1. Spirit Fanfics >
  2. Vivendo com você, Livro dois >
  3. 19

História Vivendo com você, Livro dois - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente, não eu não morri, tô viva. Só passando por alguns problemas, mas aqui está mais um cap pra vcs

Capítulo 19 - 19


Sinto as lágrimas rolarem dos meus olhos em uma velocidade que não conseguia expressar. Ela estava linda, completamente linda. O vestido sereia branco, com detalhes em renda, mangas longas e um decote em V ficou perfeito em seu corpo. O coque bem feito e maquiagem simples eram apenas os pontos finais. Eu sabia que iria chorar, como não poderia? Ja havia chorado quando coloquei o véu em sua cabeça.
_Lou, está chorando por quê? – ela me perguntou rindo. Limpo meus olhos com um lenço tentando não borrar minha maquiagem.
_Você está deslumbrante – eu falo emocionada – Espere até ele te ver.
E eu não estava errada, Will chorou como um bebê, quando a viu. Ele tentou disfarçar, mas eu sabia que estava emocionado, ela estava linda como sua própria princesa.
Meus sentimentos não mudaram quando vi os dois caminhando em direção ao altar, no dia fresco de primeira, o quintal do castelo bem decorado com gardênias e girassóis. Will manusiava sua cadeira lentamente, enquanto sua outra mão segurava a mão de Lily que levava com sigo um lindo buquê de girassóis. Seu sorriso era enorme e radiante, ela estava completamente feliz. Ao ver Will entrando, não pude deixar de me lembrar do meu próprio casamento, o que só me fez derramar mais lágrimas.
_Ela está perfeita – ouço Christian dizer enquanto ele mesmo derramava algumas lágrimas. 
Dois anos atrás, quando eles finalmente ficaram noivos, eu vi a carranca de Will ao saber que sua filha seria agora de outro. Ele ficou emburrado por dias decepcionado em ter que entregar sua garotinha. Agora o mesmo Wil segurava a emoção ao andar até o altar com sua filha.
Os dois chegaram no altar e Lily se abaixou dando um beijo na bochecha de Will, que se afastou vindo em minha direção, estacionando a cadeira ao lado da minha.
_Venha cá – me enclino em cima dele e limpo suas lágrimas – Vocês estavam lindos juntos.
Ele me olhou sorrindo, um misto de tristeza e alegria.
_A minha princesa, Lou. Minha filha se tornou uma mulher.
_Uma mulher linda.
Ele ascenou com a cabeça e apertou minha mão com firmeza.
_Você está linda, Clark – ele disse baixinho. Sorri em agradecimento. 
Meu vestido verde limão, era um dos poucos vestidos colados que eu tinha, mas achei que a ocasião nessecitava de algo mais formal. Ele era justo no corpo, possuía um decote em V que deixava meus seios e afinava minha cintura. Meu cabelo estava soltoz preso pro lado, com uma prisilha de abelhinha. 
O casamento continuava e Will e eu aperta anos as mãos um do outro durante a cerimônia. Na hora dos votos, não podemos deixar de olhar um para o outro, com uma emoção que somente a gente entendia. Ele se enclinou para mim, beijou meus lábios de leve e sussurrou.
_Para todo sempre, meu amor.
Eu apenas sorri, com medo de dizer alguma coisa e começar a chorar novamente, mas eu estava completamente e extasiadamente feliz 

_Bem vindo a família Chris – eu disse dando um grande abraço nele – Não que você já não fosse dela antes, agora é apenas oficial.
_Obrigado Lou. Estou muito feliz de entrar para sua família.
_Agora você não é mais uma Traynor – disse Will olhando para Lily, seu tom era triste. Os dois demoraram anos para se encontrar, o que levou bastante para Lily se tornar uma Traynor na lei. Sei que parecia bobagem, mas eu sabia que significava muito para Will.
_Papai – disse Lily – Eu sempre serei uma Traynor, não se preocupe, eu não vou sumir, ainda mais que nosso apartamento é apenas há um quarteirão de distância.
_Eu sei só.. tenho que me acostumar.
A festa estava cheia, as pessoas comiam e se divertiam por todos os lados, era um ambiente completamente feliz. Era bom estar de volta a minha Cidade, passei tanto tempo longe, ocupada com os desfiles da minha griffe em Paris, que estar de volta aqui era, de certa forma estranho. Nós últimos dois anos minha carreira decolou e eu não poderia estar mais feliz. Vários asossiados em Paris, Nova York e agora mais um na Itália, nem em meus maiores sonhos eu havia imaginado tanto sucesso para minhas roupas, eu só podia agradecer. 
Sou tirada dos meus pensamentos quando dois garotinhos grudam nas minhas pernas, gritando meu nome freneticamente.
_Calma, calma, um de cada vez – falo para os dois que finalmente se calam – Jamie você primeiro.
_Mamãe, a vovó disse que poderíamos dormir na casa dela hoje – ele disse empolgado – A gente pode?
_Qual vovó? – pergunto curiosa. Provavelmente a senhora Traynor, a não ser que mamãe queria dar uma festa com esses dois bagunceiros e os gêmeos de treen, que agora tinham mais energia do que qualquer pilha.
_A vovó Traynor – respondeu Sam – Deixa mamãe, por favor.
_O que esses dois sapecas querem? – diz Will chegando ao meu lado. 
_Papai – Sam pula no colo dele, os três tão parecidos com seus ternos iguais, estavam lindos – Queremos ir dormir na casa da vovó Traynor.
_Hm – Will olha para mim como se perguntasse minha resposta e eu apenas dou de ombros, pelo menos ficaremos sozinhos – Podem ir, mas se não se comportarem os dois ficaram de castigo.
_Obrigado papai – os dois dão um abraço em um Will e depois em mim e correm sumindo de nossas vistas, provavelmente atrás de Camilla.
_Bem, parece que seremos só nós dois hoje, Clark.
Dou um falso bocejo e faço minha melhor cara de cansada.
_Que bom, pois eu estou exausta. 
Me sento em seu colo fingindo cansaço e ele me olha desconfiado.
_Pois você vai se cansar muito hoje a noite Clark.

Ja fazia um mês desde o casamento de Lily. Depois que eles saíram para sua viagem à Escócia em lua de mel, passamos uma semana em Stotfold, alternando entre jantares na casa de Steven, Camila e mamãe, cuja última estava mais do que feliz de ter os seis netos em casa, que não polpavam esforços para fazer bagunça.
_Caos! – gritou vovô vendo a bagunça das crianças, e de certo modo ele não estava errado.
Agora, em casa, Trem, Rita e eu aproveitavamos o fato de as crianças estarem na creche e os homens no trabalho, para beber margaritas, comer bolinhos e fofocar sobre a vida.
_Nathan e eu estamos pensando em fazer uma viagem – Disse Rita enquanto dava uma mordida no bolo de chocolate – Aproveitar que mamãe e papai querem passar uns dias com as crianças.
Trenna riu.
_Não sei como eles vão dar conta de tantos netos juntos.
Rita deu de ombros.
_O que importa é que teremos um tempo livre. Faz tempos que não tiramos  um momento só para o nosso casamento.
Bebo mais um gole da minha bebida e sinto meu estômago dar voltas.
_Lily e Chris chegam amanhã – Eu digo – Will está ansioso para que eles voltem, um pai surperprotetor, nunca deixa de ser, mesmo quando a filha se casa.
As duas riram.
_Will apenas gosta de ter as coisas sobre seu controle – Diz Treen – O poderoso Traynor e todo seu reino aos seus pés e…
Deixo de ouvir e corro para o banheiro, meu estômago pegando fogo. Vômito tudo que tinha comido e mais, minha garganta queimando. Lavo a boca e dou disfarça, saindo do banheiro limpando a boca com um papel toalho e o jogo no lixo. Rita e Trenn me olham preocupadas.
_Você está bem? – Ela pergunta.
_Não está bêbada o suficiente para vomitar.
Dou de ombros.
_Talvez não devesse ter comido tantos bolinhos.
Me jogo no sofá sentindo meu estômago se acalmando, Deus como eu odeio vomitar. As duas trocam um olhar e se sentam na minha frente.
_O que foi?
_Lou, a sua última menstruação foi uma semana antes do casamento não foi? – pergunta Treen.
Faço as contas mentais e sim, ela estava certa.
_Como sabe disso? – Rita diz espantada.
Tren da de ombros.
_Ciclos sincronizados desde que eu era adolescente, não sei porquê, mas tudo bem, ajuda a controlar.
_Ok então – Rita volta a olhar para mim – Querida, acho que não tem nada a ver com o bolo.
_Como assim?
_Lou a minha menstruação veio na semana passada. Você e está 7 dias atrasada.
A saliva desceu como ácido na minha garganta. Meu Deus ela está certa. Droga, droga!

_Conheço bem essa cara mocinha – Disse Rita, ela pega sua bolsa e me entrega uma caixa que eu já conhecia bem. Teste de gravidez – Vamos la, você já sabe o que fazer.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...