História Você é a cura do meu vício - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jin, Rap Monster
Tags Bts, Fofo, J-hope, Jin, Jung Hoseok, Rap Monster, Romance, Sexo, Suga, Violencia
Visualizações 45
Palavras 946
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá! Espero que gostem !
Gente sempre vou esta colocando poesias e frases na fic .
B
O
A
L
E
I
T
U
R
A😘!

Capítulo 1 - Primeiro capítulo


Fanfic / Fanfiction Você é a cura do meu vício - Capítulo 1 - Primeiro capítulo


Sentada no sofá pensando em como minha vida não poderia estar pior.

Motivos?! eu tinha até demais.

 Ser excluida da família por seus próprios pais,ter que mudar para um pais onde tudo era novo,cultura,comida,faculdade,trabalho.

Isso é pouco entre os outros .

 Sn:que horas essa pizza vai chegar!? Estou com fome!!

  Depois de reclamar ouço a campainha tocar.

 Me levanto com o cartão na mão logo abrindo a porta .

  ??:olá senhorita sn ! Vim entregar sua pizza. 

 Sn:olá -entrego o cartão pro mesmo.

 ??:crédito ou débito? 

 Sn:débito! 

??:me chamo jung hoseok!-tenta puchar assunto a maior .

 Sn:nome bonito - o elogio .

Jh:mais pode me chamar de j-hope ou de hope,seu nome também é bonito-me entraga a maquina para eu poder colocar a senha .

Sn:pronto hope .lhe entrego a maquininha .

Jh:pode me passar seu número? 

 Sn:para?

 Jh:para sermos amigos! 

Sn:ok - pego a pizza logo começo a falar meu número- anota ai *******.

Jh:anotei ! Seu pedido foi a última entrega pra mim vou pra casa e te mando uma mensagem 

Sn:ok

Algumas pessoas simplesmente acreditam que não merecem a felicidade, seja por se sentirem culpadas por algo que fizeram no passado ou por julgarem não serem dignas de receber o perdão de alguém… Por causa disso, acreditam que são incapazes de ter uma segunda chance para conseguir construir uma vida com paz e alegrias.

A verdade é que todos têm o direito de ser feliz! Não importa o que digam, a vida é sua e você é o primeiro a querer correr atrás da sua felicidade!

.

[ hope ]

 Gostei da estrangeira gostosa,vai servir pra ter uma boa transa.

[ Hope ]

[ autora ]

  Jung hoseok é um jovem de 23 anos que tem que comprir um desafio que seus pais lhe deram. 

O desafio começou comma conversa entre seus pais e por isso vamos voltar na "tempo"

{ 3 meses atrás }

 Senhora jung:estou Cansada de sustentar esse menino que a unica coisa que faz e trazer vadia para minha casa ! Tome uma providência! - fala a senhora já esgotada de seu filho que só lhe trazia poblemas em pleno seus 22 anos.

 Senhor jung: você acha que a culpa é minha!-grita o senhor já alterado.

 Senhora jung:a culpa não é só sua, nos não o educamos como devido e agora estamos sofrendo as consequências! - sentou para poder se acalmar. 

Senhor jung: apartir de hoje farei um desafio para o nosso filho.

 Senhora jung: que desafio! 

 Senhor jung: ele tera que se sustentar sozinho , não daremos dinheiro, roupa , nada que ele possa consegui sozinho. 

 Senhora jung :será que ele vai conseguir ? - perguntou a senhora com os olhos estatalados .

 Senhor jung: isso não é poblema nosso!

{ atualmente }

 O acordo é valido por um ano.jung hoseok esta trabalhando apenas para poder pagar sua tão querida faculdade de dança. 

Desde pequeno o jovem se intimidado pelo dança tinha um temperamento inexplicável, atormentava os vizinhos , batia nas colegas e coisas do tipo.

 Os senhores jung sempre foi um casal apaixonado por trabalho assim não dando atenção para seu flho.

[ Hope ]

 Chegando em meu "apartamento"

Me jogo no pequeno sofá que ali tinha , logo pegando meu celular no bolso traseiro da calça. 

 Entro no pate-papo logo personalizando a nome da estrangeira. 

Você mudou o nome ********* para=estrangeira gostosa 

Pate papo

Jh : olá sn , como vai !? 

Estrangeira gostosa : estou bem hope! E vc ?

Jh:bem ....tem alguma coisa pra fazer amanhã? 

Estrangeira gostosa : sim amanhã eu estarei o dia todo ocupada😵

Jh: nss que triste ia te convidar pra sair !

 Estrangeira gostosa : deixa pra outro dia ....pode ser ?

Jh:pode sim!

Estrangeira gostosa : boa noite hope esto com sono 😪

Hj:então pode ir dormir anja !

Infelizmente, experiências passadas (seja na infância ou adolescência) podem fazer com que você perca a esperança em ser aceito pelas pessoas devido a suas peculiaridades… A insegurança e a baixa autoestima são algumas das consequências do sentimento de exclusão.

 

[ sn ]

 Saio de casa logo no amanhecer do dia .

 Sn:vamos lá sn mais um dia - conversando comigo mesma enquando desco pelo elevador. 

 Saio em direção ao ponto de ônibus. 

Chego logo me sentando em um dos bancos . Não demorou muito e vejo se o "meu" ônibus, aceno logo o fazendo parar. 

Sn:bom dia ! - comprimento o motorista logo recebendo uma resposta. 

Motorista: bom dia !

Passa a catraca e me dirijo até o banco de sempre. 

Coloca meu fone nos ouvidos e deito a cabeça pra trás e por um segundo lembrei da minha família lá na Califórnia.momentos felizes, momentos tristes, meus pais , minha irmã e rap monster. 

Rap monster meu melhor amigo de infância seu nome de verdade e kim namjoom foi por ele que eu conheci esse pais .

Ele era sul-coreano sofria na escola e na vizinhança por ter seus olhinhos fechados , namjoom é incrivelmente lindo e gentil. Pena que perdi contato quanda vim pra Coréia. 

Perdida na propria cabeça sinto alguém sentar no meu lado.

[...]

 Saindo agora da faculdade...

Se tomardes a vida com excessiva severidade, que atração tem? Se a manhã não vos convidar a novas alegrias e se à noite não esperardes nenhum prazer, valerá a pena vestir-se e despir-se?

Tantas pessoas novas. Indo. Vindo. Tenho só um mundo pela frente. E olhe pra ele. Olhe o mundo! É tão pequeno diante de tudo o que sinto. Sofrer dói. Dói e não é pouco. Mas faz um bem danado depois que passa. Descobri, ou melhor, aceitei: eu nunca vou esquecer o amor da minha vida. Nunca. Mas agora, com sua licença. Não dá mais para ocupar o mesmo espaço. Meu tempo não se mede em relógios. E a vida lá fora, me chama!


Notas Finais


Obrigado por ter lido !
Se você chegou até aqui comente bolacha!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...