História Você é a melhor parte de mim (Natiese) - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Damien
Tags Fernanda, Juliana Feju, Natalie Smith, Natiese, Priscilla Pugliese
Visualizações 417
Palavras 1.665
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: LGBT, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 20 - Não resisti.


Natalie recebe as flores e os chocolates de Priscilla, com um lindo sorriso. Carol apenas observa como as duas se olham.

- Amei! Como amo tudo que você faz. Fala Natalie dando um selinho demorado em Priscilla.

As duas saem em direção à sala de Priscilla, Natalie fecha a porta e ataca os lábios de Priscilla em um beijo de deixá-la vendo estrelas. Priscilla corresponde da mesma maneira. Natalie coloca sobre a mesa as flores e os chocolates sem parar de beijar Priscilla.

- Como você consegue ser tão maravilhosa assim? Pergunta Natalie sem parar de beijá-la.

- Você que me faz fazer tudo isso. Responde Pugliese mordendo sua orelha.

- Eu preciso trabalhar. Fala Pugliese passando os braços por seu pescoço e dando um selinho em Natalie.

- Eu sei. Eu não atrapalho. Vou ficar aqui só te olhando. Fala Natalie.

- É o suficiente para que eu não consiga fazer nada. Fala Pugliese sorrindo.

- Enquanto você olha suas coisas vou agradecer a Carol pelo café. Fala Natalie saindo.

- Carol! Fala Natalie se aproximando da secretária.

- Oi Natalie.

- Obrigada pelo café. Eu nem agradeci. Fala a Smith com um breve sorriso.

- Não precisa agradecer. Só de melhorar o humor da minha chefe já é o suficiente. Fala Carol sorrindo.

- Você é mais que secretária dela né? Questiona Natalie.

- Nos tornamos boas amigas. Fala Carol.

- Ela é uma pessoa maravilhosa, sempre educada e sabe tratar bem cada pessoa que trabalha ao lado dela. O povo fala que ela é muito séria, mas eu não acho. Ela é super exigente, eu já a conheço bem, então procuro fazer o melhor. A gente se dá muito bem. Fala Carol.

- Que bom! É legal quando é assim. Fala Natalie.

- Nunca vi a Pri assim, feliz sorridente, animada. Ela raramente dava um sorriso. E depois de você ela está assim até comprando flores. Que progresso. Fala Carol.

- Carol? Fala Priscilla saindo de sua sala.

- Oi Pri.

- Vim lhe entregar a sua carta de demissão. Não quero que trabalhe mais comigo. Fala Pugliese.

- Priscilla!! Fala Natalie a olhando.

- Como assim? Fala Carol sem entender e a olhando séria.

- Você está demitida por justa causa. Por roubar a Natalie de mim por 23min 15 segundos e alguns milésimos.

- Ah! Pugliese que brincadeira sem graça. Fala Natalie.

- Esse lado brincalhão dela eu não conhecia. Fiquei até com medo mesmo. Fala Carol.

- Vim chamá-la para almoçar comigo. Fala Pugliese se aproximando de Natalie.

- Irei com muito prazer. Fala Natalie.

As duas saíram para almoçar. Pugliese resolveu não retornar para a agência. As duas resolveram passar a tarde na casa de Priscilla.

- Pri? Queria falar contigo sério. Fala Natalie.

- Pode falar. Responde Priscilla.

- Espero que não se zangue comigo. Mas se você quiser poderia ir em algum psicólogo, para você se abrir, poder conversar e ele te orientar. Se você quiser? Nada forçado. Se quiser eu posso até ir contigo, te acompanhar. O que acha? Pode pensar com calma, é só uma ideia. Fala Natalie já com medo da reação de Pugliese.

- Eu vou pensar sobre isso. Obrigada por se preocupar comigo. Fala Pugliese.

A tarde já estava findando e Natalie precisa voltar para casa. Então depois de alguns beijos que a fazia não sair dali ela consegue ir para casa.

Após o banho, tomou apenas um suco, pois estava sem fome e resolveu ficar olhando suas redes sociais até que Cris manda mensagem.

Whatsapp

CRIS – Nati, é você que vai dar aulas amanhã?

NATI – Sim! Eu e o Renan. Ele se ofereceu para me ajudar com a aula.

CRIS – Eita! Você sabe que ele está caidinho por você né?

NATI – Para com isso. Ele é só meu amigo, você está vendo coisas de mais. Kkkk

CRIS – Depois não reclama. Eu sei que ele está arriado os quatro pneus por você.

NATI – O que é isso? Kkkkkkkkkkkkk

NATI - Eu não vejo nada disso. Você sabe que só tenho olhos para a minha linda Pugliese.

CRIS – Tá bom! Kkkk tenho que ir agora. Beijos.

NATI - Beijos

Natalie resolve dormir, pois o dia seguinte teria que ir dá aulas para os pequenos. Não que isso a atrapalhasse, ela adora estar com eles. É uma diversão para ela.

Ela acorda faz sua higiene matinal e sai apressada para ir dar sua aula. Chegando ao local Renan já a esperava e as crianças também.

- Bom dia Nati. Fala Renan com um sorriso.

- Bom dia Renan.

- Bom dia meus amores lindos. Fala Natalie se abaixando e recebendo vários abraços e em seguida um abraço coletivo que quase a derruba, mas ela parece se divertir com aqueles pequenos.

- Vamos começar? Fala Natalie se dirigindo até o som.

As crianças já se posicionam esperando a música. Renan se aproxima de Natalie e espera suas coordenadas.

- Vamos com algo mais lento para nos aquecermos. Fala Natalie.

Eles começam com passos mais lentos e simples. Renan auxilia os pequenos com o ritmo. Natalie está focada no que faz e nem percebe que Renan não tira os olhos dela.

- Carol, vou sair um pouco antes. Vou buscar a Natalie para almoçar comigo. Qualquer coisa você me liga. Fala Pugliese.

- Certo Pri. Bom almoço.

A aula estava quase terminando e Nati resolveu mostrar aos pequenos qual seria o ritmo da outra aula.

- Renan vai dançar comigo e vocês observam. Fala Natalie.

Os dois começam a dança em um ritmo de forró mais lento. As crianças estavam eufóricas à espera da outra aula.

Enquanto dançavam Priscilla aparece na porta com um sorriso que logo é apagado ao vê os dois dançando juntinhos. Ela fica ali até que a Natalie encerra a aula. Renan a ajuda com o material, organizando o espaço enquanto as crianças saíam.

Natalie vem ao encontro de Pugliese que agora estava do lado de fora conversado com algumas das crianças que saíam.

- Oi amor! Fala Natalie se aproximando.

- Oi Nati. Priscilla está com um semblante mais sério.

- Queria que você fosse almoçar comigo.  Ou você vai almoçar com o bonitão? Fala Pugliese.

- Quer dizer que está com ciúmes de mim Priscilla? - Ele é só um companheiro de dança. Não precisa ter ciúmes. Fala Natalie

- Eu vi como ele babava ao olhar para você. Fala Priscilla.

- Isso é visão de quem está com ciúmes, fica vendo coisas. Fala Natalie sorrindo.

- Vamos almoçar? Indaga Natalie.

- Vamos sim. Priscilla se dirige ao carro abrindo a porta para que Natalie entrasse.

As duas foram para o almoço. Em seguida Priscilla deixou a Smith de volta à companhia onde ela teria ensaio para a apresentação do sábado. Seria a primeira depois do retorno de Portugal.

Os dias passaram rápido e o sábado logo chegou. Já se passava das 15h30min, quando Natalie recebe mensagem.

Whatsapp

LEO – Nati! Vamos ter que fazer mudanças hoje. O Flávio está com um mal estar.

NATI – Sério? Nossa que chato. Espero que ele melhore.

LEO – Mas já vamos mudar logo. Ele não terá condições de se apresentar. Então você dança com o Renan.

NATI – Certo. Tranquilo. Vai dar tudo certo.

LEO – Obrigada linda!!

Parece que o destino se encarregou de colocar Renan de novo no caminho de Nati. Se bem que antes nem foi o destino ele que se ofereceu para dar aula com ela.

- Espero que a Pugliese não resolva implicar com o Renan. Pensa Natalie.

Priscilla ficou de pegar Natalie em sua casa. Queria acompanhá-la até o local da apresentação e ela é sempre pontual. Às 19h já estava na porta de Natalie a esperando.

As duas seguiram em direção ao teatro onde a companhia se apresentaria. Silvia também iria, porém iria em seu carro, e assistiria junto a Priscilla.

- Boa sorte amor. Vai lá e arrasa. Fala Pugliese dado um selinho na Smith.

- Obrigada minha linda. Vou lá. Fala Natalie se dirigindo ao camarim.

Priscilla se dirige até sua cadeira e fica a espera de Silvia, elas sempre assistiam juntas as apresentações.

- Oi amiga! Cheguei. Fala Silvia se sentando ao lado da amiga.

- Oi Sil. Estou ansiosa. Fala Pugliese.

- Para né Pugliese, a Nati é fera nisso. Silvia fala sorrindo.

A apresentação começa e o ritmo será a lambada, uma dança sensual que exige bastante sintonia dos casais. Tudo ocorrendo dentro do esperado, Natalie era acostumada a dançar com Flávio, mas se saía bem quando tinha mudanças.

A música vai chegando ao final e os casais já se preparam finalizar a apresentação que será com as damas levemente inclinadas para a esquerda e com os rostos bem próximos demonstrando toda sensualidade da dança. Algo que já era costumeiro entre os casais, que levavam bastante a sério tudo que apresentavam.

Renan segura Natalie na posição em que todos os casais estavam e aproximam seus rostos, porém ele resolve ir além e acaba beijando Natalie. Levando o público a loucura.

- Que porra é aquela? Questiona Priscilla a Silvia.

Natalie fica completamente sem reação, não quer demonstrar sua indignação naquele momento, porém não corresponde ao beijo de Renan. Os dançarinos se despedem do público e vão para o camarim.

- Que merda foi aquela Renan? Questiona Natalie com raiva.

- Não resisti te ter tão perto. Fala ele.

- Vá se ferrar. Não vem com essa seu idiota. Natalie está com raiva da atitude dele.

- Renan? Nos nossos ensaios não tínhamos beijo na Natalie. Fala Leo bastante sério.

- Você viu? O público gostou. Fala Renan.

- Mas eu não gostei. Fala Natalie brava.

- Não quero que isso aconteça de novo, ouviu Renan. Fala Leo saindo com cara de poucos amigos.

Natalie tira o figurino e sai às pressas. Até imagina a cara de Priscilla, mas precisava se explicar a ela.

- Oi Silvia. Cadê a Priscilla? Fala Natalie vindo correndo.

- Ela me pediu para levá-la pra casa. Ela já foi.

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...