História Você é a perdição da minha vida - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Denki Kaminari, Eijirou Kirishima, Iida Tenya, Katsuki Bakugou, Midoriya Izuku (Deku), Mina Ashido, Momo Yaoyorozu, Shouto Todoroki, Tsuyu Asui, Uraraka Ochako (Uravity)
Tags Bakudeku, Bakugou, Bakugou X Deku, Bakugou X Midorya, Deku, Deku X Bakugou, Dekubaku, Izuku, Kachan, Katsuki, Midorya
Visualizações 143
Palavras 2.592
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá amores! Mil perdões sobre meu sumiço, mas estava pondo idéias na mente sobre essa fic. Me decidindo que caminhos tomar, se a encerraria daqui a poucos caps ou se estenderia um pouco mais! Confesso que reescrevi boa parte do que eu tinha escrito antes para esse cap. Idéias mudam né?!
Bem, decidi seguir com ela mais um pouco. Espero de coração que continuem por aqui!
Sobre a capa desse cap, seria exatamente assim, o que mudaria é que eles estariam com roupa de banho escolar e não de uniforme. Fora isso tudo igual!
Peço desculpas pelos os erros de escrita desde já!
Um beijo e boa leitura!!

Capítulo 21 - Debaixo dagua.


Fanfic / Fanfiction Você é a perdição da minha vida - Capítulo 21 - Debaixo dagua.

O evento da briga chegou aos ouvidos do diretor, que não gostou nada daquela atitude. Deixando Monema 3 dias sem aulas ou envolvimento com qualquer coisa sobre heróis.
Bakugou adorou a noticia e passou com o sorriso maior que as orelhas perto de Monema que estava sentado num canto do lado de fora do colégio. Ainda tentou mostrar o seu azedume normal, mas ao receber o olhar mortal de Bakugou acabou abaixando a cabeça com uma mão acima da mesma, era Kendo lhe fazendo ficar quieto como sempre. 
Ele gostava da amiga, mas estava particularmente com raiva por dentro. Afinal qual era o problema de não gostar de um bando de viados? Não conseguia entender isso. 
O loiro se levantou em silêncio deixando os dois alunos pra trás. Estava com raiva! Foi repreendido por Midoriya, por Iida, pelo o diretor, a maioria dos alunos olhava pra ele de cara feia agora... se perguntou porque queria mesmo ainda estava ali?! Não conseguia se lembrar, desde que entrou só sabia passar informações, realmente nem queria ser um herói, muitos suspeitavam de alguém passando informações e ninguém nunca percebeu que seria ele. Apesar de que ele tinha certeza de ter um dos professores como informante além dele. Mas ele não sabe quem seria, Shigaraki não permitia que ele soubesse pra não estragar o disfarce. Sim, Monema trabalha pra Shigaraki Tomura, um vilão que tem aprontado muito. 
Após o último impasse entre o vilão e o já capturado Kai Chisaki, se deu conta que não queria terminar como yakuza. Ele sabia que algo grande estava acontecendo, mas ele foi dispensado do trabalho por Shigaraki, que dizia que sua função estava terminada. Então se perguntava o que ainda fazia ali nesse colégio. Infelizmente para Monema, ele não teve tempo pra continuar pensando em mais nada, ele já estava do lado de fora do colégio quando sentiu um par de mãos o agarrar e logo depois apagou.
Alguns dias se passaram desde a noticia de que Monema tinha sumido, tudo ja estava encaminhado para tentar encontrar o aluno pelos os heróis e a força policial. 
Estranhamente eles não tiveram fonte alguma de onde procurar, o menino parecia ter sumido como fumaça. 


- E então? Tudo caminhando como quero Kurogiri?
- Sim Shigaraki Tomura! Todos já estão a postos e prontos, só esperando quando a ordem for dada para virem aqui e colocaremos seu plano em ação.
- Certo, aquele loiro nervoso não escapará dessa vez! Não quero mais saber da opinião dele, se quer ou não se juntar a nós... pfffff! Shigaraki sorriu diabolicamente. - Eu vou deixar ele tão louco, que simplesmente só vai obedecer a mim!
- Tem certeza que é uma boa idéia invadirmos a U. A novamente?
- Nossa fonte nos passou todas as informações, todos os lugares em que estão cada aluno. E hoje eu vou levar aquele loiro! Quem sabe até eu consiga o verdinho hahahaha.
- Não sei... fiquei sabendo que a uns dias, depois que pegamos o moleque no colégio, que eles tiveram um problema com um tal de Gentleman e que esse nem chegou a conseguir entrar lá.
- Nha... amadores! Aquele palhaço lá nem serve pra ser chamado de vilão. Com a gente é diferente não Kurogiri? Ele deu uma coçada no pescoço. - Ahhhh esses heróis... eu quero tanto acabar com cada um deles e o All Migth... hahahah seria ótimo matar ele lentamente! 
- Bem... se você tem certeza do que vai fazer!
- Sim, sim eu tenho! Quando eles menos esperaram, a gente vai fazer uma visitinha em um quarto de um certo aluno... quem sabe dois! Hahahahahahahahah 


À tarde na piscina...


- Ei... por que a gente teve que vir limpar a piscina mesmo?
- Hummm.... Midoriya pensava na resposta. - Parece que depois do festival algumas sujeiras voaram para cá Kachan, então por isso estamos limpando!
- Tch!!!
- Ahhh para, sem mal humor. O esverdeado chegou perto do loiro e deu um selinho rápido nele e logo em seguida cochichou no ouvido do loiro. - Se você fizer tudo certinho, prometo que te recompenso a noite! E piscou.
- Ahhh!!! Agora vi vantagem! Eiii cambada, anda logo ai!!!

- Hahahah, Todoroki o que deu no Bakugou?
- Não sei Momo. Respondeu simples.
- Bem, estamos quase acabando aqui, se vocês quiserem podem ir na frente!
- Serio?! Não tem problemas Momo?
- Claro que não Midoriya! Podem ir, como viemos nos 4 e ela já não estava muito suja, a gente acabou bem rápido, deixa que o resto a gente termina! 
- Muito obrigado então! Eu quero testar mais as minhas novas luvas, Kachan você me ajuda?!
- Hum... depois não chora se eu te explodir! 
- Hahahah! Pode deixar! Obrigado gente!


Midoriya e Bakugou se despediram.


- Fico feliz de ver vocês conversando agora! 
- É Momo... foi difícil tudo o que aconteceu, mas depois que pedi desculpas, me sinto mais leve!
- Que bom! Ela lhe deu um sorriso encantador, que deixou Todoroki desconcertado por dentro.


Flash back on


Midorya estava no pátio da colégio lendo um livro enquanto fazia agachamentos e Bakugou fazendo exercícios. Todoroki os olhava de longe por cerca de 15 minutos, procurando coragem para ir falar com eles. Enfim ele respirou fundo e decidiu ir.
Foi se aproximando dos dois que pararam ao notar o bicolor se aproximar. Eles se olharam e ficaram quietos, esperando saber o que o outro queria.


- Olá! Todoroki cumprimentou.
- Olá Todoroki! Midoriya responde gentil 
- Hum! Bakugou foi o de sempre.
- Olha, eu não quero enrolar com isso, eu pensei muito sobre como eu falaria com vocês e cheguei a conclusão de que não quero enrolações com o que tenho que fazer! Eu vim me desculpar por tudo o que aconteceu com vocês, principalmente com você Midoriya! 
- Todoroki não precis...
- Sim Midoriya, eu preciso! O que eu fiz foi errado! Nada me dava o direito de agir como agi! Conversando com Momo eu pude refletir sobre minhas ações e descobri que não é porque eu tinha sentimentos por você que isso me dava o direito de passar por cima dos seus Midoriya e dos seus Bakugou! Por isso eu peço que por favor me perdoem por minhas ações e por favor Midoriya, me perdoe por tudo que fiz naquela noite com você ou falei! Eu estava errado e totalmente fora de mim! Eu vou entender se não quiserem me desculpar no entanto.


O casal se olhou, Deku sorriu e Bakugou olhou pro lado rapidamente e depois para o bicolor.


- Sim, você tá certo, nada dava à você o direito de agir como agiu, mas foda-se, você aprendeu algo disso tudo e veio se desculpar, isso já é mais que suficiente pra mim, mas eu te explodo se vier de novo com aquela merda toda! O loiro sorriu de lado visivelmente brincando com Todoroki ao seu modo.
- Rsss eu te desculpo Todoroki-kun! Você é um amigo importante e como o Kachan disse, você aprendeu algo disso tudo, por isso quem sou eu pra te por pra baixo e te negar meu perdão e minha amizade! E sorriu feliz.


Todoroki já com lágrimas nos cantos dos olhos, sentiu sua alma leve ao receber o perdão dos dois!


- Muito obrigado! Muito obrigado! Ele sorriu de volta feliz!


Flash back off


- Ei!! Acorda, vem me ajudar aqui! A morena o chamou rindo.


Todoroki estava desconcertado do sorriso dela, sem entender o porque achava sua amiga tão fofa naquele momento.
Momo produziu algumas redes pra tirar a sujeira da piscina na parte do fundo. Todoroki foi até ela para pegar uma mas quando chegou na borda ele escorregou e caiu com tudo na piscina, tirando gargalhadas de Momo, coisa raríssima de se ver.


- Ahhh droga, me molhei todo!
- Ela tentava rir mais contido agora. - Tá calor, não tem problema! 


Momo se virou para ir pegar uma toalha para o bicolor. Mas estranhou o silêncio quando não o viu na superfície da água. 


- Todoroki?! Ei?? Cadê você? Chegou mais perto e não o viu direito, apenas o corpo dele bem no fundo da piscina. Será... câimbra?? - Todoroki!!! Chamou novamente, mas dessa vez mais séria. - Droga!


Momo mergulhou com tudo na água indo em busca de Shoto, quando chegou no fundo se deparou com ele nadando despreocupadamente, ela ficou mais tranquila em notar ele bem, quando Todoroki abriu os olhos debaixo d’agua, levou um susto ao perceber Momo lá parada à frente dele, nadando e o olhando, com o susto ele acabou soltando o fôlego, tentou nadar de volta mas estava sem ar já. Momo nadou até ele e instintivamente tomou os lábios de Shoto lhe passando um pouco de ar. Todoroki estancou sentindo o toque suave dos lábios de Momo e o ar sendo preenchido em sua boca. Fechou os olhos e continuou ali recebendo aquele ar sem se dar conta de que estava gostando era dos lábios da morena. 
Ela terminou de passar o ar e soltou a boca da dele e apontou pra cima, então nadaram de volta! 


- Todo... Todoroki...  me desculpe, eu te assustei!? Eu fiquei preocupada quando sumiu, te vi no fundo e pensei que estivesse com problemas!
- Não... eu...  eu é que peço desculpas! Não devia ter nadado pro fundo sem te avisar! E você? Você está bem?? 


Ele se aproximou e levou a mão a franja dela molhada que caía no rosto. O movimento foi instintivo, mas foi o suficiente para ambos ficarem vermelhos ao lembrarem da cena dos dois no fundo da piscina a poucos momentos atrás.
Um pensava o que estaria acontecendo consigo, não deveria mas acabou gostando do toque dos lábios dela, será que seria errado ele sentir isso por alguém que só o vê como amigo?
A outra pensava que não devia interpretar a preocupação dele com nada além disso, preocupação!


- Vamos terminar?! Ele perguntou tentando quebrar o clima.
- Sim, vamos! Ela sorriu desconcertada


Nadaram de volta para a borda e saíram. Pegaram a rede e começaram a limpeza do que restava; 10 minutos depois estava tudo limpo.
Se arrumaram, pegaram suas coisas e cada um foi pra vestiário tomar banho.


No vestiário... 


- Ei... não fica de bico! 
- Droga! Custava o Aizawa sensei deixar a gente treinar??
- Ahh já era! Para de reclamar e vamos tomar um banho, não deu... não deu!
- Humpf! Mas a gente já tinha até se aquecido! Custava dar meia hora de treino?
- Se continuar fazendo esse bico  e resmungando eu vou morder ele! O loiro se aproximou. Estava suado e sem blusa, com os músculos firmes e trincados expostos para os olhos gulosos de Midoriya. 
- Tá bom! 


Mas o esverdeado nem se fez de rogado, deslizou os dedos pelos os gominhos.


- Não me provoca!
- Por que? Vai me queimar?
- Deku!!! Ele sibilou agarrando a bunda do menor que estava da mesma forma que ele.  - Não me eriça, se não vou explodir essa roupa ai e te comer aqui mesmo no vestiário!


Deku o olhou com olhos de quem dizia: tá esperando o quê?!
Os dois não perderam tempo e já saíram se agarrando e indo em direção ao armário de Bakugou que estava mais perto. Tiraram as roupas de banho e jogaram dentro do armário o fechando e em seguida se agarrando novamente. O loiro fez o esverdeado enganchar suas pernas em sua cintura e foi em direção a um dos boxes mais afastados. Entraram e fecharam a porta, já abrindo o chuveiro e deixando a maravilhosa água fria e refrescante molhar seus corpos.
As mãos eram ágeis e sabiam exatamente onde queriam tocar, não queriam perder muito tempo com preliminares dado ao local que estavam e a fome que se iniciou de um ao outro.
As línguas se chocavam entre si, sugando uma a outra. Mordidas eram dadas por Bakugou e pequenos gemidos eram soltos no ar por ambos. O loiro virou Deku de frente pra parede, abriu sua entrada que piscava quase freneticamente. Sorriu adorando o que via! Como amava aquele buraco pequeno, apertado e quentinho de Deku. Lambeu o dedo o lambuzando de saliva e enfiou no esverdeado que se retorceu querendo mais. E sem aviso retirou o dedo e entrou com tudo, se Deku pude-se teria gemido alto agora, mas permaneceu mudo ao ouvir a porta do banheiro sendo aberta. 
Os dois estancaram, somente o barulho do chuveiro era escutado. Ambos se olhavam em silêncio. Bakugou encostou mais em Deku e o levantou do chão, de modo que somente seus pés aparecessem.  Midoriya sentiu o gelado da parede lhe tocar e um arrepio lhe percorreu toda a espinha. Olhou desafiador para o loiro, que sorriu de volta. Entendeu muito bem o recado. Começou a se mover lentamente, quase enlouqueçedoramente para Deku.


- Tem alguém tomando banho?
- Eu! Quem é?!
- É o Todoroki! É você Bakugou?
- Hum!
- Certo! E Midoriya? Conseguiu treinar?


Deku mordia o lábio olhando para o loiro que não parava o movimento indo lento agora; os dois se segurando para não soltar nem um som.


- Ele tomou banho e subiu primeiro, o professor não deixou a gente treinar agora, então ele disse que estava cansado e subiu primeiro. Bakugou lambeu a nuca de Deku em seguida e cravou os dentes na carne macia do menor, que arfou com o ato.


- Certo! Bem, vou tomar um banho rápido, até! 
- Hum! Ok!


Todoroki seguiu para um box um pouco mais a frente e como disse, somente tomou um banho rápido e saiu.
Mas quem disse que o casal escondido no box no fundo parou?!
Deku se retorcia tentando segurar seus gemidos e Bakugou remexia deixando o esverdeado louco!
As respirações se chocavam, mudas, mas unidas! As estocadas eram lentas e profundas. Ambos estavam adorando aquela adrenalina.
O som do chuveiro vizinho cessou e logo depois o barulho do box sendo aberto; seguido de um silêncio rápido e logo após outra porta se fechando. Após alguns momentos eles perceberam que estavam sozinhos novamente. 
Bakugou colocou Deku no chão. O esverdeado empinou o bumbum para o loiro.


- Mete! 
- Deku...


Bakugou foi com tudo e dessa vez não se conteve. Estocou com vontade e com força,  eram dois corpos se chocando entre gemidos de prazer. Bakugou levantou uma das pernas de Midoriya e continuou a investir tocando no ponto mais sensível do menor, que sentiu seu corpo ir no céu de 0 à 100 em segundos quando gozaram juntos!
Eles se mantinham encostados um no outro e tentavam respirar depois de tanto prazer.


- Adorei fazer isso Deku! Gosto muito quando fala desse jeito! Só me da vontade de meter e meter mais fundo em você!
- Gostei de saber disso! Vamos pro quarto?! Quero ficar de 4 a noite toda se deixar, essa foda aqui me deixou com um puta tesão, não quero saber de nada, mas me leva pro quarto e me come até dizer chega!

Virou de frente pro loiro e agarrou ele pelo o pescoço. - Agora!!
- Seu pedido é uma ordem! 


Saíram do box após um banho rápido, se arrumaram e correram pro quarto na encolha, já que poderiam trombar com
todoroki sem querer!
A noite seria quente para aqueles dois.
Enquanto que para o bicolor... bem, ele? Ele estava com dúvidas em sua mente sobre Momo. Sobre o que via e o que sentia! Então... a noite estava para alguns quente e para outros pensativa. 


Continua!


 


Notas Finais


Gostaram do cap?! Espero que sim! Ele aconteceu entre um pouco antes do festival escolar e depois dele!
Bem, vejo vocês no proximo cap! Beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...