História Você é incrível, querida - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Drabble, Menina, Motivação, Vida
Visualizações 24
Palavras 517
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Droubble, Lírica, Poesias

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desculpe qualquer erro!

Capítulo 1 - Querida, você é única


Fazia algum tempo que eu havia me mudado de cidade e estava tentando achar meu lugar nos diferentes grupos que haviam na sala de aula. Meio clichê, eu sei, mas era a realidade.

Por motivos desconhecidos eu acabei me enfiando com o pessoal do fundão e permaneci lá por um tempo.

Sinceramente, nunca me encaixei. Parecia que eles não falavam minha língua e eu era apenas uma menina que ouvia e dava risada pra tentar socializar.

Quem diria que justo na aula de matemática  a matéria que mais detestamos — seria nosso primeiro contato direto.

O professor pediu que você me ajudasse e, por ser muito educada, você aceitou de bom grado mesmo estando um pouco hesitante.  

Então, eu não sei nada sobre a matéria.” 

Você riu. 

Então, pior que eu também não.”

Demos risadas curtas por estarmos ambas perdidas em relação ao assunto da aula. Depois disso você voltou ao seu lugar e não nos falamos mais devido a nossa extrema timidez. 

Com o tempo mudei de lugar e acabei fazendo amizade com um dos nerds e, depois de um tempo, com os demais por consequência.

Assim como o professor de matemática, eles queriam que eu virasse sua amiga e de forma natural foi o que realmente aconteceu.

Quando paro para pensar, não sei dizer exatamente como ou quando eu consegui dizer “Ela é minha amiga”, apenas… aconteceu, como se você estivesse na minha vida desde sempre.

Fazíamos praticamente tudo juntas, desde os trabalhos escolares, até ouvir uma música.

Você foi a única pessoa que entrou na minha casa, pois devo admitir que eu nunca gostei de receber visitas. Porém ter você na minha bagunça — que eu carinhosamente chamo de lar — foi um privilégio.

Durante nossos 2 anos juntas você sempre quis me pagar pelas coisas, seja num sorvete ou algo mais caro e até hoje eu não pude retribuir.

Sempre que você ficava triste eu perdia o chão, queria a todo custo lhe colocar pra cima e ver você sorrir novamente nem que eu tivesse que virar a mais retardada do mundo para que isso acontecesse. 

Quando você faltava o dia era sempre muito vazio. “Sua amiga te deixou” brincavam os professores e eu apenas ria de forma simpática, mesmo que no fundo eu estivesse um pouco sozinha.

Você é a única que me entende, a única que me faz rir e a única que realmente me fez feliz por vários anos.

Apesar de ter várias qualidades invejáveis, você diz se odiar. Seus relacionamentos não dão certo e você se lamenta colocando a culpa completamente em si mesma.

Eu te admiro desde sempre, mas, querida, eu não posso resolver seus problemas. Não posso fazer você se amar. Não sou capaz de impedir que você desista dessa vida que, aos seus olhos já está podre, mas aos meus está apenas começando.

Nós temos muito o que aprender e por mais doloroso que seja, só se aprende vivendo. 

Você é única, incrível e perfeita exatamente desse jeito!  

Não me faça procurar outra melhor amiga porque não há! 

Se ame, querida. 

Você é magnífica, mas, infelizmente, ainda não notou isso. 



Notas Finais


Recadinho básico para a minha melhor amiga ♡
Amo demais essa mulher, ela não tem noção de como me fez bem durante um tempo.

Espero que tenham gostado ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...