passar o tempo... Enfim, espero que gostem ♡

Tenham uma boa leitura e uma ótima noite ♡

Capítulo 1 - Capítulo Único; Visita


Hitsugaya chegou em casa após mais um dia de trabalho. Tomou um banho para relaxar e depois se dirigiu a cozinha, para comer algo e ir diretamente dormir. Ficou confuso, não tinha deixado louça suja em cima da mesa. Mesmo assim relevou e lavou o prato, pensando no que cozinharia.

Estava tão distraído, tanto por estar exausto quanto por pensar numa certa garota... Que felizmente era sua namorada por exatas três semanas e quatro dias. Perguntas como "será que ela já se alimentou? Dormiu? Está bem? Passou naquela prova?" passavam pela sua cabeça, mas no fim acabava sorrindo se intitulando como o homem mais sortudo de todos.

Ao ouvir o barulho da porta de correr ele se sobressaltou, para em seguida se recriminar por não notar sinais tão óbvios de que não estava sozinho. Isso só poderia ser uma prova de que Kurosaki Karin ainda iria enlouquecê-lo.

Virou seu rosto sem temor algum, tinha uma boa intuição. Suas íris verde-mar avistaram com satisfação uma humana trajada de um kimono que estimulava e muito sua imaginação junto da saudade acumulada nos últimos dias.

— Como chegou aqui? — Questionou, se deliciando com as mãos de Karin acariciando seu pescoço e descendo para o seu peito. Como ela poderia tê-lo tão facilmente na palma da mão?

— Eu estava sentindo-me muito sozinha, então pensei em fazer uma visitinha — Sorriu exibindo certa malícia mesclada com inocência, selando seus lábios com o de seu namorado.

— Você está aqui o dia inteiro e nem foi me ver? — Demonstrou certa mágoa, se tivessem se encontrado mais cedo, quem sabe não almoçavam juntos e ele não a apresentava depois algum lugar favorito seu?

— Eu tive meus motivos — Respondeu, séria, se esquivando das carícias de Hitsugaya e cruzando os braços.

— Aconteceu alguma coisa?

— Uhum. Algo como "Hitsugaya-taichou! Eu derrubei sem querer esses relatórios, sinto muito" e em seguida se jogando em seus braços e, por pouco, quase o beijando. Sem falar nas indiretas "Como um homem como o senhor está solteiro?" "Lindo, inteligente, cavalheiro... Você é uma pessoa rara de se encontrar, devo ser a subordinada mais sortuda de todos os esquadrões". Você está brincando comigo, né? — Karin não fez questão de esconder seu descontentamento, era muita ousadia para uma só shinigami.

Seu mau humor piorou mais ainda ao ouvir os risos de Toushirou. Ele estava se divertindo à sua custa?

— Você está mesmo querendo terminar já? — Retrucou irônica, vendo o capitão se recompor quase que imediatamente.

— Mas você ouviu minha resposta?

— Não, tinha coisas melhores para fazer — Jogou o cabelo para o lado em um ato de desdém, mesmo que ela soubesse que tinha ouvido sim todas as respostas do namorado.

— Eu deixei esclarecido a relação de capitão e subordinada, estabeleci limites e que estou comprometido e feliz com minha namorada. Está bom ou quer mais? — Toshirou aproximou seu rosto do dela, segurando seu queixo e sorrindo ao ver as bochechas coradas de Karin.

— Hm... Está bem — A Kurosaki beijou-o, aproveitando para puxar os cabelos brancos e sentir as mãos de Hitsugaya apertando sua cintura.

Para ambos era impossível não se sentirem perfeitos um para o outro. O encaixe de seus corpos, os beijos, carinhos, a forma com que se correspondiam sempre a altura. Era algo único que nenhum dos dois queria abrir mão.

— Você sabe que eu te amo — Toshirou sussurrou, em seguida puxou o lábio inferior feminino, se arrepiando ao sentir as mãos dela em suas costas.

— É claro que eu sei. Mas, sabe, acho que temos coisas melhores para fazer, não acha? — Sorriu luxuriosa, desfazendo o laço do kimono com certo charme, adorando ver os olhos de Hitsugaya presos em si.

— E o que seria? — O capitão questinou esquecendo-se de qualquer cansaço, até porque não é todo dia em que sua namorada vem o visitar.

— Ah, vejamos... — A humana caminhou até a porta, deixando os ombros a mostra, de costas para ele, assumindo uma feição angelical. — Dormir, é claro, você deve ter trabalhado muito hoje. Boa noite, Toushirou — Karin sorriu travessa, sumindo no corredor deixando um shinigami perdido na cozinha.

Tinha sido tapeado?


Notas Finais


Byee ♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...