História VKOOK - O Canto Do Anjo Negro - Capítulo 27


Escrita por:


Notas do Autor


Eai,blz?!Esperooo!Boa leitura! ♡

Capítulo 27 - Temporada 3 - Episódio 06 - Fazer


Fanfic / Fanfiction VKOOK - O Canto Do Anjo Negro - Capítulo 27 - Temporada 3 - Episódio 06 - Fazer


-Como...

-Sabe E'dawn...Eu passei anos da minha vida achando que não merecia as pessoas,ou que elas não me mereciam.-Disse ele um pouco emotivo,foi um eterno drama.-Mas acontece,que todos nós precisamos sabemos que isso não é real,pessoas são pessoas,elas apenas existem,não deveria me culpar por isso.

-Taehyung...

-Eu sei,estou sendo bem otimista...


As cinzas circulavam nas vestias de dawn enquanto ele observava o sorrio bobo que Taehyung lhe oferecia.


-Quando eu era mais jovem,eu queria gritar para que eu fosse salvo,e esquecia que para isso acontecer eu precisaria limpar minhas mãos,me desculpar e perdoar pelos erros que cometeram comigo,assim como elas eu sou cheio de defeitos...A única vez que me verão gritar,será no fundo da escuridão para fugir da depressão que me ronda.-Disse ele olhando para seu companheiro,sentia a dor involuntariamente,o que poderia fazer além de enfrentar o que lhe fazia fraco.-Um dia,eu vou te livrar disso tudo que te deixa triste!


"Sem máscaras,eu pude ver o quão bonito poderíamos ser,e destrutivos também."


-Taehyung...

-E'dawn...

-Vai lá e faça o seu melhor. 


Disse sorrindo,aquela foi a última vez que encontrou com ele,deu passos curtos e levantou o punho onde Tae tocou de leve como um toque de amigos.Antes de tudo desaparecer as lágrimas desta vez desceram por felicidade.


-Você conseguiu...-Disse Jimin vendo o seu rosto triste.-Bom trabalho. 

-Seu coração,eu o encontrei.

-Eu também. 

-???

-Estava com você o tempo todo,fui notificado,por favor,me devolva.-Ele estende a mão esperando receber.-É tudo que quero.

Ele olhou aquela mão,e parecia que um filme vinha em sua cabeça de todos os momentos bons que encontrou. 

-Entendi...Vou lhe entregar agora.

Ou pelo menos desejou por isso,parou na metade do caminho paralisando a mão,nao tinha coragem para encontrar com a morte.-Está com medo?...-Jimin,fechou a mão olhando o sofrimento dele.-Eu posso pega-lo,se me permitir.-Tae concordou com a cabeça enquanto entrava em pânico,um único passo foi o suficiente para que Jimin arranca-se com a mão o que era seu.-Obrigado Taehyung..



Do outro lado,Jeon estava de pé entre seus amigos da vila,todos o recebia com todo o carinho do mundo enquanto celebravam a vida de deus e sua vinda.-Foram dias tenebrosos!Mas estão chegando ao fim!Ao fim de todo esse drama!.-Disse um dos camponeses que bebia seu vinho em grandes doses ao arredor da fogueira.-Taehyung ainda não voltou,entendemos,deve está se preparando para ganhar a última guerra e batalha.-Exclamou um soldado que não tirava os olhos desmiolados da camponesa que cuidava das crianças.-De qualquer forma,esta sera a nossa última!Mesmo se ele não vier vamos ganhar,temos o Jeon conosco,Não é Sr.Jeon?.-Kook concorda com a cabeça evitando discussões,não ficou por ali por muito tempo se ergeu para sua casa solitariamente e completo silêncio.-Se eu soubesse que tudo isso iria acontecer..Poderia ter evitado tanta dor...-Pensou ele sujando seus calçados de terra.


Sua casa estava no mesmo modo de quando a deixou,ou pelo menos se recordava,tirou seus sapatos e se deitou no sofá com os olhos chorões. 


-Aonde será que eles estão?...


Disse baixinho para si mesmo,estava tão concentrado que não percebeu quando adormeceu.


-Taek sempre foi elaborado..Sempre tinha que está fazendo algo,e nunca jamais ficava tão quieto....E se ficasse tinha algo de errado.


-Jeon?..Jeon?...


Chamou uma voz que atrapalhava seu sono,foi acordando as poucos zonzo.


-Oh!Está acordado??

-Quem...Porque está me acordando?

-Hum...Eu só queria dar um abraço no meu marido,é pedir demais?

Quando escutou a palavra marido,pulou do sofá agarrando o pescoço do pobre coitado em um abraço sufocante.

-Jeon...Você...Tá me apertando!

-Eu...Eu senti sua falta!

Depois de tanto sufoco,era recebido com um bruto carinho,que formal.

-Como foi?Desapareceu!Eu ainda não recuperei meus sentidos,porém eu sei que você é real,ou não?Eu Nao sei mais!

Disse Jeon no desespero.

-Calma!Escuta,aconteceu muitas coisas,mas eu quero que você se acalme.


Foram doze minutos para acalmar o pobre coitado que não parava quieto,Taehyung contou sobre Hyuna,E'dawn e evitou falar de Jimin,já que bem,Ele não sabia sobre.-Bem,foi uma experiência muito doida!Mas até que foi preciso!Me livrei de muotas coisas que me pesavam.-Disse sorrindo ao ver o rosto sério de Jeon,porém  com os olhos brilhantes iguais de lustre.-O que foi?...

-Por algum motivo,eu não sinto as batidas do seu coração. 

Aquelas palavras tremeu os lábios de Taehyung por alguns segundos.

-Parece que não tem nada ai dentro...Como se você estivesse vazio....

-Jeon,porque está me dizendo isso?É lógico que tenho coração. 

-Será mesmo?....

 Mesmo que fosse melhor evitar,Jeon cedo ou tarde saberia,Não se mexe com o que tá quieto.

-Jeon,eu acabei de chegar,poderíamos aproveitar isso,o que acha?Teremos que nos preparar para a guerra e não podemos fazer isso por um bom tempo.

-"Fazer isso?"....

Disse o menor olhando os olhos de Taehyung que explicava com segundo sentido. 

-Eu sinto falta do nosso filho,isso é verdade...Eu vou procurar ele e o achar.

-Eu sei que vai,eu confio em você Tae..

Foi envolvido em um beijo molhado,se surpreendeu um poucomas retribuo na mesma intensidade. 


"Ohhh!Mas aquele beijo,mesmo se eu pudesse esquecer não esqueceria,aquece meu coração só de lembrar."


As mãos de jeon estava postas sobre o peitoral de Taehyung que subia se ajeitando entre suas pernas sem desfazer o beijo que os ligava,Pouco importava se aquele era o Sofá ou cama.


-Ei...Posso te falar uma coisa?..

-Uhum...

-Eu queria pode falar "Eu te amo" e provar isso,mas acontece que isso nem chega aos pés do que realmente sinto por você.


"Aquela sensação,já sentiram que o que você tem pela outra pessoa não é só amor?É algo além disso,um sentimento bom,você não fala com a pessoa ou a toca,mas se conectam com uma simples lembrança,e isso é um sentimento que eu realmente adoro sentir."


Jeon rir bobo.


-Eu vou ficar sem graça. 


Disse ele ainda entre sorrisos. 


-Jeon,sabe,se passaram anos,e todos esses anos eu quis você comigo e faria tudo de novo para te ter comigo,você é único para mim,mesmo que talvez o mundo não enxergue isso.

-Taehyung,eu vou chorar ...

-Hã?


Ele realmente chorou,naquele mesmo quarto nus sobre a luz da lua,sabiam que suas almas estavam entrelaçadas desde o início,só precisavam de um empurrãozinho.




Notas Finais


Eai,teve alguns erros mesmo eu trocava o nome "Jeon" por "Jimin" e arrumei o que achei,porém se tiver outros entendam que foi erro,e estou com preguiça de corrigir.

Obrigada por lerem!Vlwww!Flwwww.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...