1. Spirit Fanfics >
  2. Vivendo sem medo - Noany >
  3. Capítulo 14 - HOT

História Vivendo sem medo - Noany - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


espero que Deus me perdoe Uajakaka
Se vc não gosta, não leia ok? E crianças não façam isso em casa👍☺️

Capítulo 14 - Capítulo 14 - HOT


POV Noah

Eu finalmente tomei coragem para dizer o que eu sinto, não só coragem mas também aceitar que era aquilo mesmo. O beijo dela era tudo o que eu queria, eu sabia que ela tinha ficado magoada com o que aconteceu antes, vê-la chorar doeu demais em mim. Eu perguntei se ela queria ir embora e ela disse que sim, avisamos ao pessoal que estava lá e fomos para casa, quando eu cheguei na frente da casa dela, ela apertou em minha mão me repreendendo

Any - Será que eu poderia ir para sua?

- Claro, vou adorar ter você comigo 

Ela avisou a mãe dela, que não viu problema pois éramos muito amigos e ela sabia disso. Chegamos na minha casa e não tinha ninguém, fui até a cozinha pegar um copo de água e minha mãe tinha deixado um bilhete dizendo que tinha ido na casa da minha tia na outra cidade e voltaria amanhã de noite, olhei no relógio e já era 00:30

- Quer água Any?

Any - Quero, você tem um remédio para dor de cabeça? — ela pega o copo de água 

- Vou buscar, vem comigo e você já toma banho lá em cima 

Ela sobe junto comigo para o meu quarto, eu pego o remédio e ela toma

Any - Que quarto bagunçado em Noah

- Oh senhora minha mãe, nem tá tão bagunçado assim — eu riu e olho para os lados

Any - Vou tomar banho — ela entra no meu banheiro e eu só queria entrar com ela lá, mas me segurei

- Vou colocar um filme e fazer pipoca para gente tá? — eu falo em um tom que ela possa escutar 

Any - Ta certo

Desço até a cozinha e coloco a pipoca no microondas, depois de pronta coloco em um pote e volto para o meu quarto para escolher o filme, alguns minutos depois Any sai do banheiro com um short curto e um blusão que quase cobria seu short todo

Any - Iai qual filme vai colocar?— ela diz sentando na cama e pegando a pipoca

- Pode ser esse aqui — eu aponto para algum filme qualquer

Any - Ta pode ser

O filme passava, a gente dava risada e comia a pipoca. Quando o filme termina, ela levanta da cama e coloca uma música

- Uma hora dessa? — eu rio

Any - Eu agora acordei — ela começa a pular e eu fico rindo — vem cá também

Ela me puxa fazendo com que eu meu solte para dançar junto com ela, eu começo a dançar e a rir, parecíamos estar bêbados mas na verdades estávamos sóbrios. Um tempo depois ela me encara sorrindo e eu faço o mesmo, começo um beijo lento e ela corresponde deixando minha língua passar, o beijo começa a ficar mais intenso e eu deito ela na cama ficando por cima dela, dou beijos no pescoço dela fazendo com que fique a marca mas ela não se importa, eu já estava louco de tesão por ela

- Tem certeza que quer isso mesmo? — falo no ouvido dela e vejo que ela se arrepia

Any - Hunrrum — Apenas isso sai da boca dela e eu volto a beija-la, colocando minha mão por dentro de sua blusa com a intenção de tirar 

Tiro a sua blusa e olho o corpo dela de cima para baixo e dou um leve sorriso, que perfeição ela é, eu tiro minha camisa e depois o sutiã dela e coloco minha boca em um seio dela e o outro eu massageava

Any - hmm — leves gemidos saiam da boca dela o que me fazia ficar mais excitado

Eu faço uma trilha de beijos pelo corpo dela, até chegar no seu short, eu tiro e jogo em algum canto do quarto, beijo a intimidade dela ainda por cima da calcinha e ela morde o lábio inferior. Tiro sua calcinha e beijo a coxa dela, percebo que sua intimidade está bem molhada por conta de sua excitação, coloco um dedo na entrada mas não enfio, fico massageando de cima para baixo para provocar ela

Any - Anw Noah vai logo — ela diz entre gemidos 

- Me diz o que você quer — continuo com os movimentos

Any - aaa você s-sabe 

- Eu não sei — fico aumentando e diminuindo os movimentos

Any - hmm me faz gozar porra — ela geme 

Eu em seguida abaixo e chupo ela, escutar aqueles gemidos era a melhor coisa do mundo, eu chupava mais rápido e penetro minha língua arrancando um gritinho dela

Any - E-Eu vou hmm go... — Ela não termina a frase e goza na minha boca, eu sorrio e engulo tudo

Nós trocamos de posição e ela tira minha calça e minha cueca, meu membro já estava muito duro, ela segura e faz movimento com a mão me fazendo jogar a cabeça para trás de tanto prazer, ela coloca a boca e começa a me chupar

- aaa caralho — eu gemia e ajudava ela segurando o cabelo dela

Eu gozo na boca dela e ela engole tudo, deito ela na cama denovo pego uma camisinha e coloco

Any - Vai com calma, eu nunca fiz isso 

- Tudo bem meu amor, deixa que eu cuido de você — dou um selinho nela

Coloco só a cabeça do meu membro em sua entrada para ver se ela dizia alguma coisa mas não tive resposta, vou colocando lentamente e ela dá uns gritinhos.

- Ta doendo? 

Any - Sim

- Mas vai ficar bom — coloco todo o meu membro dentro dela e fico parado para que se acostume, depois começo movimentos lentos e ela geme

Any - M-Mais rápido vai, anww — eu sorrio e acelero os movimentos mas logo depois continuo lento

Any - Ah não, porque diminuiu? 

- Você vai ter que pedir denovo

Any - Que tortura 

- Vai se não eu paro — deixo os movimentos mais lentos o que para mim também era torturante

Any - N-Noah vai logo

- O que você quer? — começo a aumentar

Any - Eu te quero — ela fala gemendo — me fode mais rápido vai anw

- Agora sim eu entendi — começo a dar estocadas rápida e fortes — aaaw any como você é gostosa

Eu beijo ela para abafar os nossos gemidos, sinto que ela ia gozar e acelero ainda mais, se é que era possível, não demora muito e ela goza

- Rebola para mim agora vai — nós trocamos de posição e ela senta em cima de mim

Ela rebola no início lento mas depois fica cavalgando em cima de mim, aperto sua cintura e eu estava indo a loucura, nem parecia que era a primeira vez dela porque ela sabia fazer aquilo muito bem

- Aaa puta que pariu, que delícia — eu gemia junto com ela

Ela quicava em cima de mim e eu apertava seus seios, eu gozo e ela também. Ela sai de cima de mim e cai do meu lado

- Gostou? 

Any - Eu adorei — ela me dá um beijo e eu retribuo

Aquela transa foi uma das melhores coisas da minha vida, dormimos de conchinha até o outro dia
















Notas Finais


eu espero que tenham gostado e desculpem os erros🙃


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...