1. Spirit Fanfics >
  2. Você está no meu coração - ( Lee Jeno, Oh Sehun e Rowoon) >
  3. Um caso com o Idol?

História Você está no meu coração - ( Lee Jeno, Oh Sehun e Rowoon) - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Heyy ❤️
Tudo bem?
Parte 4, espero que gostem.
🌼Boa leitura e me perdoem qualquer erro.🌼

Capítulo 4 - Um caso com o Idol?


Fanfic / Fanfiction Você está no meu coração - ( Lee Jeno, Oh Sehun e Rowoon) - Capítulo 4 - Um caso com o Idol?

PARTE 4


- Jeno eu vou precisar que vc tire a sua camisa. Olho séria pro mesmo e o mesmo tbm.

-  Tudo bem. Ele tira a camisa sem contestar, ele é muito engraçadinho.

-  Ok, eu vou passar esse remédio, pode ser que arda um pouquinho, só aguente. Coloco o remédio em um pedaço de algodão.

- Nem vai… AIIII. Ele fecha os olhos e faz um expressão de dor.

- Jeno calma, eu nem passei direito. Dou uma risada e ele me olha com um olhar de gatinho pidão e começo a passar com calma.

- Isso ardeee... Que horror. Ele olha pra mim

- Está quase… Pronto, vou fazer um curativo. Termino de fazer e olho pra ele e ele estava me encarando com um sorriso fechado.

- Eu tô com sede. Ele fala

- Já tá querendo mandar. Brinco

- Eu acho que salvei sua vida… Jeno provoca

- Você é uma figura Lee jeno. Café ou suco? vou caminhando até a cozinha e mesmo vem atrás e abro a dispensa.

- Suco de morango. Ele fala

-Eu já sentia que vc ia me falar isso. Digo e pego a garrafa de suco e coloco em copo com gelo e entrego pra ele.

-Valeu. Ele toma um gole. Tão doce quanto vc minha tigresa. Ele ri

- Sua? Poupe me, já volto. Falo

- Não demora vou sentir saudade. Ele fala

Saí da cozinha e fui para meu quarto e peguei um roupão preto e voltei pra cozinha e joguei no Jeno

- O que é isso? quer que eu fique pelado por acaso? Jeno fala me encarando 

- Tu acha que vai andar sem camisa pra lá e pra cá? Coloca só por cima. Digo

- Achei que tu tava gostando? Ele dá uma piscadinha

-Coloca. Digo

- Tá. Ele se levanta e pega o roupão. Tem certeza? Ele brinca e eu o olho com uma cara de " vai logo" - Outras mulheres dariam de tudo por essa visão. Ele coloca o roupão.

- Que bom que não sou essas " mulheres". Dou uma risada e meu celular começa a tocar.

- Pode atender. Jeno fala

- Eu já ia atender mesmo. Falo e Jeno ri

- Alô?  Pergunto

- Oi SN, lembra de mim? 

- Rowoon, claro, tudo bem?   Falo com um sorriso e Jeno olha desconfiado.

- Estou bem, e vc? Ele pergunta

- Aconteceu uns incidentes, mas agora estamos bem. Falo

- "Estamos" ? Ele pergunta

- Ah tinha um amigo comigo, mas não se preocupe. Digo

- Tudo certo pra amanhã? O trabalho. Ele diz

- Sim, te vejo amanhã... Espera como conseguiu meu número? Pergunto

Sehun. Ele ri

- Entendo, preciso desligar, até amanhã. Falo

- Se cuida Sn, até amanhã, Boa noite. Ele diz.

- Boa noite pra ti tbm Rowoon, Se cuida e até amanhã.

Encerrei a chamada e sorri.

- Namorado? Jeno pergunta

- Não. Dou de ombros. Tá com fome?

- Um pouco... São amigos próximos? Ele pergunta

- Está interessado em mim? Brinco e me escoro no balcão.

- Talvez sim, e se eu estiver? Ele me olha, não esperava essa resposta.

- Não brinque. Dou uma risada sem graça . O q vc quer pra janta?

- Não se preocupe, qualquer coisa está bom.

-Ok. Me viro e começo a pegar os ingredientes.

- E sua família? Jeno me pergunta

- Boa parte mora no exterior, minha mãe mora em uma cidade próxima. Falo ainda de costas

- Seu pai... Jeno ia continuar mas eu o interrompo.

- Faleceu, junto com meu irmão em um acidente alguns anos atrás. Minha mão começa a tremer e deixo cair a faca a qual cortava legumes me abaixo pra pegar e lágrimas escorrem do meu rosto, por causa das minhas memórias tristes.

- Sn, está bem? Desculpa eu não queria... Jeno vai até mim e me levanta

-Não é sua culpa. Falo um pouco soluçando

Jeno me abraça e passa as mãos sobre meu cabelo.

- Eu tô aqui não se preocupa, não é a mesma coisa, mas tô aqui. Ele levanta a  minha cabeça e enxuga minhas lágrimas.

- Que clichê. Falo com um sorriso fraco e ele ri.

- Senta. Ele puxa uma cadeira.

- Preciso fazer a janta. Me levanto mas Jeno me coloca de volta.

- Deixa que eu faço, vai ser a melhor janta que vc vai comer. Ele fala e eu dou uma risada

(...)

- Vai prova. Jeno fala me olhando ansioso após colocar uma sopa de legumes  na mesa, pego uma colher e provo.

- Humm... Faço uma careta

- Tá tão ruim assim? Ele fala

- Bem... Tá ótimo, não sabia que vc ia fazer algo tão bom. Falo comendo - Faz mais.

- Sou pra casar né? Ele ri

- Não é pra tanto. Digo

Jantamos e quando vejo já está tarde.

- Vc fica no sofá Jeno. Digo jogando algumas cobertas no sofá.

- Tá, mas vc está bem? Ele pergunta

- Sim,  e mesmo  se não tivesse tu não ia dormir na mesma cama que eu. Falo entrando no quarto, me arrumo pra dormir e deito.

- BOA NOITE SN! Jeno grita lá da sala me fazendo rir.

- BOA NOITE JENO! Grito pra ele de volta.

Em poucos minutos pego no sono...

Estou no meio da chamas...

- SN! Alguém grita meu nome.

- Aqui!! Grito

Vem aqui, alguém me pega no colo e corre tento ver quem é, mais está embaçado...

- Socorro. Meu irmão grita

- Meu irmão, volta.

- Não dá Sn, primeiro vc tem q  sair - a voz fala

- Não, volta, voltaaa. Começo a chorar.

Acordo no susto, estou suando frio, Jeno está do meu lado preocupado

- O que houve? Pesadelo? Ele pergunta me olhando preocupado.

- Sim, com o acidente, eu... Jeno me abraça

-Shiii, vc tá nervosa. Espera vou buscar água. Ele sai correndo e volta com um copo de água e me entrega, eu tomo e coloco na cômoda.

- Tava me espionando? Pergunto

- Não, é que eu ouvi vc... * Arg * Ele limpa a garganta.

- Ah por causa do pesadelo... Mas quem mandou vc vir aqui? Olho com uma cara estranha e ele ri

- Me preocupei, não sou um pervertido. Ele ri

- Que seja, volta pra lá agora. Digo

- Credo a tigresa saiu da jaula. Ele ri. Mas um abraço? Ele pergunta

- Não, saí... Cruzo meus braços

- Não tem como eu domar essa tigra dentro de vc? Ele perguntou e deu um sorriso malicioso.

- Tu é carente ou o que? Vai que eu quero dormir. 

- Tá bom, foi mal. Jeno levanta as mãos como se estivesse se rendendo ele sai e eu apago a luz. 

Escuto um barulho lá na rua não sei, fiquei com medo por causa de tudo que aconteceu e liguei a luz, olho pra baixo e estou de baby Doll, será que o Jeno viu? Mds, que horror, escuto outro barulho, puxo meu cobertor.

- Jeno? Está acordado? Grito, ninguém responde e eu desisto. Me deito olhando pro teto, e escuto outro barulho mais forte lá fora, meu coração acelera fecho os olhos bem forte.

- Sn? Me chamou? Dou um pulo por causa do susto e vejo Jeno, me lembro e puxo o cobertor pra esconder meu corpo.

- Eu não sou um tarado. Ele ri

- Mesmo assim ainda é um homem. Digo

- É vc está certa. Ele ri

- O que era? Ele pergunta

- Ouvi uns barulhos lá fora. Aponto pra janela.

- Vou olhar. Ele abre a janela e olha, depois fecha - Não é nada.

- Vc pode... Dormir aqui? Olho pro outro lado.

- Posso. Ele se deita do meu lado

- Vc nem contesta né? Me deito

- Pra que? Eu queria isso. Ele ri

Me viro pra ele

- Obrigada por tudo Jeno. Ele se vira e ficamos nos olhando

- O importante é que a minha tigrinha favorita esteja bem. Ele dá um sorriso fechado

- Papo de mulherengo. Dou uma risada

- Vamos dormir. Ele apaga a luz e em poucos segundos estou dormindo.

Acordo e meu celular está tocando. É o Rowoon 

- Oii, o que foi?

- Olha as notícias. Ele fala

- Que?

- Olha rápido. Ele desliga

No meu celular a umas mil mensagens de Juny.

Olhos as notícias atuais.

" Jeno tem um caso com sua design" 

- O que é isso? Jenooo acorda. Ele quase caí da cama

- O quê? Ele pergunta assustado

- Isso. Mostro pra ele

- Como? Onde eles conseguiram essas fotos? De mim na janela ?

- Os barulhos de ontem, era reposters. falo

Continua...














Notas Finais


Espero que tenham gostado, até a próxima.
Milhões de beijos ✨🌼


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...