História Meu amor - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Castiel, Crowley, Dean Winchester, Lúcifer, Ruby, Sam Winchester
Tags Ação, Aventura, Destiel, Drama, Love, Romance, Sammy
Visualizações 99
Palavras 2.281
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Sci-Fi, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Existe um nós


Fanfic / Fanfiction Meu amor - Capítulo 6 - Existe um nós

Dean p.v.

Acordo com uma dor de cabeça, me sento na cama e as cenas com castiel voltam a minha mente, eu sinto que ele está certo entre nós não iria para frente nem existe um a gente para começar mas será que ele queria que houvesse me levanto e vou ao banheiro lavo meu rosto, porque tudo tem que ser tão confuso quando se trata dele eu não consigo mais negar que sinto atração por ele, que gosto dele as vezes eu só queria dar um fodasse e ficar com ele mas isso não vai rolar, não com a vida que eu tenho pego a baby  e volto para o hotel em que sam está, deixo o som do rock falar comigo não quero pensar em nada apenas canto ao som do metálica, quando acaba vejo que já cheguei procuro o quarto e vejo que a porta não está fechada só encostada

- Sammy ?

- hey dean já ia te ligar

- cheguei um pouco antes

- a noite não foi boa

Lembro da boca de castiel

- foi boa só não foi como eu planejei

- quer conversar sobre

- não agora não, vamos comer alguma coisa

- claro

Pegamos nossas coisas e pagamos as diárias paramos em um  bar na estrada e pedimos panquecas e salada de frutas

- então na minha pesquisa ontem posso ter achado algo sobre um lobisomem

- nada sobre Lúcifer?

Ele parou e olhou parecia que sabia de algo mas não falou

- não sem pistas novas, pensei da gente ir nesse cidade e conferir caso é caso

- se você acha que vale a pena vamos

Pagamos a conta do bar e fomos pegar a estrada, não sei mais quantas vezes já fizemos isso é sempre a mesma coisa encontrar o monstro o matar e partir para para a próxima cidade, muitas vezes parace que isso não faz sentido e se um dia simplesmente pararmos

- dean

Olho para sam

-o que foi ?

- nós só temos 3 dias para achar o lobisomem e o matar, logo vai ser lua cheia

- você acha mesmo que pode ser um ?

- na lua cheia foi encontrado 5 corpos sem coração então acho que sim, e pela contidade de mortes ele deve ser novo e não consegue se controlar

- e quando essas coisas conseguiram se controlar

Ele ficou queito e ficou olhando a janela parecia estar pensando em algo mas estava em dúvida se me contava ou não, deixei esse sentimento para trás denovo e ligo o rádio enquanto as músicas vão passando me concentrando para não pensar em castiel, o que era uma das coisas mais difíceis que eu já fiz, pode ser só uma obessesao pelo desconhecido pelo proibido como ele mesmo diz mas também pode ser amor

Rio com isso, dean winchester apaixonado isso é novo

E assim vamos a viajem em silêncio cada um com seus pensamentos longe.

***

Sam p.v.

Eu a pego pelo cintura e ela rapidamente pula em meu colo e passa a perna por minha cintura sinto seu corpo quente,  e recebo  um sorriso maravilhoso, que me faz sorrir também, então ela para e me encara nos seus olhos  estava escrito que me queria e os meus deveriam falar o mesmo ela começa a beijar meu pescoço segurando meu cabelo para trás, quando Souto um gemido rouco e baixo ela me olha

- está gostando sam?

Tomo controle da situação e  aperto ainda mais seu corpo contra mim e a Beijo, aquele boca deliciosa que eu quis fuder desde o dia que eu vi aperto sua bunda enquanto puxo seu cabelo ela da um gemido alto que me faz sorrir denovo no meio do Beijo paramos por falta de ar

- está rindo do que idiota ?

- você e minha mesmo que lute contra isso

- e você é meu

Voltamos a nos beijar mais rápido parecia que eu nunca teria o suficiente dela, me levanto da cadeira com ela ainda em meu colo, entrelaçada em mina cintura e sento na cama

Ela para o Beijo e me joga para trás com força fazendo eu ficar em cima dela, seus longos cabelos ruivos estão bagunçados para um lado e me olha como se fosse me devorar estou ofegante parece que o quarto e tão pequeno e tão quente ao mesmo tempo quando ela faz movimento de vai e vem com a bunda, e sinto que um volume se forma na minha calça e percebo que esse era o objetivo dela, ela retira sua camiseta preta me revelando o paraíso diabólico seus seios são fartos e brancos como neve se destacando com o sutiã vermelho eu queria dar chupoes e mordidas em todo seu corpo deixar a marcada como minha em um movimento rápido eu a desço ficando por cima

- você e minha e hoje eu vou te mostrar isso.

Então do nada escuto dean e a visão de lethicia vai embora vou abrindo os olhos e vejo que já chegamos

- ei cara você está legal, esta soando como um condenado

Respiro um pouco não acredito que foi só um sonho, eu estava tão perto

- estou sim

Descemos do carro e fomos em um direção a outro motel, esse era melhor que o último parecia mais cheio também

- Olá, boa noite senhores desejam um quarto temos ótimas camas de casal e temos uma promoção para recém casados

- nos somos irmãos

Dean dis bravo ele odeia quando acontece isso, o menino com traços orientais fica vermelho quando olha para dean

- então nós queremos um quarto, com duas camas de solteiro por uma semana

- assim ok, eu tenho um disponível no terceiro andar Qual o nome dos senhores?

- eu sou sam e esse é meu irmão dean

- muito prazer meu nome é junkook eu sou o filho do dono qual quer problema falem comigo

O rapas parecia muito novo para ter tal obrigação, mas também começamos a caçar com papai cedo então entre nós três tinha um sentimento de compreendi mento

-ok agora você pode nos deixar no quarto, estamos cansados

Dean fala com uma cara amarrada sei que no fundo achou a situação engraçada, o menino não consegue encarar dean 

- claro me seguiam

Seguimos junkook por dois lances de escada gostaria que eles tivessem elevadores de vez enquanto

Ele parou no quarto número 15 e abriu deixou duas chaves conosco e desejou Boa noite

- Obrigado dis dean

E expressão minha ou eles estão se encarando o moreno abaixa o olhar e sai, dean acompanha seus passos

- então quer chamar o garoto para sair

Ele fica sem graça

- está louco sam eu não curto essas coisas

- assim sei, é castiel

Ele não consegue me encarar agora

- castiel o que ?

Ele olha por todo o quarto que não era grande e foca em um quadro de uma paisagem achando muito enteresante mas não virando para mim

- sim você não ia orar para ele, saber das novidades ?

- eu não se aquele bastardo quiser aparecer, fará isso por ele mesmo

- como você e teimoso

Ele finge que não me escuta e se joga na cama da esquerda que tinhas lençóis verdes que me lembravam musgos

- vou  tomar banho ele dis

- vou sair para pegar comida, já volto ok

Pego a chave do carro, e vou andando até ver uma cabeleira ruiva que eu conhecia muito bem fazendo chekin, o que ela está fazendo aqui, não pode ser conhecidencia ela está me segundo fico escondido e vejo que ela só pegou a chave com junkook e não quis que ele a acompanhase espero ela subir a escada e vou a seguido ela fica no quarto número 5 no final do corredor espero ela entrar, e coloco o pé na porta

- que porra e essa

Ela grita e tudo acontece muito rápido entro no quarto que era igual ao meu exceto pelo quadro que era de frutas e não combinava com nada, empurro ela na parede com força com meu cotovelo em seu pescoço

- porque você está me seguindo

Nos encaramos por um momento e ela simplesmente fala

- Sammy que conhecidencia

- não se faça de sinica,a quanto tempo está nos seguido

- primeiro fala baixo, e se afasta de mim

Continuo no mesmo lugar mas refiro meu braço do seu pescoço ela ia sair pela direita e coloco meu braço  tentou pelo outro lado e eu a empeso,  ela está encurralada

- quantos anos você tem, sabe que posso te machucar

- mas você não quer, então me responde e eu a deixo ir

Ela se cala  e não fala nada

- eu posso ficar assim a porra da noite toda se você quiser

Ela dá um suspiro de frustração

- estou cumprindo ordens de manter  seu traseiro a salvo porque vocês sempre se mentem com o que não conseguem lidar

- sério, que honra mas não queremos sua ajuda

- eu não tenho opção idiota

-o que quer dizer com isso ?

Vejo raiva  e ódio como faíscas em seu olhos

- não te enteresa, e desde de quando você se emporta com um demônio

- desde que

Eu paro de falar o que ei ia falar que sinto atração por ela, não posso fazer isso e um demônio sam, ela está seria me encarando com a boca entreaberta que saber fodasse junto nossos lábios e sinto que ela fica em choque por um momento mas me corresponde rápido a sabor que ela tem faz meu corpo entrar em combustão e parece que causo o mesmo nela pois o Beijo se torna mais voraz e já não sei onde ela começou e onde eu terminava, porque demorei tanto para beijar ela, pararmos por falta de ar,nem um dos dois sabia o que fazer agora na verdade eu tinha idéias ótima idéias com o que podemos fazer nesse quarto

- sai

- o que ?

- eu disse para você sair

-não pense que não me deve explicações do porque  está aqui

O olho dela fica totalmente preto e vejo que está nervosa

- eu disse para sair daqui

Ela abre abre a porta  e me empura somente com seu poder

Fico sentado no chão por um momento sem saber o que fazer,que merda foi aquela porque eu beijei ela porque eu queria mais e mais dela porque queria ficar a noite esteira ali,

Me levanto e vou para a um bar próximo e peço e uma cerveja

E porque ela me empurrou.

Lethicia p.v

Que merda, eu adorei beijar ele eu quero que o corpo dele fique junto do meu a noite toda, não fode tudo lethicia ele vai morrer e a porra de um trabalho você não sente nada por ele lembrese disso você quer ser a vadia de Lúcifer para sempre com esse pensamento fico em minha cama endecisa,  se isso pode ir para frente ou não.

Dean p.v.

Tomo meu banho e agradeço sam ter saído um pouco coloco uma calça e uma camiseta preta, procuro cerveja no mínifrazer que tinha no quarto e encontro  garrafas e cerveja e de vodka perfeito começo a beber para esquecer que eu estou fudidamente apaixonado por um homem, bebo para esquecer que achei que nunca amaria ningum e além do meio irmão  depois da morte dos meus pais, bebo para esquecer quem eu sou sei que não faz sentido beber até passar mal, mas eu só consigo pensar em como estou fudendo tudo com a pessoa que eu possa amar começo a ficar tonto já perdi a conta de quantas eu bebi até que uma mão me empede de beber e vejo um ser de cabelos pretos bagunçados e é olhos azuis preocupados

- dean pare com isso, não faz bem para sua saúde

- você veio, não sabe como senti falta da sua voz, do seu cheiro, até do seu sorriso

- dean você está bêbado deita na cama por favor

- eu estou falando a verdade

- você está embriagado só isso você não quer nada comigo

- você não entende

Nesse momento eu ja estava nervoso

- não tem um minuto que eu já não pense em você sabe porque

Ele ficou em silêncio apenas observando enquanto eu eu me aproximava

- porque eu provei um pedaço do paraíso quando te beijei e agora estou viciado em você, você e minha droga

Quando sem entender muito bem Ele me beijou,e nossas bocas que foram feitas uma para outra estavam sedentas por mais quando tudo para é não sinto mais ele está tudo silêncio e tranquilo eu não sei se estou acordado ou sonhando.

Castiel p.v

Toco em sua testa o fazendo cair de sono, sento do seu lado o observando dormir se ele soubesse que todo esse tempo o estive o o observando porque sou hipócrita falei que ele estava obcecado em mim mas é o contrário eu não consigo deixar ele mesmo quando ele é Grosso e me machuca, depois des refletir muito sei que não viveria sem ele , e quando ele dis isso meu coração acelera e quando o Beijo parace que o tempo para é só existe ele mas  tenho medo do que os outros anjos vão dizer é se ele vão me espulsar do céu e retirar o meu cargo de guardião ou até mesmo me jogar na terra e perder minha graça tenho medo que dean vai dizer ele uma quer outra não quer, escuto o barulho da porta e a sam entra e saio para não precisar esplicar nada, e a sim como sam se junta a seu irmão eu vou aos meus saber qual a proxima missão como um bom soldado que eu fui criado a ser.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...