História Você é real? - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Itachi Uchiha, Izumi Uchiha
Tags Itachiuchiha, Itaizu, Izumiuchiha
Visualizações 5
Palavras 1.015
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 11 - Almoço desagradável


Itachi

    Itachi: Oi mãe. - Abracei ela.
Mikoto: Saudades meu amor. - Depois foi abraçar a Izumi.
Izumi: Oi dona Mikoto.
Mikoto: Temos convidados. Um casal de amigos meu e do seu pai voltaram depois de um tempo e trouxeram seu filho.
Itachi: Legal. - Peguei na mão da Izumi e entrei em casa.
Sasuke: Oi pessoal. - Fizemos um aperto de mão e ele beijou a Izumi.
Sakura: OOOOOI! - Sakura pulou nos abraçando ao mesmo tempo.
Izumi: Oi Saky! - Fomos até a sala. - Utakata? - Pareceu surpresa ao ver ele.
Utakata: Oi Izi! - Levantou e veio abraçar a Izumi. - Oi. - Falou pra mim.
Itachi: Oi. - Puxei a Izumi até o sofá.
Mikoto: Esses são Izuka e Mika. - Era um casal com uma mulher de cabelos castanhos e curtos na altura do ombro. Ela me lembrava a Izumi. Olhei pro homem era alto e magro com cabelos castanhos também. Era a versão masculina da Izumi pode se dizer fiquei meio surpreso. - Esse é meu filho mais velho o Itachi.
Itachi: Olá! - Sorri apertando a mão do Izuca e beijando a mão da senhora Mika.
Mika: Que cavalheiro.
Mikoto: E está é Izumi. - O casal arregalou os olhos e eu não entendi.
Izumi: Um nome estranho eu sei. - Ela sorriu dócil. - Mas é único, pelo menos.
Izuca: Quem te deu esse nome?
Izumi: Não sei.
Mika: Porque?
Izumi: Ah, eu não conheci meus "pais"
Utakata: Porque?
Izumi: Eles me deram pro orfanato. - Ela deu de ombros.
Mika: E você era recém nascida?
Izumi: Sim.
Izuca: E quem te deu esse nome?
Izumi: Bom. A pessoa que me deu esse nome foi a mesma que me deu pro orfanato. Olha a gentileza não? Ah eu vou dar essa menina e como recompensa eu vou dar um nome pra ela. - Izumi não falava disso.
Itachi: Nossa mãe eu tô com fome. - Todos me olharam.
Izumi: Estamos. - Ela beijou meu queixo. Eu sentia os olhares daquela família na Izumi e me senti intrigado.
Mikoto: O almoço está na mesa.
Fomos pra mesa e então Izumi sentou ao meu lado com o Sasuke na minha frente e a Sakura na frente dela.
Utakata: Ei Izumi você pensa em encontrar seus pais? - Izumi engasgou e eu bati nas suas costas.
Izumi: Não. Eu não tenho pais. - Comeu uma garfada de lasanha.
Utakata: Porque não?
Izumi: Porque eu me interessaria por eles?
Utakata: Porque são seus pais. - Izumi olhou pra ele.
Izumi: Meus pais? Nunca.
Utakata: Você já pensou nos motivos deles pra te abandonar?
Izumi: Não me interessa os motivos deles.
Utakata: Você está sendo egoísta.
Izumi: Fácil falar Utakata quando se têm pais.
Utakata: Não tem nada haver...
Itachi: Porque você tá incomodando a Izumi? - Eu estava irritado.
Utakata: Porque essa história tem dois lados.
Itachi: A Izumi não se interessa pelo lado dos idiotas que abandonaram ela.
Utakata: Como você sabe que são idiotas?
Itachi: Quem da a própria filha?
Utakata: Você não sabe de nada!
Itachi: Nem você! - Levantei e puxei a Izumi comigo.
Izumi: Itachi vamos embora. - Ela se aproximou de mim.
Itachi: Vamos sim. - Fui rumo a porta. - Mãe me faz o favor de nunca me chamar quanto esse cara estiver aqui.
Mikoto: Filho...
Itachi: Tchau.
Abri a porta do carro pra Izumi como sempre ela estava normal. Tranquila porém sem expressão.
Dirigi em silêncio, eu não queria fazer perguntas idiotas do tipo, "Você está bem?". Ela estava silenciosa o que é da Izumi mas não tanto.
Chegamos em casa e ela permaneceu em silêncio. Ela simplesmente chegou em casa e se jogou no sofá. Me aproximei e percebi que ela queria ficar sozinha um tempo.
Não me aproximei e fui fazer algo pra Izumi comer. De preferência doce, ela estava deitada no sofá de olhos fechados. Decidi fazer torta de bolacha de chocolate branco. Coloquei pra gelar e fui tomar um banho, eu estava ansioso. Quando eu saí do banho a torta já estava gelada o suficiente. Servi água no copo favorito da Izumi um que parecia um sorvete gigante. Ela gostava de comer doce tomando água. Mais uma coisa que eu adorava nela.
Itachi: Amor? - Ela abriu os olhos e quando me viu sorriu. - Fiz algo pra você.
Izumi: Pra mim? - Ela sentou no sofá e sorriu. - É de comer?
Itachi: Sim meu amor. - Sentei no sofá a puxando pro meu colo. Comecei a dar a torta na boca dela.
Izumi: Itachi isso está uma delícia. - Ela sorriu pra mim. E eu beijei seu rosto. Continuei dando torta pra ela até acabar.
Itachi: Você quer mais?
Izumi: Não meu bem. Obrigada. - Me deu um selinho.
Itachi: Meu bebê está satisfeito? - Izumi sorriu e beijou meu queixo.
Izumi: O seu bebê está ótimo. Eu te amo. - Me beijou lentamente e então eu senti o gosto doce da boca dela.
Itachi: Eu te amo Izumi.
Izumi: Amor?
Itachi: Sim minha linda?
Izumi: Nada. Eu só queria te chamar de amor. Você gosta?
Itachi: Gosto de tudo que vem de você. - Beijei a testa dela.
Izumi: O que você acha de irmos a praia semana que vem?
Itachi: Você quer ir pra praia linda?
Izumi: Sim!
Itachi: Então iremos a praia. Milagre você querer sair de casa.
Izumi: É estranho eu querer ir pra praia com o meu noivo?
Itachi: Não, é perfeito! E eu vou adorar isso.
Passamos metade do dia deitados no sofá, assistindo TV. Izumi estava normal falante e carinhosa como sempre.
Izumi: Quer jantar? - Ela estava acariciando meus cabelos.
Itachi: Não meu amor.
Izumi: Ok.
Ela deitou a cabeça no meu peito e voltou sua atenção pra TV.
Derrepente eu percebi que ela parou os movimentos com os dedos no meu cabelo. Então eu percebi que ela havia adormecido.
Levantei lentamente e a levei até o quarto dela. A deitei de forma confortável e a cobri. Ela se aconchegou na cama e virou para o outro lado.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...