1. Spirit Fanfics >
  2. Você é minha luz (kiribaku) >
  3. Transbordando de luxúria

História Você é minha luz (kiribaku) - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Transbordando de luxúria


Fanfic / Fanfiction Você é minha luz (kiribaku) - Capítulo 6 - Transbordando de luxúria

Já tínhamos chegado na minha casa e ele foi direto pra cama,com a frequência que ele ia lá parecia que ele moraria lá se pudesse,mas uma das coisas que estavam me deixando com raiva era o fato de eu ver todas as coisas naquela caixa e estar com vergonha de pegar,ele tinha pegado tudo aquilo e não iria usar? Que merda cara! Eu até tava resistindo na casa dos meus pais mas na verdade foi pela vergonha,eles literalmente me viram pelado com as pern- ugh! Chega eu tenho vergonha de pensar nisso,por mais boa que tenha sido a sensação

Na hora que ele estava dormindo eu só queria arrancar a roupa dele e a minha e sentar nele,eu tava me sentindo pervertido,agora eu fiquei pensando o que a mina fez com o preservativo cheio de quando estávamos na cafeteria dela, Mas eu parei de pensar nisso e comecei a ter milhões de pensamentos pervertidos com o kirishima,eu odiava aquele anjo pervertido!

Acho que já era meia noite mas eu não conseguia dormir com a imagem do kirishima completamente sem roupa, até que uma hora eu desisto de ficar só pensando naquilo e eu pego a caixa e vou até o banheiro


Assim que eu chego no banheiro eu encho a banheira e pego o vibrador que estava na caixa e bem, já sabem  oque eu fiz,eu coloco o vibrador dentro de mim e começo a acelerar a velocidade enquanto eu começo a masturbar o meu membro

– ahnn~ –

Assim que eu solto o primeiro gemido eu tampo a minha boca, já que o banheiro não era tão longe do quarto e ele poderia facilmente acordar ouvindo,eu começo a aumentar a velocidade e mexer o vibrador dentro de mim,eu começo não conseguir conter e acabo soltando alguns gemidos, alguns segundo depois eu escuto passos. E começo a entrar em certo "Pânico",eu já tava bem sozinho eu não queria que ele fizesse essas coisas pra mim

– bakugou? – ele abre a porta e vê a caixa em cima da pia e me vê– ah,ta precisando de ajuda?~

– hm?! – eu coro– sai! Mão preciso de ajuda nenhuma!

– precisa sim~ – ele tira a roupa e logo depois me tira da banheira – já tava se preparando? Não aguentou a ansiedade de brincar e resolveu brincar sozinho?~ Você podia ter me acordado sabia?

– quer porra você quer agora? –

– simples, você até já parece preparado então,acho que já posso pular pra uma parte boa não é?~ – ele da um sorriso malicioso

– uh?! – ele me puxa pro colo dele e me apoia em cima da pia – que porra é essa?!

– uh,a porra que vai ter dentro de você depois de terminarmos? –

– maldito pervertido –

– hehehe,eu sei que você gosta disso~ – ele me puxa pra um beijo quente e praticamente transbordando de luxúria – prefere aqui ou a cama?~ 

– pode ser em lugar nenhum,que tal? –

– okay,cama então – ele me pega no colo e me joga na cama – tá afim do que primeiro? Continuar com o vibrador?

– se for pra ficar mais longe de você,eu prefiro a porra do vibrador –

– nossa! Pra que falar isso? Eu tô aqui te ajudando e você me xingando! – ele coloca o vibrador mais fundo do que antes e aumentando a velocidade 

– hmm – eu começo a morder meu braço pra conter os gemidos 

– tsc, você tá mesmo segurando os gemidos?!.– ele tira meu braço da minha boca – eu quero te ouvir!

– vá se fuder! –

– mas eu já tô praticamente fudendo você –

– quer saber? Faz oque tu quiser eu não ligo – eu viro de costas pra ele e começo a mexer no celular

– qualquer coisa?~ –

Assim que ele fala ele tira o vibrador e coloca seu membro antes que eu conseguisse reagir,aquilo era mais grande do que eu esperava

– ah! Mais o que?! Eu não disse literalmente! –

– falo tá falado,quem esqueceu foi rasgado –

– que?! –

– nada – ele sorri – posso mexer?~

– Ugh,nem ligo mais! Contanto que não tire minha concentração –

– hehehe~ – ele começa a mexer devagar – quer que seja mais fácil?

– quanto mais fácil melhor –

– então empina a bunda! –

– ein?! –

– só empina cara –

– tsc – eu empinou a bunda mas tudo oque consigo sentir é vergonha pra cacete 

[ Agora que eu percebi eu sempre tento fugir da cena de lemon ;-; ]

– an~  c-chega! Eu já tô perdendo a concentração! –

– eu não ligo – ele começa a acelerar as estocadas e começa a martirbar o meu membro – wow~ o seu comparado ao meu o meu é muito maior! Você foi destinado a ser um passivo!

– da pra parar ahnn~ d-de falar isso?! – eu coro de vergonha mas também fico com raiva dele estar falando isso

– por que? – ele acelera mais ainda os movimentos e as força das estocadas  – ei! Vira pra mim, não fica de costas

– Ugh tá – 

– prontinho! – ele me puxa e faz com que eu sente no membro dele – quer quicar ou quer que eu mexa sua cintura?

[ Tô morrendo de rir enquanto eu escrevo essa porra ;-; ]

– eu consigo me mexer ainda,tá?! –

– aham, mas duvido que consiga no próximo dia – ele sussurra a última parte

– kuso ttare! – kuso ttare = filho da puta 

Eu tento começar a quicar mas caralho,eu era tão sensível assim!?! Eu já tava quase sem sensibilidade das minhas pernas! Assim que ele vê que eu não conseguia muito bem ele pegou a minha cintura e começou a me mover,eu ainda estava com um pouco de desconforto mas acho que o prazer era maior, já deviam ser 2 da manhã e eu já estava morrendo de sono,depois de um tempo eu simplesmente apago sem mais nem menos 

– é,acho que você é sensível mesmo ein – ele sussurra no meu ouvido e joga a coberta em cima de mim


Notas Finais


Me desculpe por erros,eu escrevi rápido ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...