História "Você é meu ASTRO..." - BinWoo - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias ASTRO
Personagens Eunwoo, Jinjin, MJ, Moonbin, Personagens Originais, Rocky, Sanha
Tags Binwoo
Visualizações 103
Palavras 2.836
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HEEEEEEEEEY!
AIN GENTE VOCÊS SÃO TÃO FOFOS E LINDOS @[email protected]
OBRIGADÃO PELO APOIO QUE ME DERAM NO NEGÓCIO QUE EU FALEI CARAAAAAA (já apagado nesse momento :p)
AMO TODOS VCXS
MUITO MESMO
Mas, quanto a esse capítulo...
Só soltei e saí. Desculpa pelo tiro...
Acho que não ficou como eu esperava, mas eu gostei do resultado final e por isso que trouxe hj...
NÃO AGUENTEI A ANSIEDADE <3

Capítulo 6 - O melhor tipo de doce- 06


Faziam nem cinco minutos que o ensaio havia acabado e Moon Sooa já estava incomodando seu irmão e Eun Woo com coisas idiotas, exemplos? Cantadas.

– Essa é boa, eu juro! Olha, olha.- dizia entre pausas tentando recuperar o fôlego.- Você não é Got7, mas “Fly” comigo que tudo fica “Just Right”.- todos menos MoonBin caíram na risada até chorarem de rir.

Como eu disse, idiota.

– Como vocês conseguem rir disso? Sério?- MoonBin perguntava incrédulo.

– Não, isso é engraçado mesmo, você que é um chato. Enfim, tenho curso agora, tenho que ir.- Moon Sooa disse.

A menina se despediu de todos já com a mochila, que antes se encontrava no armário compartilhado com Sanha, nas costas e saiu pela grande porta de vidro. MoonBin suspirou um pouco aliviado por não ter que ficar com dor de cabeça por causa de sua irmãzinha. Ele a amava, só que às vezes lhe dava nos nervos.

– Sério, me desculpem pela minha irmã, às vezes ele é irritante mesmo, mas no fundo, tipo bem no fundo, ela é bacana e já me ajudou bastante.- Bin falou ao restante do grupo.

– Ela é muito legal!- Sanha falou empolgado.

– Ela não é nem um pouco chata ou irritante, é uma fofa.- Eun Woo falou.

– Pena que não podemos falar isso do irmão dela...- Rocky implicou com MoonBin. Não demorou muito para Minhyuk receber aquele famoso pescotapa do melhor amigo.

– Eles tem uma coisa em comum, sim.- Yeo interrompeu, todos olharam para ela.- Eles dois são bonitos.- fez Bin corar fortemente e abaixar sua cabeça, mas logo deu uma olhada de canto para ver a cara de Eun Woo.

“Essa menina quer morrer?”- pensava Eun Woo.

Woo a fuzilava com o olhar, um pouco discretamente. Mass, ele sabia que ela só estava falando algumas verdades... Ele mesmo achava isso de MoonBin, assim como MoonBin achava Eun Woo muito atraente e bonito.

Era certo que nenhum dos dois saberia responder qual o defeito o outro tem. Cada um achava o outro perfeito, não havia defeitos. Só que ninguém é perfeito, correto? Sim.

– Enfim...- JinJin cortou o momento.- Eu estava pensando em fazermos alguma festinha para comemorar a entrada dos dois, o que acham?- todos arregalaram os olhos e concordaram juntos.

MJ e Sanha começaram a correr em volta do grupinho gritando “Festa! Festa!”, dançando juntos. Um pouco exagerados... Com certeza eles apoiaram mais que todo mundo essa festa, os dois adoravam afinal! Festa era o nome do meio de MJ e Sanha o acompanhava em suas loucuras.

– Onde pode ser?- Rocky disse puxando os dois para a rodinha pelas golas das blusas.

– Quero ir em alguma praia!- MJ quase gritou no ouvido do líder.

– Pensei em algo parecido com o parque aqui perto.- falou Yeo.

– Concordo com o MJ-hyung. Quero praia também.- Sanha disse ignorando completamente Yeo Reum

– Gente, a festa é para o MoonBin e para o Eun Woo, melhor deixar eles escolherem.- JinJin falou.

– Gostei da ideia da praia.- MoonBin falou fazendo Sanha e MJ voltarem a correr aos pulos ao redor do grupo gritando “Festa na Praia! Festa na Praia!”, dançando novamente.­­­

– Gosto de praia também. Topo!- Eun Woo falou por fim.- E meu pai tem uma casa na praia, se vocês quiserem posso pedir para ele para usarmos. Ele é um pouco rico, sabe?

– Pode ser! Esse fim de semana?- todos concordaram com JinJin novamente.- Marcado!

Eun Woo estava muito animado, sentia seu coração dar pulinhos de alegria por poder viajar com seus amigos para dar uma festa para ele e MoonBin, sem nem ao menos ser seu aniversário, muito menos de MoonBin! Ansiedade, empolgação, euforia, agitação, era tudo que Eun Woo sentia. Ele queria um tempo assim, sem escola, sem preocupações com sua mãe, pai, não focar na escola. Um tempo para curtir com os amigos!

Ele nunca teve tantos amigos, então nunca soube como é passar esse tempo. Saia para viagens somente com Sanha, mas com mais que Sanha, nunca.

– Quem topa ir a sorveteria?- o mais novo perguntou. Todos levantaram a mão

– Podemos ir naquela que nos conhecemos!- MoonBin sorriu e fez Eun Woo sorrir também por se lembrar daquele dia. Tão simples, mas especial.

Nem eles mesmos sabiam o que estavam fazendo parados naquela sala. Dirigiram se até os armários e tiraram suas coisas de lá. Se dirigiram a sorveteria falando sobre todas as coisas da festa.

– Mas, como vamos?- Reum perguntou enquanto andava ao lado de Sanha e Bin.

– Minha mãe tem uma Picap que cabem cinco.-  MJ falou. - Ainda vai faltar lugar para duas pessoas, mas a Picap seria boa por causa da caçamba.

– Não tem problema. Posso ir de carro. Alguém pode vir comigo...- MoonBin disse.

Em sua mente estava: “Por favor, que essa pessoa seja o Eun Woonnie!”, e por fora ele olhava para Eun Woo, que fingia não notar o olhar de MoonBin, que andava com o braço em seu pescoço, igual a mais cedo.

Os outros quatro meninos restantes se olharam e ambos entenderam o recado, mas algo atrapalhou o “plano” deles; juntar Bin e Woo, mas algo- ou melhor, alguém- os atrapalhou.

– Eu posso ir com você!

– Não, não acho uma boa ideia, Yeo Reum. Afinal, você mora um pouco mais longe de Bin, daria trabalho para ele.- MJ deu uma desculpa qualquer

– Acho que o Eun Woo devia ir com ele, já que moram um do lado do outro e a festa é por causa deles.- Rocky disse. Os quatro concordaram.

– Ah, claro.- Yeo falou um pouco desanimada.

– Chegamos.- JinJin anunciou ao já estarem na mesma sorveteria que combinaram.

MoonBin e Eun Woo trocavam muitos olhares e risadinhas felizes. Fizeram questão de pegar a mesma mesa, se sentar nos mesmos lugares de quando se conheceram. Escolheram os mesmos sabores e os mesmos confeitos. Sentiam uma “nostalgia”. Eram dois dias, mas parecia mais tempo. Rocky e Sanha se sentaram em lugares diferentes, mas não deixaram de perceber, os dois trocaram um olhar curioso.

– Vocês combinaram ou é instinto?- Sanha perguntou. Eun Woo e Moonbin ficaram confusos.

– Como não perceberam que escolheram a mesma mesa, o mesmo lugar e o mesmo sorvete de dois dias atrás, ou seja, quando se conheceram?- Rocky falou atraindo os olhares dos outros.

– Nossa, nem tinha percebido!- Eun Woo mentiu, mal mas tentou.

– Nem eu.- MoonBin mentiu junto, só que a diferença é que sabia mentir bem.

– Eun Woo você mente muito mal.- Sanha falou ao melhor amigo.

– Eu sei quando você mente, MoonBin. Sempre mexe na ponta do nariz.- Rocky falou a Bin.

– Então os dois se conheceram aqui. Tipo, nesse mesmo local?- Yeo Reum perguntou um tanto quanto espantada. Estava mais que certo que depois desse dia, odiaria sorveterias.

– Sim.- MoonBin respondeu sorrindo para Woo que retribuiu.

– Odeio sorveterias.- Reum disse, bem baixo, mas pode ser ouvida por alguns, no caso, MoonBin e Rocky que se engasgaram de tanto rir da menina.

– Só queria falar que temos uma pessoa ciumenta na mesa, galera.- Rocky falou.

– Espero que esteja falando de uma pessoa que estou pensando.- MoonBin falou dando pequenas pistas com a cabeça para dizer que era Eun Woo.

– Acho que duas, então?- Sanha disse.

– Não entendi.- JinJin falou. Rocky falou em seu ouvido o que era.- Omo!

– Agora eu que não entendi.- Eun Woo falou.

– Não tente.- MoonBin falou e fez uma pequena caricia na coxa de Eun Woo, como se estivesse o consolando.

Um pequeno toque na coxa. Uma coisa tão pequena, insignificante, talvez. Mas, fez Eun Woo se arrepiar inteiro, seu coração acelerar e faltar uma batida. Tomou um susto, fazendo a mesa balançar por ter esbarrado nela. Todos riram juntos.

 – Mas, voltando ao assunto da festa.- MoonBin desviou o assunto- não propositalmente-.- Temos que ver o que cada um vai levar.

– Posso ficar encarregado de levar algumas besteiras, refris e afins.- Sanha falou

– Tinha que ser a criança...- MJ falou.- Posso te ajudar com isso?

– Pode. Fica com os refris e marshmallows.

– Marshmallows?- todos perguntaram em uníssono.

– Não esperavam que faríamos uma festa, na praia, sem a fogueira de filmes americanos para assar  marshmallows, não é?

– Caralho, Sanha...- Eun Woo resmungou.- Esse menino está a mais de três anos com esse “sonho”.- fez aspas com o dedo.

– Errou, hyung. É acampamento na praia, com fogueira e brincadeiras na praia. E no fim da noite, histórias de terror, alguém cantando alguma coisa com violão. - apontou para si mesmo ao falar do violão.- Opa, parece que esse alguém sou eu.

– Se é assim que quer, por que não podemos fazer? - falou a menina.

– Sério? Cacete! Melhor fim de semana!- Sanha deu “pulinhos’’ na própria cadeira.

­– Sim, podemos. Acho que meu pai tem umas barracas da época me que ele saia pra acampar com os amigos.

– Eu vou me sentir muito em um filme americano, isso precisa ser filmado!- MJ falou brincando.

– Posso gravar!- Yeo Reum quase gritou.

– A gente está do seu lado, para de gritar!- JinJin falou.

– Ah, tem que ter música, por favor!- Rocky disse.

– Posso ficar encarregado disso, eu tenho som em casa. Umas coisas de DJ também.- Eun Woo falou.- Meu pai é rico, o que vocês queriam?

– Ok, mas nem inventem de falar algo para minha irmã, pelo amor de T.O.P.- MoonBin quase implorou.

– Por que? Ele é tão legal!- Sanha fez uma carinha triste.

– Ah, Binnie, para de ser tão duro com ela.- Eun Woo o chamou com o apelido.

– Ainda me pergunto como acham que aquele capeta em corpo de menina é legal!

– “Binnie”?- Yeo perguntou, ciumenta.

– Um apelido, por quê?- Retrucou.

– Nada.

– Você fala isso de sua irmã agora, as provavelmente vai estar agradecendo ela depois.- o líder falou com um sorrisinho convencido no rosto. Os outros quatro entenderam o que ele quis falar e desta vez, por algum motivo não aparente, Eun Woo não se sentiu tanto envergonhado.

– Ah, se vai, meu caro.- MJ concordou.

– Gente, tudo bom?- Eun Woo falou com um olhar “Calem a boca ou mato vocês...”.

– Agora eu que não entendi.- MoonBin falou.

– Não entenda.- Eun Woo fez a mesma coisa que MoonBin tinha feito com ele, até mesmo a mão na coxa.

MoonBin corou com o toque de Eun Woo, as mesmas sensações que o mais velho havia sentido, Binnie sentiu. Era um gesto tão pequeno e – talvez- insignificante. Um estava enlouquecendo o outro, de fato.

[...]

Todos já estavam saindo da sorveteria, com todos os sorvetes pagos, mochilas nas costas, caminhando para sair do parque, somente Cha e Kim ficaram de bobeira caminhando um pouco em silêncio para apreciar a paisagem daquele lugar que transmitia tanto conforto e calma.

Passavam pela ponte, um do lado do outro. Até que Bin parou no meio, fazendo o outro para também, se debruçou um pouco da bordinha das cerquinhas da ponte e ficou observando os peixes do lago em silêncio.

– O que foi?- Woonnie perguntou.

– Não sei, só senti vontade de parar aqui. Estamos como idiotas andando por esse parque, sem rumo nenhum, sorrindo que nem bobos.- MoonBin recapitulou suas ações.

– Ainda não enxerguei o problema nisso.

– E não tem. Eu estou feliz.- MoonBin respondeu sorrindo.

Ele sabia o porquê de estar assim, só não quis falar. Sabia que isso era culpa da pessoa que tem o sorriso mais lindo que já conheceu, que tem a pele branca como uma folha de papel, que tem olhos e cabelos pretos como a noite, seu horário favorito.

A verdade é que MoonBin adorava muito ver os astros no céu. Faz jus ao nome, não é mesmo? Desde pequeno é fascinado por estrelas, planetas, nebulosas, pela imensidão da noite, observar cada cometa, estrela cadente. Apesar de não querer se profissionalizar no assunto.

Sonhava, quando criança, que quando achasse alguém que realmente amasse passaria uma noite em um lugar com o céu bem estrelado, observando cada pontinho brilhante, deitado em uma toalha, com essa pessoa deitada em seu peitoral trocando carícias, beijos, abraços.

Cada minuto que passava com a pessoa culpada por seus sorrisos bobos, muitas vezes corar, e por estar apaixonado. Essa pessoa é Lee DongMin, ou melhor, Eun Woonnie.

Voltando para a realidade, Bin se pegou olhando cada detalhe do rosto de Eun Woo, enquanto o outro estava distraído com algo no pequeno riozinho que passava por baixo da ponte. Voltou a olhar para a paisagem para não ser pego pelo mais velho.

– Ansioso para a festa?- Eun Woo perguntou.

– Estou, bastante até.- MoonBin sorriu.

– Dá para ver sua ansiedade de longe, viu...- ironizou o mais velho.

– Mas eu estou, realmente. Faz um tempinho que não fico assim com meus amigos. Senti falta.

– Eu nunca fiz isso. Vai ser bem legal!- sorriu ao acabar de falar.- Vamos para casa?

[...]

Já estava de noite quando os dois estavam na porta da casa de Bin, que era depois da de Eun Woo, mas mesmo assim o mais velho queria fazer companhia ao mais novo.

– Chegamos.- Bin falou um pouco desanimado pelo cansaço.

– Está cansado?- Eun Woo perguntou.

– Muito. Bom, boa noite, hyung.- Bin disse ao dar um abraço em Eun Woo. Não se separaram por um longo tempo.

Quando se separaram ficaram se encarando por um bom tempo até em questão de segundos, Bin sentiu algo ser pressionado sobre suas bochechas, algo bem macio como duas almofadas, algo que o fez se arrepiar por inteiro, fogos de artifício começaram a se estourar em seu estômago, juntamente com borboletas. Tudo se iluminou por um segundo e quando parou pode ter certeza que era Eun Woo.

Ele tinha recebido um beijo inocente em sua bochecha da pessoa que gostava.

(Autora: Desculpa interromper, mas eu estou levando em consideração a cultura coreana, ok? E outra, acabei de decidir que o Eun Woo é mais baixo que o Bin, ok? OK! Bjs SZ)

E foi aí que ele não aguentou. Quando Eun Woo foi se virar pegou em seu pulso e o puxou para mais perto. Seus corpos colados, rostos muito perto, respirações e batimentos cardíacos funcionavam juntos. A aproximação foi se diminuindo até os lábios se colarem em um perfeito, calmo, doce e puro beijo.

Os dois estavam aproveitando aquilo, sem nem ao menos recusarem. Os dois queriam isso. Não a muito tempo, afinal era loucura! Dois dias e já estavam apaixonados um pelo outro. O primeiro beijo deles. Com certeza ficaria marcado. Era pura luxúria. Sem outras intenções.

A mão de Bin foi automaticamente para a cintura do mais velho, as mãos de Eun Woo agarraram no pescoço de MoonBin.

Bin descreveria como algo doce, uma mistura de baunilha com sorvete de morango, que Eun Woo comeu naquela tarde.  Macio, bom. Confortável.

Os dois só se separam quando o ar lhes fez falta. Se separaram, se encararam e coraram, em perfeita sincronia.

– D-Desculpa... E-Eu v-vou... entrar.

Bin entrou em casa na pressa, se escorou na própria porta da sala e foi escorregando aos poucos suspiros.

– Ai. Meu. Deus. NÃO TÔ CRENDO NO QUE EU VI!- Sooa atrapalhou os momentos de calma do irmão.

– Sooa, agora não.- se levantou e foi para seu quarto.

Fechou a porta e as cortinas. Se jogou na cama e começou a repensar no que fez.

“O que eu fiz? E se isso der merda? E se ele se afastar de mim? Porra, MoonBin!”- pensava.

Dado uns cinco minutos, sua irmã entrou no quarto aos poucos.

– Bin?- chamou.- Quer conversar?- ela entrou e sentou na ponta de sua cama.

– Pode ser.

– O que foi? Eu vi vocês se beijando, e wow!... Quase nem acreditei.

– Eu também não sei o que aconteceu! Eu... não pensei! E agora me arrependo!- falou afundando a cabeça no travesseiro.

– Você se arrepende? Não se arrependa! Você gosta dele, certo?- viu o mais velho assentir.- Então, beijar quem você gosta é a melhor sensação do mundo, por que se arrepende?

– Porque eu nem sabia dos sentimentos dele, estou com medo dele não ter gostado, ter ficado com vergonha e nunca mais falar comigo por vergonha! Se afastar de mim por isso!

– MoonBin, você que é retardado e não percebeu que ele gosta de você! Ele recusou? Tentou se afastar? Não! Então não pense nisso! Ele é um dos seus melhores amigos! Nunca te deixaria por causa de um beijo.

– Sooa, nos conhecemos a dois dias! Se ele ficar emburrado comigo eu não sei o que eu faço. Não sei se consigo ficar sem ele. Eu... amo ele. Não tenho mais dúvidas.

– Presta atenção, nem se eu conhecesse a pessoa a duas horas, isso não seria nada demais, o tempo não importa, o que importa são seus sentimentos sobre alguém. Se você tem realmente certeza que é isso que quer, você faz, e você se decidiu. Ele não recusou. Ele também gosta de você!

MoonBin se sentiu muito melhor depois de mais alguns minutos falando com sua irmã sobre isso. Contou para ela sobre a viagem e disse que ela poderia ir, afinal, ela o ajudou muito, ela merecia!

Foi tomar um banho e dormir, já estava tarde e cansado. Mas, foi dormir com aquele sorriso de bobo apaixonado, o que ele realmente era.

 


Notas Finais


POSTEI E VAZEI
GOSTARAM?
GENTE EU ACHEI ESSE CAPÍTULO TÃO AMORZINHO! -_- E VCS?

Mas nossasinhora tem umas coisa bem da hora vindo, começando com o banner da fic. Se tudo der celto. E tem nova sinopse aí tbm pq essa ta uma merdinha. Cocô. Plot
E tem fic nova textting Jikook para as Jikookas de plantão (nossa acho q nem meu avô fala isso)
E eh Daddy ink!

O próximo capítulo quase não tem nada demais é somente para apresentar uma pessoa a outras mesmo e adicionar algo que vai ser MUITO, MAS MUITO importante para a fic. Vou me esforçar mesmo assim! FighTing!
Espero que realmente tenham gostado!
Estou me esforçando muito ultimamente e sabem que as coisas não estão nem um pouco boas para o meu lado...

Comentem e favoritem!! Isso me ajuda a continuar!

Querem falar comigo?
Podem me seguir nas redes sociais:

Curious Cat: Me perguntem que eu iriei responder ^^
https://curiouscat.me/Astroheartfans

Twitter:
https://twitter.com/Astroheartfans
Social Spirit:
https://spiritfanfics.com/perfil/clarinhacury21

Amo vcs meus amores <3
Até semana que vem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...