História Destinos Cruzados (Imagine Min Yoongi) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Hentai, Imagine Bts, Imagine Min Yoongi, Imagine Suga, Imagine Yoongi, Min Yoongi, Suga, Suga (yoongi), Suga Hentai, Yoongi, Yoongi Hentai
Visualizações 430
Palavras 635
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Famí­lia, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - 2


Século XXI

Acordo com o carro balançando. Acabei de bater minha cabeça no vidro da janela.

O som da chuva e as malas rolando no porta-malas, era a única coisa que se ouvia.

Peguei meu celular e meus fones, ligando a música no volume máximo.

Olhei para a janela, o vidro cheio de gotas d'água, a estrada do lado de fora, mais escura que o normal, por conta da água que caía.

Não tinha ninguém nas ruas, tudo tão deserto, tudo tão vazio.

Sinto alguém cutucar minha perna. Olho para o lado e vejo Jimin, meu irmão mais novo.

Levo as mãos até o fio do fone, o puxando para baixo.

- O que você quer? - pergunto.

- Você acha que nossa nova casa vai ser melhor que a outra?- pergunta ele olhando para fora da janela.

- Talvez...

[...]

O caminho todo seguiu em silêncio, nem Jimin, nem meus pais, disseram algo.

Paramos no posto de gasolina para reabastecer, e eu aproveitei para ir comprar algo para mim comer.

Fui em direção aos salgadinhos, e estava procurando um que me fosse mais agradável.

Sinto como se estivesse sendo observado.

Olho para o lado, e vejo uma garota me olhando, não aparentava ter mais de dezessete anos. Era muito bonita aos meus olhos. Tinha cabelos negros, pele pálida, olhos bem redondos, uma boca pequena e carnuda, estava vestida com uma calça preta, uma camisa cinza escura de mangas compridas e um all star vermelho.Seus pulsos cheios de pulseiras de macrame.

A garota continuava a me  encarar, sem ligar para o fato de que eu  estava olhando para ela.

A garota tombou a cabeça para o lado, ainda me encarando.

- Naryn- ela disse em voz baixa, quase em um sussurro.

- O...o que?

- YOONGI - ouvi Jimin gritar meu nome do carro.

Olhei para ele e logo em seguida olhei para ela novamente, mas ela tinha desaparecido.

Olhei em volta procurando a garota, mas nada.

Jimin continuava a gritar meu nome e isso já estava me irritando.

- Já vou porra.

Fui para o caixa pagar o salgadinho.

Sai da loja de conveniências fui para o carro.

Jimin falava empolgado sobre um garoto que ele havia conhecido, mas não prestei atenção, eu estava pensando sobre a garota que desapareceu do nada.

[...]

Chegamos na casa.

Basicamente, era uma casa grande, velha, e no meio do nada.

Sai do carro ainda com meus fones de ouvido, e fui até a parte traseira do carro.

A porta emperrada do porta-malas fez um barulho alto ao ser aberta. Peguei minhas malas, e sai arrastando as mesmas pela grama.

Atravesso o jardim e chego na porta, a qual abro e entro na casa.

Não pode ser. NÃO É POSSÍVEL.

Aquela garota estava sentada no sofá com um livro nas mãos.

Eu com certeza estava com a melhor cara de idiota olhando para ela.

Como isso era possível?

- Ola, vocês devem ser a família que comprou a casa. Sou Kim Hyon, meu pai era caseiro desta casa, assim como o pai dele, o  avô e muitos que vieram antes, e agora, sou eu. (S/n), ajude o garoto a levar as malas até o quarto dele.- Disse uma mulher que apareceu no começo da escadas. Ela aparentava ter um pouco mais de quarenta anos de idade, tinha cabelos pretos e alguns fios brancos, tão poucos que era quase impersseptivel, um rosto fino e usava um avental branco por cima do vestido azul.

A garota que acabei de descobrir se chamar (S/n), se levantou e veio até mim, pegando de minhas mãos duas malas e foi em direção as escadas.

- Venha comigo se não quiser ter um de seus lobulos arrancados pelos morcegos.- disse ela sem olhar em meu rosto, começando a subir as escadas. Não ousei desobedecer.


Notas Finais


Se estiverem gostando... Por favor comentem gente, p mim saber oq vcs estão achando.
Bjsss e até a próxima S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...