1. Spirit Fanfics >
  2. Você é meu anjo >
  3. Por que tão perfeito?

História Você é meu anjo - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oi, eu sou o Thorne, e essa é minha primeira fanfic aqui no Spirit, o casal Nohgor (Igor e Noah) surgiu recentemente em um dos vídeos recentes que o Igor fez no canal do YouTube dele, e algumas coisas me fizeram querer escrever sobre esse casal, espero que gostem.
(O link para o vídeo do Igor vai estar nas notas finais.)

Capítulo 1 - Por que tão perfeito?


Fanfic / Fanfiction Você é meu anjo - Capítulo 1 - Por que tão perfeito?

Noah Urrea


Igor Saringer, por que tão perfeito?

Com toda a sinceridade, eu nunca deveria ter entrado naquela sala, eu já estava resolvido, os cachos loiros e os olhos azuis penetrantes já haviam saído da minha cabeça há um bom tempo, eu realmente fui ingênuo em acreditar que tudo havia acabado, entrar naquela sala e vê-lo sem os tradicionais cachinhos foi surpreendente, mas olhando-o no rosto com aquele visual, ele parecia tão mais atraente que todas as outras vezes.

Seus olhos nos encaravam enquanto o típico sorriso tímido enfeitava seu rosto entre a barba recém aparada. Era encantador.

—Noah?—Ouvi Josh me chamar em um tom um tanto quanto arisco, os outros integrantes seguiram em frente para cumprimentar Igor enquanto Joshua me puxou pelo braço para não muito longe.

—O que foi amor?—Perguntei carinhoso quando ele me soltou.

—Você não o esqueceu não é?—Ele perguntou sério cruzando os braços. Bom, Joshua não era bom em intimidar as pessoas, sua cara de bravo me fazia querer rir.

—Josh, nós estamos juntos agora, por favor não vamos tocar em feridas passadas.—Pedi franzindo minhas sobrancelhas, Josh apenas bufou e seguiu para as pequenas escadas em que Igor e os outros integrantes do Now United estavam sentados.

Foi perceptível o desagrado de Josh ao cumprimentar Igor, eu presumo que tenha sido involuntário, Joshua odeia parecer grosso, mas ele também nunca consegue esconder seus sentimentos.

—Noah, vamos começar!—Any gritou das escadas e eu fui até lá. O único espaço restante era a esquerda de Sofya, porém, ela logo se afastou fazendo com que eu fosse obrigado a me sentar ao lado de Igor. Sofya era uma pequena pilantrinha.

Eu poderia listar todos os acontecimentos seguintes mas nada superaria o momento em que eu me perdi em seus olhos e disfarçado em uma piada, eu paquerei Igor, sim, na frente de Joshua, foi como um momento de impulso estranho onde todos os meus órgãos se esfriaram e eu entrei em um frenesi.

Enquanto Igor explicava as regras do jogo que iríamos jogar eu só conseguia pensar em como ele estava atraente.

—...E depois iremos para o jogo onde descobriremos quem será o anjo.—Nesse momento meu coração bateu forte, anjo foi o apelido que eu dei a Igor no ano passado, devido seus cabelos loiros e cacheados lembrando os anjinhos que geralmente eram retratados em pinturas ou estátuas.

—Você é meu anjo.—Não me perguntem de onde saiu a coragem para falar tais palavras. Por um momento tudo parou, Igor olhou pra mim e fez um som com a boca enquanto Sabina gritava no fundo.—Você está bonito hoje. Eu gosto de você.

No momento parecia apenas uma brincadeira, mas tudo que eu falei foi bem sincero.

E emfim chegamos no momento atual, eu sem conseguir tirar Igor da cabeça, estou deitado na cama do hotel em que estamos hospedados. Josh, com quem estou dividindo o quarto, saiu com Any e Sabina para uma sorveteria. Joshua não falou comigo dês de que voltamos da entrevista com Igor, no caso ontem a noite.

Após alguns minutos em companhia apenas de mim mesmo, pude ouvir o barulho metálico trinco da porta do hotel, logo, Joshua apareceu, ele ficou parado feito uma estátua apenas me encarando.

—Você é um grande babaca.—Ele pronunciou as palavras e adentrou a porta que levava ao banheiro.

Josh e eu sempre tivemos uma relação delicada, éramos melhores amigos e as vezes os sentimentos mudam, não vou mentir, eu gosto muito do Josh, e após nosso tempo de folga longe uns dos outros eu percebi o quanto ele fazia falta, foi a partir daí que nossa relação se estabeleceu, estávamos namorando em segredo é claro, mas não deixava de ser especial.

Mas se eu gosto tanto de Josh, por que não tiro Igor da minha cabeça?

Ouvi o barulho do chuveiro ligar indicando que Josh estava tomando banho, meu celular que estava ao meu lado vibrou, a tela se ascendeu mostrando uma notificação.

Mensagem de Igor:

Você estava adorando me deixar envergonhado ontem, né?

Eu não pude evitar de sorrir, desbloqueei o aparelho entrando no aplicativo de mensagens e comecei a digitar rápido. Eu poderia estar sendo presipitado, tudo poderia dar errado mas eu tinha que tentar, eu convidei Igor para ir comigo em uma lanchonete maravilhosa que Any nos apresentou recentemente. Ouvi Joshua sair do banheiro mas não o encarei, desliguei a tela do celular e comecei a me levantar para sair do quarto.

—Noah.—Joshua me chamou.

—Achei que não quisesse falar comigo, porque "eu sou um babaca"—Imitei sua voz virando meu rosto para encara-lo.

—Por que não admite que gosta do Igor?—Eu fechei meus olhos e dei um suspiro.

—Joshua, você sabe que eu estou tentando esquece-lo.—Falei desviando o olhar de sei rosto.

—Falar isso me dói muito Noah, mas, você não pode desistir das coisas que ama.—Joshua que ainda estava apenas enrolado em uma toalha se sentou ao meu lado na cama.

—Não é como se fosse algo simples Josh, nós somos famosos e moramos em países diferentes é quase impossível termos uma relação.—Tudo aquilo poderiam ser apenas desculpas, eu não tinha um motivo pra não querer tentar algo com Igor, eu só não queria me decepcionar.

—Eu não quero dar uma de conselheiro amoroso ou algo do tipo, mas, por favor, se dê uma chance Noah.—Eu consegui perceber que a voz de Josh começava a embargar. Ele iria chorar.

—Mas e você?—Perguntei encarando seus olhos que se encheram de lágrimas.

—Eu vou ficar bem.—Joshua colocou as mãos em meu rosto.—Porque por mais que eu te ame, se não for recíproco a relação não vai funcionar.

—Mas eu te amo Josh!—Eu retruquei comprimindo os lábios.

—Não tanto quanto ama ele.—Mesmo triste Josh sorriu, ele me puxou e me deu um beijo, aquele que poderia ser nosso último.

—Eu o convidei pra ir na lanchonete amanhã comigo.—Eu falei e Joshua apertou os olhos.

—Noah Urrea você estava pensando em me trair?—Eu adorava o senso de humor de Joshua, ele sempre me fazia sorrir.

—Não, quer dizer, talvez sim, mas não!—Joshua gargalhou. Naquela noite, deixamos todos os nossos sentimentos de lado, passamos como os melhores amigos que sempre fomos e sempre seremos.


Notas Finais


Então foi isso, espero que tenham gostado e até o próximo capítulo.

Link para o vídeo do Igor: https://youtu.be/bg_OLhn20n0


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...