História Você disse que seria para sempre (Jikook) - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook Bts
Visualizações 197
Palavras 1.401
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Esporte, Ficção Adolescente, Lemon, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie lindas ✌ tudo bom, espero que sim!
😘♥✌

Capítulo 25 - A vingança do Jungkook


Fanfic / Fanfiction Você disse que seria para sempre (Jikook) - Capítulo 25 - A vingança do Jungkook

Jungkook On

Eu estava caminhando com o pessoal até à faculdade para as aulas da tarde e acompanhava o Jimin que caminhava do meu lado demonstrando nervosismo, eu estava ignorando as ameaças da IU nesse momento, estava de saco cheio dessa moça, sério, só o facto de ficar respirando o mesmo ar que ela me incomodava, ela estava no celular falando com alguém, fica com muitos segredos agora, estava me olhando com o seu Olhar de " sai daí , não fala com ele", mas a ignorei e continuei caminhado do lado do Jimin.

- vamos para casa Jeon, não vou às aulas hoje, vem comigo? - ouço ele dizer e o encaro sério

-você está fugindo dele?, sério isso? Já te falei que ele não vai te incomodar mais - digo 

- o que você vai fazer Jeon..- ele diz me olhado com uns olhos cheios de receio

- vou bater nele lógico né 

- mas você pode ser expulso, eu não quero isso, eu sei me defender, se ele me tocar novamente eu irei me defender dessa vez, não precisa fazer nada.

- sem chance, e depois disso, você vai comigo na delegacia, esse moço não pode ficar andando por ai assim.

Ele suspirou 

- sabs ..eu esqueci de te contar uma coisa Jeon...

- o quê?- digo preocupado e vejo ele me olhar com medo

- é que eu vi que o moço que estava com ele gravou tudo no celular- ele diz e eu sinto meu sangue ferver de raiva

- eles gravaram isso?!, que nojo , eu tô com muita raiva, eu vou fazer ele apagar esse vídeo , eu te juro, não se preocupe Jimin...

Chegamos na faculdade e eu me separei do Jimin,  entrando na sala de aula, logo me sentei e deixei o tempo passar...estava passando tão lentamente..minha raiva crescia e minha cabeça quase explodia, porque eu não podia ter uma relação normal? Sair das aulas e poder me encontrar com o Jimin sem medo de chantagem...se aquele vídeo rolar em algum lado...não irei conseguir ajudar o Jimin a superar essa dor, então eu preciso mesmo o eliminar. Depois de longas horas pensando em tudo, o sinal bateu e as aulas da tarde terminaram , arrumei minhas coisas rápido e me levantei  correndo até à saida da sala

- Jungkook espere por mim!!- ouço IU  gritar mas não prestei atenção e apenas corri evitando a sala do Jimin, percorri os corredores com presa chegando na saída e fiquei esperando em um local onde nem o Jimin nem os outros pudessem me ver. Estava esperando Mark sair, aquele arrombado , hoje ele ia pagar por suas ações, Jimin me pediu muito para não fazer isso, mas eu não conseguia me controlar, era como se fosse eu a pessoa que foi abusada, Jimin era minha vida, e foi machucado, então meu dever era esse.

 Vejo Jimin sair e se juntar aos outros, mas eu sabia que eles iam ficar ali me esperando então enviei uma mensagem ao Tae a dizer que já tinha ido para casa e logo vejos ele irem embora juntos. Mas Jimin permaneceu ali , olhando à sua volta , ele sabia que eu não ia ficar quieto mas caminhou com os outros depois de um tempo.

Sinto meu celular vibrar , Jimin estava me ligando mas não atendi, vejo então o Mark sair com dois amigos e o sigo de longe. Depois de uma longa caminhada vejo os seus dois amigos tomarem direções diferentes se despendido dele e então ele começou a fazer o caminho até sua casa sozinho. Eu corri até me poder aproximar o suficiente e o vejo olhar para trás me vendo ali, sério e pronto para acabar com ele naquele momento.

- você?- ele diz e parou de caminhar,- parece até que se apaixonou por mim- ele diz e eu ri sarcástico me aproximando 

- você não está se sentido mal?- pergunto e ele me encara confuso

- e porque eu estaria?- ele diz cruzando os braços e fuzilou os meus olhos

- você sabe a razão pela qual eu estou aqui, e você não vai sair andando pelo próprio pé, não vai admitir aquilo que fez?

Ele riu 

- não me faça rir, você acha que eu tenho medo de você? Se nem do Jimin eu tenho medo porque teria de você - ele diz e eu logo estouro o seu peito com minha perna fazendo ele se sentar no chão sem conseguir respirar.

- pois mas eu não sou o Jimin- digo ficando de pé na sua frente e podia ouvir a sua respiração forçada. 

Ele agarrou as minhas pernas me fazendo cair e logo atacou o meu rosto com socos fortes, se colocando em cima de mim, segurei o pescoço dele e o apertei com força vendo o mesmo sufocar e o soltei quando seu rosto ficou vermelho, ai pude ganhar vantagem e o soquei repetidamente vendo seu rosto se encher de nódoas enquanto ele tentava se soltar mas cada vez mais eu depositava a minha raiva nele, me lembrando da imagem do Jimin chorando na benheira e me levantei o chutando com força em todo o corpo. Ele segurou o meu pé mas o chutei com o outro e ouço seu nariz quebrar quando intencionalmente o chutei. Me arrepiei com aquilo, não tencionava o quebrar mas eu não podia ter pena dele nessa altura, vejo uma Fonte de sangue jorrar em seu nariz e ele o segurou gritando de dor

- OLHE O QUE VOCÊ FEZ, EU VOU TE MATAR! - ele grita se levantando e tento me defender dos seus golpes, senti um soco em meu estômago e tossi vendo sangue sair da minha boca, eu precisava terminar aquilo pois estava tomando proporções muito graves e o chuto no meio das pernas vendo ele se contorcer e o deitei no chão. Seu rosto estava horrível, e eu olhei em seus olhos sentido minhas lágrimas cairem

- isso não é nada comparado com o que você fez ao jimin, um moço tão gentil e inocente, como você iria sentir se eu fodesse a sua bunda agora? - digo e ele agarra meu cabelo com agressividade me fazendo ficar próximo do seu rosto

- experimente, com certeza minha bunda está mais apertada do que a  Jimin nesse momento - ele diz e vejo um sorriso se formar em sua boca

- você  não merece mesmo que eu me controle-digo  pegando em uma pedra e começo a dar fortes socos com ela na cara dele enquanto sentia minhas lágrimas de raiva cairem

- isto é por você jimin- digo não conseguindo parar, não estava tendo noção do que estava fazendo e paro quando não vejo ele se mover. Seu rosto estava irreconhecível e eu deixo a pedra cair, minhas mãos e minha roupa estavam cobertas de sangue e ele não estava se movendo, eu matei ele ???...

- mark? - digo lhe tocando mas ele não me respondeu

- o que eu fiz?- disse sentido minhas pernas tremer e me levanto sem saber o que fazer.

- ACORDA!! - digo chutando a sua perna levemente mas ele continuava ali e me desesperei, peguei o celular e liguei  ao Jimin ,minhas mãos estavam tremendo e ouço sua voz do outro lado da linha

- jungkook? Onde você está? Eu te liguei um Monte de vezes!!- ele diz com sua voz irritada e eu demonstrei desespero em minha voz sentido ela sair em forma de choro 

- Jungkook o que você fez??

- Jimin eu acho que ele morreu- digo  desesperado e apenas um silêncio se formou ,enquanto eu olhava o corpo dele ali estendido e o escondi em um canto afastado.

- onde você está?- ouço Jimin dizer fraco e logo lhe dei as informações

- estou indo te encontrar, não faça mais nada.

Logo revistei a calça do mark e peguei em seu celular, procurei pelo video do jimin e o achei, mas logo o eliminei, vi também todas as mensagens dele para ver se tinha compartilhado o vídeo com alguém e acabei achando mensagens dele com a IU.

- que merda é essa?- digo olhando a tela incrédulo. Não isso não estava acontecendo, aquelas mensagens eram um plano, um plano da IU, tudo tinha sido planeado por ela . Não estava me sentindo bem , era muita coisa se passando ao mesmo tempo.

Fiquei dando voltas ao redor do corpo do mark  esperando o jimin chegar e  rezando para que ele acordasse...ou então eu ia passar o resto dos meus dias vendo o sol aos quadradinhos.


 



Notas Finais


Eiitaa...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...