História Você é tudo para mim - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza
Tags Romance
Visualizações 16
Palavras 530
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Toque perfeito


Bom, hoje  é o dia que eu vou sair com a Ana, depois de muito tempo, confesso que estou até tímida de sair com ela sozinha, mas aquela doida nunca muda, sempre se preocupando comigo.

-e aí mana! Olha eu aqui, eu disse que eu ia te buscar, pode entrar na carruagem princesa

-ai Ana, eu te amo! Partiu shopping 

Entro no carro e coloco o cinto de segurança, ela me olha com uma expressão de nojo, Ana e suas manias de querer viver uma adrenalina

-Ana vai devagar, por favor, minha mãe quer que eu fique viva

-não se preocupa! Só aumenta o som

A alta velocidade, nós chegamos no shopping, um lugar lotado de pessoas fingindo estar sozinhas, como a maioria das pessoas, vamos ao cinema, cheias de comida que com certeza é o principal

-caramba, esse filme vai ser muito bom -grita Ana 

-você está empolgada né? -fico passando a mão na cabeça dela

-sim! Muito

-me espera aqui na fila, preciso ir ao banheiro

-pode ir

Vou caminhando para o banheiro com muita vergonha, tenho medo quando vejo as pessoas olhando para mim... Será que eu estou bagunçada? Feia? Com algo no rosto?

Esses pensamentos me faz andar mais rápido e mais rápido, até que eu acabo batendo em alguém.

-me perdoa... Eu não... 

-Ellen? Você se esbarrando de novo?

-você está me perseguindo? 

-não! Eu não posso vim para o shopping agora?

-me desculpa, com licença eu preciso ir -ele me puxa e segura a minha mão

-Ellen?

-oi... -respondo aos suspiros

-a sua amiga está te chamando -ele aponta para Ana, que está me olhando com muita raiva

Vou andando até ela, com medo de levar uma reclamação

-Ellen! Menina, você disse que ia no banheiro!!! A gente vai perder o filme

-me perdoa, eu acabei esquecendo

-quem é aquele?

-um estranho, que eu esbarrei

-ele não parece um estranho, você parecia estar babando por ele -ela diz isso sussurrando

-para com isso sua nova, eu nem o conheço e se ele for um maníaco?

-vamos logo ver esse filme!

Enquanto eu estou caminhando, dou uma olhada para trás e lá está ele, me encarando, com seus olhos castanhos e atraentes, ele dá novamente o seu sorriso de lado e se vira, meu coração pulsa mais forte, quando ele dá esses sorrisos... Eu preciso esquecer esse homem estranho

Chegando na sala do cinema, eu nem consigo ver o filme direito, e como se os meus pensamentos me impedissem de me divertir.

-ei, você está bem?

-eu estou sim Ana!

-eu te amo 

-eu também! 

Ela me dá um abraço bem apertado e isso alivia um pouco as minhas preocupações

Ana me leva até em casa, e se despede de uma maneira bem calma... Gritando para toda vizinhanças escutar, que ela é minha melhor amiga e que me ama demais, aí! Melhor pessoa é ela

-como foi? -minha mãe pergunta

-foi legal, vou me arrumar para dormir, estou cansada

-boa noite, beijos

Eu me deito na cama, e me vêm aquele homem estranho na cabeça, e uma louca vontade de ter ele por perto.

-Ellen você precisa se acalmar -eu falo alto para mim mesma

-meu Deus, eu estou louca

Fecho os meus olhos e tento dormir, e me lembro da forma que ele pegou na minha mão e acabo sorrindo, não sei ao certo quem ele é...Mas ele está me deixando maluca


Notas Finais


Obrigada por ler❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...