História Você foi o melhor pra mim - Capítulo 68


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Romance
Visualizações 107
Palavras 1.130
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Luta, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura e desculpem os erros...

AMO VOCÊS ❤ ❤

Capítulo 68 - 2 temporada - Capítulo 67


Fanfic / Fanfiction Você foi o melhor pra mim - Capítulo 68 - 2 temporada - Capítulo 67

JU POV.

Depois que voltamos para a festa eu consegui aproveitar. Bebi um pouco e acabei subindo mais cedo, sou muito fraca pra beber e já estava tonta.

Acordei com um pouco de dor de cabeça, mas nada que um bom banho gelado não resolva. Levantei, fiz minha higiene matinal, tomei um banho e vesti uma roupa simples, não pretendo sair de casa, hoje é domingo e eu quero descansar já que amanhã eu tenho que ir para o estúdio cedo.

Desci pra fazer alguma coisa pra eu comer, parece que as meninas e os meninos não dormiram aqui, então vou ter que comer sozinha mesmo. Quando chego na cozinha vejo a mesa com o café da manhã já todo pronto.

Chris: -Bom dia, espero que não me bata por mexer na sua cozinha -virei e ele estava escostado  no batente da porta

Ju: -Como você conseguiu entrar? -Ele estava com outra roupa, estão deduzi que ele não dormiu aqui

Chris: -A Carlinha me deu as chaves -disse mostrando as chaves - Vi que você bebeu ontem e deduzi que fosse acordar de ressaca, então pedi a chave pra vir fazer o café da manhã pra você

Ju: -Pode deixar que eu não vou te matar -sorriu - Você aprendeu a cozinhar?

Chris: -Digamos que só um pouco, não sou um mestre na continha, mas acho que dá pro gasto -disse coçando a nuca me fazer sorri

Ju: -Obrigada, vem vamos comer -Ele assentiu

Estava tudo uma delicia, comemos entre conversas e brincadeiras, quando acabamos arrumamos a cozinha, lavamos a louça e fomos para a sala.

....

CHRIS POV.

Ontem depois que a Ju subiu a Carlinha me ajudou me dando a chave da casa quando eu disse que queria fazer um café da manhã pra ela. Foi fácil, acordei um pouco mais cedo e fiz tudo antes que ela acordasse. Ainda bem que ela gostou de tudo. Passamos a manhã inteira conversado sobre coisas aleatórias, até que desistimos ver um filme.

Estamos na sala de filmes deitados um do lado do outro em um sofá que mais parecia uma cama. O filme já está acabando, então decidi desligar a televisão.

Ju: -Hey, por que fez isso? -Perguntou virando e me encarando

Chris: -Não gostei desse filme - coloquei o controle do lado e deitei de frente pra ela com cabeça apoiada sobre a mão. Ficamos nos encarando por um tempo

Chris: -Oi Pequena -Falei sorrindo e os olhos dela brilharam

Ju: -Oi Marrento -disse com aquela voz suave que eu tanto amo. Peguei em sua mão que estava apoiada no sofá e entrelacei nossos dedos. Ela ficou encarando nossas mãos e não disse nada

Chris: -Você acha que eu estou forçando a barra? -perguntei receoso depois do silêncio dela

Ju: -Não. É que... isso tudo já está mexendo demais comigo Chris.

Chris: -Pequena, a minha intenção é mexer com você. Já te falei que não vou desistir de você, eu quero te conquistar, quero te apresentar o movo Chris... Por que você está se esforçando tanto para fugir de mim, se está escrito nos seus olhos que quer tanto quanto eu?! - Falei acariciando sua mão com o polegar - Você está saindo com alguém é isso?

Ju: -Não, eu não tenho ninguém -disse e eu respirei aliviado - Acontece que conheço o meu coração... E ele é muito fraco por você -ela não me olhava nos olhos, apenas encarava nossas mãos juntas.

Chris: -Você ainda não confia em mim, né? Acha que eu vou te fazer sofrer de novo

Ju: -Não é nada disso...

Chris: -Então me dar uma chance - Falei a interrompendo -Eu não queria ser insistente, mas você não tem noção do quanto está sendo difícil ter você aqui comigo, depois de tanto tempo e não poder ficar com você como eu queria  - disse agora olhando para as nossas mãos


Eu não queria mesmo ser chato e insistente. Meu plano era reconquistá-la aos poucos, sem acelerar as coisas, mas eu não tinha noção que seria tão difícil ficar perto dela


Ju: -Olha pra mim – ela pediu e eu obedeci - Eu confio em você e como já te falei, não tenho nenhuma mágoa sobre o passado nem nada disso, mas eu tenho noção de que vivemos em mundos diferentes agora. A minha vida é normal e a sua é extraordinária. Isso não é tão simples de conciliar

Chris: -Você vê isso como um empecilho e eu acho que isso nos completa - Falei apertando sua mão

Ju: -Você é muito insistente sabia? -disse com um sorriso divertido nos lábios

Chris: -Não vou desistir nunca

Ju: -Vamos ir com calma, vamos deixar acontecer -disse e eu sorri

Chris: -Vamos como você quiser linda - disse e ela corou -Posso te abraçar?

Ju: -Para de ficar pedindo -disse e me abraçou escondendo o rosto na curva do meu pescoço. Ficamos uns cinco minutos abraçados aproveitando.


Chris: -Pequena eu vou ter que ir agora, mas antes eu quero uma coisa e você não pode negar - Falei e ela levantou o rosto

Ju: -O que?

Chris: -Seu número novo - Falei e ela sorriu

Ju: -Me dá seu celular - Falou e eu o peguei e dei na mão dela em seguida. Ela adicionou o número e me devolveu.

Levantamos do sofá - cama, coloquei meu tênis  e ela me levou até a porta.

Ju: -Tchau, toma cuidado por aí e quando chegar avisa 

Chris: -Pode deixar pequena, tchau amanhã eu vou ir te perturbar um pouco no estúdio

Ju: -Vou ficar esperando - sorri e juntei nossos lábios em um selinho nem tão rápido, nem tão lento. Ela sorriu e sai pra pegar meu carro que estava em frente a garagem dela.

...

Cheguei em casa e fui para o meu quarto, não tinha ninguém em casa. Peguei meu celular e mandei uma mensagem pra Ju avisando que tinha chegado e aproveitei pra dar uma olhada nas minhas redes sociais, abri meu Twitter e a primeira coisa que eu vi foi...

"Chris Jansens aproveitou que está de folga e foi para uma balada em Londres e pelo que parece se divertiu muito, segundo alguns fãs disseram"

Eles falam merda e ainda colocam a culpa nos meus fãs. Bufei e fui no meu Instagram e postei uma foto que tirei ontem com o pessoal na festa com a legenda "Nada melhor que a festa da cunhadinha pra matar a saudade da família e amigos, estava com saudades de Miami", aproveitei pra seguir a Ju. Marquei ela o Bruno, Lipe, a Bina e Carlinha, quero só ver o que eles vão falar agora.

Depois dessa deixei o celular em cima da cama e fui tomar um banho pra relaxar, meu dia está bom demais pra eu me estressar com isso.






Notas Finais


Comentem, comentem

BEIJOSSSS ❤ 😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...