1. Spirit Fanfics >
  2. Você é minha luz (kiribaku) >
  3. Insônia

História Você é minha luz (kiribaku) - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Insônia


Fanfic / Fanfiction Você é minha luz (kiribaku) - Capítulo 2 - Insônia

Bakugou POV

Já eram 6 da tarde eu estava morrendo de sono,mas desde que cheguei em casa eu simplesmente não conseguia dormir,podia ser o café que eu tinha tomado pra conseguir limpar a festa,mas sinto que o motivo não era só o café e sim o kirishima também, por mais que eu tivesse até feito algumas coisas com ele,eu já tinha feito aquilo com muitas outras pessoas, então por que justo com o kirishima isso acontece? Me passaram muitas coisas sobre a minha cabeça mas a primeira que passou e era a mais lógica era que eu estava gostando do kirishima

– porra! Eu quero dormir! – eu mudava de posições,ligava o ar condicionado, tomava qualquer coisa pra dormir mas sempre sem sucesso– porra!

Depois de um tempo já era 10 da noite e eu ainda estava sem dormir,desde que me formei eu costumava beber o dia todo e dormir por uns 2 dias direto,eu tava odiando essa insônia,como já tinham passado horas que eu tinha tomado café essa alternativa havia sido descartada

Eu passei horas acordado, já devia ser 1 da manhã e eu não conseguia dormir, até que eu tomo uma puta coragem e decido ligar pro kirishima,é, eu tinha pegado o número dele sem ele saber,ele foi muito burro em deixar o celular desbloqueado em cima do sofá, então bobiou dançou, assim que liguei pra ele ,ele atendeu na hora,parecia até que ele estava esperando que eu ligasse,eu explico pra ele oque tava acontecendo e ele se oferece pra ir na minha casa,acho que eu realmente tinha achado um..."amigo"

–bakugou! – ele grita na frente da porta e eu vou correndo abrir a porta – wow, você dorme assim?

Eu tinha esquecido de por uma calça então eu só tava com a minha camiseta "meio" longa já que a minha bunda aparecia um pouco é, diferente dele eu não usava box,eu corri na hora que ele falou e só disse pra ele esperar no sofá enquanto eu botava uma calça,mas antes que eu pudesse subir pro meu quarto ele me segura e acaba me jogando no sofá

– tsc,que merda você quer agora? – eu coro mais ainda – quer que eu chupe ele?por acaso ?

– que? Não! – ele fala corado

– então sai de cima e me deixa botar a porra da minha calça! –

– mas você dorme assim né? –

– sim! Quando eu tô sozinho –

– então só vamo dormir cara –

Nós subimos pro meu quarto e graças a kamisama nós não fizemos mais nada,assim que nós deitamos aí sim que eu não conseguia dormir,eu não queria fechar os olhos por causa do medo do que ele poderia fazer comigo,e logo depois que ele dormiu ele roncava pra um caralho,eu não conseguiria dormir nem que quisesse,mas mesmo assim eu ignorei e fiquei olhando pro teto a madrugada toda,eu tava odiando o fato de ficar acordado e cansado,mas mesmo assim eu fiquei abraçado com ele,por mais barulhento que ele fosse o calor dele me deixou mais confortável e aí sim eu consegui dormir



Assim que acordei eu já estava sem a minha camiseta e só de cueca ele era um puto pervertido com cara de anjinho,por um momento eu quase comparei ele com junta azumaya,eu deito de costas pra ele e logo em seguida sinto ele me puxando,acho que não adianta oque eu fizesse ou eu acabava esbarrando com ele ou ele me atraía pra perto dele

– conseguiu dormir? –

– não! Você ronca muito e eu já estava com medo da sua perversão e acho que estava certo já que eu acordei sem a minha camiseta! –

– mas eu não fui com intenções pervertidas, você tava suando aí eu achei melhor tirar –

– Ugh, foda-se –

Depois de nós voltarmos a nos dar bem nós nós vestimos e fomos correndo pra uma lanchonete perto dali,que por acaso era a que a mina e o denki trabalhavam, eles até nos serviram umas xícaras de café por conta da casa,eu só aceitei já que foi de graça, nós ficamos um bom tempo lá conversando

– er,garotos,eu e minha amiga achamos vocês gatinhos e queríamos saber se vocês poderiam nos dar os seus números –

– me d- –

– me desculpe mas, nós já estamos namorando –

– ah,ela deve ter sorte! –

– não,ele é o meu namorado – kirishima fala sorrindo

– ugh – ela nos olha com uma cara de nojo – gays nojentos – ela sussurra depois que se afasta um pouco de nós

– Ugh,pra fora! – a mina encara a garota

– o- o que? –

– eu disse pra fora! Não tem lugar pra homofóbicos aqui! – ela nos defende e aponta pra saída – vai logo garota!

– ugh! – ela saí de lá batendo os pés – esse lugar é uma mer- –

– foda-se~ Sai logo daqui vadia! – ela vem até nossa mesa – tudo bem com vocês? 

– uh,acho que sim – eu digo ainda tentando entender a situação – não precisava fazer aquilo – kirishima fala com vergonha

– mas eu quis! Então eu fiz! – ela vai caminhando pra trás do balcão – qualquer coisa me chamem!

Se passa mais uns 15 minutos e nós vemos denki saindo e a jirou entrando,assim que a jirou chega na frente da mina elas começam a conversar muito,mas o pior era que eu não conseguia ouvir,isso me deu uma puta raiva aí eu decido chegar mais perto

– bakugou? Aonde você vai? –

– lugar nenhum –

– ei! Você me disse que eles estavam juntos,quem é o ativo? –

– o kirishima –

– então o bakugou é o passivo? –

– claro! Já viu aquela bunda grande e perfeita? É coisa de passivo cara! –

Assim que a mina fala aquilo eu reparo que realmente minha bunda não é pequena, mas eu ignoro isso que continuo escutando

– sabe se eles já... você sabe,transaram? –

– não,ainda não sei,mas vou fazer o máximo pra fazer eles fazerem isso! –

– okay então,me diz quando conseguir, e... Você conseguiu o que eu pedi? –

– os yaois? Tsc,claro – mina da alguns livros,pareciam... mangás? – leia sem moderação! 

– pode deixar! – jirou sai de lá saltitando – te vejo amanhã!

Depois de ouvir aquilo eu e kirishima voltamos pra minha casa e eu decido puxar um papo um tanto estranho,mas eu taco o foda-se e pergunto do mesmo jeito

– kirishima –

– que? –

– você acha que a minha bunda é muito grande? – eu pergunto corado

– por que você tá perguntando isso? –

– POR NADA PORRA! SÓ RESPONDE! –

– tá! Sua bunda é grande! É muito grande e tudo oque eu quero é meter nela! – assim que ele percebe oque ele falou – não! Er, não é isso que você pensou!

– é, você quer ir pra sua casa? –

– por que tá perguntando? –

– NEM EU SEI! SÓ SAÍ VAI! EU QUERO DORMIR! – eu empurro ele pra fora

– ma- – eu fecho a porta na cara dele

– DESCULPA! – 

Assim que eu falo eu subo correndo pro meu quarto e sinto uma puta vergonha pelo fato de ter perguntado aquilo pra ele,eu não sei se devia ficar com raiva ou sei lá, não sabia mais oque poderia ficar 

Assim que subo eu me jogo na cama e grito com a cara no travesseiro e jogo tudo no chão e decido dormir pra esquecer tudo,mas sem sucesso

Seria mais uma noite longa nessa porra.



Notas Finais


Obrigado por ler ( ◜‿◝ )♡

Nem sei se estao gostando mas obrigado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...