1. Spirit Fanfics >
  2. Vizinhas de quarto (Jenlisa) >
  3. Cap 4

História Vizinhas de quarto (Jenlisa) - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Cap 4


Já era manhã, Lalisa ja havia feito sua refeiçao e pediu para que pudesse sair da bolha. Até que alguem entra chamando por Lalisa.

-Olá Lalisa. Aqui está sua roupa vista com cuidado.

-Não vá. Qual é seu nome?

-Kim Jisoo. Precisa de mim?

-Não. E quer dizer que você é a famosa Jisoo... Opa, me ajude com o tanque de oxigênio por favor.

-Claro. Sou famosa porque?

-Infelismente não posso lhe dar essa informação.-Lalisa diz em meio de risadas e termina de vestir-se.

-Bem, eu tenho que ir mas vou te cobrar minha resposta!

-Ok. Hihi

Lalisa caminha pelo hospital e então resolve passar pelo quarto de Jungkook. E no caminho encontra o enfermeiro Karev.

-Karev, posso passar pelo quarto do Kook? Prometo que não faço travessuras.

-hummmmm. Lalisa por favor cuidado. Vá lá.

-Hi hi. Obrigada.

...

-Eai migo! Bommmm dia! Como você está?

-Bom dia Lice. Estou ótimo. E você?

-Também. Agora me diga sua notícia!

-A claro. Bem, conheci uma garota, aqui do hospital. Ela tem pedra nos rins. Estavamos conversando e ela me chamou pra sair quando saírmos daqui. Ai expliquei todo o meu problema e sabe o que ela disse? Não, você não sabe. Ela disse que vai esperar porque tem uma prima que tem o mesmo problema.

-Uau. Legal.

-Nossa Lalisa como você é burra! A prima é você!

-O que kook? C ta zuando! Qual prima é essa?

-Momo. Momo está aqui! Bem, isso é ruim mas não deixa de ser uma coisa boa. Pelo menos ela está na Coréia!

-Vou encontra-la. Pede as roupas, as vista, e te encontro no refeitório em 1 hora.

-Okay

____....____....____

-Lali! Você aqui! Estava conversando com a Rosé. Ela me disse que você está apaixonada.

-Esquece isso ta legal? Não posso me apaixonar, porque nem se quer posso encostar em alguem, quanto mais beijar.

-Não disse pra você beijar ninguém. E sinto muito. Mas acredite, eles vão achar a cura.

-Não tenha tanta certeza Momo, se em 16 anos isso não aconteceu quanto mais em 3 meses.

-Porque 3 meses? Não entendi.

-Essa pessoa sai daqui em 3 meses. Não vão achar minha cura nesse tempo. Agora me diga o que aconteceu contigo?

-Então...

___...___...___...

Lalisa havia se encontrar com seu amigo e is dois conversaram muito. Lisa resolveu voltar para o quarto mas no seu caminho algo lhe surpreende.

-Ei, você! Lalisa né?

-Oi. Sim. O que faz aqui?

-Esse é meu novo quarto. Já saí da emergência e vou me recuperar aqui.

-Que legal. Somos vizinhas de quarto então. Sou aqui do lado.

A voz do autofalante chama por Lalisa. Que rapidamente entende.

-Ops tenho que ir. Foi bom falar com você Jennie. Conversamos amanhã?

-Claro. Foi bom falar contigo, vizinha de quarto.

Mais uma surpresa acontece no dia de Lisa. Sua mãe está no hospital e eles passam horas conversando até que a não de Lisa did que tem que ir pra quimioterapia. E as despede, com um beijo na testa, por cima do plástico, da mais nova.

O dia estava ótimo e Lisa não havia feito duas refeições importantes. O Dr. Karev lhe entrega sua refeição após ela entrar dentro da bolha. Após se alimentar, ela toma seu "banho" e deita para dormir já que eram 9 horas da noite. Mas algo de estranho incomodar Lalisa. Alguém está chorando. E logo ela identifica quem seria. Veste sua roupa de proteção novamente e vai so encontro da pessoa.

-Ei. O que foi hum? Não chore. Você é tão linda, não chore. Quer me contar o que foi?

-Obrigada por se preocupar. Só perdi alguém muito importante. E também, you passar 3 meses aqui.

-Bem, se te serve de consolo, to aqui a 10 anos. Quem foi que você perdeu? Seu pai? Sua mãe?

-Não. Eles estão bem. Eu perdi minha filha.

O rosto assustado de Lisa se preserva. Como uma garota tão nova teria uma filha? Jennie podia ser dois ano mais velha que ela, mas é estranho ter uma filha nessa idade.

-Ei ei. Não chore. Ela está em um lugar melhor agora. Quantos anos ela tinha?

-Ela não nasceu. Eu perdi ela no acidente.-diz em meio a soluços.

Lisa a abraça confortando-a e então Jennie para de chorar e se pronuncia.

-Você deve achar estranho uma garota nova estar grávida. Não pense que foi culpa minha. Não foi algo que quis. Mas depois de tudo, tudo que aconteceu, fiquei feliz de não estar sozinha. Mas agora isso ta acontecendo denovo.-Jennie diz com uma feição triste.

-Ei. Não sou ninguém pra te julgar. Você não está sozinha okay? Eu estou aqui com você.

As garotas troca um olhar fofo e um sorriso soa pelo rosto de ambas.

-Bem, a diferença é que eu vou sempre está nessas roupas.-Lisa diz em meio a uma risada que contagia Jennie.

As duas ficam a conversar até tarde. Mas quando o sono bate sobre Lalisa, ela se despede de Jennie e vai para seu quarto.

_______......_______

842 palavras

Ei galera! Aqui é a autora o capítulo não foi revisado então me Desculpa os erros que depois vou consertar. Beijos e até o próximo capítulo!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...