História Você, e Eu... - sope - Capítulo 37


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 48
Palavras 1.046
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Volteiiii hihi❤
Preparem o coração ❤

Capítulo 37 - "Só siga seu coração."


Fanfic / Fanfiction Você, e Eu... - sope - Capítulo 37 - "Só siga seu coração."

Continuação...

Hoje era o primeiro dia na universidade, ambos estavam ansiosos, tanto eles como hoseok e yoongi. 

💘~Kim hyang~ 💘

Acordei bem cedinho hoje, tô ansiosa pro primeiro dia na universidade, só tô com medo de não gostarem de mim; por minha sorte, meu irmão vai ficar na mesma sala que eu.

Fiz uma maquiagem leve, em seguida me vesti; trajava uma calça jeans, uma blusa com um nó, e um tênis vinho. Meus fios estavam levemente arrumados, eu tava uma princesa. 

Assim que terminei, desci para comer algo, logo dando de cara com o papai, que sempre estava bem cedo de pé, para ir ao trabalho.

-- Bom dia Appa. --

-- Bom dia princesa. --

O mesmo beijou minha testa, sorri e me sentei para comer, e aguardar Kardash.

.

.

.

🐦 ~Kim Kardashian~ 🐦

Assim que acordei, fui tomar um banho e me arrumar, a essa altura hyang já deveria estar acordada. 

Trajava uma blusa social branca com uma gravata, minha calça jeans, e meu tênis branco. 

Peguei tudo, e logo desci.

Tava tão destraido, que mal vi hyang na cozinha ; desci ajeitando minha gravata, até olhar para frente e ver.

Nossa, hyang mexe comigo. 

-- Bom dia querido. -- meu Appa disse.

-- Ah é. Bom dia papai. -- dei um abraço no mesmo, e olhei para hyang. -- bom dia, hyang. --

-- Bom dia dorminhoco. -- riu e deu um leve tapa em meu braço, me arrancando um sorriso bobo. 

-- preciso ir meus amores. Juízo em, roxo vocês. -- deu um beijo em nossas testas e se retirou.

Ficou somente hyang e eu na cozinha, e a incrível guerra para eu amarrar a gravata, afinal não tinha paciência pra isso, foi quando hyang se levantou e caminhou até minha frente, retirando minhas mãos dali, e ajeitando minha gravata. Gelei naquele momento, nossa diferença de tamanho não era muito grande ; aquelas bochechas rosadas, aqueles olhinhos brilhantes, os lábios levemente rosado por natureza... Nossa, eu sou completamente baitola pela minha irmã?

-- prontinho. -- a mesma sorriu.

E que sorriso....

-- obrigada hyang. -- sorri também.

-- De nada. Mais agora vai comer, temos que ir. -- riu.

-- ah é, é... -- ri também.

Fui logo comer um pouco de cereal.

.

.

.

Assim que términei, saímos e fomos de encontro a universidade.

           Xx

Tudo era inovador lá, haviam jovens andando de um lado para o outro, raramente se via meninas com meninas, e meninos com meninos, era simplesmente grupos. 

As meninas usavam roupas atraentes, e os meninos roupas descoladas. Ao entrarmos, todos focaram os olhares em nós, não liguei muito...

Adentramos ao corredor aonde ficava nossos armários, o meu era do outro lado do corredor, e o de hyang do outro. Hyang guardava seus livros, quando um menino nojento um tanto como reconhecível se aproximou dela.

-- quanto tempo princesa. --

-- quem é você? --

-- não se lembra? Derrick. 

Derrick? 

Para entenderem melhor...

Derrick Rose, o menino da qual irrita minha irmã desda época da creche. É, o menino que a bateu quando pequena. Ele insiste em dar em cima de hyang, mais a mesma tenta nunca se aproximar, pois como já disse, não gostava de ter contatos com homens.

Voltando....

-- Não quero papo. -- a mesma se vira.

-- que tal sairmos hoje? --

-- não quero papo, já te disse. --

-- Ah, qual é. --

Hyang o ignora, e se vira para sair, quando o menino aguarrou seu braço.

Naquele momento, meu sangue ferveu. 

-- Ei, larga ela. --

-- Cala a boca pirralho. --

-- Pirralho? -- hyang disse, e logo pisou em seu pé.

-- sua maluca. -- o menino disse.

-- já te bati uma vez, pra fazer isso de novo será mole, só mexe com ele. -- disse hyang.

Todos naquele corredor nos encarava, o clima ficou silencioso.

-- vem Kardash. -- a mesma pegou minha mão, e eu a segui.

-- Aquele menino... Ah! Eu vou socar ele, vou quebrar a cara dele. -- ja estava bem irritado, vermelho.

-- Shiiii. -- Hyang de repente me abraçou, fazendo assim todo ódio que havia em mim sumir. -- esquece ele. -- ela acariciava meus fios.

Naquele momento, não queria sair daquele abraço por nada. Agarrei sua cintura, e a trouxe pra mais perto de mim, minimamente nossos corpos estavam colados. A envolvi forte no abraço, me sentia bem com ela.

-- me desculpa. --

-- não não, shii. Você não tá errado. -- ela dizia próximo ao meu ouvido. 

Como havia uma pequena diferença de tamanho, soltei minha mochila no chão e a peguei no colo, ainda no abraço, sentindo seu doce cheiro de morango. Ah hyang, se soubesse o quanto te amo....

💘 ~Kim hyang~ 💘

Assim que Kardash me pegou no colo, senti um breve frio na barriga, talvez borboletas no estômago. Sorri o envolvendo ainda mais no abraço, pude sentir seu cheirinho de chocolate, desde pequeno ele é apaixonado em chocolate. 

Ela acabou por me colocar no chão, assim que o sinal tocou indicando nossa primeira aula. 

-- tá mais calmo? -- olhei em seus olhos, próximo a ti. --

-- estou sim, vamos pra aula. --

-- não, pouco me importa a aula agora. -- segurei seu braço.

Ele me olhou sem entender a ação.

-- Mais, pensei que... --

-- shiiii. --

Naquele momento eu não ouvi mais nada, apenas meu coração. 

Levantei meus pés, e o dei um selinho demorado.

Corei em seguida, enquanto tentava não encarar o rosto do meu próprio irmão, que de repente soltou novamente a mochila que havia pegado antes, e envolvou seus braços em minha cintura, me dando um beijo um tanto como inesperado. 

Seu beijo era doce, me trazia ótimas lembranças, e naquele momento pouco me importava se estava beijando meu próprio irmão; pra mim, amar não tem regras, basta sentir. 

Se separamos após a falta de ar, e sorrimos bobo.

-- como isso foi acontecer? -- eu disse.

-- aconteceu depois que eu ouvi isso. -- levou minha mão em seu coração.

O coração dele palpitava forte, parecia que a qualquer momento teria um ataque cardíaco. Sorri, e coloquei meu ouvido ali.

-- tão rápido. -- sorri boba.

-- isso acontece quando estou contigo. -- ele me abraçou.

-- mais e nossos pais hyang? -- 

-- Do jeito que os conheço, vão entender e aceitar. --

Ou não....

Continua...



Notas Finais


A, eu disse que tem muito por vim...💘
Breve vocês vão descobrir quem é Derrick hihi💘
Até segunda 💘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...