História Vivos - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Osomatsu-san
Personagens Dayon, Dekapan
Tags Dayon, Dekapan, Episódio 2, Osomatsu-san, Pormenores
Visualizações 15
Palavras 300
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Mistério, Shonen-Ai
Avisos: Cross-dresser, Homossexualidade, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Capítulo meio sombrio, headcanon da primeira parte do episódio dois (primeira temporada). Espero que gostem :ooo

Capítulo 1 - Capítulo Único


Dayon era a pessoa que lhe completava. Contudo, há tempos estava desaparecido. Não importava o quanto se empenhassem, procurassem em qualquer canto a se suspeitar ou não, não havia qualquer pista decisiva. Muitos já o consideravam morto.

Em geral, Dekapan era uma pessoa otimista. Entretanto, isso era em boa parte pela pessoa especial que lhe apoiava em seus momentos mais difíceis, e ela não estava mais ali. A escuridão cada vez mais, de forma irremediável, passou a engolir o coração dele.

Dekapan se via fazendo planos. Afinal, iria ver, ter seu Dayon de volta. Trabalhou duro e fez com que outras pessoas trabalhassem duro também. Uma linha de montagem, em uma esquecida zona, a Black Factory, foi construída por conta de suas ordens.

Os materiais estavam dispostos, perfeitos, para o retorno de seu amado.

Começaram a montar um, dois, três Dayons. Nenhum deles eram perfeitos, nenhum deles eram o seu querido, amável. 4, 5, 6, Matsunos trabalhavam, 7, 8, 9, Matsunos fugiam. Eram tantos desempregados em busca de uma melhora de vida que não havia qualquer problema.

Dekapan não se importava com nada disso.

Aqueles Dayons iam embora, espalhavam-se pelas ruas aqui e ali. Nada, nada. Então, mais tempo se passou, e, depois de muitos desapontamentos, demissões, algumas lágrimas até, Dekapan encontrou, conseguiu seu Dayon perfeito.

E, como era algo a se comemorar, tinham que fazer algo diferente do comum. A roupa já estava pronta, limpa, linda, bem passada. Aquele vestido negro com babados, feito sob medida, colocou um sorriso eterno naquele rosto, assim como em Dekapan também.

E estavam prontos para viverem felizes no laboratório, com aquele amor tão fabricado como os membros do corpo de seu amado. Tudo ficaria bem, nenhum deles estaria perdido no frio da neve. Eles não seriam abandonados por ninguém.

Eles ainda estariam vivos.


Notas Finais


Até!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...