História Você foi o melhor pra mim - Capítulo 83


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Drama, Romance
Visualizações 39
Palavras 1.163
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Luta, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa noite meus amores!!!

Desculpem os erros...

Capítulo 83 - 2 temporada - Capítulo 81


FELIPE POV.

Sai da casa da Bina sem chão, doeu ver ela chorando, triste e o pior de tudo é saber que ela está assim por minha causa.

Como eu pude ter sido tão estúpido assim?

Meu me arrependo profundamente, se eu pudesse voltar no tempo teria ouvido o que ela me pediu e teria me afastado da Jade. Mas agora não tem como voltar atrás eu errei e vou tentar consertar meu erro, vou lutar até o fim pra ter a mulher da minha vida de volta.

CHRIS POV.

Depois que sai do estúdio do meu pai resolvi passar na casa dos meus pais pra pegar o Gui para que nós dois fôssemos pegar a Ju no trabalho.

Estacionei o carro e entrei em casa, mas a sala estava vazia. Fui até a cozinha e encontrei minha mãe e o Gui na maior animação.

Gui: -Paii- veio correndo em minha direção e eu me abaixe pegando ele no colo

Chris: -Oi meu campeão- disse abraçando ele -Ele deu muito trabalho mãe?- me aproximei dela e dei um beijo em sua bochecha

Flávia: -Esse meu neto é um menino de ouro, não dá trabalho nenhum. Estávamos fazendo um bolo junto, quer ajudar a gente?

Chris: -Vamos lá, vou tentar ajudar vocês

Gui: -Eba, vamos fazer bolo de chocolate e eu quero levar um pedaço pra Ju

Flávia: -Essa menina conseguiu conquistar vocês dois de jeito mesmo

Chris: -Não tem como não se apaixonar pela Ju, mãe- coloquei o Gui sentado em cima do balcão -Por onde a gente começa?

Gui: -Vovó eu vou fazer a calda- disse animado e do nada escutamos um estrondo da porta sendo fechada

Flávia: -O que foi isso?- perguntou e abraçou o Gui que se assustou com o barulho

Não falei nada e fui ver o que tinha acontecido. Quando eu cheguei na sala vi o Lipe sentado no sofá com as mãos no rosto.

Chris: -O que aconteceu?- perguntei e ele me olhou

Felipe: -Acabou tudo- disse chorando e Eu sentei do seu lado -Eu cometi o maior erro da minha vida e ela terminou tudo

Chris: -Você traiu a Bina?- perguntei só pra confirmar e ele assentiu -Você é um babaca por fazer isso com ela. A Bina não merecia isso...

Felipe: -Eu sei tá legal? Não precisa ficar falando o que eu já sei...- disse me cortando -Vai falar com ela, antes de eu sair de lá ela passou mal e estou preocupado com ela- assenti e respirei fundo

Não iria adiantar eu falar nada agora, ele já está sofrendo com isso é da pra ver que está arrependido.

Chris: -Sobe e toma um banho, mas tarde eu quero te ver no jantar da Carlinha e do Bruno, nem pense em faltar

Ele não disse nada só assentiu e subiu...

Flávia: -O que aconteceu com o seu irmão?- perguntou entrando na sala

Chris: -Aprontou e agora está sofrendo as consequências.

Flávia: -Vou ir falar com ele- assenti e ela subiu

Fui até a cozinha e o Gui estava lambendo a vasilha que estava suja de chocolate.

Gui: -Quer papai?- disse quando me viu e eu neguei com a cabeça rindo

Chris: -Não Filho, vem vamos lavar essa boca que a gente vai sair- peguei ele no colo e fui ajudar ele a lavar as mãos e a boca.

Subi até meu quarto onde estava as coisas dele e coloquei algumas roupas dele em uma mochila e fomos para a casa da Bina.

Cheguei em frente ao prédio e o porteiro me liberou minha entrada.

Estava rezando pra não encontrar com a Sônia nem o Alex em casa, se eles me vissem aqui seria capaz deles me matarem, pelo o que eu fiz no passado.

Apertei a campainha e pra minha sorte quem abriu a porta foi a Carlinha.

Carla: -Oi meu amor- ela abaixou e o Gui abraçou ela -Aconteceu alguma coisa?- deu passagem pra eu entrar

Chris: -Eu vim falar com a Bina... Seus pais então em casa?

Carla: -Para de besteira, entra logo- me puxou pelo braço e fechou a porta -Você sabe onde é o quarto dela, eu vou ficar com esse lindo

Gui: -Vamos jogar tia- Ela assentiu

Deixei eles na sala e subi

Tenho certeza que a Carlinha não sabe ainda o que aconteceu, se ela soubesse estava com a Bina.

Bati na porta, mas ela não respondeu, então abri e entrei. Ela estava deitada encolhida com as costas virada para a porta. Me aproximei e sentei na cama ao seu lado

Sabrina: -Sai daqui Branquelo, eu quero ficar sozinha

Chris: -Eu não vou te deixar sozinha nessa, da última vez que eu fiz isso eu quase te perdi

Ela sentou encostando as costas na cabeceira da cama e me encarou. Ela estava com os olhos vermelhos e o rosto inchado de tanto chorar.

Sabrina: -Eu não sou mais aquela menina que fazias as coisas sem pensar

Chris: -Pra mim você continua a mesma, continua sendo minha maninha- ela forçou um sorriso e abaixou a cabeça

Puxei ela pra um abraço e ela me apertou voltando a chorar.

Fiquei fazendo carinho em suas costas enquanto ela soluçava em meus braços. Eu não sabia o que falar, só deixei ela chorar

O Lipe foi um idiota, mas ele ama ela e está arrependido, espero que um dia eles possam ficar juntos novamente.

Depois de uns minutos ela parou de chorar, mas continuou abraçada comigo.

Sabrina: -Acho que eu molhei sua blusa toda

Chris: -Não ligo, pode molhar quantas vezes você quiser, mas não agora- afastei ela um pouco -Se arruma que daqui a pouco eu passo aqui pra te buscar

Sabrina: -Eu não vou ir Branquelo, não quero ter que falar o Felipe agora

Chris: -Você não precisa falar com ele é só sentar longe dele- falei e ela revirou os olhos -É sério que você vai deixar seu afilhado ir sozinho, sem a madrinha dele?- falei e ela arregalou os olhos

Sabrina: -Que?- arqueei a sobrancelha sorrindo -Você está falando sério?

Chris: -Claro que sim... quer dizer, você quer ser á madrinha do Gui?

Sabrina: - Claro que sim- disse animada e ne abraços de novo -Obrigada por alegrar meu dia... eu vou ser á a melhor madrinha do mundo pra esse pivete

Chris: -Eu sei que sim, agora levanta essa bunda e vai se arruma, você tem uma hora pra ficar pronta- ela assentiu

Dei um beijo em sua testa e desci encontrando o Gui e a Carlinha vendo filme dos carros.

Chris: -Vamos campeão, temos que nos arrumar ainda- falei chamando a atenção deles

Carla: -Da um beijo aqui, daqui a pouco a gente se encontra de novo- Gui deu um beijo nela e eu peguei em sua mão

Chris: -Me espera que eu venho pegar você e a Bina pra a gente ir juntos

Carla: -Ok Meu motorista, não se atrase- disse divertida me fazendo rir

Peguei o Gui no colo e desci pra pegar meu carro.


Notas Finais


Comentem, amo o comentário de vocês!

BEIJOSSS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...