1. Spirit Fanfics >
  2. Viva o novo Rei >
  3. Céu e inferno

História Viva o novo Rei - Capítulo 2


Escrita por: e tuty067hunter


Notas do Autor


Oii tudo bem? ❤

Capítulo 2 - Céu e inferno


Fanfic / Fanfiction Viva o novo Rei - Capítulo 2 - Céu e inferno

- ... Oito, Nove, Dez. Vamos lá Padalecki se controla , você nunca foi fraco , não caia na tentação agora. - Jared levou a mão ao seu membro e apertou forte por cima da calça. Se levantou foi até a porta aberta do banheiro, viu ele tirando o shampoo do cabelo e a água espumada percorrer suas costas e entrar no vão de suas nadegas." Que delícia de bunda! ", ouviu o anjinho cantando Bom Jovi e franziu as sobrancelhas.- É "It's my life " Graçinha. - Viu ele fazer uma caranca irritada mega fofa e deu seu melhor sorriso , não querendo que ele lhe expulssase.

- O que você ainda faz aqui? Pensei que Já tinha ido embora! E eu canto da forma que eu quiser. " It's my time , it's now or neve , I ain't gonna live forever " .Viu só ? Eu posso cantar do jeito que eu quiser! - Cruzou os braços aprofundando a caranca e ouviu o Demônio- Jared gargalhar.

Jared não aguentou e gargalhou com a atitude infantil do outro, viu um pote de shampoo vindo em sua direção e segurou sem deixar de sorrir . Que coisinha mais linda , dessa vez teve que agradecer a Deus por essa obra. Foi se aproximando do loiro bem devagar vendo ele se afastar , ficou de cara com ele e tocou seu lábios com o polegar, vendo seus olhos enormes lhe fitar com curiosidade.

- Você é tão perfeito meu anjo!- Aproximou suas bocas e deu um leve beijo nos lábios cheio do loiro . - Sabe aquele céu que eu disse que queria te mostrar ? Então eu posso mostrar agora. -Pegou a cintura fina dele o o trouxe pra mais perto , beijando seus lábios com uma fome que nunca sentiu antes.

Jensen via Jared se aproximar e se afastou , por mais incrível que pareça não está com medo dele , mas não sabe o que tinha naquela mente cheia de travessuras. Sentiu ele segurando sua cintura e novamente aquelas sensações estranhas percorrem seu corpo. Seus lábios foram beijados de uma maneira que os humanos chamaria de quente , e entendeu porque deles dizerem isso. Se afastou assustado.

- O-o que você está fazendo ? Não podemos fazer isso, é errado !

- Foi indo em direção a porta e sentiu seu corpo ser levantado como se fosse nada e ser pressionado contra Jared e a parede. - N-não me solta . Quero dizer, me solta agora . -Falou sério, porém as expressões em seu rosto diziam o contrário. Sentiu beijos em seu pescoço o que lhe fez arrepiar. Viu o Jared lhe levar pra cama e lhe deitar com delicadeza.

-Eu não quero te machucar anjinho , prometo que você vai gostar do que eu vou fazer, só relaxa. - Falou olhando naqueles enormes olhos . Deixou mais um beijinho nos lábios gostoso do anjo e foi descendo por seu pescoço , mordendo levemente e chupando, vendo a pele branquinha ficar avermelhada . Tirou sua própria roupa jogando em qualquer canto do quarto, mais uma vez agradeceu pelo anjo está sem roupa.

Desceu até seus mamilos e levou um a boca , chupando com vontade e mordendo o biquinho rosado, ouviu Jensen gemer e continuou o que estava fazendo, levou a boca até o outro mamilo e passou a língua em volta do bico , logo em seguida mordendo.

- Ohh , o que foi isso ? - Perguntou assustado por não saber do que se tratava essas sensações. Viu Jared descer beijos pelo se corpo e chegar ate suas partes íntimas. Intimas demais pra alguém está tocando , mas não pôde parar os gemidos que saiu de sua boca , ao sentir essa parte específica deslizar lentamente na boca quente . - Oh isso é muito bom , continua. - Falou se movimentando pra cima e pra baixo.

Jared permitiu que Jensen fodesse sua boca no seu próprio ritmo, e aproveitava pra se deliciar com os sons divinos que saia daquela boquinha, para olhar aquele rostinho lindo corado , e aquele corpo maravilhoso soando.

Sentiu o membro do seu anjo pulsar sua boca e em seguida o sabor que teve o prazer de provar, simplesmente divino , algo melhor que melhor do que qualquer coisa que já provou em toda sua vida.

Passou a língua pelos pelinhos loiros que tinha resquícios de esperma que tinha ali e limpou a boca com um dedo , em seguida o chupando. -Que delicia meu anjo , mas ainda não acabou não. - Subiu pelo seu corpo , tomando sua boca em um beijo faminto , enlacando suas língua e tomando o lábio inferior na boca o chupando com vontade, mordendo logo em seguida.

Sentiu um gosto de metal invadindo sua boca , e percebeu que o loirinho mordeu seus lábios, e estava fazendo um estrago em suas costas com as unhas. Gostou disso! Se afastou e olhou o anjinho com a boca entre aberta vermelha e inchada, saindo um filete de sangue os olhos bem fechados e podia dizer que aquela era a visão do Paraíso.

- Ohh Deus não foi minha intenção te machucar. - Falou limpando os lábios do moreno com os dedos , e viu ele levar seus dedos a boca chupando-os. - O que você tá fazendo? - Perguntou não entendendo porque seu corpo reagiu a isso. Que estranho não sabia que ter alguém chupando seus dedos causaria esse tipo de reações em seu corpo.

- Vira pra mim meu gatinho selvagem? - Sussurrou em seu ouvido, e viu ele juntar as sobrancelhas confuso.

- Por quê? - Não estava louco de dar as costas pra alguém que a pouco tempo queria lhe matar!

- Confia um pouco em mim meu anjo , eu não quero te machucar . Por favor? - Fez sua melhor cara de filhote perdido e viu ele se virando de bruços, com uma perna encolhida e a outra esticada lhe olhando por cima do ombro. Levou os dedos do anjo ao seu próprio ânus. - Quero que se toque aqui. - Indicou como ele deveria se tocar . Dês de que viu o anjo pela primeira vez imaginou esse ser tão puro tocando a si mesmo.

Viu ele empinar mais àquela bundinha perfeita e em seguida circular seu buraco com os dedos. - Assim? - Ouviu a voz ofegante perguntar.

- Muito bem bebê - Foi até ele e respondeu rouco em seu ouvido. Aquela visão estava lhe tirando o ar. Mordeu levemente o lóbulo de sua orelha e desceu beijos por sua

costa sardenta, até chegar em suas nadegas avantajadas e apertou com força separando as nadegas.- Ahh porra, que delícia meu lindo anjinho !

Levou alguns segundo pra apreciar aquele buraquinho rosado, passou a língua no vão, logo circulando o cuzinho lindo deixando-o bem molhadinho. - Ohhh Jared, isso é tão bom ahh !

Jensen estava com o rosto quente, isso não devia tá acontecendo, mas era tão bom !

Jared levantou seus quadris, e passou dois dedos em seu ânus. E se possível sentiu seu rosto esquentar mais ainda , tamanho o seu contrangimento , diante dessa situação que nem em um milhão de anos imaginou está vivendo. Viu ele levar seus próprios dedos a boca , voltando com eles monhados de saliva e passar mais uma vez sobre seu ânus. E logo enfiar um dedo lentamente. E a essa altura não se importava mais com os sons que estava fazendo.

Jared sentiu seu dedo tocar em um lugar dentro do loiro, que fez com que ele gemesse mais alto. Continuou a prepara-lo ate sentir que ele estava aberto suficiente pra suportar seu pau enorme. Se levantou e caminhou seu membro até o buraquinho ligeiramente aberto.

O loirinho quando sentiu a ponta do pênis do moreno, se assustou com o membro enorme. Não ia caber !- jay não vai caber, é muito grande! Isso não foi feito pra entrar ai !

O demônio riu do desespero do anjinho- calma bebê vai ser bom relaxa. E isso foi feito justamente pra entrar ai! Você ainda não percebeu? Somos como chave e fechadura, feitos sob medida.

Foi entrando lentamente dentro daquele buraquinho apertado, gemendo com o calor em volta do seu membro. sentiu seu corpo o abrigar de uma forma tão gostosa. Fechou os olhos e controlou a respiração. Quando entrou completamente esperou um pouco ele se acustumar. Quando sentiu ele alargar o suficiente para começar a se movimentar. Saiu completamente e entrou novamente em uma estocada forte, rolou seus quadris contra a bunda do loiro e gemeu. Começoua a se mover lentamente até ganhar ritmo.

Jensen tinha prendido completamente a noção do certo e do errado. Ter Jared dentro de si é uma delícia! A dor logo foi dando lugar ao prazer e começou a se mexer procurando mais contato. Jared perbendo isso começou a se movimentar mais rápido e acertando o ponto do loiro com precisão. Os gemidinho baixinho do anjinho o fez ir mais rápido.

Saiu de dentro de Jensen e o virou na cama. Levantou a perna esquerda do anjo e se guiou novamente para dentro dele, observando com prazer seu pênis enorme entrando e saindo daquele buraquinho gostoso - Ahh puta que pariu, que cuzinho delicioso !

Jensen sentiu seu rosto esquentar mais uma vez e não era pelo enorme prazer que está sentindo, essa posição, a forma como Jared não desgruda os olhos do ponto que os liga e a fala do mesmo, faria até um profissional do sexo corar , fora que ele é intimidador com toda àquela beleza e imponência. -N-não fale ahhh ssim. -

Jared segurou o membro do anjinho e começou a massagea-lo, chupou o pescoço até ver uma grande mancha vermelha. Queria marcar toda aquela pele de porcelana! Logo sentiu o loiro se derramar na sua mão, chamado pelo seu nome e isso foi o bastante pra gozar dentro dele. Jensen sentiu jared o encher com seu líquido quente, se sentia tão cansado que quando jared saiu de dentro dele e o puxou para deitar no seu peito logo adormeceu.

◇◇◇

Jared estava pensando no que ia fazer, estava apaixonado pelo anjinho, os anjos nunca ia permitir isso, mas vai lutar pelo seu amor ! Sabe que o romance deles haverá consequências, só espera que essas consequências não caia pra cima do seu anjinho. - De alguma forma o destino, ou qualquer coisa que seja, nos uniu por algum propósito meu amor !

Passou a mão na lateral do rostinho perfeito do seu amor , sentindo-o suar excessivamente e franziu o cenho , isso não é normal! Viu lágrimas descer de seus olhos fechados e limpo com o polegar. jared se desesperou não sabia o que tava acontecendo mas parecia que ele tava sentindo muita dor.

- Ei meu amor, acorda , é so um sonho! - Sacudiu ele levemente e viu aqueles grandes olhos abrir com uma expressão de dor. - Tá tudo bem , minha vida. - Sussurrou em seu ouvido , o envolvendo em seu poder.

Jensen continuou chorando até sentia a aura poderosa de Jared lhe acalmar , fazendo sua dor sumir aos poucos, até tudo o que restar era só um enorme vazio em sua alma. E voltou a chorar novamente.

- E-ele está me pu- punindo Jay, ele tirou minhas asas ! - Falou soluçando.

- Eu vou concertar isso meu amor, você não merece o que esses filhos da puta estão fazendo. Vai ficar tudo bem lindo ! -

Enquanto Jared falava ele passava a mão nos fios loiros do anjo, e como num passe de magica , fez ele voltar a dormir novamente. O ajeitou na cama confortavelmente e deu um leve beijo em sua bochecha. - Durma meu amor, quando eu voltar não haverá mais dor!

" Bill preciso de você e do Alex aqui imediatamente! "

Chamou pelo irmão e pelo amigo, que além de Jensen são os únicos que Jared se importa.

- Jay Azazel planeja vir atrás de você, tá um caos no inferno e pelo que eu sei, no céu também. O que faremos ? Esse é seu anjo ? - Perguntou apontando pro mesmo e viu o irmão afirmar com um aceno de cabeça. - Ele é gostoso. Só não mais que meu loirinho aqui . - Falou depois de ver uma leve ameaça que seu namorado lhe deu.

- Bom ! Mas tratando de assuntos sérios, Azazel e alguns de seus seguidores estão vindo atrás de você e teu anjo. O que vamos fazer Jay ? -Perguntou apreensivo.

- Nosso maior problema é com os anjos. Cuidem do meu anjo até eu voltar. Que de Azazel eu cuido.

◇◇◇

Jared rompe as porta do inferno com os olhos em chamas e com uma imponência firme e cruel. Passou por alguns demônios que nem ousaram olhar na sua cara. Era o mais temido do, mas também era o mais respeitados. Entrou na sala do trono e viu Azazele alguns seguidores se preparando .

- Cheguei em uma hora errada ? - Perguntou irônico. - Estavam planejando alguma coisa meu querido rei ? - Viu um demônios vindo em sua direção e estalou os dedos transformando-o em pó. Olhou em volta da sala e pôs o indicador no queijo com uma expressão pensativa.- O que você acha de uma nova decoração ? Quem sabe contratar um novo arquiteto? É isso mesmo meus queridos , teremos um novo rei , que odeia não so essa decoração horrível. Algumas coisas irão mudar por aqui, e quem não suporta o calor do inferno saia dele.

Virou na direção dos demais demônios e viu alguns desviarem o olhar e alguns lhe desafiar. Estalou os dedos e fez esses sumirem no ar. - Nunca houve outro aqui ! Só so haverá um único rei daqui por diante. - Olhou em volta. - E todos que ousarem me desafiar eu não serei tão piedoso quanto eu acabei de ser.

- Agora se me derem licença. Acenou em direção a saida expulsando todos que estavam na sala , exceto Azazel. - Agora minha luta é com você . - Jogou ele contra a parede como se fosse nada.

- Você vai precisar de mim na luta contra os anjos Jared .

- Eu não preciso de você seu verme. - Trouxe Azazel pra perto de si e segurou a cabeça dele pelos dois lados , abriu a boca e sentiu o gosto de poder lhe invadir ao sugar a alma do outro. Largou o no chão e abriu um sorriso ao ver o corpo cair sem vida.

Levantou os braços deixando a mostra suas enormes asas negras e emitiu uma forte energia como aviso para os anjos que abalou o céu e a terra em um forte tremor, causando raios e iniciando uma forte tempestade . - Podem vir seu covardes. Estarei lhes esperando .

Andou imponente até o trono e se sentou . Se sentia mais forte do que nunca. Viu todos os seus seguidores se ajoelhar diante de si.

- Senhor como seu mensageiro gostaria de dizer em nome de todos que é uma grande honra lhe servir. - Seu mensageiro Crowley se ajoelhou diante de si.

- Sim eu sei que é ! Mas agora quero que todos ouçam. Haverá uma grande guerra contra os anjos, e todos nós lutaremos e só vamos acabar com ela depois que todos os seres reconhecerem seu novo Deus. Quero que reúnam todos .

◇◇◇


Notas Finais


Digam o que acharam até a próxima 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...