1. Spirit Fanfics >
  2. Você consegue sentir meu coração? >
  3. O começo

História Você consegue sentir meu coração? - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Minha primeira fic ^^
Espero que gostem

Boa Leitura <3

Capítulo 1 - O começo


- Hey, espera eu!- Um garotinho de 8 anos correndo atrás de Mari, a menina de quem ele gostava muito e provavelmente sua unica amiga

-Você é muito lerdo, vem logo o lago e pertinho.- Mari diz parando e olhando para seu amigo- Shin, você nem tentou correr direito, vem logo- disse Mari puxando a mão dele e levando até o lago​

Ambos sentaram perto da água só olhando o pequenos peixes que nele nadavam, Shin estava apaixonado pelo lago, ainda mais quando a pessoa mais especial para ele estava bem do lado dele. Se questionou se merecia estar tão feliz assim ou se aquilo tudo era apenas um sonho.

O lago era perto da casa de ambos, em uma aldeia pequena e com poucas pessoas morando lá, perto do lago tinha varias árvores bem grandes por onde as crianças escalavam, varias flores coloridas e a água do lago era cristalina com varios peixinhos pequenos.

- Shin?- Mari pergunta acenando a mão na frente do rosto dele tentando chamar sua atenção- Tava dormindo de olhos abertos?

- Anh? Você estava me chamando?- perguntou meio envergonhando

- Sim, faz algum tempinho já- perguntou se virando novamente para o lago na frente deles, abraçou seus joelhos e apoiou a cabeça no ombro dele

- Você está bem?- perguntou abraçando a mesma- Você parece meio pensativa.

- Eh, tenho medo- disse em um tom triste

- Medo de quê? Eu estou aqui, não precisa de ter medo de nada- encostou sua cabeça na cabeça de Mari

- Não se preocupe, estava so viajando hehe- Mari levanta a cabeça e dá um beijo na bochecha de Shin - Obrigada por estar comigo, eu te amo

-Não precisava disso- disse envergonhado e olhando para o lado oposto de Mari- Eu também te amo.

"Como eu sinto falta desses dias"- Mari pensou enquanto ficava encarando o teto.

- Mari? Alô?- escutou uma voz de fundo perturbando seus pensamentos.

- Oi?- disse se levantando rapidamente, queria só ter ignorado a voz porém é curiosa demais para não reagir a alguém a chamando.

Mari, também conhecida como Mariko, é uma garota de 17 anos com cabelos curtos e escuros e não muito alta para sua idade. O apelido "Mari" foi dado pelo seu antigo amigo de infância que acabou sendo usado por outros amigos de Mariko também... 

- Dormindo de olhos abertos de novo?- Entra uma garota de olhos cor de mel, negra e um pouco mais alta que Mari, o nome dela é Kiara - Herta está nos chamando para ir na sorveteria.

- Ah sim, vou me arrumar espera só um pouquinho.- diz se levantando e indo em direção ao armário.

Kiara era a melhor amiga de Mariko, vivem juntas faz 2 anos devido a problemas com os parentes da mesma. Ela se assumiu bissexual e os pais não a aceitaram, teve que fugir de casa para evitar agressões, deixando sua irmã mais nova sozinha, e acabou ficando sem casa, quase teve que morar na rua porém, os pais de Mariko a encontraram e deram um lar para a mesma, desde então ambas moram juntas e são quase irmãs.

- Vai demorar muito?- Kiara disse entrando no quarto novamente.

- Só mais um pouquinho.- Mariko disse indo até o banheiro

Devido aos problemas com ansiedade social que Mariko tem, ficou dificil de conseguir entrar em uma escola sem se perturbar mentalmente, desde então teve aulas particullares em casa. Se não fosse por Kiara não estaria na escola hoje em dia, não é assim tão assustador como você pensa, desde que você tenha uma pessoa do seu lado para te apoiar.

Depois de se arrumar chamou Kiara para as juntas irem juntas para a sorveteria

- O Fuyuki e o Katsuo vão vir também?- perguntou Mariko olhando para Kiara.

-Sim, acabei de conversar com eles.- disse colocando o celular no bolso da calça jeans que estava usando.

- Hum- disse abrindo a porta e saindo de casa- "Vou ficar de vela de dois casais"- pensou dando uma risadinha 

Fuyuki é um garoto de 17 anos, loiro e de olhos marrons, da mesma sala que Mari e Kiara, Katsuo é um ano mais velho que os três amigos,tem cabelo marrom, é bem alto e com um corpo bem definido, é namorado de Fuyuki e filho da diretora da escola, como isso é bom. Katsuo é um garoto que tem sangue de familia nobre porém devido á segunda fillha da familia ser mulher não ficou como herdeira, mas sim o filho dela, Katsuo não pretende ter uma vida como a familia deles deseja, apenas quer seguir seu sonho e não seguir os passos de uma familia perconceituosa.

Depois de poucos minutos chegaram á sorveteria e uma menina baixa ruiva chama por Mari e Kiara 

- Oii- diz a ruiva acenando para as duas amigas- Fuyuki e Katsuo já estão lá dentro.

Essa garota se chama Herta, amiga de longa data de Kiara, se conheceram em um estudio onde Herta faz um curso de fotografia e Kiara faz curso de teatro.Ela é bem timida e gentil com todos porém quando fica chateada é pior que um demonio. 

Ambas entram na sorveteria mas logo Mari é puxada por Herta para uma conversa particular

- Oi?- diz Mari sem entender nada- Precisa de ajuda?

- Eh…sim, é meio sério- diz Herta um pouco nervosa.

-Oh, bem não sei se agora é o momento certo…Vou avisá-los que vamos ficar um pouquinho aqui fora- diz Mari entrando na sorveteria para falar com todo o mundo.

Depois de avisar os amigos Mari volta para perto de Herta

- Agora pode falar- diz dando um sorriso gentil que logo é correspondido por Herta

-Eh… bem eu estou meio indecisa- diz herta gagejando- Eu queria descobrir a minha orientação sexual, tipo eu nunca gostei de ninguém eu acho, só queria saber se isso é normal ou não…

Mari já suspeita do motivo de ela se questionar sobre sua sexualidade porém não vai comentar pois pode ser um pouco impulsivo de sua parte

- Tem certeza que nunca gostou de ninguém?- Mari diz com um olhar sugestivo o que fez com que Herta corasse, sim ela tem a certeza do motivo da pergunta- Relaxa, não precisa se preocupar com isso, é normal e você vai descobrir mais tarde, não esquenta a cabeça com essas coisas

-Você deve estar certa… obrigada Mari- Herta disse lhe abraçando, Mari o retribuiu e ambas foram para a sorveteria junto de seus amigos.

Depois de algum tempo na sorveteria todos estavam se divertindo, Kiara e Katsuo sempre brigando mas nada de ruim, apenas brigas de amigos, Herta tentando fazer Kiara ficar calma e Fuyuki e Mari apenas rindo da desgraça dos amigos

- Quanto você aposta que Katsuo vai ficar sem argumento?- disse Mari para Fuyuki.

- Isso não é uma aposta é um facto, ele desiste fácil- disse rindo junto de Mari

- De você ele não desiste pelo menos- disse deixando Fuyuki envergonhado, ela nunca cansa de vê-los juntos, é um casal realmente fofo e espera que nada aconteça com eles, antes de poderem continuar a conversa são interrompidos por um grito

- Cala a boca femea, até eu tenho a pika maior que a sua!- Gritou Kiara para Katsuo, chamando a atenção de quase todos dentro da cafeteria.

- Kiara!- disse Herta com um olhar de raiva em direção a Kiara.

-Desculpa- disse se acalmando, só a Herta mesmo para colocar educação em Kiara- vou tentar me acalmar um pouco.

- Duvido- disse Fuyuki rindo sendo acompanhado por Mari

- E vocês dois, parem de rir- diz Herta em um tom firme fazendo os dois ficarem com medo.

- Sim senhora- ambos dizem em sintonia.

- Hey, o que está acontecendo ai?- o grupo escuta uma voz de um homem de fundo se aproximando letamente, era Theo primo de Mari que trabalha na sorveteria- O que você fez Mariko?

- Nada! Só estávamos conversando- responde desviando o olhar.

-Hum… espero que sim- diz se afastando do grupo- Querem que eu leve vocês em casa?- pergunta para Kiara e Mari

- Pode ser- ambas dizem ao mesmo tempo

-Hey Mari, como é ser vela de dois casais?- Uma voz feminina vindo em direção do grupo, era Ayla, namorada de Theo e trabalha também na sorveteria mas só em trabalho part-time.

- É um pouco deprimente quando um deles n se assume logo né- diz lançando um olhar para Ayla que logo entendeu de quem estavam falando.

- Vocês sabem matemática básica? O único casal aqui é esses carentes ai do lado- disse apontando para Katsuo e Fuyuki, Fuyuki ficou meio bravo enquanto que Katsuo só concordou pois Kiara está certa.

- Melhor esquecer, inteligência não serve para todos não é mesmo?- disse com uma certa confiança

- Enfim, Kiara e Mari vamos indo? Preciso ir no mercado antes que feche.- disse pegando o celular para olhar a hora

-Claro, estamos indo- disse Mari se levantando e se despedindo de todo o mundo, Kiara a acompanhou e depois saíram da sorveteria.

-Se quiser pode deixar a gente no mercado, é pertinho de casa, dá para ir a pé- disse Mari entrando no carro junto de Kiara. Theo apenas concordou com a cabeça

Depois de chegarem no mercado as duas amigas saem do carro, se despedem de Theo e seguem o caminho para a casa das mesmas, já era de noite e as duas amigas apenas andavam pela rua silenciosa conversando sobre assuntos aleatórios

Mari tem um pressentimento ruim, como se alguém estivesse observando-as, não deu muita importância e seguiu como se não estivesse acontecido nada, mesmo assim por mais que ignorasse não conseguia parar de sentir alguém seguindo ela. Escuta um barulho de algo caindo e logo olha para trás…

 

 

 

 

 


Notas Finais


Obrigada por ler ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...