1. Spirit Fanfics >
  2. Beyond >
  3. Sombrio - 3 de 3

História Beyond - Capítulo 25


Escrita por:


Notas do Autor


Tenho lições atrasadas, então fiz algo maior para vcs, espero que gostem,daqui 1 semana ou menos,volto❤

Capítulo 25 - Sombrio - 3 de 3


Fanfic / Fanfiction Beyond - Capítulo 25 - Sombrio - 3 de 3

➷vkookmin➷




❃Coréia do Sul;Seoul
❃16:07:05

*Jimin*
Desde que resolvemos voltar,Taehyung tem se distanciado. Eu acho que fiz errado tocar no assunto de sua mãe. Não sei oque passa em sua cabeça, nem oque Ela fez, ou ao menos quem Ela é. Mas sei que esse assunto é delicado para ele, e devo respeitar seu espaço e esperar até ele se sentir confortavél para dizer. Agora Estamos no carro, o meu desmaio foi pelo excesso de extresse e raiva, martelei muitas coisas na minha cabeça desde que me reencontrei com a Chae,isso foi uma ajuda para o ocorrido. O carro está em silêncio, apenas o som baixo do meu fone faz barulho. Jungkook está dormindo, deitado no meu colo, eu ainda estou com a roupa do hospital e estou observando o menor ,e a estrada vez ou outra. Esse silêncio é mortal e está me deixando Desconfortável.

"Pq ele não diz nada?"
"Está muito magoado? "
"Eu sabia que deveria ter ficado calado! "

É isso que penso. Logo, adormeço.




*Taehyung*
Durante o trajeto vejo que Jimin está desconfortável, rio baixo, e logo volto a minha atenção à estrada. Talvez eu tenha deixado ele com receio, mas realmente é uma conversa particular, e, não penso em falar tão cedo sobre.



 


➷flashback➷






A mamãe não falou pro papai que estava beijando outro homem. Eu falei que iria contar mas ela disse que cortaria a minha língua. A casa está cheia, meu papai trabalha até tarde e a mamãe sai logo depois dele tirar o carro da garagem, a casa fica cheia, cheia deles. 



Eles são meus amigos, é oque dizem. Querem meu bem, me perseguem.
Eu tenho medo, medo deles. Mas eles não querem sair daqui.
Eles querem.... Eles ME querem....
Eles querem....
Eles me querem....
Me querem....
Eles....
- Ela me bate e não beija só o papai, Ela quer cortar minha língua... Ela me bate... Ela me machuca... Ela me ama?

_não, ela não te ama pequeno.Apenas eu te amo, vc tem que viver comigo,apenas. Me Amar, eu irei te fazer feliz... Vc quer doces?_

- Ela não me deixa come-los

_ela não Vai mais te machucar, eu e eles._

_Estamos aqui, pequeno Tae... _






*
Volto a minha atenção para estrada, minha cabeça doe. Prego meus olhos duas vezes rápido e forte, logo, vejo as linhas brancas e o asfalto com mais clareza. Realmente esse assunto é muito pessoal. Sei que são meus namorados e meus amigos a cima de tudo, mas para o bem deles, é melhor mante-lo em segredo.
Isso é sombrio e obscuro, e me consome, minha alma e meus sonhos foram degastados. Perdi uma por isso, não perderei o dobro. 






*Jungkook*
Acordo, estava no colo do Jimin, vejo pela janela,não chegamos ainda. Jimin estava dormindo, então pego meu telefone checando as horas.
______________________
|          17:08                  |
|                                      |
|                                      |
|                                      |
|                                      |
|                                      |
|                                      |
|_________●_________ |

Ainda são cinco e oito. Vamos acordar o Jimin!

Tae: Acordou?
- huhum
Tae: vou parar o carro para comermos
- ok! *sorrio*

Dou um selar na bochecha do Jimin e logo o abraço. Ele logo retribui.

Jm: besta *diz ainda de olhos fechados sorrindo*
- Vamos comer, acorda!
Jm: não *vira para o lado, voltando a dormir*
- chato!







Tae para o carro **

Tae: fiquem ai, vou pegar e trago.
- compra doce? *sorrio*
Jm: pelo Amor de deus, formiguinha *diz de braços cruzados e olhos fechados*
- nhemnhemnhem
Tae: *ri* eu trago sim senhor formiga
- aaaaaa que bom, Vai logo!
Tae: hum, quer algo Jimin? 
Jm: cerveja!
- Eu também quero!
Jm: traz 2 pra mim e os doces do jeikei
- e a minha-
Tae:tá, tchau *Vai se afastando*
- não! Espera! TAEEEE!
O moreno estra no estabelecimento**
- a Jimin! _o encaro_
Ele apenas ri e estende os braços**
- não, sem abraços!
Ele ri novamente e logo volta a dormir, o deito no meu colo e espero Tae, que traz uma bebida para mim **








➷Em Casa➷




Tae: quanta mala!
- CHEGAMOS!
Jm: amém, minhas pernas tão doendo!
Tae: ai! _joga as malas no chão_
Jm: o vizinho de baixo Vai reclamar!
Tae: não importa, o jungkook!
- oque? 

Tae: para de mecher nisso o Jimin Vai te matar! 

*cai*

Jm: oque ele fe- JUNGKOOK! 

- A NÃO _corro_


Jm: VEM AQUI! 


Tae: *ri* tudo por um vaso de plantas


- SOCORROOOOOO



➷quebra de tempo➷




jeon: nada de mandar demais! 


- tá bom! _arrumo minha gravata_


Jeon: nada de demissões atoas! 


- huhum _ajeito meu paletó_


Jeon: e-


- Taaaa, Vamos logo! 


Jeon: *bufa* eu avisei! 


_entramos no carro, Jeon iria dirigir, e claro que eu tinha que falar_

- vc tá um gostoso nessa roupa! *mordo o lábio inferior*


Jeon: aigooo, não começa que eu te deixo aqui! 


_rio, mas era verdade. O terno dele era preto, apenas a blusa atrás da gravata, branca, dava destaque. Era o Batman de Chernobyl, ou mais bonito, não sei. Mas a calça colada, o sapato social, e a gravata meio larga, deixava aquele muleke um Deus_

Jeon: para de me encarar assim, eu fico com medo. 


_diz concentrado na estrada_


- Batman de Chernobyl!
Jeon: Ei!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...