História Você é meu pequeno baixinho( yaoi) - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Yaoi
Visualizações 57
Palavras 1.019
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishounen, Comédia, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Lírica, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shounen, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 7 - Cap 7


°'°VISÃO YUKI°'°

 

Os ensaios acabaram então eu fui pegar uma barrinha de chocolate da maquina e acabei esbarrando em um garoto muito mais alto que eu , quando eu estava pretes a cair de bunda no chão ele me segurou pela cintura e eu apoiei meus braços nós ombros dele e quando subi meus olhos para ver quem era eu não reconheci o garoto mais ele era lindo cabelos castanhos claros bagunçados e olhos iluminados corei ao notar que eu estava o encarando por um longo tempo , ele me pois em pé mais ainda continuo com as mãos em minha cintura ele parou me olhou de cima a baixo e me deu um sorriso aberto e luminoso.

Akeni- oi você está bem , prazer meu nome é akeni e o seu- ele continuo sorrindo abertamente para mim olhando diretamente em meus olhos

Quando estava prestes a responder o garoto. , alguém puxou minha cintura e me abraçou por trás olhei para o rosto da pessoa que estava me abraçando por trás e tive um surpresa inorme ao notar que quem estava me abraçando era o ryo e seus amigos estavam sentados em uma mesa olhando tudo e comentando etre sí oque estava se passando eu fiquei bem envergonhado.

Ryo- o nome dele é yuki e sim ele está bem agora- ryo me apertou mais em seus braços como se fosse meu protetor e eu precisasse de sua ajuda

Yuki- ryo oque você está fazendo aqui a essa ra- perguntei envergonhado por ele estar me abraçando da quele jeito afobado

Akeni- yuki eu tenho que ir prazer em te conhecer nós vemos por ai,  ok? tchau- antes de sair ele me uma piscadinha de um olho só

Ele saiu e ryo ficou encarando ele até ele sumir de sua vista eu percebi que ryo ainda estava me abraçando , os amigos do ryo falaram com ele dizendo que ia sair para uma boate e fico triste em pensar que o ryo também deve frequentar esse tipo de lugar com os amigos dele , ao pensar nisso me entristeço , abaixo a cabeça e me solto dos braços do ryo  caminhando até a sala dos ensaios onde o ming estava me esperando , quando chego na sala vejo que ryo me seguiu até lá então pego minhas coisas e arrasto o ming para fora da faculdade sem nem olhar para o ryo

.

 

Ming- oque foi aquilo? - pergunta rindo

 

Yuki- eu estou irritado- digo cabisbaixo

 

Ming- mas por qué? - disse andando junto comigo para seu carro

 

Yuki- é que eu ouvi os amigos do ryo falando que iam em uma boate e eu acabei pensando que o ryo também já deve ter ido em uma lugar desses com os amigos dele- digo tudo isso com um aperto no coração

 

Ming- olha é só uma boate então você não precisa se preocupar se ele foi provavelmente deve ter sido para beber ou dançar nada demais o ryo não tem cara de que faça coisas sordidaa- entramos no carro

 

Yuki- mas você sabe que a unica boate por perto é uma boate de striptease , ryo você sabe bem oque eu sinto por ele e eu pensando nisso você sabe que me deixa cabisbaixo- ming da partida no carro

 

Ming- olha yuki calma eu não sei oque se passa na mente do ryo mais olha se ele está te dando carona e está tendo momentos de ciumes por você eu acho que ele pode sim sentir alguma coisa por você

 

Yuki- obrigada eu realmente precisava ouvir isso eu tenho medo de não conseguir me confessar pra ele , se ele não me aceitar eu só quero falar pra ele quem eu sou e oque eu sinto por ele

Ming- calma yuki eu sei que você vai conseguir só vá com calma nó seu tempo não apresse as coisas yuki , o ryo vai perceber logo quem é você então finalmente você vai ter o momento perfeito para se declarar para ele , mas agora se aproxime dele- ele fala isso sorrindo

 

 

Continuamos uma longa conversa e paramos em uma bar para beber , eu não gosto muito de bebidas mas as vezes esquecer um pouco e curtir é bom .

 

Bebemos por algumas horas mas não pensamos que o ming estava de carro então ligamos para um amigo nosso nós buscar , ele é um amigo nosso de longa data então ele me deixou na frente dos dormitórios e foi levar o ming para casa dele.

 

Estava entrando no departamento dos dormitórios cambaleando e tropeçando pelo chão, quando estava subindo as escadas eu tropecei e cai em cima de alguém que também estava nas escadas.

 

Yuki- desculpe- falo com voz embriagada

 

A pessoa que eu avia esbarrado erá o ryo que estava muito preocupado por sinal e me carregou me colocando em suas costas e me levando para meu dormitório , e me deixando deitado na cama quando ele estava prestes a ir embora dali eu segurei sua manga envergonhado.

 

  

 

Yuki- r-ryo purvafor- falo vermelho ainda um pouco bêbado

 

Ryo- yuki eu tenho que ir amanhã quando você estiver melhor nos conversamos- ele dissd cabisbaixo

 

Yuki- não ryo eu fiquei bravo com você naquele momento na faculdade e sai de lá sem te dar nenhuma explicação e queria te pedir desculpas- acabei derramando algumas lagrimas pela embriaguez

 

Ryo-não tudo bem calma não se preocupe tanto eu te deixei envergonhado eu sei- ele limpou minhas lagrimas bobas

 

Eu não me segurei e acabei me descontrolando e beijando o ryo eu queria fazer isso a bastante tempo então eu não aguentei , dei um selinho curto nós lábios do ryo quando estava pretes a separar nossos lábios ele os juntou novamente aprofundando mais o beijo envadindo minha boca com sua língua entrelacei minhas mãos em seu pescoço e ele segurou minha cintura com suas mãos , continuamos o beijo por mais alguns segundos até chegar a falta de ar e fazer nós separarmos para respirar, quando terminamos o beijo eu o abracei mais forte o possivel me sentindo maravilhoso por dentro .






 


Notas Finais


Tenho que agradecer a duas pessoas a minha linda e maravilhosa cobrafu te amo.
E a belbakadere que me deu a dica que acabou com meu bloqueio e me fez escrever esse capítulo, parabéns você tem uma ceiatividade incrível vejam o trabalho dela obrigada mesmo a vocês duas e a todos meus leitores que se preocuram comigo pela suas mensagens de apoio que eu tirei print de todas obrigada.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...