História Viver ou Morrer - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Izuku Midoriya (Deku), Katsuki Bakugou, Personagens Originais, Shouto Todoroki
Visualizações 6
Palavras 679
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - "O Confronto"


Fanfic / Fanfiction Viver ou Morrer - Capítulo 6 - "O Confronto"

Bakugou: TODOROKI!! MAIS QUE CARALHO, COMO VOCÊ ENTROU AÍ?!

Todoroki: Aquela portinha de antes abriu, ué... de repente... por um instante.

Bakugou: Tsc!

Todoroki: Que bom que escolhi sobreviver, hein?

Mesmo com a entidade possuindo o corpo da irmã mais velha de toga e transformado aquele corpo em midoriya, a garota consegui-o recuperar o controle da sua mente por alguns instantes.

Garota: Não... não chegue mais perto, fique onde está.

Todoroki: Hi, hi, hi!

Bakugou: PARE TODOROKI, NÃO CHEGA MAIS PERTO DELE, SEU FILHO DA PUTA!

A garota que estava no cantinho da sala encolhida, se levantou e foi até o vidro; onde Bakugou estava desesperado com as duas mãos no vidro, vendo seu amado tão indefeso.

Garota: Por favor... *põe as mãos no vidro* ...me salva...

Bakugou: Eu vou te salvar deku... *olhar desesperado*

Garota: Eu não consigo mais controlar essa coisa,... Sniff... Sniff... doi cada vez que ela transforma meu corpo, estou chegando ao meu limite... Sniff... Sniff... me ajude...

Bakugou: ABRAM A PORTA SEUS MALDITOS!!

Garota: Me...

Todoroki: Hahaha...Também estou no meu limite coisinha fofa.

O outro lado começa a ser fechado lentamente por uma parede de aço resistente.

Bakugou: ESPERA! NÃO FECHA!

Todoroki: Desculpe bakugou acho que eles querem nós dar um pouco de privacidade.

Garota: ajude-me...

Bruxa: adeus... *sorri*

Bakugou: NÃÃÃO!!

A parede é fechada completamente.

//


Já do outro lado, a garota voltou para o cantinho da sala, mais seu olhar tinha mudado e todoroki não tinha percebido, ainda.

Todoroki: HE, HE, HE, HE! (já sem a camisa começa a tirar a calça)

Todoroki: Ninguém vai nos atrapalhar. *sorri* Vamos nos divertir.

Bruxa: ... (esse cara é muito superficial)

Todoroki: ... *termina de tirar a calça*

Bruna: ... *abaixa a cabeça*

Todoroki: Hã?

Bruxa: ...

Todoroki: Tudo bem, não precisa ficar com medo, eu vou ser gentil com você.

Bruxa: ... *ergui a cabeça*

Todoroki: !!

Bruxa: ... *sorri*

Todoroki: Ah! *arregala os olhos*

Uma rajada de vento passou por todoroki deixando a sala tensa e sombria.

Todoroki: Uh!!

Os tijolos das paredes saiam do lugar, assim caindo uma água fria das paredes; o lugar ficou o pouco escuro, mãos saiam de todos os lugares, indo em direção ao todoroki que caiu no chão; uns segundos depois uma luz que não era bem uma luz apareceu, aquela claridade que na verdade eram raios passeavam pela sala em uma velocidade, as mãos que estavam lá sumiram.

Todoroki: M-MALDITA...

Bruxa: HAHAHAHA...

Todoroki: O QUE É VOCÊ?

Bruxa: Eu disse... *da um sorriso assustador* ...sou uma bruxa.

Todoroki: UAAAAAAH!!

Apareceu quatro mãos menores segurando suas mãos e pés no chão, a cabeça da entidade estava enorme em sua frente com um olhar matador, como se fosse um desenho animado de horror; todoroki estava morrendo de medo como se seu coração fosse parar a qualquer instante, o bicolor de tão concentrado a sua frente não reparou que tinha uma mão atrás dele que estava preste a mata-lo; essa mão pegou sua cabeça e começou a pressiona-la.

Todoroki: AAAAAAAAAA!!

Bruxa: hihihihi... *sorrio* ...a diversão acabou.

A mão que estava pressionando a cabeça do bicolor faz seu último movimento, sendo assim o finalizando por completo.

//


Enquanto a entidade fazia o seu showzinho, em uma sala bem confortável por sinal, aquelas pessoas estavam só observando.

Overhaul: Esse é o poder da tal "entidade"?

Toga: Sim.

Overhaul: Seu uso militar é imensurável.

Dabi: Parece que sim.

Overhaul: Esplêndido.

O pessoal que estava assistindo a morte do bicolor, só tinha visto um nevoeiro, com raios passando pela névoa, as paredes úmidas, as luzes piscando, o corpo de todoroki que estava em pé praticamente paralisado e assim caindo pra frente mostrando que era o fim; porém depois daquela pequena demonstração de poder, a entidade de virou para a câmera, com seus cabelos levitando no ar e com o seu olhar de morte.

Dabi: Certo, vamos entrar no último estágio.

Overhaul: Não falhem.

Dabi: Cala a boca.

//


Enquanto tudo isso ocorria bakugou estava solitário do outro lado da sala, muito nervoso, desesperado, com medo, pensando no que estava acontecendo e no que iria acontecer pela frente.

Continua...


Notas Finais


💥 Eu fiquei um pouco mais focada no todoroki, nesse capítulo pk eu queria matá-lo logo. 😂

Espero q não se encomendam com a morte dele e continuem gostando da história, uma explosão pra vcs e nós vemos no próximo capítulo bye bye 💥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...