1. Spirit Fanfics >
  2. Vivendo Um romance >
  3. Um dia de chuva

História Vivendo Um romance - Capítulo 1



Capítulo 1 - Um dia de chuva


Fanfic / Fanfiction Vivendo Um romance - Capítulo 1 - Um dia de chuva

Stacy pov:

Somos seres egoístas, nunca estamos preparados para perder alguém ,ou para ver essa pessoa com alguém ,que você sabe que não fará bem a ela/ele.

No meu caso, foi realmente ver alguém cujo amei ver essa pessoa, nos braços de outra pessoa. 

Bom não vou deixar você com um um  ? Na cabeça, vou lhe explicar melhor oque estou querendo dizer. 

"Três dias atrás, Segunda feira dia dos namorados "

Eu estava a caminho da escola ouvindo arcade de Duncan Laurence. Estava 2 minutos atrasada e precisava chegar logo na escola antes que os portões se fechasem. 

Estava um clima fechado pronto para oque eu mais amava, chuva. 

Sempre gostei da chuva e de como ela podia fazer você se sentir feliz apenas por ser molhada por ela. 

Consegui chegar a escola quase com Trevor fechando o portão

-por pouco em garota, vê se não faz isso amanhã de novo -ele sabia que eu ia me atrasar, afinal ele era nosso vizinho e não me viu sair logo as 7:00 então , já tinha uma certa noção do meu atraso. 

-obrigado Trevor você me salvou de ter que voltar pra casa e levar bronca . -Sorri e guardei a bicicleta

-até o intervalo Trevor -acenei me afastando 

Entrei nos corredores da escola e fui diretamente pra minha sala, na esperança de não encontrar meu querido e não tão amado professor Jeferson. 

-Senhorita Park ?-Mas tentativa falha. 

Me viro fazendo meu melhor sorriso possível 

-oooooiiii professor Jeferson coisa linda tudo bem ? Ta mais magro - que mentira ele com certeza engordou mais 5kg.

-Pra sala senhorita, sem bajulação-ele aponta o livro pra mim e logo vou andando sem mais nada a dizer 

Sabia que teria que ter elogiado o cabelo dele, ele tinha cortado. 

Entrei na sala e fui logo me sentar ao lado de Letícia minha mlr amiga. 

-Deixa eu advinhar? Maratonando filmes anos 70? -Ela me conhecia tão bem quanto um Rato conhece sua toca 

-eh-fui pegando o caderno e colocando na mesa 

Olhei a sala e não vi 4 pessoas que eu sei que nunca faltar iam. 

Margo a popular da escola e filha da diretora 

Vivian amiga de margo e completamente falsa, pois quer o namorado da amiga. 

Lucas meu namorado ele ama aula de inglês então nunca falta 

E por fim 

Giovanna amiga de margo e Vivian ela até que e legal. 

-cadê o trio bagunça e o Lucas? -me encostei na cadeira e olhei leticia 

-Ele disse que isso no banheiro e que logo voltava 

-faz quanto tempo? 

-10 min

Fiquei com a pulga atrás da orelha, sempre fui insegura em relação a confiar nas pessoas, e com ele não era diferente. Ele era lindo, Atlético, rico e por Cima mt fofo. Sempre achei que era algo que o destino tinha errado na equação, mais estamos durando 1 ano juntos e mesmo assim minha insegurança me persegue , me achava insuficiente pra ele. 

Com meu coração dizendo não, minha mente dizendo sim eu fui pedir pra sair e o professor deixou com um olhar de reprovação mais quem liga. 

Fui andando até o banheiro masculino do primeiro andar e chamei ele, mais ele não me respondia . 

Descidi ir até o banheiro perto da cafeteria. 

Péssima ideia. 

Chegando lá me dei de cara com meu namorado beijando a Margo e as amigas dela aplaudindo o showzinho. 

Por um momento pensei ser um pesadelo e que logo logo acordaria , me. Besliquei pra ver se aquilo era real e puxa vida era bem real. 

Eu pensei em chorar, e na verdade eu queria mt chorar ali. 

Mais não. Não chorei. 

Voltei pra sala com o meu coração totalmente em Farrapos. 

Na sala 

Depois de alguns minutos eles chegaram e ele veio me dar um beijo na bochecha, mais afastei. 

-oque houve amor? -ele se senta ao meu lado 

-nada-Falei Fria, pretendia acabar com isso no fim do dia . 

-deve ser a tpm amigo, ou talvez na bad pelos personagens dos filmes velhos dela hahaha- Margo fala como se aquilo fosse me magoar mais cara eu não caio nessa 

-ou talvez seja por causa do paizinho dela -Vivian falou e olhou debochada

Respirei fundo segurando a vontade de rasgar o pescoço dela. 

-Lucas fala alguma coisa, defende sua namorada cara -Letícia falou ficando visívelmente puta 

-Esquece , cala a boca e vamo ver a aula-afasto ele de perto de mim e volto a olhar pra frente. 

-Oque vc tem ein? Ta toda estranha hj eu ein-ele se arruma na sua mesa e meu sangue fica fervendo rapidamente 

{A aula ocorreu " Bem " Digamos assim e logo toca o sinal pro entervalo}

Eu estava saindo pra ir pro intervalo com a Letícia e Lucas puxa meu braço pro canto 

-me conta oque aconteceu -ele passa a mão na minha bochecha. 

Dou um tapa em sua mão 

-se afasta, nojento -me afasto um pouco. 

-oque!? Pq!? -ele fica "chocado"

-gostou do seu lanche na cafeteria? -sorrio e olho ele levantando a sobrancelha

Ele fica alguns segundos tentanto juntas a pessas e logo se toca 

-a. amor foi ela eu juro -ele tenta se aproximar mais empurro 

-isso e oque todos dizem meu querido -olhei ele com os olhos cheios de lágrimas sem elas caírem tirei nossa aliança de namoro e joguei no chão -Amar vc foi um jogo perdido e perca de tempo. 

Ele pega a aliança abaixa a cabeça e depois me olha 

-achou mesmo que eu te amava? Foi o 1 ano mais longo da minha vida meu Deus, Margo fez uma aposta comigo de eu te conquistar e ficar com você pelo maior tempo possivel, um ano foi bastante coisa haha-ele sorri 

PAH! 

um tapa 

Meu? 

Não meu caro leitor 

Letícia ouviu tudo e deu um tapa que ficou a marca dos dedos 

-Voce se acha o geração né seu bosta? Queima no inferno se cretino de merda!! -ela empurra ele contra os armário e joga seu café (não quente okay?) nele 

-SUA VADIA-ele levanta furioso como um touro 

Ele vem pra dar um tapa nela mais me coloco na frente 

PAH! 

Meu sangue ferveu , como ele se atreveu a levantar a mão pra uma mulher? 

Ele ficou pasmo, junto com Letícia e a plateia, sim sim tinha gente vendo isso. 

-você pode me bater, me xingar, me socar, e te me jogar no chão e pisar em mim-disse equanto meus lábios tremian 

-mais toca nela -peguei ele pelo cabelo e puxei pra perto -Nem tente meu amigo, por se fizer -peguei em seu (vcs sabem) e apertei -Vc vai pro inferno mais cedo do que imagina 

Soltei ele e fomos pro banheiro lavar o rosto. 

Banheiro 

Chegando lá me olhei no espelho 

-pode chorar agora, eu fico de costas ele quiser -Letícia se vira de costas e minhas lágrimas descem 

-A aaaAAaAaaA!!!-gritei alto,o mais alto que pude e me segurei na pia

Ela abraça e eu choro mais ainda. 

Ela percebeu que eu não teria cabeça pra tudo isso então me levou pra diretoria e eu fui pra casa mais cedo. 

✨presente ✨

Bom esse foi um trecho de um dia merda da minha vida. Talvez eu conte o próximo outro dia :) quem sabe oque pode acontecer no decorrer desse Livro . 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...