1. Spirit Fanfics >
  2. Vivendo um clichê (Luka x Leitora) >
  3. Minha melodia?

História Vivendo um clichê (Luka x Leitora) - Capítulo 2


Escrita por: Souka-senpai

Notas do Autor


Oiii!! Turu baum? Espero que sim!
Mais um cap totoso pra vocês

Boa leitura 📖🍁

Capítulo 2 - Minha melodia?


Fanfic / Fanfiction Vivendo um clichê (Luka x Leitora) - Capítulo 2 - Minha melodia?

Acordei com o despertador, o desliguei. Ainda lenta andei até o guarda roupa, peguei uma roupa, e depois fui para o banheiro tomar um banho 


Tomei o banho e me arrumei, e desci as escadas indo para a cozinha 



Bom dia! - falo em um tom animado

Bom dia filhota - meu pai faz um carinho em minha cabeça

Bom dia minha flor, é incrível como você sempre está animada - 

Para mim é algo normal, oque está fazendo aí? - 

Cortando alguns morangos - 

Hum - de pressa peguei um e o comi - Estão uma delícia, preciso ir logo, o ônibus irá passar daqui a pouco - 

Ok querida, mas não está esquecendo de algo? - 

Minha mochila! - corri até meu quarto a pegando, junto com meu celular e fones, e depois desci novamente 

Boa aula filha - meu pai disse distribuindo um beijo no topo de minha cabeça 

Tchau! - me despedir e sai indo em direção ao ponto de ônibus



Não posso me perde novamente, dessa vez Luka não estara-la para me ajudar 

Foi quando me enganei, o azulado estava ali parado no ponto com seu violão 



Bom dia! Parece que nós encontramos novamente - digo e vejo uma menina de cabelos escuros meio azulados saindo de seu lado - A desculpe, não sabia que já estava acompanhado 

Tudo bem, mas será o destino? - 

Pura coincidência, e quem é essa? - 

Marinette do PenCheng - 

Ah, prazer! Sou s/n - olha para a mesma sorrindo 

Prazer - diz sem animação para falar comigo



Os dois ficaram conversando, e eu totalmente fora do assunto, resolvi pegar meu celular e meu fone, coloquei na minha playlist e no último volume. Só escuto músicas assim, de vez ou outra Marinette me olhava com certa expressão de "raiva", e eu retribuia com um pequeno sorriso 


Meu ônibus chegou, e andei antes que eu pudesse subir, Luka veio atrás de mim 



Oque foi? - 

Ah nada, só que vou pegar o mesmo ônibus - 

Ah assim... - digo sentindo minhas bochechas esquentarem


 

Ok, foi meio idiotice minha achar que ele veio se despedir, subi no ônibus e me sentei ao lado da janela 



Você gosta de ouvir música bem alto não é? - o azulado se sentou ao meu lado 

Sim, fica mais divertida assim - 

Você parece ser calma, apesar de ter esse jeito animado - 

Obrigada, você parece gostar muito de música também - 

E eu gosto, hum, vou criar uma melodia para você - 

Hum, estou me sentindo especial - 

E você? Oque mais gosta de fazer? - 

Digamos que, diversas coisas, ouvir música, ler, e escrever. Digamos que são as coisas que mais faço - um sorriso calmo se formou em meus lábios - Você já fez alguma música? - 

Não, mas estou trabalhando nisso - 

Entendi, bom boa sorte - digo me aproximando do mesmo, e o vendo ficar vermelho 

O-oque está fazendo? - 

Eu desço aqui - digo com uma expressão sem graça 

Ah desculpe - o azulado me deu passagem para passar 

De boas! - 

S/n, me dá seu número, assim marcamos de seila, sair algum dia - 

Ah claro! - peguei o telefone do mesmo e disquei meu número - Prontinho, me manda mensagem quando der - andei em direção a porta 

Mandarei... - 



Desci do ônibus e comecei a andar em passos largos até a escola 


Quando cheguei havia pessoas para todo lado, me senti um pouco desconfortável então fui para um lugar mais isolado 


Peguei meu celular e comecei a mexer, Luka me mandou mensagem e ficamos conversando até o sinal tocar. Quando tocou guardei meu celular e fui para sala 


Me sentei em uma mesa perto da janela, e veio algumas pessoas me comprimentarem. Mas a professora logou entrou na sala, e todos voltaram para seus lugares 



Bom dia alunos! Hoje temos uma aluna nova, s/n. Ela veio lá de Nova York, espero que a tratem bem - a professora ruiva falava com um sorriso no rosto - E vamos começar a aula - 








A aula havia sido bem calma, todos estavam arrumando suas coisas. Quando estava saindo da sala, professora me chamou e outro menino loiro 



Então, Andrien, será que você poderia apresentar a escola para s/n - 

A claro, vamos s/n? - 

Vamos - 









E por fim, o terraço - 

Nossa, essa escola é bem grande - 

Sim é, bom agora temos aula de história, e por sorte meu armário é do lado do seu, então vamos juntos? - 

Claro! Aí Andrien - 

Hum? - 

Me dá seu número! - estendo meu celular 

Ah claro - pega meu celular e começa a digitar - Pronto! - 

Wow, valeu! - 



Então começamos a andar até a sala, ele as vezes falava sobre sua vida de modelo, e soltava algumas piadas, tem um ótimo senso de humor 


Quando a aula acabou arrumei minhas coisas, e me despedi de Andrien. Peguei meu celular para ver se havia recebi algo, e Luka havia me mandado mensagem 


Mensagens on ...


Oi s/n! Vamos tomar sorvete? 

Agora não sei se vai dar, ainda estou na escola

Já foi liberada? 

Já sim 

Então eu passo aí para te buscar. Qual escola você estuda? 

******** **** ******, essa é a escola, estou aqui na calçada te esperando 

Ok! Já estou indo 


Mensagens off


Fiquei alguns minutos sentada na calçada, mexendo no celular. Até que o azulado havia chegado, parou a bicicleta em minha frente, e andei até o mesmo 



Finalmente chegou - me levantei 

Desculpa a demora - me deu o capacete

De boas, vamos? - digo colocando o capacete e subindo na bicicleta 

Vamos! - 









Nossa aquele sorveteiro sabe mesmo sobre sabores - enfiei outra colher cheia de sorvete na boca 

Verdade... S/n, hoje passei o dia pensando em sua melodia, e eu consegui faze-la  - 

Sério? - 

Sim, quer ouvir? - 

Quero sim! - 



O mesmo então pegou o violão, e começou a tocar as notas, sentia minhas bochechas esquentarem. O observava tocando cada nota, cada movimento do mesmo



Eai, gostou? - 

E-eu, adorei Luka - 

S/n, o sorvete tá derretendo - 

Ah é mesmo, me sujei toda - coloco o sorvete no chão e me limpo - Mas de qualquer forma, obrigada Luka - dou um beijo na bochecha do mesmo 

... - o mesmo assentiu com um sorriso 

Sabe Luka, farei um poema para você, em forma de agradecimento! Amanhã te darei ele - digo me levantando - Mas agora tenho que ir para casa - 

Quer que eu te leve? - 

Hum, claro! Gosto da sua campanhia - 



Terminamos de comer o sorvete, e ele me levou embora. Nós despedimos com um abraço, e quando não tive mais visão dele eu entrei 



Hum saiu de novo com o azulado né? - 

Mãe, a senhora tem que parar de ficar me vigiando tanto assim - 

S/n, entrei em seu quarto hoje e você nem terminou de arrumar as caixas. Então arrume elas logo - 

Ok - 

Antes você vai me contar oque aconteceu - 

Ok ok, mas antes vou comer e tomar banho - 

Então vá logo! - 












Estava acabado de arrumar o meu led 



Aaahhh, terminei - me estico - Finalmente terminei de arrumar o quarto - 



Peguei um carderno caneta e meu notebook, andei até a janela observando as estrelas, ali eu escreveria o poema do Luka. Só espero que ele goste...


Coloquei o led no azul e roxo, me lembra o universo de uma certa forma. Então comecei a escrever o poema, enquanto pensava na melodia do mesmo 



...


Notas Finais


Espero que tenham gostado, baijão pá uses! E até o próximo cap ♡(˃͈ દ ˂͈ ༶ )


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...