História Você é Meu - Capítulo 286


Escrita por:

Visualizações 62
Palavras 1.279
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura <3

Capítulo 286 - Descansa ...


Fanfic / Fanfiction Você é Meu - Capítulo 286 - Descansa ...


Pov's Cameron 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Acordei com a cabeça e o corpo latejando . Parecia que eu tinha levado uma surra de alguém . Quase morri afogado ,mas parece que fui espancado .
Eu ainda estou dentro do carro , na frente da casa de Teddy . Ainda está rolando a festa lá dentro e Shawn não está aqui comigo . 
Peguei minha cueca no chão do carro e a vesti . Sorte que essa peça já estava mais seca , mas não posso dizer o mesmo da calça . 
Abri a porta do carro e sai com a blusa de Shawn mesmo . Ela é bem grande e tampa a maior parte de meu corpo . Só fica um pouco das minhas coxas aparecendo mas isso não importa agora .
Caminhei pela entrada da casa arrancando alguns olhares maliciosos das pessoas . Tanto de menino quanto de menina . 
Cruzei o braço para tentar me aquecer quando uma corrente de vento me acertou em cheio.
Entrei na sala da casa e avistei Nash e Taylor aos beijos com duas garotas . Cada um estava com uma . Eu até perguntaria de Shawn para eles mas não quero estragar o momento .
Fui andando pra área dos fundos onde a maioria das pessoas estavam dançando . Olhei no relógio de parede antes de sair e ainda eram onze horas . Isso não é possível . Se eu fosse um vizinho daqui eu com certeza chamaria a polícia . 
     - Que bundão gostoso ... - um garoto mexeu comigo ao passar do meu lado . 
O mesmo deu um sorriso malicioso . Ele chegou até andar de costas para me olhar mais um pouco .
Deixei o pervertido na sala e fui pro quintal . Aqui os gritos e risadas  começaram a ser mais altos que a própria música . Uma rodinha de gente se concentrava no gramado enquanto os gritos ficavam mais intensos . 
     - SHAWN ! SHAWN ! SHAWN ! SHAWN ..... - o povo começou a gritar do nada em torcida .
Fui quebrando caminho entre as pessoas . Empurrei alguns que teimavam em ficar na frente e dei alguns tapas nas mãos de outro que teimam em apertar a minha bunda . Esse povo todo está tão bêbados que chega a ser penoso o jeito deles .
Cheguei no meio do círculo e vi Shawn batendo em um garoto , enquanto outro já estava caído no gramado.  
Shawn estava por cima do cara enquanto dava cada vez mais socos em seu rosto . O nariz do garoto vazava bastante sangue , assim como a sua boca .  
Tentei chegar mais perto e era o mesmo cara que me jogou na piscina a mando de Robert . O outro caído no gramado era o próprio . Seu olho estava roxo e sua boca sangrava . Tinhas umas marquinhas já sumindo de seu rosto mas isso pela surra que eu tinha lhe dado a um tempo atrás . 
    - SHAWN ! .- gritei o mais alto que eu podia para chamar sua atenção . Ele tem que parar de bater nesse menino ou vai acabar matando .
    - Cam ? . - ele parou de socar mas segurou o garoto pelo colarinho . 
Shawn parecia estar drogado , seus olhos estavam esbugalhados e sua respiração muito acelerada . Mas eu sei que ele não tinha usado droga nenhuma . Ele só estava em crise mesmo 
    - Eles tentaram machucar você ... Eu não vou deixar isso impune . - ele está tão alterado .
A essa altura as pessoas em volta começaram a sair os poucos . A grande parte delas pularam na piscina e outras voltaram pra dentro da casa pegar outra bebida ou coisa assim . Mas ainda tínhamos plateia. 
    - Vamos pra casa ? Por favor . - me ajoelhei perto dele .
Eu já estou chorando . Toda essa situação me deixou mais sensível do que eu já sou . Tenho me assustado e se desesperado com qualquer coisa  .
    - Não chora ... Não chora . - ele mandou .
    - Então ... Então vamos embora . - eu me sinto muito fraco . Preciso da nossa cama confortável e um bom descanso .
Shawn encarou o garoto todo mole embaixo dele e tentou respirar para se acalmar . Por um breve momento eu pensei que ele poderia ter batido no garoto errado , mas confirmei que não era quando vi a pintura de cruz na bochecha dele . Foi o mesmo que me atacou . Shawn pegou o cara certo . 
Ele saiu de cima do garoto e encarou as pessoas em volta . Os mesmo se assustaram um pouco e foram saindo em outras direções . Nenhum deles quer arrumar briga hoje .
    - Tá sem nada por baixo ? .- ele se voltou pra mim .
    - Vesti minha cueca . - contei .
    - Amarra  a minha camisa . - ele apenas tirou a camisa do corpo . Dessa vez foi fácil pra ele tirar já que momentos atrás ele estourou os botões .
    - Tá tudo bem , Shawn . Eu estou de boa ... Veste isso de volta por que está esfriando . - neguei .
Eu estou com frio por conta de tudo o que aconteceu . Já essas pessoas estão bêbadas demais e com o corpo quente , nem vão sentir metade do frio que eu estou sentido . 
    - Pega logo a camisa ... Não quero esses pervertidos te olhando . - olhei em volta e vi três meninos olhando na minha direção . 
    - Mas e você ? - questionei .
     - Eu estou bem ... Só pega a camisa ... Por favor ... - estendeu o braço .
Peguei a a camisa dele e enrolei no quadril para tampar mais  pouco . Não tampou muita coisa , mas isso já serviu pra deixar Shawn mais calmo . 
O mesmo pegou a minha mão e me levou pra fora da casa . Muitas pessoas babavam em seu tanquinho e outras nas minhas pernas . Na medida em que andávamos as pessoas abriam caminho para gente passar . 
Olhei no canto da sala antes de sair e vi Max tomando uma cerveja . O mesmo me mandou uma piscadinha e sorriu . 
Shawn me colocou dentro do carro no meu respectivo banco e deu a volta para sentar no seu . Assim que sentou ele segurou o volante com força . Quando eu menos esperei ele deu um soco no volante. O pobre volante sempre paga no final das contas . 
     - Eu não podia deixar isso barato ... Mexeu com você é a mesma coisa de mexer comigo . - disse puxando os cabelos no momento da raiva . 
     - Não se machuca Shawn ... Por favor . - coloquei minha mão sobre a sua . 
     - Me dá um abraço ? . - pediu .
Dei um jeito de sentar no colo dele e abracei o seu pescoço . Shawn abraçou o meu corpo enquanto respirava fundo . Sua respiração era muito funda mesmo . Chegava a assustar um pouco . 
     - Você está gelado . - ele colocou as mãos nas minhas coxas .
     - E você está muito quente . - coloquei minhas mãos em seu pescoço .
     - Eu quero ir embora daqui . Quero minha casa . Queria a minha princesa também ,mas não vai ser possível ... Ela já deve estar dormindo a essa hora e eu não quero atrapalhar. - ele colocou a chave na ignição . 
     - Veste uma blusa . - eu peguei a outra blusa no banco de trás  do carro . Sorte que eu peguei duas . 
      - Mas eu estou com muito calor , Cam . - negou . 
Ele disse mais de um vez que quando se altera, sente um calor insuportável , mas a questão é que eu só estou preocupado com ele mesmo . 
      - Tá bom .... Você vai dirigir do .... - ele me cortou . 
      - Eu vou devagar ... Eu prometo . - ele pegou minha mão e deu um beijo nos dedos . 
      - Descansa ... Logo a gente chega em casa . - pediu .
      - Te amo . - me inclinei dando um beijo na sua bochecha . 
       - Eu também te amo . - ele sorriu meigo . 
Me aconcheguei no banco e fechei meus olhos mais uma vez ....
 


Notas Finais


EU SABIA ! EU SABIA ! EU SABIA QUE O SHAWN NÃO DEIXARIA ISSO QUIETO ....... MEXEU COM O BABY DELE É A MESMA COISA DE PEDIR PRA MORRER KKKKK

ATÉ O ROBERT APANHOU DELE KKKKKKKK

sorry os erros


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...