História Vizinhos - Fanfic PrettyMuch - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias PRETTYMUCH
Personagens Austin Porter, Brandon Arreaga, Edwin Honoret, Nick Mara, Zion Kuwonu
Tags Banda Prettymuch, Romance Adolescente
Visualizações 12
Palavras 1.548
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Me and You


Pov. Clary

Saí da aula vazada. Aquela nova matéria era muito complicada para os meus neurônios. Ainda mais quando eu tinha um encontro com PRETTYMUCH em plena semana, não conseguia pensar em mais nada além disso.

Quando saí da casa dos garotos (hoje cedo) eu voltei a respirar de novo. Enquanto eu estava naquele recinto, eu não conseguia respirar. Foi bizarro.

Olhei para o relógio antes de pegar o caminho e vi que era 17h. Ok, tenho 3 horas para convencer a Stephany para ir conosco, me arrumar, tomar banho, ficar cheirosa, e me prevenir para todas as possibilidades dessa noite.

É meio estranho, você, em plena quinta-feira ter um compromisso desses. Porém, essa semana está sendo tão diferente e complicada que eu ainda acho que estou num sonho. Uma espécie de “Clary no país das boy bands 2.0”.

Peguei o meu skate e fui andando pelas ruas de LA. Cheguei no condomínio até rápido, acho que estava tão absorta nos meus pensamentos que nem vi que havia chegado. Cumprimentei o porteiro e fui direto para casa. Como a minha rua era a terceira do condomínio, foi rápido chegar lá.

Os meus horários eram diferentes dos da Stephany, então provavelmente, ela já estava em casa e eu estava preparada para a persuadir. Olhei para casa dos meninos antes de entrar e consegui ver uma janela do 2 andar aberta. Alguém estava lá, só não consegui distinguir quem.

Entrei em casa e já vi a minha irmã no Xbox. Ela era viciada. Sempre estava estudando, jogando, ou assistido “The Vampire Diares”. Sempre.

- E aí maninha – disse ela quando percebeu que eu havia chegado – Quando a Harper vai chegar?

- Acho que a aula dela termina 18h hoje – disse colocando meu skate em seu devido lugar.

- Tem algum compromisso hoje a noite? – perguntou Phany – Poderíamos assistir a 5 temporada de The Vampire Diares de novo – eu falei que ela era viciada.

- Ah, na verdade, tenho sim.

- Aé? Onde você vai?

- Vou em uma espécie de encontro.

- Uhh, gostei. Quem é o sortudo?

- Na verdade é “quem são”.

- Mais de um Clary? Que isso! Ta com tudo – Ps: minha irmã não presta.

- Mas para isso acontecer, você vai ter que me fazer um favor – falei me aproximando dela.

- Pode falar.

- Você vai ter que ir comigo – eu disse e ela pausou o jogo.

- Como assim? Um encontro duplo?

- Mais ou menos...

- Você sabe que eu não saio com ninguém desde o Caleb terminar comigo – ela me interrompeu.

- Exatamente. Você precisa sair de casa e conhecer novas pessoas. Faz 2 meses que vocês terminaram, ta na hora de esquecê-lo.

- Eu passei 50% da minha vida ao lado dele, não tem como eu esquecê-lo do nada, Clary – ela disse se sentindo ofendida.

- Então não leve esse encontro a sério. Só vai para me ajudar, por favor. Você não precisa gostar dele. É só por uma noite – supliquei.

Ela pareceu considerar a proposta, ela esperou um segundo e conseguiu falar algo.

- Tudo bem. Mas só por uma noite – ela fez uma pausa me observando comemorar – Quem é o garoto?

- É com os nossos novos vizinhos – disse.

- O QUÊ? – exclamou Stephany – COMO VOCÊS CONSEGUIRAM UM ENCONTRO COM PRETTYMUCH?

- Você mesma disse que eu e a Harper somos boas em fazer planos...

- Você vai tentar conversar com o Nicholas? – fiz que sim com a cabeça – E eu vou sair om quem?

- Zion. Aquele mais alto.

Ela fez uma cara de felicidade que eu nem sei descrever. Nunca a vi tão feliz como naquele momento desde que o Caleb terminou com ela.

- Eu acho que é você que me fez um favor – disse Phany e me abraçou.

- Ok, temos 2 horas e meia para nos arrumar. Combinamos de 20h estarmos na frente da casa deles. Vamos lanchar no Brew’s. A Harper vai conosco.

- Beleza, vou começar a me arrumar – disse a Smith mais velha pulando de alegria até as escadas.

E assim que começaria essa incrível noite de comemoração. Simples assim.

2 horas depois

Nunca pensei que seria tão difícil escolher uma roupa assim... (todas as roupas nas notas finais)

As meninas já estavam prontas e só faltava eu. Fui até o espelho do meu quarto e coloquei meus brincos. Não fazia idéia do que aconteceria nessa noite, só sei que eu estava muito nervosa para conversar diretamente com o Nicholas de novo.

Dei uma última checada no look em frente ao espelho e fiquei feliz com o que vi. Amor próprio é tudo, mores!

- VAMOS LOGO, CLARY! – gritou Harper do primeiro andar.

- TO DESCENDO! – gritei de volta.

Saí do meu quarto e vi as duas meninas na cozinha prontas. Estavam lindas. Simplesmente.

- Uau, vocês estão lindas – disse quando desci o último degrau.

- Obrigada mana, você também está maravilhosa. Nick que se cuide! – ela disse e nós três rimos.

- Ótimo, vamos. Já são 20h09 – disse Harper abrindo a porta da frente.

Logo de cara já vimos 4 meninos sentados e deitados na porta da própria casa mexendo nos seus devidos celulares. Bom, parece que eles são pontuais. Menos o Nick, que não estava ali.

- Boa noite senhoritas – disse Brandon pegando nas nossas mãos e as beijando de brincadeira.

- Boa noite – disse Harper cumprimentando cada um.

- Essa é a minha irmã – falei apresentando a Stephany aos meninos. Ela sorriu e acenou para todo mundo. Ela estava linda e o Zion percebeu isso, por que ele foi até ela, a abraçou e já foi conversando com ela.

- Então, falta um – disse Harper observando que o Nick não estava ali.

- Ele sempre se atrasa – disse Edwin.

- Verdade – concordou Austin que veio ao meu lado conversar comigo.

Ficamos batendo papo até o Nick chegar. Uns 10 minutos ficamos esperando. A Stephany já estava bem a vontade com o Zion e eles até formavam um casal bonito, eram muito parecidos. Quando o Nick apareceu, ele estava sorrindo. O sorriso mais lindo do planeta. Ele estava com um boné branco e um típico look de Nick Mara. Ele cumprimentou as duas garotas primeiramente e depois veio até mim. Nem acreditei que ele estava fazendo aquilo.

- Hey Clary – disse ele simpático.

- Oi – respondi mais tímida.

- Permita-me dizer que você está muito bonita – falou ele em um tom brincalhão.

- Obrigada – disse corada.

- Vamos? – falou Brandon e todos fomos para o Brew’s.

NO BREW’S...

Escolhemos uma mesa maior que tinha um pouco mais de privacidade. A luz era mais fraca, o que deixava com um clima de bar e as cadeiras eram almofadadas. Todos nos sentamos e já fizemos um pedido de uma vez.

Pedimos coisas de jovens, ou seja, (ain’t healthy kkkk, quem pega pegou) não saudáveis. Fast-food em geral, vamos dizer assim...

Se eu dissesse que estava super desconfortável pelo fato da minha irmã estar beijando o meu ídolo agora, estaria mentindo. Pelo contrário, estava muito feliz. Finalmente ela esqueceu aquele Caleb...

Eu e o Nick estávamos lado a lado. Conversando sobre assuntos banais e divertidos. Toda vez que ele sorria e olhava diretamente para mim, minha pele arrepiava. O sorriso dele era magnífico e mais lindo ainda quando ele era diretamente para você. Ele era bom de papo. Nunca deixava o assunto morrer e trazia vária coisas legais na conversa. Nós dois nos dávamos até bem, tirando o fato dele ser um cantor nata... A gente tinha os mesmos gostos os mesmos gostos peculiares, enfim, estava sendo uma ótima noite.

O Austin ficava no celular e conversando com o Brandon o tempo inteiro. Afinal, ele e o Brandon tinham namoradas, então... O Edwin e a Harper já tinham saído da mesa, provavelmente estava se pegando pelo Brew’s... O Zion e a Stephany, nem preciso falar né... Eles estavam na mesa da frente se beijando e bla, bla, bla... O Austin não parava de fazer Snapchat e Stories, e ele ficava falando de mim e do Nick, nos deixando constrangidos.

Eu ainda estava insegura de aparecer nos Stories dos garotos. Eu sei, parece estranho, mas a idéia de me tornar pública era bizarra. Como a minha vida se virou do nada? Simplesmente por ter me atrasado um dia para a faculdade? Credo, parece que eu ainda estou sonhando.

- Ei, quer ir ali? – disse Nick tirando dos meus pensamentos.

- Claro – falei sem pensar e comecei o seguir.

Ele nos levou até um armário. Não sei o descrever, estava escuro. Procurei o interruptor para acender a luz, mas Nick parou minha mão no meio da procura. Foi quando nossas mãos se tocaram que eu gelei. Só conseguia ver a sua silhueta. Ele estava perto demais, ofegante demais, e por sinal, cheiroso demais. Droga! Vou cair nessa de novo.

Foi aí que eu pensei: “I CAN’T WAIT NO MOOOOORE” (eu não consigo esperar mais). [pegaram a referência de novo? Kkkkk]

Me lancei sobre os seus lábios e não pensei mais. Dali pra frente eu não pensava mais. Eu só desejava.

Ele cedeu no momento. Nós dois sabemos que nós queríamos aquilo... Estava na cara. A minha vida era aquilo agora. Eu e ele. Ele e eu. E pra sempre foi assim. Até hoje...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...