1. Spirit Fanfics >
  2. Você é minha e somente minha! >
  3. Somente sua

História Você é minha e somente minha! - Capítulo 31


Escrita por:


Capítulo 31 - Somente sua


Fanfic / Fanfiction Você é minha e somente minha! - Capítulo 31 - Somente sua

Acordo sendo apertada em um abraço e relaxo sentindo o cheiro do Sasuke, eu retribuo o abraço eu não sairia daqui nunca mais.

 

- Acorde princesa. - Ele beija minha testa.

 

- Ah só mais um pouquinho..- Faço bico. - Está tão bom aqui.

 

Deito a cabeça em seu peito e ele acaricia meus cabelos e continua a me beijar, eu estou vivendo um sonho esse garoto lindo me ama e eu o amo. Isso para mim era impossível mas tudo mudou eu finalmente estava feliz e vivendo algo novo, eu o desejava tanto e o desejo agora o tenho só pra mim quando eu quiser assim como ele me tem e sabe disso.

Eu levanto e olho em seus olhos que já não estão sombrios como sempre eram, estavam calmos e tranquilos me olhando com um leve sorrisinho nos lábios, Sasuke era lindo e eu nunca tinha visto ele tão vulnerável, ele estava mergulhando de cabeça nisso assim como eu.

Eu seguro em seu rosto e o beijo calmamente, um beijo quente e cheio de paixão e o que ele me devolve segurando o meu rosto, sinto todo o meu corpo formigar e arrepiar com o beijo e o agarro ficando em cima dele e o mesmo me puxa ainda mais para si.

 

- Meu amor você tem que voltar para seu quarto, logo meus colegas de quarto voltam. 

 

- Aaa não eu queria ficar com você.

 

- Você me tem todinho hoje a noite. - Me lembro que hoje é o baile e logo me animo.

 

- É verdade. 

 

- Eu vou te levar para seu quarto e vista isso. - Ele me entrega uma enorme camiseta sua.

 

- Por que? 

 

- Essa sua fantasia é muito provocante. - Ele desvia o olhar emburrado e eu me dou conta que ainda estou com a fantasia.

 

De mãos dadas ele me leva até o meu dormitório, ele vestia uma calça larga preta e uma camiseta branca larga, ele vestido assim de um jeito largado o deixava ainda mais lindo.

 

- Fique lindo para mim essa noite. - Digo envolvendo meus braços em seu pescoço, ele logo me agarra pela cintura com força colando nossos corpos.

 

- Não posso pedir o mesmo pra você pois sei que vai estar maravilhosa, porra que sorte a minha ter a garota mais linda ao meu lado. 

 

- Tem sorte mesmo.

 

Sorrio e nos beijamos a porta atrás de mim se abre e logo me viro e Sasuke não me larga.

 

- Mas que? - Ino fala enquanto ela e Hinata nos olham de boca aberta.

 

- Eu só trouxe minha namorada de volta. - Meu coração acelera e meu corpo paralisa com o Sasuke me chamando de sua namorada.

 

- Aa... - Eu nem consigo falar nada.

 

- Ate mais tarde gata. - Ele me beija mais uma vez e se vai, fico o olhando sair e quero sair correndo e ir junto com ele.

 

- Vocês estão o que? - Hinata me chama de volta para a realidade.

 

- Estamos juntos agora. - Digo entrando no quarto.

 

Nós estávamos de fato juntos eu me jogo na cama suspirando, não consigo pensar em mais nada além dele.

 

- Nos já sabíamos né isso era óbvio. Mas me surpreendi nunca vi o Sasuke daquele jeito. - Ino diz.

 

- Isso é novidade. 

 

- Agora podemos ir para o baile de casal a Ino também está namorando.

 

- Sério? - Eu pergunto e me lembro do tal cara que lhe mandou aquela bebida. - E aquele de ontem.

 

- Sim o nome dele é Sai! Nós já havíamos tido um caso isso era óbvio né? 

 

- Sim. - Digo dando risada. - Muito de óbvio. 

 

- Então não preciso dizer mais nada. - Ela da risada.

 

 

Sasuke 

 

Seguro a tiara dela em minhas mãos e a observo o que eu estou sentindo? Eu realmente sei o que estou sentindo pois eu nunca havia sentido, e essa sensação é inconfundível, ela é minha, totalmente minha eu me sinto tão em paz eu preciso dela de uma forma incontrolável.

Naruto entra no quarto e se joga na cama e me encosto e ainda sério continuo o encarando.

 

- Essas orelhinhas aí? Quer dizer que ela esteve aqui. - Naruto solta uma risadinha.

 

- É claro que era ela, ela é minha agora. - Eu giro a tiara em meus dedos e jogo na minha gaveta.

 

- Você tem sorte, assim como você, ela é bem cobiçada. 

 

- Eu sei.

 

 

Mas tarde me vejo eu arrumando minha gravata que me apertava o pescoço.

 

- Isso é um saco. - Digo me referindo a gravata.

 

Ando atrás do Naruto indo em direção ao salão onde os homens encontraram as mulheres para iniciar o baile dançando.

 

- Já devia ir se acostumando a usar terno e gravatas, você é herdeiro da maior empresa do país, que é da sua família. 

 

- É eu sei. 

 

Paramos um ao lado do outro o ambiente e sofisticado e o decorado de acordo com o tema. Enfim as grandes portas se abrem e a vejo, ela  se destacava por tamanha beleza e sensualidade, ela estava incrível e nada me desviava o olhar dos olhos lindos esmeraldas me encarando, ela sorri caminhando até mim, seu vestido prata estava brilhando junto ao seu corpo cheiro de curvas, olho suas pernas nuas é seu salto fino com tiras.

Ela para em minha frente levantando a mão e eu a seguro, a lenta música se inicias e todos iniciam a dança.

 

- Você está incrível baby.- Digo em seu ouvido a puxando pela cintura pousando minha mão no fim das suas costas nuas, e iniciando nossa dança lenta.

 

- Que bom que gostou eu pensei muito em você. 

 

- Você está uma delícia também. - Digo completando, ela morde os lábios e depois da uma risadinha.

 

- Você ficar muito lindo de terno. - Ela diz colando ainda mais seu corpo ao meu. 

 

- Prefere com ele ou sem? - Eu seguro seu pescoço segurando firme para que ela me olhasse nos olhos, ela cerra os olhos e abre a boca para respirar.

 

- Não vou dizer baby. - Ela sussurra e levanta as sobrancelhas sorrindo. 

 

- Você vai dizer sim.

 

- Não agora. 

 

Ela segura minha mão e me leva até o bar e é inevitável não olhar sua linda bunda rebolando enquanto ela caminha a minha frente. Ela olha pra mim sobre seu ombro e queria a colocar de quatro e ver ela me olhando assim enquanto a foda com força, ouvir ela gemer meu nome, eu estou muito excitado.

 

Sakura

 

Ele me segue quieto e me olhando como um preciosa presa, ele segura minha mão com força e sorrio ter ele ao meu lado é tão bom, meus sentimentos e emoções são novos e não quero jamais deixar de sentir o que estou sentido agora. Ele me acendeu me trouxe emoções novas além de calafrios, sorrio ele é meu.

 

- Você me disse que seria todo meu está noite não é. - Digo me aproximando da mesa com bebidas e alguns apreciativos, em um pote de vidro pego um limão. 

 

- Sim isso mesmo.- Ele pega o limão a da minha mão. 

 

- Assim como você também é toda minha está noite não é? - Ele prepara um copinho com uma bebida.

 

- Sim. 

 

Digo suspirando ele me olha se aproximando, ele coloca um pouco de sal em seu dedo e leva até minha boca, eu passo a língua saboreando a sal e olhando em seus olhos, ele sorri se divertindo e coloca o pedaço do limão na boca.

E me puxa para um beijo para eu sugar o limão, assim faço pegando o limão de sua boca. Tiro o limão da boca e bebo do copo que ele estava segurando, passo a língua pelos lábios, os olhos dele acompanha o meu movimento.

 

- Não me provoque assim Sakura. 

 

- Se não o que? - Eu me agarro nele o puxando mais para mim e o beijando.

 

- Se não eu não vou dançar com você, vou preferir te foder com força. 

 

- Aaa Sasuke isso seria bem mais interessante que essa dança. 

 

- Você é uma safada irresistível. 

 

- Eu queria passar a noite com você naquele lugar da primeira noite aqui. 

 

- Na jacuzzi minha gata? Quer me arrastar pra lá? 

 

- Diria não pra mim? 

 

- Sabe que não.  Só me dá um minuto vou conseguir a jacuzzi só pra gente. 

 

Ele endireita seu terno e sai não sei onde ele vai mas permaneço onde estou o esperando. 

Mordo o lábio ansiosa para o que vamos fazer vou passar outra noite com Sasuke, eu amo isso! Me viro para pegar mais um copo e vejo Kiba ao meu lado.

 

- Kiba? - Ele me olha sem expressão nenhuma e da de ombros. - Kiba me desculpa, eu devia ter te contado eu fui uma idiota.

 

- Hum ainda bem que sabe, só esquece. 

 

- Eu sinto muito eu gosto da sua amizade apenas isso. 

 

- Eu já disse pra esquecer eu não ligo, você está com ele aproveitei o pouco tempo.

 

Ele se vira e sorri pra mim não entendo o que ele quer dizer com pouco tempo mas me irrito, Sasuke e eu estamos muito bem e não vou deixar que nada nos atrapalhe a única coisa que me importa é o que estamos vivendo e vou protejer isso a todo custo.

Bebo mais um copo e vejo Sasuke voltando com suas mãos dentro do bolso da calça e deixo o copo na mesa e me encosta em uma parede ao lado das enormes cortinas. 

 

- Babygirl. - Ele segura minha mão e me conduz ao local sinto o frio na minha barriga aumentar. 

 

Entramos e todo o local está da mesma maneira e como se eu estivesse aqui pela primeira vez novamente pois eu fica admirada por aquele lugar, foi aqui a primeira vez que nós tocamos é tudo o que eu senti me vinha com força a mente. Sasuke fecha as porta com a chave e solta minha mão, eu o olho e saio andando o deixando ali, passo pelas banheiras e olhos paras as janelas enormes com uma linda vista para as montanhas e o céu estrelado caindo sobre as mesmas. 

A única luz que me permitia enxergar Sasuke encostado na porta era a luz da lua cheia. 

 

Ele volta a por suas mãos em seu bolso e caminha até mim fico parada e a cada passo que ele se aproximava de mim minha respiração pesava mais eu desvio o olhar e mordo o lábio. 

 

- Ora babygirl, a quanto tempo não faz isso. - Ele segura meu queixo e levanta meu olhar ao seu. - Desviar o olhar de mim, não precisa mais. 

 

Ele me dá um breve beijo e caminha até a ilha pegando um controle e ligando um luz ambiente, caminho até ele, o único barulho dos meus saltos batendo no chão amadeirado ecoa, enquanto ele me observa friamente. 

Eu paro em frente ao enorme balcão de mármore e me encosto nele. 

 

- Eu não quero ficar nessas banheiras. - Digo enquanto ele pega um dos seus cigarros.

 

- Eu te levo pro quarto baby, mas antes. - Ele por o cigarro em minha frente. - Se não quiser que eu fume eu não fumo, faço o que quiser.

 

Eu sorrio nunca pensei que ele me falaria isso eu sorrio e pego o cigarro de maconha.

 

- Eu quero mais um vez. - Coloco na boca e ele levanta uma das sobrancelhas. 

 

Ele acende na minha boca e eu puxo ele me observa quieto e atento, olha cada movimento meu e eu passo pra ele, ele fuma e solta a fumaça na minha cara, dou risada, ele puxa mais uma vez e eu subo em seu colo aproximando minha boca da sua e ele entende que quero que passe a fumaça pra mim e assim faz. Ele passa o cigarro pra mim e puxo, ele por sua vez com as mãos livres agarra minha bunda levantando o vestido para te contato com minha pele. 

 

- Isso baby fuma no meu colo. 

 

Ele me aperta e beija meu pescoço eu já começo a sentir meu corpo responder intensamente ao seus toques, minha calcinha está encharcada e solto a fumaça em seu rosto.

 

- Chega. - Ele me põe em cima do balcão virada de costas e pega o cigarro da minha mão. 

 

- Ah não. - Falo com uma voz fina olhando pra ele sobre o meu ombro. 

 

- Não minha gata, não quero que fume assim. - Ele diz sem tirar os olhos da minha bunda, eu empino mais ainda pra ele. 

 

- Eu quero mais, vai por favor. 

 

- Vai me desobedecer Sakura? 

 

- E se eu desobedecer? 

 

- Vai levar uns tapas nessa bunda. - Ele aperta minha bunda e eu sinto um arrepio subir minha espinha. 

 

- Eu... eu quero. 

 

Digo e sinto seu corpo deitar sobre o meu e sinto seu membro encostando em mim eu suspiro e minha boceta pulsa de tanto desejo uma de suas mãos passam por baixo do meu braço e segura meu pescoço, e a outra põe o cigarro na minha boca. 

 

- Fuma. - Puxo e solto lentamente a fumaça. - Isso... segura. 

 

Eu pego o cigarro em mãos e Sasuke se levanta de mim, ele acaricia minha bunda e eu empino mais ainda, ele desliza minha calcinha sobre minha perna e a põe em seu bolso. 

Ele passa seu dedo em minha intimidade extremamente molhada e leva a sua boca e chupa.

 

- Você é muito gostosa. 

 

- Me bate... eu solto a fumaça. 

 

- Fala de novo. - Sua voz rouca e cheia de desejo me faz pegar fogo, ele pega o cigarro de mim e joga fora não vejo onde, ele pega meus cabelos e joga para um lado só para ver meu rosto. - Fala de novo baby.

 

- Me bate. - E assim ele faz me fazendo gritar com um tapa forte, e mais outro e outro. 

 

- Eu vou comer sua bunda vermelhinha Sakura.

 

- Me fode Sasuke. 

 

- Vamos com calma eu quero aproveitar cada segundo meu bem. - Ele me dá mais um tapa. - Você é todinha minha essa noite.

 

- Sou toda sua.

 

- Somente minha. 

 

Ele abre minha pernas e assim que sinto sua boca quente me devorar eu estou arfando e sinto o efeito do cigarro multiplicar a intensidade, tesao, paixão e todos os nossos sentimentos., eu jamais havia me sentido assim  e eu não quero que isso acabe está muito bom.

Sasuke me penetra com um de seus dedos e depois mais um, eu gemo e tombo minha cabeça para trás arqueando minhas costas empinando ainda mais.

 

- Você vai gozar no meu pau gracinha. - Ele preciosa seu membro em mim para que eu possa sentir.

 

Ele me vira de frente a ele e eu envolvo meus braços sobre seu pescoço o abraçando. 

 

- Ah Sasuke eu estava quase lá.

 

- Eu sei sua safada, mas...- Ele começa a desabotoar seu smoking. - Eu vou te amarrar você só vai sentir hoje meu baby. 

 

Ele me beija e eu retribuo o agarrando ferozmente, dessa vez eu intensifico o beijo o deixando selvagem passando minhas mãos por todo o seu corpo, deslizando sobre seus ombros, seu fortes braços e barriga, até chegar em sua calça eu a desbotou e o toco, ele suspira entre o beijo e eu sorrio. 

 

- Eu quero te tocar não quero que me amarre.- Digo e rapidamente ele segura em meu pescoço com firmeza. 

 

Ele me olha eu aperto minha mão sobre ele e vejo o efeito do meu movimento em seus olhos que ficam entreabertos e sua respiração ofegante, eu movimento para cima e para baixo, ele está muito duro e quente, eu mordo o lábio. 

 

- Ah isso Sakura. - Ele me excitava ainda mais só por dizer meu nome daquele jeito. 

 

Eu simplesmente fico de joelhos em sua frente e abaixo sua calça eu o chupo, sugando o bem fundo apertando minha garganta, ele segura em meus cabelos com força e empurra ainda mais minha cabeça e o sugo ainda mais, ele geme baixo, me excita ainda mais ver ele se desmanchando de prazer, e seu delicioso membro do pra mim eu o lambo e chupo mais e mais.

 

- Isso Sakura não para. - Eu continuo ainda com mais rapidez. - Ah eu to quase... 

 

Eu me levanto e pego em sua mão seu olhar sombrio me questiona e se eu não estivesse me sentindo tão atrevida teria medo daquele olhar, eu simplesmente parei o que estava fazendo e agora está o puxando pela mão até o quarto que uma vez estivemos, eu ando em sua frente não me importo em abaixar o vestido, quero que ele me veja, eu ando rebolando explicitamente pois eu estou na intenção, assim que entro no quarto Sasuke passa por mim. 

 

- Tira a roupa.

 

Eu faço o que ele me pediu, ele tranca a porta enquanto eu tiro por cima o vestido ficando totalmente nua em sua frente, ele caminha até mim, com seu olhar fixo em mim e seu terno desarrumado e calças desabotoadas, ele estava muito sexy e passa por mim me olhando assim que termina a volta ele agarra os cabelos da nuca os puxando com firmeza e me pressionando contra a parede. 

 

- Então você queria voltar aqui? No mesmo quarto em que te fodi com força. 

 

- Eu queria repetir o que fizemos.

 

Ele beija meu pescoço e eu gemo me contorcendo ao sentir sua língua na pele fina do local, ele me chupa e morde me instigando mais ainda. 

Ele abaixa mais as suas calças e passa seu membro sobre mim.

 

- Ah você tá tão molhada, pronta pra mim eu poderia com facilidade deslizar para dentro de você. 

 

Eu empurro minha bunda contra o seu quadril fazendo o me penetrar mais.

 

- Isso Sakura joga a sua bunda gostosa em mim. 

 

Faço o mesmo movimento e me penetra mais e mais a cada vez que eu vou de encontro ao seu quadril,  ele solta meus cabelos e pega meus dois braços os colocando para trás e me penetra completamente bem fundo me fazendo gritar de prazer, era tudo o que eu mais queria.

 

- Não se mexa babygirl.

 

Ele me solta mas permaneço no lugar ainda com ele dentro de mim, ele tira seu smoking e camisa, eu não consigo deixa de querer mais e mais eu rebolo em seu pau e ele me dá um tapa e eu gemo sabendo que ele me deu aquele tapa por desobedecer, e continuo a rebolar e recebo mais tapas. É tão gostoso.

 

- Sua safadinha você gosta. 

 

- Não para. 

 

- Pode ter certeza que não vou até você gozar em mim. 

 

Ele pega sua gravata e enrola em meus punhos nas minhas costas me amarrando com força, meus braços agora estavam presos, muito bem presos para trás.

 

- Agora eu posso fazer o que eu quiser. 

 

Ele sai de mim e entra com força eu gemo e mordo o lábio Sasuke permanece dentro de mim e suas mãos agarram os meus seios os massageando minha cabeça tomba pra trás encostando em seu ombro ele me prende mais ainda contra a parede e beijar meu pescoço, eu rebolo em seu membro querendo mais.

 

- Mete em mim Sasuke.

 

- Eu vou te foder com força babygirl, mas me deixa aproveitar mais. - Ele uma de suas mãos descem até meu íntimo e ele começa a me masturbar.

 

- Ah Sasuke isso. 

 

Minhas pernas tremem mas ele me segura com força e continua seus movimentos, eu sinto ele pulsar dentro de mim nem eu e nem ele aguentar mais esse clima precisamos de mais.

 

- Mete com força em mim. 

 

Ele me segura pelo pescoço.

 

- Você é uma safada impaciente Sakura. - Eu sorrio e ele mete bem fundo e com força em mim me fazendo gemer alto. - Eu vou te levar para aquela cama e colocar sua linda bunda pra cima, vou te foder com força e ver seu lindo rostinho com cara de choro gemendo de prazer e pra mim. 

 

- Faz isso Sasuke... por favor me fode com força.

 

Ele me levanta e me leva em seu colo até a cama ele me põe deitada com a bunda pra cima e em movimentos rápido ele me penetra com força e bem fundo eu grito, ele continua estocando mais e mais na mesma intensidade, suas mãos seguram as minha em minhas costas e eu só consigo sentir meus seios inchados implorando por atenção e meu íntimo também inchado e molhado pulsando cada vez mais, eu gemo mais a cada estocada mordendo o lençol e afundando o rosto no colchão. 

Sasuke me desamarra e me vira ficando em cima de mim. 

 

- Eu quero te olhar enquanto te fodo. - Ele segura meu rosto e me penetra com movimentos mais rápidos que antes.

 

- Ah Sasuke continua... mete em mim. 

 

- Me pede mais babygirl. 

 

- Mete fundo em mim Sasuke...

 

Ele segura minhas mãos acima da minha cabeça e começa e estocar com força e fundo como eu havia lhe pedido, abro bem as pernas as enroscando entre ele, meu corpo todo começa a formigar e não consigo mais segurar e por fim eu chego ao meu clímax junto a Sasuke que me beija e segura minha pernas bambas e trêmulas. 

 

- Eu te amo. - Ele diz entre o beijo. 

 

Eu não quero o soltar e continuo a beija-lo, eu estou feliz, é o último dia dessa viajem e foi aqui que tudo entre nós mudou, tão rápido mas sincero e do nosso jeito, amanhã iremos embora e não quero me preocupar com meus pais ou com a escola, o ano está acabando e não sei o que será daqui pra frente, mas sei que Sasuke estará ao meu lado e isso me conforta.

 

- Eu te amo muito.- Eu digo e ele me lança um sorriso de canto e se deita sobre mim.

 

- Você é minha. 

 

- Sou somente sua.


Notas Finais


Genteeeeee apareci aqui no final depois de mo cota kkkkk só pra agradecer a todos que gostam da fic, eu tinha real desanimado e nem postava cap como estou postando agora, muito obrigado os comentários me incentivam muito por isso não parem.
E aqui quero lhes dizer que a fic está em seu rumo final, tenho um plano para depois disso ( do final) e estou ansiosa para isso.
Sem mais spoilers kkkkkk me desculpem os erros de digitação eu vou tentar editar a fic inteira.

Comentem e votem muito ♥️

With love Anah


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...