História Você é a melhor parte de mim (Natiese) - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Damien
Tags Fernanda, Juliana Feju, Natalie Smith, Natiese, Priscilla Pugliese
Visualizações 547
Palavras 1.054
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: LGBT, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 21 - Não posso te perder.


- Não era para acontecer aquilo. Fala Natalie limpando uma lágrima.

- Venha Natalie vou levá-la para casa. Fala Silvia.

- Mas eu preciso falar com ela. Indaga Natalie.

- Acho melhor deixar para amanhã. Deixa ela.

Natalie entra no carro de Silvia, era visível a tristeza em seu olhar. Em um momento ou outro ela limpava uma lágrima.

-Não machuque a Pugliese, ela já sofreu de mais. Silvia fala olhando séria para Natalie por um instante.

- Se você a machucar eu acabo com você. Silvia fala sem rodeios e Natalie a olha séria.

- Não quero machucá-la. Quero cuidar dela, protegê-la. Responde Natalie.

- Assim espero. Então trate de passar confiança à ela. Fala Silvia.

Chegando à casa de Natalie, antes que ela desça Silvia fala.

- Ela gosta de você. A tempos eu não a via tão feliz. Portanto, não deixe que ela se feche de novo.

- Obrigada! Foi a única coisa que Natalie conseguiu dizer antes de descer.

Enquanto isso Priscilla estava em seu quarto, sentada na cama. Ainda nem tinha se trocado. Estava viajando em seus pensamentos.

- Ah! Natalie por quê? Eu achei que você fosse diferente. Achei que jamais faria isso. Eu me apaixonei por você, por cada gesto seu. Seu sorriso, seu toque em mim. Por que tenho que sofrer tanto. Às vezes dá vontade de parar de viver, de acabar com tudo isso.

Priscilla chorava enquanto pensava o quanto havia se envolvido com Natalie.

Natalie já havia tomado banho e chorado bastante. Não queria ter magoado Pugliese, mas não foi sua culpa.

- Ah! Priscilla meu amor. Eu prometi a mim mesma que jamais iria magoá-la. Eu amo você Pugliese. Amo seu jeito sério, seu sorriso tímido, seu jeito carinhoso de me tocar e de olhar para mim. Não posso perder tudo isso. Não vou perder.

Natalie deita tentando dormir, mas não consegue. Priscilla também não consegue dormir, pois ao fechar os olhos, lhe vem sempre a mente a maldita imagem do beijo.

Ao amanhecer Natalie se arruma, quer falar com Priscilla, então sai logo em direção à agência.

- Bom dia Carol! Priscilla está ocupada? Pergunta Natalie.

- Bom dia Natalie! Ela não veio trabalhar e nem ligou hoje. Fala Carol com uma certa preocupação em suas palavras.

- Obrigada Carol! Fala Natalie saindo ás pressas.

Priscilla estava na cozinha pegando uma água. Ainda usava a roupa de dormir. Estava sem ânimo para trocá-la. Ouve chamarem na porta. Pensa em não atender, mas imagina que possa ser Silvia. Ela vai até a porta e a abre, vendo Natalie que estava com uma cara de quem havia chorado. Priscilla não fala nada, apenas a olha.

- Posso entrar? Pergunta Natalie. E Pugliese se afasta dando espaço a ela.

Priscilla continua calada e se senta no sofá, Natalie faz o mesmo.

- Priscilla eu não sabia que aquele idiota iria me beijar. Se sonhasse com isso eu jamais dançaria com ele. Eu não quero saber de beijos de ninguém que não seja você. Quero só os seus beijos. Me perdoe! Pois você falou que ele estava com interesse em mim e eu achei que fosse apenas ciúmes seu. Eu quero você, e só você. Quero seu toque, seus beijos, seus carinhos. Não sei mais viver sem você. Eu amo você Priscilla. Amo como nunca amei ninguém. Natalie fala e ao mesmo tempo chora. Priscilla permanece calada, apenas limpa algumas lágrimas que cai.

- Fala alguma coisa. Natalie já não aguenta o silêncio de Pugliese. Mas Priscilla não consegue falar nada, apenas olha para as mãos e as esfrega.

- Seu silêncio está me matando. Fala Natalie.

Natalie não consegue ficar ali sem que ela diga nada. Então resolveu pegar uma água na cozinha, precisava se acalmar. Ela entra na cozinha pegando um copo com água e se senta em uma das cadeiras enquanto toma a água.

- O que eu faço para que ela acredite e mim? Fala Natalie colocando o copo sobre a mesa.

- Eu amo você Pugliese. Não posso te perder.  Ela fala segurando o copo com as duas mãos, enquanto deixa cair algumas lágrimas.

Natalie resolve voltar à sala para ver Priscilla e quando se vira dá de cara com ela escorada na porta a olhando.

- Você não vai me perder. Fala Pugliese baixinho.

- Eu também amo você Smith. Priscilla se aproxima pegando a pela mão e puxando para si. Natalie segura com as duas mãos seu rosto e a beija. Beija como se fosse o último beijo de suas vidas.

- É esse beijo que eu quero receber todos os dias. Fala Natalie a beijando. – É sua boca que eu quero na minha, a todo momento. É seu cheiro que eu quero impregnado no meu corpo. Ninguém me faz senti o que você faz Priscilla.

Priscilla a beija com desejo e Natalie retribui à mesma altura. Até que o ar começa a faltar e as duas se abraçam forte e ficam por um momento abraçadas.

- Achei que você não me queria mais. Que queria aquele lá. Eu pensei tantas besteiras. Pensei até em dá fim... Priscilla é interrompida por Natalie.

- NUNCA MAIS FALA ISSO. Prometa que nunca mais vai pensar essas besteiras. Eu não aguentaria ficar sem você. Fala Natalie colocando sua testa na de Pugliese.

- Eu te amo Pri. Nunca se esqueça disso. Fala Natalie dando lhe um selinho demorado. Que é interrompido por alguém chamando na porta.

Natalie vai atender, pois Priscilla ainda estava com a roupa de dormir.

- Silvia! Fala Natalie surpresa.

- Oi Natalie. Como está a Pri? Fala Silvia.

- Eu estou bem Sil. Como conheci a voz eu posso sair com a roupa de dormir. Fala Pugliese vindo da cozinha. Silvia a abraça.

- Que bom que está bem! Fico feliz.  Fala Silvia.

Priscilla se aproxima de Natalie abraçando-a, e Silvia percebe que o clima melhorou.

- Gente desculpe, mas antes que vocês vejam, eu vou mostrar. Fala Silvia enfiando a mão na bolsa.

- Vejam isso! Fala ela estendendo a mão e entregando uma revista.

A modelo e dançarina Natalie Smith está de namorado novo.

- Olha esse rodapé aqui. Vejam isso. Fala Silvia mostrando. E as duas olham logo em seguida.

Pelo que se percebe Natalie Smith não conseguiu amolecer o coração da Dama de Ferro



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...