1. Spirit Fanfics >
  2. Você, é Minha Luz >
  3. Sofrimento e dor

História Você, é Minha Luz - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Oiee pessoal quanto tempo ne tudo bem aqui esta mais um capítulo

Bjs boa leitura ❤

Capítulo 10 - Sofrimento e dor


O tempo passa e meu desespero so aumenta , ja se passou 3 messes desde que aquele maldito levou o Miguel minha vida esta de cabeça pra baixo depois que ele se foi não consigo comer nem dormi toda vez que durmo sonho com o Miguel me chamando quando isso vai acabar ja não aguento mais. denunciamos na delegacia mostramo o video das cameras de segurança e nenhum progueso teve, desido procurar por conta propria na Internet vai ver encontro alguma coisa sobre o infeliz, a tia tinha me dado o nome dele Marcos Sengor, era o nome do infeliz Mais não achei nada era como se ele não tivese vida nas redes socias.

- DOGRA - grito em frente ao  computador com as mãos na cabeça.

- o que houve filho achou algo? - meu pai corre ate mim.

- Quem dera pai, quem dera - Mano estou quase chorando - onde esta você Miguel? 

- Calma filho - Meu pai me abraça- Ângelo por acaso você sente algo pelo miguel? 

-....- não consigo responder 

- Tudo bem eu entendo e sempre estarei com você ta ? 

- pai sera que ele não gosta mais de mim e quer ficar com o pai dele - ja estou chorando - eu presizo tanto dele poque isso aconteceu? Eu quero ver meu Miguel ele disse que me amava e prometemos sempre ficar juntos.

- Eu sei pode chorar filho estou aqui, eu não tenho certeza do que aconteceu entre vocês mais tenho fe que tudo  se resolverá .

Meu pai era mesmo maravilhoso ele sempre estava comigo sempre me apoiou e quando eu presizei ele sempre esteve ali comigo. Passo um tempo chorando depois subo pro meu quarto tentar dormir.

-Onde voce estar amor?

" Miguel"

Acorto com leve dor de cabeça estou em um quarto onde me recordo um pouco me levanto com dificuldade pois estou tonto, " O que aconteceu ?" Ouso passos se aproxinando da porta e vejo uma figura que gostaria de não ter visto nunca mais. 

- O que você esta fazendo? Onde estou? Cade minha mãe?

- Hey calma ai garoto uma pergunta de cada vez  não vai nem dar um abraço no seu velho pai? 

- Eu não tenho pai quero ir pra casa. 

- ah filho você  esta em casa com o papai senti tanta sua falta .

-pois eu preferia nunca mais te ver 

- Você me magoa assim - ele está debochado de mim - esculta você esta tendo amigos agora é?

- Amigos? 

- Sim o nome Ângelo te lembra algo?

- O QUE? O QUE VOCÊ FEZ COM ELE? DESGRAÇADO .

- Eu? Nada quem e ele?

- Não é da sua conta!- estou aliviado parese que ele não sabi de nada 

- não me diga que....  EU NAO ACREDITO.- ele grita comigo e novamente vejo a furia nos seus olhos a mesma furia qur via quando eu era criança - VOCÊ CONTINUA SAINDO COM HOMEMS SEU VIADO DE MERDA.

 - vc não tem nada a ver com a minha vida me deixa em paz - estou com muito medo - quero ir embora!

-SEU CRETINO EU NÃO TIVE FILHO HOMEM PRA VER ELE DANDO O CU PRA OUTRO MACHO - cada palavra doia no meu coração - Eu vou te ensinar a ser homem agora- falou se aproximando de mim.

- O qu.. Ai AI AI AI PARA POR FAVOR -  eu gritava enquando esse merda me batia ele deu vários murros no meu rosto e no meu corpo arrancou  minhas roupas e me bateu com pedaços de pau aquilo doia muito mais não  doia mais quanto a dor que estava cortando meu coração e pior e se ele pegar o Ângelo meu amor. Depois de algumas horas me batendo ele para e me olha.

- eu não queria fazer isso você e o culpado so você  por gosta de pau vai ficar ai ate se curar dessa doença- disse e saiu.

- o único doente aqui e você desgraçado- susurro com as dores me consumindo.

Continuo deitado sem conseguir levantar meu corpo doi as marcas da violência no meu corpo me levou ao passado, quando ainda criança meu pai costumava bebe e chegava muito bebado batia em minha mãe e tbm em mim ela por tentar me proteger apanhava o dobro era horrivel aquilo tudo, esse lixo que se diz meu pai se envolveu com criminosos da pesada vendia nossas coisas e nos deixava passar fome. Certa vez a policia invadio nossa casa e ele fugio deixando eu e minha mãe quer por sinal fizemos foi agradecer pois ninguém gostava daquela vida de cão, mais aqui estou eu sofrendo o mesmo ou pior, vivo trancado nesse quarto pequeno machucado pois sempre que ele está bêbado ele me bate ja pedir a noção de quanto tempo ja se passou emagreci  muitoe vivo doente mais tem uma coisa que ainda me mantém vivo, o meu amor por você Ângelo.

" Vem me tirar daqui amor eu presizo de você "





Notas Finais


Obrigado por ler bjs❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...