História Você é o meu coração - SasuSaku - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, TenTen Mitsashi
Tags Amor, Drama, Escolar, Naruto, Romance, Sasusaku, Shoujo
Visualizações 122
Palavras 1.546
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 15 - Capítulo XV


Fanfic / Fanfiction Você é o meu coração - SasuSaku - Capítulo 15 - Capítulo XV

Sasuke ficou encarando a rosada, ele desviou seu olhar para os lábios dela e mordeu os seus. O mesmo foi se aproximando dela lentamente...

- O que estão fazendo? - perguntou uma voz.

Os dois levaram um susto e olharam em direção a porta, era a enfermeira Shizune.

Sakura olhou para Sasuke e começou a tentar se explicar.

- É...É - gaguejava a menina.

Sasuke olhou para a rosada e em um movimento rápido o Uchiha colocou seu corpo sobre o da rosada.

- EII O QUE ESTÁ FAZENDO? - perguntou ela.

O Uchiha sorriu mostrando o remédio na sua mãe, a rosada arregalou os olhos.

- NÃAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAo - gritou a rosada.

Antes que a rosada pudesse fechar a boca, Sasuke enfiou o remédio dentro da boca dela.

- COF COF - começou a rosada a tossir.

- Como assim o que estamos fazendo?! Eu só estava dando o remédio pra ela - disfarçou.

- Você é doido? Eu quase morri! - disse a rosada massageando sua garganta.

Shizune riu e levantou o seu polegar positivamente para ele.

- Bom trabalho - disse ela sorridente.

Sakura arqueou as sobrancelhas.

- Então você se uniu a ela - disse a rosada o encarando.

- SIM - disse Shizune.

- NÃO - disse Sasuke.

- Vou deixar vocês conversarem - disse Shizune saindo dali.

- ESPERA - gritou o Uchiha.

Ele se virou e deu de cara com a rosada de bico.

- Por que fez isso? - perguntou ela.

- Isso o que? - perguntou.

- Vai se fazer de sínico? - perguntou ela.

Ele se sentou na poltrona e bufou.

- Isso é bom pra você! Por que não tomar? - perguntou.

- Tem gosto ruim - disse ela fazendo cara de nojo.

Ele riu.

- Você parece uma criança! - disse ele balançando o cabelo dela sorrindo.

- EI! - chamou.

Ele parou no mesmo instante.

- O que foi? - perguntou.

- Eu não quero ficar aqui - disse a rosada com um olhar meio triste.

- Vai ser só por algum tempo, logo logo você vai poder ir pra casa - disse ele a motivando.

- E se esse logo logo demorar? - perguntou a rosada.

- Leve o tempo que levar, eu vou estar aqui pra te apoiar todos os dias! - disse ele dando um pequeno sorriso.

A rosada sorriu.

- Está falando sério? - perguntou ela sem acreditar.

- Estou.

 

 

 

 

 

Os dias foram passando e como o Uchiha havia prometo, ele estava lá todos os dias com a rosada. Ele passava horas e horas conversando com ela no quarto, a acompanhava nos banhos de sol, ajudava a mesma a se alimentar, tomar os remédios e dava o que ela mais precisava: Motivação.

- Como isso é possível?! - disse Tsunade surpresa.

A rosada a olhou com medo.

- O que está errado Doutora? Os meus exames pioraram? - perguntou a rosada.

Tsunade sorriu.

- Você teve um avanço maior do que o esperado! - disse ela feliz.

A garota arregalou os olhos.

- Está falando sério? - perguntou ela.

Tsunade assentiu com a cabeça.

- Uma melhora como essa levaria em torno de dois meses e você Sakura, conseguiu ela apenas um - disse ela analisando os exames.

- Já posso sair daqui? - perguntou ela esperançosa.

Tsunade balançou a cabeça negativamente.

- Não, mas se continuar assim em breve você poderá! - disse ela apertando as bochechas da rosada.

 

 

 

 

 

 

A rosada olhava para um lado e para outro, Tsunade percebeu a atitude da menina.

- O que está fazendo Sakura? - perguntou ela.

- Ele não veio hoje - disse a rosada chateada.

- Sasuke deve ter tido algum imprevisto, ele deve chegar logo! - disse Tsunade tentando anima-la.

- Hoje é o dia do festival - disse a rosada chateada.

- É hoje? - perguntou Tsunade.

A garota assentiu com a cabeça.

- Ele deve ter ficado o dia todo ocupado pra ir - disse a rosada baixinho.

Tsunade abriu a porta do quarto e entrou com a rosada.

- O que quer comer? - perguntou.

- Vai deixar eu escolher o que eu quiser? - perguntou a rosada surpresa.

- O que você quiser - disse ela com um sorriso orgulhoso da Haruno.

- Eu quero um hambúrguer - disse a rosada com um sorrisão.

Tsunade cruzou os braços e ficou olhando para a rosada.

- Você disse que eu podia escolher! 

A loira foi até a cama da rosada e apertou seu nariz.

- Era um teste senhorita Sakura - disse ela.

A rosada bufou.

- Você é má doutora! - disse ela fazendo bico.

- Só estou tomando conta de você e garantindo sua segurança! 

A doutora olhou para seu relógio.

- Meu horário terminou, se caso precisar de alguma coisa pode apertar esse botão e a Shizune vai vir.

A rosada assentiu com a cabeça.

- Sakura - chamou.

- Hm? - perguntou.

- Por acaso você sente algo além de amizade pelo Sasuke? - perguntou.

A garota arregalou os olhos.

- É claro que não! É que eu me sinto muito sozinha aqui e... - foi interrompida.

- OLHA O SASUKE ALI - apontou ela pra janela.

- ONDE? ONDE? - gritou a rosada se levantando.

Tsunade caiu na gargalhada.

- Aiai Sakura - disse Tsunade tentando parar de rir.

- Melhor você ir pra casa logo doutora! Ta ficando tarde, sabia?! - disse a garota de bico.

- Nós vemos amanhã e tenha bons sonhos Sakura! Você vai como amanhã o Sasuke vai estar pra te fazer companhia como tem feito nós últimos dias!

A rosada deitou e ficou olhando para o teto.

- Ele estava falando desse festival há dias! Achou mesmo que ele iria ver você hoje Sakura?! - disse ela.

A garota se levantou e cruzou os braços.

- Ele pelo menos podia ter vindo hoje cedo, afinal o festival só começou agora a noite - disse ela irritada.

Sakura deitou de bruços e enfiou a cara no travesseiro.

Passaram-se alguns segundos e a Haruno começou a ouvir pequenos barulhinhos de batidas na janela. 

- Eu só queria poder dormir - disse a rosada colocando a cabeça debaixo do travesseiro.

Os barulhinhos foram aumentando, era como se pedrinhas estivessem sido lançadas no vidro.

- Por que logo minha janela Deus?! - disse ela olhando pro teto.

Sakura se levantou e ficou parada olhando para janela.

- Quem é o louco que está jogando pedras na minha janela?! - disse ela caminhando até a janela super irritada.

A rosada abriu a janela violentamente e quando olhou para fora, não viu ninguém.

- EU SEI QUE TEM ALGUÉM AÍ! QUAL A GRAÇA DE ATRAPALHAR O SONO DOS OUTROS? - perguntou ela irritada.

Ela olhou, olhou, mas não viu ninguém.

- Idiota - disse ela começando a fechar a janela.

- BU - gritou o garoto.

- AAAh - gritou a garota caindo sentada.

O Uchiha começou a rir.

- O que está fazendo aqui? Você não ia pro seu festival? - perguntou a rosada.

- Como você sabe disso? - perguntou ele.

A garota revirou os olhos.

- Você não parava de falar desse festival todos os dias - disse ela.

- É, eu acho que me empolguei um pouco - disse ele coçando o cabelo.

- Vou dormir, bom festival! - disse ela começando a fechar a janela.

- ESPERA! - disse ele evitando que ela a fechasse.

- O que foi? - perguntou ela.

- Quer ir comigo? - perguntou ele dando um sorriso de canto.

- Eles não permitiriam que eu saísse daqui - disse a rosada com uma cara triste.

- Isso podemos dar um jeito! - disse ele.

Ela o olhou confusa.

- Como assim? - perguntou.

- Você quer ir sim ou não? - perguntou ele.

A rosada assentiu com a cabeça.

- Quero! - disse ela.

- Se afasta da janela - disse ele.

Sakura se afastou e o mesmo abriu a janela completamente.

- Vem - disse ele estendendo os braços pra cima.

- Não quer que eu pule isso né? - perguntou ela.

Ele bufou.

- Você tem uma ideia melhor? - perguntou ele.

- É... Você venceu! - disse ela.

A Haruno se sentou na ponta da janela e pulou. Sasuke tentou segura-la, mas os dois acabaram caindo. Por sorte o lugar era cheio de árvores, flores e outros tipos de plantas então ninguém conseguiu vê-los.

- Acho que quebrei minha unha - disse ela olhando para os seus dedos.

- Acho que você me quebrou todo - disse ele com dificuldade.

- Me desculpa - disse ela saindo de cima dele.

- E-Eu to bem - disse ele com a mão no estômago.

Carros, ambulâncias e pessoas circulavam pela entrada do hospital.

- Como vamos sair daqui? Eles vão desconfiar só de olhar para mim - disse ela se dirigindo ao roupão do hospital.

Sasuke ficou pensativo.

- Tire a roupa - disse o Uchiha.

A garota virou um tomate.

- Sem chance - disse a rosada rindo sem levar a sério.

- Você quer sair daqui ou não? - perguntou ele.

- Quero, mas... - foi interrompida.

- Tira logo essa roupa Sakura! - disse ele ficando impaciente.

 

 

 

 

 


Notas Finais


TIRA ESSA ROUPA MULHEEEEEEEEEER! Será que essa fugida vai dar bom galera? A Sakurazinha não para quieta viu!
Não esqueça de dar as estrelinhas, favoritar e comentar o que está achando da fanfic! Atéeeeeeeeeeeee maissss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...