1. Spirit Fanfics >
  2. Você gosta de flores? >
  3. Capítulo Único - Aniversário?

História Você gosta de flores? - Capítulo 1


Escrita por: nillime

Notas do Autor


OIIII PESSOAL
olha eu com a minha primeira fic do meu anime preferido <3333
Confesso que enrolei demais para terminar essa fic (cof cof 3 meses cof cof) mas eu finalmente consegui.

Ela é um presente de aniversário super atrasado para @atsukais. Espero que você goste amg, eu amo ocê 💓💓🤲.

Enfim, boa leitura <3

Capítulo 1 - Capítulo Único - Aniversário?


Inosuke nunca foi uma pessoa de mostrar seus sentimentos, principalmente o amor. Sempre foi arrogante e grosseiro, nunca ligou para o que os outros diziam. Por esse motivo, ele arranjava brigas constantes com seu namorado que tinha uma personalidade tão forte quanto a sua. 

Mas, com o passar do tempo, seu coração foi amolecendo e, parte disso, era porque uma certa garota apareceu em sua vida. Nezuko era doce e gentil, sempre tratava todos com amor e sempre que podia ajudava as pessoas. 

Inosuke conheceu a garota por acaso na fila para pegar os ingressos para o cinema. Nezuko, com seu jeito gentil, resolveu puxar assunto com o garoto de cabelos azulados e cara de mal que estava bem atrás de si. Por mais que o Hashibira tivesse toda aquela carranca de bravo, no fundo, ele era uma pessoa de bom coração e uma ótima companhia para uma conversa e, naquela mesma noite, a Kamado conseguiu arrancar boas risadas dele. 

Desde então, os dois não se separaram, já se passaram dois anos e hoje eles se chamam de melhores amigos. Inosuke também mudou muito, não era mais tão grosseiro e sua relação com seu namorado até melhorou, por mais que Genya não notasse tanto a diferença de personalidade de seu namorado, já que, para ele, Inosuke era perfeito e nada mudaria isso. 

Nezuko sempre fazia de tudo para agradar seu melhor amigo, mas não fazia isso por obrigação e, sim, porque o amava e sempre ficava feliz em ver um sorriso em seu rosto. Já Inosuke sempre foi péssimo em presentear Nezuko, sempre dava coisas sem sentido e pensava que a garota odiava mesmo ela sempre dando altas gargalhadas e o abraçando. 

Mas ele queria, pelo menos uma vez, dar um presente que a emocionasse ou fizesse a chorar de alegria. Mas o que ele daria? Nezuko sempre foi tão boa nisso que o Hashibira não fazia noção do que daria para ela que fosse tão inovador até para ela mesma.

Pensou em dar uma pelúcia para ela, mas o namorado da garota sempre dava um de presente para ela. O Hashibira sempre se perguntava onde Zenitsu conseguia tanto dinheiro para dar um ursinho de pelúcia para a Kamado quase todo fim de semana. 

Descartou totalmente a possibilidade de dar uma pelúcia como presente.

Pensou também em dar chocolates, conhecia bem sua amiga e sabia que ela amava doces, mas descartou essa possibilidade também por parecer clichê demais. 

Resolveu pedir a ajuda de seu namorado mas ele era tão horrível em escolher presentes como Inosuke e o resultado disso era que já havia chegado o fim do dia e ele não conseguiu pensar em nada.

— Por que você não compra um perfume? — perguntou Genya sentando ao lado de Inosuke. — Você sabe como ela gosta de perfumes. 

— Ela já tem perfumes demais, e você sabe que eu não sei escolher esse tipo de coisa.

— Tem razão… eu não faço ideia do que você pode dar para ela. 

De fato, os dois não faziam ideia, mas Inosuke queria agradar sua melhor amiga, pelo menos uma vez na vida, e não iria desistir até conseguir. 

— Hmm, ela gosta de flores, né? — perguntou Genya. 

— Sim, mas você não acha que seria simples demais? 

— Eu acho que ela não faz questão de ganhar presentes caros, você sabe como ela gosta de coisas simples e com sentimentos. 

— Você tem razão — Inosuke falou com um grande sorriso. — Obrigado, amor. 

— De nada, eu sempre tenho razão. 

— Sem graça…

[…]

Nezuko havia chegado na casa de Inosuke para eles irem juntos ao cinema. Segundo Inosuke, era aniversário da Kamado e ela queria comemorar ao lado de seu amigo. 

Já estava tudo combinado, logo após o filme, Genya iria levar o buquê de flores para Inosuke e ele entregaria a Nezuko. 

Não poderia deixar que ela desconfiasse, então, agiu normal durante toda noite. 

— Esse filme foi tão engraçado, você achou também, Inosuke? — Nezuko perguntou dando risadas altas.

— Achei sim — Inosuke respondeu completamente distraído com o seu celular, estava ansioso e não queria que nada desse errado. 

— O que foi, Inosuke? Você parece estar muito distante hoje. 

— Eu… — Inosuke iria responder, mas ouviu chegar uma notificação em seu celular. Seu namorado já estava bem perto e ele não poderia se atrasar em pegar o buquê.

— Tá, já que você não quer me responder, vamos tomar sorvete? — Nezuko abriu um grande sorriso só de imaginar o sorvete de morango que ela tanto ama.

— Espera, Nezuko. — Inosuke segurou a mão de sua amiga. — Antes da gente ir, eu quero perguntar uma coisa….

— Pode perguntar — A Kamado virou de frente para seu amigo e sorriu suavemente. 

— Você gosta de flores? 

— An? — A cara que ela fez foi a coisa mais engraçada que o Hashibira já tinha visto, ele até soltou uma risada. 

— É isso mesmo, você gosta de flores? 

— Sim, ué. — Nezuko estava realmente confusa. 

No exato momento, Genya chegou com o buquê, rapidamente, ele o deu para Inosuke e foi embora. 

Inosuke foi correndo em direção a Nezuko que mantinha sua expressão confusa.

— Feliz aniversário, Nezuko! — Inosuke falou bem alto e Nezuko continuava sem expressão. Não demorou muito para a garota soltar pequenas risadas até finalmente gargalhar alto. 

Agora quem não estava entendendo nada era Inosuke, que tratou logo de perguntar porquê sua amiga estava rindo.

— Aniversário? Inosuke! — Nezuko realmente não conseguia parar de sorrir e isso já estava começando a irritar seu amigo. 

— Sim, Nezuko, aniversário. Seu aniversário! — A Kamado foi controlando suas risadas ao pouco até conseguir formar uma frase. 

— Meu aniversário foi há três meses, Inosuke.

— Como assim?! — Nezuko voltou a sorrir, mas logo percebeu que a feição de seu amigo começou a ficar triste. 

— Ei, Inosuke…

— Eu não acredito que só lembrei do seu aniversário agora, nem consegui comprar um bom presente. Eu sou um péssimo amigo. 

— Ei, Inosuke, não diga bobagens. Esse presente é maravilhoso, são as minhas flores preferidas. 

— Mas eu esqueci seu aniversário e você merecia algo melhor do que apenas flores…

— Inosuke — Nezuko colocou uma de suas mãos no rosto dele. —, não importa se o presente é super caro ou não, se é  uma jóia ou uma meia, o importante é que venha do coração. Você pode até se pagar de durão, mas eu sei que você tem muito amor no coração. Quanto ao dia do meu aniversário, eu sei que você é péssimo em decorar datas e, como eu também sei, que algum dia você se lembraria  dele. 

— Então, você não está com raiva? 

— Claro que não, Inosuke. Agora, vamos comer pizza! 

— Não era sorvete? 

— Mas agora eu quero pizza! 


Notas Finais


Agradeço se você leu até aqui ♡

Obrigado @nanamxs pela capa linda ♡
Obrigado @reeze pela betagem maravilhosa ♡
E obrigado @Detaftoon e @TiaSukun por me ajudarem com a sinopse ♡
.
.
.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...