1. Spirit Fanfics >
  2. Você é minha luz (kiribaku) >
  3. Droga, é impossível não amar você

História Você é minha luz (kiribaku) - Capítulo 9


Escrita por:


Capítulo 9 - Droga, é impossível não amar você


Fanfic / Fanfiction Você é minha luz (kiribaku) - Capítulo 9 - Droga, é impossível não amar você

 

Kirishima POV


– droga,eu tô me sentindo meio mal por ter gritado com ele –

– calma! Brigas são normais –

– obrigada deku,mas acho melhor começarmos a arrumar as coisas –

– tá! –

Nós passamos horas limpando tudo talvez duas? Assim que terminamos eu e o deku ficamos comendo por um tempão,acho que até não aguentar mais, enquanto os outros bebiam, nós comiamos,mas com tudo isso eu ainda me sentia muito mal com o bakugou,foi a primeira vez que eu gritei de verdade com ele,assim que eu tinha saído do quarto eu fiquei espiando pela porta e vi ele chorar até dormir

– Ugh,eu comi demais –

– eu também –

– eles ainda não acordaram? –

– não,eles vão ficar jogados no chão até acordarem –

– você é mau –

– ninguém mandou eles beberem! –

– você já ficou bêbado? –

– não,e você? –

– sim,muitas vezes, eu bebo quando tô com muitos problemas, ajuda a esquecer –

– nossa, então hoje você tá bem? –

– não,mas não quis beber pra conseguir salvar os outros do bakugou –

– ha,legal –

– tá sem Assunto e tá chato agora né?–

– que? Não! –

– você falou "legal", só falam falam isso quando perdem um assunto ou ficam entediados –

–ta, é meio que verdade – 

– se quiser fazer alguma coisa, só faz não gosto de pessoas entediadas –

– sério?! – os olhos dele brilham 

– você não tá pensando nisso né? –

– hehehe – ele tira uma canetinha do bolso

– haha! Deku não é tão legal assim! Me dá uma! –

– toma! –

Passamos o dia todo riscando a cara de todos que estavam lá,todos com piadas que nem eles entenderiam,mas nós estávamos rachando de rir, até que decidimos riscar o bakugou

– tem certeza? –

– não,tem coisa melhor –

– ah? –

– o aizawa tem uma piscina né? –

– não é meio longe? Será que ele não vai acordar? –

– que nada,ele tá dormindo feito pedra quer ver? Bakugou! Viu? Ele não acorda! –

–okay mas,e os outros? –

– deixa eles! Vamo levar o bakugou! Pega o colchão dele –

– hahan! Eu quero ver a cara do kacchan quando ele acordar! –

Nós pegamos o bakugou e pedimos um Uber até a casa do aizawa era 10 da manhã,ele devia estar trabalhando, nós pulamos a cerca e fomos até o quintal de trás aonde tinha uma piscina até que bem grande

– tá pronto? – eu pergunto colocando ele no colchão que já estava perto da água

– acho que sim! – eu e ele empurramos o colchão na água com o bakugou em cima dele – deu certo! Ele nem acordou ou afundou!

– bo- ! Ele tá afundando! –

– ele ainda nem acordou?! –

– kirishima! Salva ele! –

– que?! Tá! – eu pulo na água,a piscina era bem funda se eu com a minha altura não dava pé imagina um bêbado

– pega ele! – 

– tá! – ele já tava afundando até chegar no fundo da piscina,mas parecia que ele ainda nem tinha acordado,eu mergulhei pra pegar ele assim que tirei ele da água ele não tava respirando – o que a gente faz?! 

– Faz massagem cardíaca! –

– tá! – eu digo pressionando o peito dele algumas vezes – ainda não tá respirando! E agora?!

– eu não sei! Faz respiração boca a boca! –

– que?! –

– faz logo! Antes que o aizawa chegue!–

– tá, tá! – eu digo pegando o ar e "dando" pro bakugou [   sei lá, não sei descrever a cena ಥ‿ಥ   ] – e agora?! Pera! Ele tá respirando!

– ufa – ele diz ofegante – acho melhor voltarmos 

– tá –

Já estávamos um pouco longe mais ainda víamos a casa do aizawa, nós vimos o carro dele chegando e segundos depois ouvimos ele gritando

– por que caralhos tem um colchão na minha piscina?!  –

– corre! – nós fizemos correndo carregando o bakugou

nós chegamos na casa do bakugou ofegantes de tanto correr e o bakugou tava lá dormindo,eu e o deku estávamos conversando e o bakugou estava dormindo com a cabeça no meu colo,ele era tão bravo mas dormia feito um gatinho,era impossível não achar aquilo fofo

– então, você pode me explicar uma coisa, kirishima? –

– claro! O que é? –

– é aquele assunto da cafeteria –

–ah, sexo? –

– é, mais o menos isso, é que eu queria experimentar com o todoroki – ele diz corando de vergonha

– haha! Quem diria você pensando nessas coisas –

– mas eu nem sei o que é! –

– tá, eu vou explicar de uma jeito rápido e impossível de não entender,mas saiba que sexo não é oque eu falar, se for com o todoroki ele vai enfiar o pau no teu cu –

– an?! É isso?! –

– é, o que você pensou que era? –

– nada,eu não tinha noção do que era–

– haha,okauy então–

– ei! O cabelo do kacchan é macio? –

– por que ta me perguntando isso? –

– é que você tá mechendo no cabelo dele a um tempão –

– que?! – eu percebo oque eu tava fazendo – ah, é sim, quer mexer?

– eu?! Er,acho que sim – ele se estende e começa a mexer no cabelo dele – haha! nossa! Que macio!

– haha... – eu começo a ficar com uma certa ciúme do bakugou – tá,agora chega 

– tá com ciúmes?~ – bakugou acorda e olha pra mim – não sabia que eu era tão irresistível assim

– kacchan?! –

– ksksks, só parem com isso e me deixem dormir – ele esfrega a cabeça no meu colo e puxa a minha mão pro cabelo dele 

– an, o que tá acontecendo? – uraraka acorda e se mete no meio de tudo

– ninguém sabe direito – jirou,mina, todoroki,denki e lida saem de trás do sofá

– mina?! jirou?! Nós te chamamos?! – 

– não, mas nós sentimos o yaoi e corremos aqui ué –

– quietos! Eu quero dormir –

– bakugou! Para de encher o saco ! – todos gritam com o bakugou menos eu 

– kirishima, vamos lá pra cima –

– hmmm~ tô vendo oque vai acontecer– mina e jirou dizem fazendo sinal de "sexo" com as mãos

– fodam-se, eu só vou dormir – ele me puxa e me arrasta até o quarto dele

Assim que chegamos no quarto ele me joga na cama e deita no meu peito me fazendo corar mas eu nem presto atenção e só fico olhando pra ele dormir

– vai ficar me olhando até quando kirishima? –

– an, não sei, não é melhor você tirar essa roupa pra dormir? Dormir de jeans não deve ser confortável –

– é mais uma desculpa pra me ver nu?–

– não! –

– tsc, tá quente mesmo – ele tira a calça e a camiseta e vai até o armário e bota uma camiseta meio longo,mas não muito já que deixava a bunda grande dele aparecer um pouco – agora já pode parar de reclamar da minha roupa – ele deita no meu peito de novo e fecha os olhos

– você já dormiu? –

– não, não consigo dormir – ele me encara e olha o meu corpo de cima a baixo – tira a roupa?

– ham?! –

– só a camisa pelo menos~ –  ele diz tirando a minha camisa

– bakugou! –

– pronto – ele deita de novo no meu peito – assim eu consigo sentir seu calor... – ele fecha os olhos e acaba dormindo

– tsc,fofo –




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...