História Você disse que seria para sempre (Jikook) - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook Bts
Visualizações 113
Palavras 2.607
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Esporte, Ficção Adolescente, Lemon, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiie gente lindaa! Tudo bom?
Me desculpem por essa demora! Esses dias eu tenho estado realmente ocupada mas sempre pensando sobre os próximos capítulos da fic! Bts está quase dando comeback 😭💗 e ai já deram view em "Killing me" do Ikon? Ta um hinao ♥
Espero que gostem do Cap, beeeijo ♥

Capítulo 21 - Dura Realidade


Fanfic / Fanfiction Você disse que seria para sempre (Jikook) - Capítulo 21 - Dura Realidade

Jungkook On

Eu poderia ter sonhado com isso, mas eu me sentia muito acordado, eu sabia a dimensão daquela realidade, a sensação de medo, um medo enorme que paralisou meu corpo e congelou minha mente, eu acordei com as acusações mais assustadoras que IU alguma vez poderia ter me feito, eu soube nesse momento que se eu não fosse inteligente o suficiente tudo ia desmoronar. Mas o seu olhar....eu sabia que não haviam desculpas, dessa vez ela sabia, todo esse tempo ela sempre desconfiou mas agora ela tinha provas verdadeiras, que raiva desse demônio que ficava fuçando minhas coisas, e meu celular...eu estava em uma posição péssima nesse momento, e eu só conseguia pensar no Jimin, eu não podia deixar que o Jimin fosse acusado disso também, fui eu que chamei ele na cozinha, fui eu que enviei mensagem...se ao menos eu não fosse tão idiota, porque eu fui alimentar essa bobagem? Porque eu ainda estou envolvido nessa trama? O que eu faço?... 

- Jungkook?? Eu estou esperando uma resposta!

Essas palavras me fizeram regressar à terra, ao momento mais difícil que eu teria de enfrentar. Senti meu rosto queimar e o meu Coração batia tão aceleradamente que jurei que tinha corrido durante uma hora. 

- ME RESPONDA!-  

- porque mexeu no meu celular??- digo irritado tirando o mesmo da sua mão

- você só pode estar de brincadeira Jeon, seu filho da puta, como você foi capaz? Ficar se envolvendo com ele? Um homem? Bem debaixo do meu nariz... mas eu sabia , eu sou uma mulher, que tipo de mulher seria eu se não notasse isso? A forma como você me beija não é mais a mesma, o seu toque, eu preciso implorar por ele, todas essas intimidades com ele, os risinhos, os abraços, como eu pude ser tão idiota assim?... - ela caminhava pelo quarto com as mãos na Cabeça e eu a olhava sentado na Beira da cama sem saber o que fazer.

- me diga, esses três anos , não significam nada ? Como você pode estar com um homem? Você que é assim, másculo, você que nunca gostou de macho, e agora fica coemendo o filho do presidente do time...

- não, isso não é verdade- digo me levantando e sinto sua mão voar em direção ao meu rosto, me fazendo virar o mesmo com a força do tapa. Respirei fundo e virei meu rosto novamente para ela

- vamos terminar-digo olhando em seus olhos com o rosto fechado e minha face ardendo por conta do tapa. Ela me olha surpresa, sua expressão mostrava o quão chocada estava e sinto ela voar para cima de mim e me bater com força, ela me agarrava, puxava e gritava que nem louca 

- SEU VIADO DE MERDA - ela grita enquanto me batia

Eu não ia bater nela...apenas aguentei essa porrada, eu sabia que podia apenas esticar o meu punho e acabar com isso, mas não o fiz, apesar de tudo isso, o homem sempre deve respeitar a mulher, mas ela não estava me respeitando nesse momento e eu estava chegando no limite.

-JÁ CHEGA!- digo agarrando os braços  dela,- Pára com isso!!

Ela me olha irritada e eu ganho coragem para confessar tudo

- chega! Sim, eu não irei mais mentir, até porque já não tem volta não é?, me desculpe por ter te traído assim, me perdoe por isso, mas se você acha que estou arrependido está enganada, não me arrependo de nada do que fiz com ele, apenas me culpo por ter sido dessa forma, mas foi algo que eu não pude controlar, esse sentimento que eu tenho por ele, você não pode entender o quanto é forte...por isso que ...- eu olho para ela que me ouvia com os olhos semi cerrados

- precisamos terminar- digo firme

- você acha?- ela diz sorrindo e se levantando da cama segurando em minhas mãos, o que ela estava fazendo?? Estaria ela aceitando aquilo?? De boas?...não pode ser...

- Jeon...que bom que me contou a novidade- ela disse enquanto passava a mão no meu rosto e eu a olhava incrédulo

- sabe quem vai adorar saber disso? O pai do seu novo amor- ela diz sorrindo 

Eu senti meu ar faltar quando ouvi aquelas palavras, Ela estava fazendo isso comigo?...

- você não pode, você não iria fazer isso- digo segurando o braço dela com força , com tanta força que vejo o seu incômodo.

- quer apostar?- vejo ela ir em direção à porta e a puxo com força

- não faz isso!!- digo desesperado, não queria mostrar meu desespero mas nesse momento eu estava perdido.

- me solte, me deixe dar a novidade! Imagine quando o sr. Park receber a notícia de que afinal você fica fodendo o filho dele kkkk que cômico você não acha?

- por favor...- digo caindo de joelhos na sua frente, e sinto lágrimas rolarem em meu rosto 

- olhe para você...idiota de bosta, eu poderia acabar com essa merda agora, sua vida , sua carreira e essa relação de viados, mas não, vou fazer melhor,  você vai ser um bom menino e vai fazer tudo o que eu mandar, você é meu Jeon, apenas meu- ela diz e se baixa dando um beijo em meus lábios enquanto eu sentia meu rosto molhado e tentava me acalmar

- bem...agora está na hora de terminar com isso- ela diz enquanto se levanta  e me puxando com ela

- eu posso fingir que esqueci isso, que nunca li essas mensagens , mas você vai terminar essa merda hoje, você vai falar com o Jimin e vai dizer exatamente o que eu mandar, eu vou fazer com que o Jimin nunca mais olhe nessa sua cara linda meu amor, bem...na verdade é você que vai fazer isso kkkk- ela diz enquanto passa a mão em meus cabelos.

Eu me sentia tão mal...fitava o chão sem qualquer expressão, estava me sentido fraco, mas eu precisava fazer aquilo para proteger o Jimin, ele não iria perder os sonhos dele por minha culpa, eu não ia fazer isso..

- seja forte Jeon..- digo enquanto cerro meus punhos e vejo a IU se arrumar. Ela me tinha na mão..que raiva. Tomei banho e me arrumei, estávamos fingido que nada havia se passado, mas o ambiente era horrível, depois de eu me arrumar fomos tomar o café da manhã e eu me sento na mesa grande da sala do Jimin e  logo a IU se senta do meu lado. Os outros ainda não haviam descido, ainda era cedo e apenas eu e ela estavamos comendo. 

- depois da faculdade de Hoje, você vai terminar- ouço ela dizer e me olhou sorrindo

Eu mordi o meu lábio com força e senti os meus olhos marejarem, estava tão irritado que estava com medo de me descontrolar. 

-entendeu?- ela disse me olhando

Eu assenti com a cabeça a olhando cheio de raiva.

Nesse momento vejo ele...o meu loiro , descer a escadaria, o seu rosto estava meio inchado do sono, estava bagunçado, e ainda de short e regata..a minha regata..mas ela já sabia e eu queria desaparecer naquele momento.

- bom dia- ele diz se sentado do meu lado,- acordou cedo hoje

Eu sorri fraco

- é..quero chegar cedo nas aulas hoje- digo enquanto bebo o suco

- esteve a chorar??- ele diz segurando em meu queixo e analisando os meus olhos vermelhos, quase chorei novamente mas tentei me segurar, sentido os meus olhos arder

- estou com alergia- disse forçando um sorriso e me levantei da mesa com a IU

- não vai esperar por Hoseok e Tae?- ele diz me olhando desconfiado

- hoje não posso- disse e saí da casa dele me dirigindo à faculdade com a IU agarrando meu braço

- você vai ver que isso vai ser ótimo para você amor, eu só quero o seu melhor - ela diz enquanto caminha do meu lado. 

Cheguei na faculdade e logo depois chegaram os outros, namjoon ,seokjin , yoongi, hoseok, Tae , Somin e Jimin. Eu estava de pé perto da porta da sala, a IU não largava o meu braço e eu estava me segurando para não explodir. Entrei na sala de aula e logo me sentei. Não estava me sentido bem, não queria ouvir nada nem ver ninguém, só queria acordar desse pesadelo horrível...abro meu caderno e começo a escrever a lição até que sinto meu celular vibrar, ainda bem que a demônia ficava lá na frente e não podia me ver cá atrás, os lugares mudaram e eu agora ficava com o Tae , peguei no celular para ler a mensagem e vi que era o Jimin

       -"o que houve? 

       -" nada 😆

       -" não sou otário Jk , fala

       -" preciso ir Jimin a professora está olhando..

Voltei a colocar o celular no bolso e tentei me focar na aula mas sem sucesso

-o que você tem hoje ?- ouço Taehyung perguntar

- como assim?

-você não esperou pela gente, não ficou falando com o jimin na porta da sala dele como sempre faz e agora tá ai com essa cara, aconteceu alguma coisa?- ele diz e eu  nego com a cabeça

- pode falar comigo se quiser Jeon..estou sempre aqui para você- ele diz e eu sinto meus olhos novamente soltarem lágrimas, porra jungkook você é um cuzao

- jungkook o que foi??- ele diz segurando em meu ombro

- eu não sei o que fazer tae..- digo sufocando o meu choro

- me fale !!! Me diga logo!! Alguém te ameaçou? Te bateu?? Me diga que eu mato essa pessoa!!

- não..não foi isso..foi bem pior- digo olhando para baixo para que não vissem meu rosto

- caralho jungkook não me faça perder a paciência

Eu suspirei

- ela descobriu...

- ela ? Ela quem?? descobriu o quê?

- ontem eu me encontrei com o jimin...de noite, nós trocamos mensagens e a IU acabou vendo o celular, nós tivemos uma discussão muito grande essa manhã e ela disse que se eu não terminasse com o jimin hoje ela contava tudo ao pai dele...

- eeeita Jungkook!!, eu avisei, sério que avisei, você não me dá ouvidos nunca , não segue meus conselhos e olhe no que deu..meu deus nós podemos perder tudo...

- não quero sermão..quero Conselho - digo irritado

- Conselho??, eu sinceramente não sei como você vai sair dessa confusão- ele diz preocupado

- olhe...vou fazer o que está certo...o jimin não pode se prejudicar por minha culpa, não vou deixar...

- Jeon...por muito que essa relação seja errada , vocês se amam e essa cobra da IU não pode te prender assim, usando isso em seu favor, isso está errado...

-eu sei..mas são as nossas vidas que estão em jogo, e se eu o amo eu preciso saber deixar ir..

A aula terminou e o resto do dia passou voando, eu evitava o jimin e ele notava isso pois estava irritado, mas eu precisava ser forte. As aulas chegaram ao fim e logo nos dirigimos todos para casa.

- escute, você vai lhe dizer o que eu disser e nem tente se fazer de esperto pois eu vou ficar no banheiro do quarto ouvindo tudo!- a IU diz baixinho enquanto caminha do meu lado

Chegamos em casa e eu sinto minhas pernas tremer, vejo IU subir até ao quarto e logo entendi que estava na hora...jimin estava conversando com a somin na sala e eu logo me aproximo

- jimin..posso falar com você?-digo e ele me olha assentindo com a cabeça. Me dirigi até ao meu quarto e ele me seguiu em silêncio, ouvir os seus passos atrás de mim...o silêncio do corredor, eu não ia conseguir fazer aquilo. Entrei no quarto e ele entra logo de seguida fechando a porta e sorriu.

- jeon...porque ficou me ignorando hoje?, você sabe que isso me deixa muito triste - ele diz agarrando o meu pescoço e logo deposita um selinho nos meus lábios me fazendo fechar os olhos e desejar que essa fosse a minha realidade, mas não era...

- jimin...- digo fraco tentando ganhar coragem

- não se preocupe, meu pai não vai aparecer- ele diz sorrindo enquanto morde o meu nariz como ele sempre fazia e eu deixo que ele tome os meus lábios em um beijo longo, o beijo em que ele demonstra o amor que sente por mim, mas nesse momento eu não podia..não podia fazer isso e me solto

- jimin...eu não quero mais você- digo rude e vejo ele me olhar sério

- como assim Jeon?- ele diz meio nervoso

- não quero mais isso, esses encontros, beijos ou intimidades, eu já me cansei de você- digo virando as costas para ele que permanecia em silêncio

- por isso apenas pare de falar comigo, deixe de ser meu amigo deixe de falar comigo

- Jeon..para de brincadeira- ele diz me olhando assustado

- não estou brincando, não quero mais.- digo firme

Ele segura o meu braço me fazendo encarar o seu rosto

- porque está fazendo isso comigo?- ele diz e eu vejo os seu olhos marejar, eu não consegui olhar aquilo, não faça isso jimin...não chore na minha frente..

- estou fazendo isso porque quero ficar longe de você e ficar com a minha namorada, entendeu viado?- digo forçando meu rosto Bravo e ele socou minha boca com força

- quem você pensa que eu sou jungkook?- ele diz chorando -, você não tem o direito de me tratar assim, eu fiz tudo por você esses dias, como você é capaz de me machucar assim?-" sinto ele me abraçar forte

- eu fiz algo errado ?? Me desculpe se eu fiz...eu te amo muito , não faça isso comigo jeon..o que eu irei fazer sem você do meu lado?..eu me apeguei muito a você...- sinto as lágrimas dele molharem a minha camisa e os meus braços...queriam tanto apertar aquele corpo com força , estava a ser tão difícil, mas tinha de ser mais forte do que esse sentimento e o afastei rapidamente, queria tanto chorar, ver ele assim estava me partindo o coração , o meu amorzinho..não era possível que eu estivesse fazendo isso, mas tentei pensar no bem dele, na sua carreira, na família que o ia rejeitar...

- me solte, jimin eu só queria te comer.

Ele me solta e olha nos meus olhos com o olhar mais desiludido que eu já havia visto

-você..realmente fez isso?- disse piscando os olhosy e vejo suas lágrimas cair

- fiz, saía daqui jimin, eu já te usei o suficiente..- digo e me viro de costas sentido minhas lágrimas cairem, as lágrimas que eu tanto segurei não podiam mais ficar em meus olhos..ouço a voz dele bem trêmula e baixa

- você é a pessoa mais cruel que eu já conheci...me iludiu apenas para me comer..você disse que me amava...mas agora eu vejo o quão idiota eu fui, o otário sou eu não é mesmo...eu mudei por você,eu estava feliz, graças a você..e é irônico como você consegue me deixar tão feliz e de um momento para outro faz de mim a pessoa mais triste do mundo...eu espero que nunca mais me procure nem fale comigo...nunca mais nessa vida eu irei falar com você, seja feliz com a sua namorada.. Eu chorava mas ele não via, estava voltado de costas para ele prendendo o meu choro com força

- eu te amei Jeon..te amei de verdade-ele diz

Ouço os seus passos até à porta e logo ela se fecha, com um estrondo alto, me deixando ali sozinho,chorando, pareceu fácil ? Não foi , tirar minha vida teria sido menos doloroso... me sento na cama com as mãos sobre o rosto e me permito chorar alto, logo vejo IU sair do banheiro e se sentar do meu lado, ela colocou a mão no meu ombro me vendo chorar e sorriu, como alguém podia ser tão cruel assim?...

- muito bem meu amor, você foi ótimo, agora a gente pode ser feliz como antes.- ela me abraçou no meio do meu choro e eu me senti ser engolido pelo mundo.




Notas Finais


😭😭😭😭


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...